segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

SUPERBIKE LIGHT

Rodrigo Dazzi, imbatível, venceu com facilidade a etapa final da SuperBike Light levando o Campeonato Brasileiro.
                                                                 
        

Dazzi, muito tranquilo e confiante já com o título na mão. Dazzi não aliviou entrou com determinação para  fazer o que vinha fazendo de melhor, ele poderia administrar o resultado, mas não foi o que aconteceu, piloto buscou fazer melhor ainda sem menos ser incomodado  realmente merecedor desse titulo.
                                                                  

Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da equipe Indus Giromoto Ello, confirmou o favoritismo e venceu com folga a grande final da SuperBike Light, prova realizada na tarde deste domingo (4) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.                                                                           
Rodrigo Calmon Dazzi (#146), da equipe Indus Giromoto.
                                                           
Na corrida, o piloto capixaba perdeu a ponta apenas por alguns instantes. Ainda na largada, Cleberson Maicher "Alemão" (#17), da equipe Black Day Racing Team, conseguiu assumir a dianteira, porém, rapidamente foi ultrapassado por Dazzi. O piloto da equipe Giromoto acelerou forte e na metade da prova já tinha o resultado sob controle. Após fechar consecutivas voltas rápidas, Rodrigo Dazzi chegou a abrir uma vantagem de oito segundos para os adversários. Sem correr riscos, o capixaba recebeu a bandeirada em primeiro e comemorou bastante o resultado.
                                                                   

Já a disputa da vice-liderança foi mais acirrada. Um pelotão formado por cinco competidores disputou a posição até a volta final. Jean Vieira (#110), da equipe Terror Racing, conseguiu imprimir um ritmo mais forte na segunda metade da prova e garantiu a segunda posição no pódio. Enquanto isso, o terceiro lugar foi para Guto Figueiredo (#18), da KT5/A2/Passaredo. O piloto de Ribeirão Preto (SP) largou da 16ª posição e no início da segunda volta já ocupava o quinto lugar. Guto seguiu na escalada por posições e ultrapassou ainda Marcos Migliorelli (#11), da Everson Racing, e Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team, antes de receber a bandeirada.

E completando o pódio da etapa final da SuperBike Light, Marcos Migliorelli garantiu o quarto lugar e Comerlatto encerrou a prova na quinta posição.

Nenhum comentário: