sexta-feira, 30 de setembro de 2016

SUPERBIKE: 7ª ETAPA EM LONDRINA (PR).

Diego Faustino (#68), da Honda, disputa próxima etapa em casa.


A 7ª etapa do SuperBike Brasil está se aproximando e a cidade de Londrina (PR) será mais uma vez o palco do campeonato, que chega às suas rodadas finais. Entre os dias 20 e 23 de outubro, o Autódromo Internacional Ayrton Senna estará tomado pelos melhores pilotos do país, que disputarão posições e pontos importantes na tabela classificatória. Por sinal, o circuito tem um breve histórico na competição nacional. Desde 2011, apenas duas etapas foram realizadas no local, ambas na temporada 2015. E o domínio foi absoluto. Diego Faustino (#68), da equipe Honda, venceu as duas rodadas – a segunda com duas baterias –, fez o melhor tempo classificatório – 1m17s577 – e a volta mais rápida em corridas – 1m17s565.
                                                                        

Piloto da casa, Faustino busca a recuperação no campeonato após sofrer uma queda na etapa de Curitiba e ficar apenas com a nona posição. E apesar de contar com a torcida da cidade, o atual campeão da categoria SuperBike revela que será uma prova difícil e que sua única vantagem de fato será não precisar viajar e poder dormir na própria cama.
                                                                             

“Londrina é minha casa. Nasci e fui criado aqui. Mas ultimamente não tenho andado muito no autódromo. A última vez que corri foi na etapa do SuperBike Brasil. Depois rodei pouquíssimas vezes, se é que rodei. Ando muito mais em São Paulo do que aqui. Mas vai ser uma etapa legal. Vou estar perto dos meus amigos e da minha família. Mas para mim, em termos de competição, é a mesma coisa que estivesse andando fora. Não tem essa de ‘conhece tudo aqui’ não”, adianta o piloto.

E desta vez, mais um londrinense estará na briga direta pela vitória na categoria SuperBike. Wesley Gutierrez (#134), da equipe Kawasaki Racing Team, vem crescendo no campeonato e segue firme para a disputa desta etapa. O piloto conta que apesar de ser uma pista curta, com 3.145 metros de extensão, o traçado do Autódromo Ayrton Senna é bastante técnico, com trechos que mesclam alta e baixa velocidade e curvas em descida, como no Mergulho, e de subida, como na Caixa D’água. Já o trecho mais complicado, segundo ele, é a curva do Estádio, uma curva cega que surge logo após o fim da Reta dos Boxes.

Assim como Faustino, o piloto da Kawasaki espera um prova difícil, porém, com grandes chances de alcançar a primeira vitória na temporada.

“As expectativas são boas. Vou correr em casa. Não será mais fácil do que em qualquer outro autódromo. Mas acho que a torcida vai fazer a diferença”, completa.

A 7ª etapa do SuperBike Brasil será realizada no dia 23 de outubro e ainda é possível adquirir ingressos de paddock com valor promocional. O segundo lote, vendido exclusivamente pelo site Ticket Fácil, está disponível até o dia 7 de outubro por R$ 35.

O SuperBike Brasil tem Patrocínio Silver Honda, Mobil, Pirelli e Yamaha. Patrocínio Bronze Premium de Kawasaki, Ducati e MotoSchool. Patrocínio Bronze de Shark, Diafrag, Alpinestars e Tutto Moto.   

Ingressos para arquibancada são gratuítos.

Serviço
7ª etapa do SuperBike Brasil
De 20 a 23 de outubro
Autódromo Ayrton Senna
Av. Henrique Mansano, 777, Londrina (PR)

Nenhum comentário: