quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

KART

3º Interlagos Kart Challenge: Augusto Cesar Coutinho vence GP Associação Cruz Verde


Entre 80 concorrentes, rapaz de 16 anos de idade foi o melhor piloto do Kartódromo Ayrton Senna.

                                                                               

O Interlagos Kart Challenge, evento mensal em que os recordistas do Kartódromo de Interlagos (SP) desafiam quaisquer outros kartistas a mostrar quem é o melhor na principal pista do kartismo do Brasil está cada vez melhor e maior. Na última terça-feira (27/12) o jovem Augusto Cesar Coutinho, que foi recordista nos últimos meses, venceu com muita categoria o GP Associação Cruz Verde, que começou na semana passada com três baterias classificatórias. Na segunda posição subiu ao pódio Viviane Gola, seguida de Rodrigo ‘James Hunt’, Witold Phellip e Alberto Cesar Otazú (Braspress/HTPro Nutrition/Lapizta/Pilotech). Por se tratar de evento beneficente, os pilotos doaram mais de 70 latas de leite em pó. 
                                                                              
Augusto Coutinho vencedor muito feliz, pois é o melhor piloto.
"Entre todas as competições que participei até hoje, de longe foi a mais disputada e acirrada, com pilotos de alto nível, correndo de forma limpa. Pela vitória a ficha ainda não caiu. Sei que a sorte me ajudou no sorteio do equipamento para competir em alto nível. Este foi um evento beneficente, que sem dúvidas gerou um impacto positivo para a Cruz Verde, e isso faz com que, por ter participado e contribuído com esta causa eu esteja um pouco mais em paz", declarou o vencedor.                                                                      
Em virtude do grande número de adesões ao GP Associação Cruz Verde, evento beneficente que contou com 80 inscritos e que visa angariar doações para a instituição que cuida de pacientes com paralisia cerebral grave, o 3º Interlagos Kart Challenge começou na semana passada com a disputa de três baterias classificatórias, com karts sorteados e peso mínimo diferenciado. 
                                                                              

Na primeira prova, utilizando o circuito mais curto e com pilotos lastreados em 75 quilos de peso mínimo, a pole position ficou com Alberto Cesar Otazú, que acabou na terceira posição, logo atrás de Witold Phellip. A vitória praticamente de ponta a ponta ficou com Viviane Gola, que também estabeleceu a volta mais rápida. Na segunda competição, em circuito um pouco mais longo, com os concorrentes lastreados em 85 quilos, Witold Phellip garantiu a pole position, volta mais rápida, mas terminou em segundo, enquanto a vitória ficou com Luciano Montanhez. Em terceiro terminou Rodrigo ‘James Hunt’. Finalmente, na disputa dos pesados, Fernando Lírio largou da pole, mas terminou em segundo, com Márcio Simão a seguir. Kleber Barcellos fez a volta mais rápida e foi o vitorioso no mesmo circuito, onde todos foram lastrados com o peso mínimo de 105 quilos.

Na bateria final, disputada no circuito completo e com o traçado inverso, participaram apenas os cinco primeiros colocados em cada uma das baterias classificatórias, mais os recordistas de Interlagos no mês de outubro, totalizando 17 finalistas. Em nova tomada de tempos Augusto Coutinho mostrou que iria provar ser o piloto mais rápido da pista que revelou Ayrton Senna e garantiu a pole position, mas apenas 84 milésimos de segundo mais rápido do que Viviane Gola, que dividiu a primeira fila. Logo a seguir ficaram Fábio Nakiri e Alberto Cesar Otazú. A competitividade e equilíbrio entre os karts ficou demonstrada com os 11 primeiros separados por menos de um segundo.
                                                                               

A corrida foi extremamente disputada no começo, visto que os ponteiros largaram mal e perderam algumas posições. Mas com o decorrer das voltas Viviane Gola assumiu a liderança, seguida de Augusto César. Faltando quatro voltas para o encerramento Augusto fez a volta mais rápida e na penúltima passagem já assumia a ponta, para receber a bandeirada de vitória com 0s518 de vantagem. Rodrigo ‘James Hunt’, que havia pulado da sexta para a primeira posição na largada, ficou isolado em terceiro no maior tempo da corrida. A maior disputa foi pela quarta posição, que durou os 16 giros e foi definida apenas na última volta, por Witold Phellip, com Alberto Cesar Otazú e Fábio Nakiri completando os seis primeiros.
                                                                          
Augusto Coutinho venceu 
"Essa vitória teve como base a sorte de ter sorteado um kart competitivo e não posso negar que este tem uma boa parcela no resultado, já que o kart ajudou a me recuperar. Mesmo assim, durante a corrida eu usei tudo o que aprendi ao longo deste ano para não cometer erros que me tirassem da disputa", assinalou Augusto Coutinho. "Em um evento beneficente tão competitivo quanto este, para um garoto como eu, o kart ajudou a compensar a experiência que ainda não tenho. Mas se não fosse a minha mãe, que durante as sexta-feira deixa de almoçar para me levar para as equalizações de kart em Interlagos, eu não chegaria nem perto desse resultado, nem se estivesse pilotando um kart de dois tempos", reconheceu o rapaz de 16 anos de idade.

Os primeiros em cada bateria, que tiveram o direito de disputar a finalíssima foram: 

Bateria 1 -75 quilos: 1) Viviane Gola, 23 voltas em 18min30s325; 2) Witold Phellip, a 7s060; 3) Alberto Cesar Otazú, a 8s513; 4) Augusto Coutinho, a 8s834; 5) Marco Rezende, a 12s085; 6) Arthur Tully, a 24s712. 

Bateria 2 - 85 quilos: 1) Luciano Montanhez, 19 voltas em 18min19s308; 2) Witold Phellip, a 2s716; 3) Rodrigo ‘James Hunt’, a 7s224; 4) Alberto Cesar Otazú, a 7s928; 5) Zeppe Corsi, a 11s706; 6) Marco Rezende, a 12s830; 7) Anderson Mendes, a 14s365; 8) Kleber Barcellos, a 15s781. 

Bateria 3 - 105 quilos: 1) Kleber Barcellos, 19 voltas em 17min44s865; 2) Fernando Lirio, a 0s349; 3) Márcio Simão, a 6s266; 4) Anderson Mendes, a 6s755; 5) Danilo Cauê, a 11s315; 6) Fábio Nakiri, a 11s720; 7) Luciano Montanhez, a 12s070; 8) Tomás Morgado, a 12s313.

Resultado final do 3º Interlagos Kart Challenge - GP Associação Cruz Verde (Bateria Final - 90 quilos): 1) Augusto Coutinho, 16 voltas em 18min55s211; 2) Viviane Gola, a 0s518; 3) Rodrigo ‘James Hunt’, a 3s763; 4) Witold Phellip, a 8s387; 5) Alberto Cesar Otazú, a 8s543; 6) Fabio Nakiri, a 18s230. 

O 3º Interlagos Kart Challenge contou com o patrocínio de Alpie Competições e relógios Lapizta, e apoio de HTPro Nutrition e BraClean

Nenhum comentário: