domingo, 19 de junho de 2016

YAMAHA R3 CUP

3ª etapa da Yamaha R3 Cup – Categoria SuperStreet
                                                               
Diogo Moreira (Estrela Gallicia 0,0 by Alex Barros) venceu e fez a festa da equipe, Garotinho com muita experiência aproveitou oportunidade de assumir a primeira posição. e bonito mesmo.
                                                                      


O piloto largou em terceiro e seguiu na posição ao longo de toda a corrida. Ele seguia no ritmo dos ponteiros, Eliton Kawakami (#27), da equipe Playstation Yamaha, e Rafael Gomes Traldi (#128), da Motonil Motors, e acompanhava de pertinho o revezamento dos dois na liderança. Quase que como um coadjuvante, Diogo sustentava a terceira posição, isso com uma ampla margem de vantagem para o pelotão que vinha atrás.

Na última volta, a sorte brilhou para o jovem piloto da equipe Estrela Gallicia 0,0 by Alex Barros. Rafael Traldi cometeu um erro enquanto se defendia dos ataques contínuos de Eliton Kawakami, e acabou caindo sozinho ao perder a frente numa curva. Com isso, Eliton assumiu a ponta, e Diogo ficou com a vice-liderança. Essa configuração se manteve até a subida da reta final. Diogo foi beneficiado pelo vácuo. Ele colou na traseira do adversário e conseguiu cruzar a linha de chegada dois centésimos à frente para comemorar a vitória. Já Eliton Kawakami terminou a prova na segunda colocação.
                                                                    

Com a queda de Rafael Traldi, Mauricio Mendes (#22), da equipe Moretti Racing Team, que liderava o segundo pelotão, acabou ficando com a terceira colocação. Niko Ramos (#822), da Tecfil Racing Team, chegou logo atrás, em quarto, e Indiana Muñoz Gomes (#199), da Castrol Racing, completou o pódio da categoria SuperStreet, com o quinto lugar.

Pela categoria Yamaha R3 Cup, Sarah Conessa de Moura (#5), da equipe Cerciari Racing School, foi a grande vencedora. A piloto se beneficiou da queda de Rafael Traldi – que também disputa a corrida pela categoria – e tomou a ponta. Marciano Santin (#9), da equipe SantinRacing, fechou o segundo lugar no pódio e Traldi, que conseguiu trazer a moto de volta para a pista, ficou com a terceira posição.
Postar um comentário