quarta-feira, 23 de novembro de 2016

KAWASAKI NINJA

Kawasaki Ninja ZX-10R é eleita melhor moto esportiva de 2016
                                                                            
Ricardo Suzuki, fala da conquista da marca.
 A Kawasaki Ninja ZX-10R acaba de ser eleita a melhor moto esportiva do ano pela revista Duas Rodas. A premiação foi concedida na noite desta terça-feira (22), na LM09 e teve como base avaliações de jornalistas especializados após dois dias de testes. A Ninja ZX-10R confirmou seu grande sucesso comercial e de desempenho nas pistas e superou todos os lançamentos dos seus concorrentes. Este reconhecimento reitera o constante desafio da marca japonesa em apresentar produtos com alta performance aliada a tecnologias cada vez mais avançadas.
                                                             
Team Kawasaki e o piloto oficial Kawasaki Bruno Corano (#34).
A Ninja ZX-10R já pode ser considerada um modelo campeão. A moto venceu por três vezes o Mundial de SuperBike e faturou os últimos dois títulos consecutivamente – em 2015 e 2016 com o piloto norte-irlandês Jonathan Rea e em 2013 com o inglês Tom Sykes. No Brasil, a moto é a utilizada pela equipe Kawasaki Racing Team no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o SuperBike Brasil, e na categoria principal mais da metade dos pilotos utilizam a esportiva da Kawasaki, o que evidencia sua qualidade e preferência sobre os concorrentes.
                                                                    
Ricardo Suzuki, gerente de marketing da Kawasaki ao lado de Marconi Brandão, gerente área comercial e marketing da revista Duas Rodas 
E a trajetória de sucesso da Ninja ZX-10R já tem mais de uma década. O modelo foi lançado 2004 para substituir sua antecessora, a Ninja ZX-9R. Ao longo dos anos, a superesportiva de 998 cm³ de cilindrada foi ganhando tecnologia e aumentando ainda mais sua performance. O motor de quatro cilindros em linha recebeu uma atualização em 2011, o que lhe conferiu ainda mais força nas faixas de baixa e média rotações, melhorando assim as saídas de curva. A experiência no Mundial de SuperBike rendeu à moto constantes melhorias como suspensões mais modernas, sistema de freio da alta performance e eletrônica de última geração. 
                                                                               

O modelo 2017 da Ninja ZX-10R passou por uma nova e profunda reformulação. As melhorias no motor deram ainda mais potência nas médias e baixas rotações, e, devido à otimização do virabrequim com um menor momento de inércia, a subida de giro ficou ainda mais rápida. Na estrutura, o modelo ganhou diversas novidades como o novo quadro em alumínio, carenagem frontal mais aerodinâmica, painel de instrumentos com maior visibilidade, escapamento de titânio e suspensões com a tecnologia de Balance free na dianteira e Back-link na traseira.

Cerimônia de premiação da Revista Duas Rodas.
Postar um comentário