quarta-feira, 30 de novembro de 2016

SUPERBIKE

 Pro Amador vai ferver.

 Jeferson Marchesin Friche (#6) tem a liderança, mas tem dois feras. que vão contudo para essa ultima etapa Fábio Nallin (#47) que vem pontuando a cada etapa e Alex Borges (#44).
                                                                        

As categorias intermediárias do SuperBike Brasil partem para a etapa final do campeonato com o título ainda em aberto. A rodada decisiva contará novamente com duas baterias em disputa para os grid da SuperBike e SuperSport, que serão realizados no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), no dia 4 de dezembro. Desta forma, com 50 pontos disponíveis, o clima promete esquentar e os duelos na pista serão decisivos para a definição dos grandes vencedores da temporada 2016.
                                                                       
Pela SuperBike Pro Amador, Jeferson Marchesin Friche (#6), da equipe HG Motos Racing, tem feito uma campanha constante ao longo do campeonato e lidera a categoria com uma ampla vantagem de 27 pontos. O piloto obteve pódio em todas as corridas e se manteve sempre nos degraus mais altos. Foram duas vitórias, cinco segundos e dois terceiros lugares. Tendo a regularidade como marca, Friche parte para a grande final do SuperBike Brasil com uma considerável folga na dianteira e larga na frente na briga pelo título.
                                                                        


Mas dois adversários ainda sonham com o campeonato e prometem não deixar barato. Fábio Nallin (#47), da equipe Misano Racing Team, e Alex Borges (#44), da Pitico Race Team, entram na disputa final ainda com chances matemáticas de faturar o caneco. Nallin vem na segunda posição do classificatório e precisa vencer as duas baterias e ainda torcer para que o ponteiro some poucos pontos para ser campeão. Já para Alex, a situação é ainda mais complicada. O piloto está 34 pontos atrás do líder e para assegurar o título terá que ser beneficiado por uma série de combinações de resultados, além de fazer sua parte e garantir as vitórias.
                                                                   


No mesmo grid principal, com motos de 1.000 cm de cilindrada, a definição do título na SuperBike Pro Estreante está completamente em aberto. Luciano Pokemon (#77), da equipe Pkm Racing, vem em primeiro no classificatório, porém, com uma vantagem de apenas cinco pontos para Juracy Rodrigues "Black" (#560), da Black Day Racing Team. E uma curiosidade: das nove corridas realizadas até então, Luciano venceu apenas uma. Em contrapartida, Black foi menos constante e abandonou duas provas – na última, em Goiânia (GO), sofreu uma queda mais forte e teve que ser encaminho para o hospital.
                                                            

Mas é entre as motos de 600 cm³ de cilindrada que a disputa vai pegar fogo na grande final do SuperBike Brasil. Diego Viveiros (#231), da equipe Tecfil Racing Team, lidera a categoria SuperSport Pro Amador e busca somar mais um título para sua carreira na motovelocidade. Porém, essa missão não será nada fácil. Atual campeão da Copa Kawasaki Ninja 600, Viveiros encontrou um adversário duro que vem fazendo uma campanha impecável na segunda metade da temporada. Apenas três pontos atrás do líder, Marcio Ferreira Bortolini (#37), da Granado Sport Team, obteve um desempenho excelente e venceu as últimas quatro corridas de forma consecutiva.
                                                               

Mas é entre as motos de 600 cm³ de cilindrada que a disputa vai pegar fogo na grande final do SuperBike Brasil. Diego Viveiros (#231), da equipe Tecfil Racing Team, lidera a categoria SuperSport Pro Amador e busca somar mais um título para sua carreira na motovelocidade. Porém, essa missão não será nada fácil. Atual campeão da Copa Kawasaki Ninja 600, Viveiros encontrou um adversário duro que vem fazendo uma campanha impecável na segunda metade da temporada. Apenas três pontos atrás do líder, Marcio Ferreira Bortolini (#37), da Granado Sport Team, obteve um desempenho excelente e venceu as últimas quatro corridas de forma consecutiva.
Postar um comentário