quinta-feira, 6 de outubro de 2016

MUNDIAL DE SUPERBIKE NA ESPANHA.

Kawasaki está mais próxima do título Mundial, Mesmo sem vitórias no circuito francês.
                                                                             

A Kawasaki Racing Team está mais próxima de conquistar o título da temporada 2016 do Mundial de SuperBike. Mesmo sem obter vitórias no circuito francês de Nevers Magny-Cours, na 11ª rodada realizada neste final de semana, Jonathan Rea (#1) ampliou sua vantagem na liderança e agora está 48 pontos à frente de seu companheiro de equipe, Tom Sykes (#66), isso restando apenas duas etapas – quatro corridas – para o encerramento do campeonato.
                                                                          

Apesar de manter as duas primeiras posições na tabela, os resultados no circuito francês não foram os mais satisfatórios para os pilotos da equipe Kawasaki. Após garantirem os melhores tempos nas sessões classificatórias – Rea em primeiro e Sykes em segundo – a dupla encontrou um adversário a altura que dominou as duas provas. Rea encerrou a rodada com uma quarta e uma segunda posições, enquanto Sykes se despediu da etapa com dois terceiros lugares.
                                                                 

Na primeira corrida – que iniciou com chuva – a dobradinha da Kawasaki parecia certa, pelo menos considerando a primeira metade da prova. Sykes assumiu a liderança e manteve a posição até a oitava volta. Enquanto isso, Rea ocupava o segundo lugar, seguindo de perto o companheiro de time. Porém, com a pista cada vez mais seca, a equipe decidiu pela troca de pneus e os pilotos retornaram aos boxes. Com isso, Sykes caiu para 10º e Rea, para o nono lugar. Nas voltas finais, a dupla da Kawasaki recuperou algumas posições e Sykes encerrou a prova em terceiro, enquanto Rea recebeu a bandeirada em quarto. Já a vitória ficou com Chaz Davies (#7), da equipe Aruba.it Racing Ducati, que abriu quase 10 segundos para o vice-líder, Michael van der Mark (#60), da Honda World Superbike Team.
                                                                     

Na segunda prova a equipe Kawasaki somou melhores resultados. Tom Sykes começou novamente como o mais rápido e manteve a primeira posição por quase toda a corrida. O piloto inglês seguiu na ponta até a 16ª volta, quando perdeu desempenho e foi ultrapassado por Davies, e, em seguida, por Rea. O resultado final ficou com o piloto da Ducati na primeira posição, logo à frente de Jonathan Rea em segundo e de Sykes em terceiro.

Com o resultado acumulado nas duas corridas em Nevers Magny-Cours, Jonathan Rea segue na liderança do campeonato com 426 pontos, seguido por Tom Sykes, em segundo, com 378. A diferença entre os dois companheiros de equipe que era de 47 pontos aumentou para 48.

“Estou feliz com a minha corrida, por que o segundo lugar foi o melhor que eu poderia fazer e estou satisfeito com a maneira que eu pilotei. Precisamos melhorar a afinação da moto em alguns pontos, mas estou feliz com o resultado final. Tenho uma vantagem de 48 pontos e é bom aumentar a diferença na liderança. O campeonato pode ser vencido por um único ponto, então qualquer um é importante”, declarou Rea.

Enquanto isso, o vice-líder do campeonato, Tom Sykes, mostrou-se satisfeito pelo fato de ter conseguido alcançar um bom desempenho de sua moto e brigar pelas primeiras posições.

“Quando comecei a corrida [segunda prova], a moto estava muito boa e foi fácil fechar voltas na casa de 1m 37s. Mas, infelizmente, pela primeira vez em todos os finais de semana, nosso ritmo caiu e eu não entendi bem o motivo. Na sexta-feira [nos treinos] fui muito rápido, porém, tive alguns problemas com a moto na segunda parte da primeira corrida. Hoje [segunda prova] fomos mais consistentes. Apesar de estarmos no final do campeonato, agora somos capazes de lutar pelas primeiras posições e ficar mais próximos das vitórias", disse Sykes.

A 12ª e penúltima etapa do Mundial de SuperBike será realizada entre os dias 14 e 16 de outubro no Circuito de Jerez, na Espanha. E as disputas pelas primeiras posições prometem ser ainda mais emocionantes. Conforme os resultados, Jonathan Rea pode se despedir da rodada com o título da temporada. 
Postar um comentário