terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Magneti Marelli

Roberto Di Stefano é o novo responsável pela Magneti Marelli na América Latina
                                                                         

A Magneti Marelli, um dos maiores produtores de sistemas e componentes de alto teor tecnológico para a indústria automobilística e maior empresa do segmento de reposição de autopeças no Brasil, tem um novo responsável pela região da América Latina (Latam), em substituição ao executivo Olivier Philippot, que assumiu outras responsabilidades na empresa, nos Estados Unidos.

Trata-se do executivo italiano Roberto Di Stefano, membro do Conselho Executivo da Magneti Marelli desde abril de 2016, quando assumiu também a função de Head da Unidade de Negócios Amortecedores, empresa líder de mercado no Brasil e com importante participação a nível global. Concomitantemente a essa posição, Di Stefano acaba de assumir também a responsabilidade pelas operações da Magneti Marelli na América Latina.

Com formação em Business and Organization Management, pela tradicional universidade italiana Carlo Bo di Urbino, fundada em 1506, esse executivo, de 54 anos, acumula quase 30 anos de experiência no setor automotivo, passando pelas áreas de Suprimentos, Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos e especializando-se em “World Class Manufacturing” (WCM) e “World Class Engineering” (WCE), com intensa vivência em turnaround de empresas.

Sua principal missão como responsável pela Magneti Marelli Latam é manter o forte compromisso da empresa com o desenvolvimento sustentado na região e com um abrangente plano de crescimento, baseado numa visão de médio e longo prazo e na convicção de que, apesar das dificuldades circunstanciais da economia, o forte potencial da região se mantém inalterado, assim como sua importância para a Magneti Marelli.

Capacitado por sua longa e consistente experiência profissional, Di Stefano se apoiará muito na vivência internacional como um importante diferencial para explorar todas as oportunidades de negócios que a América Latina e, em especial, o Brasil, oferecem, impulsionando uma forte integração e otimização das diferentes unidades de negócios.

Vale ressaltar que a área Latam é vital para a estratégia de crescimento da Magneti Marelli, pois responde por 20% de seu faturamento global, com fábricas e centros de pesquisa e desenvolvimento no Brasil e na Argentina, além de presença em todos os países da região, através da exportação de autopeças no mercado de aftermarket.

Desde 1978 presente no Brasil, considerado um mercado tradicional para empresa, a Magneti Marelli vem acreditando e investindo na região. Prova desse forte compromisso é o grande investimento realizado no estado de Pernambuco, com a implantação, em 2015, de cinco fábricas equipadas com máquinas e tecnologias de última geração e que já está apresentando resultados muito importantes.

Roberto Di Stefano assume o comando da Magneti Marelli Latam num momento difícil do setor automotivo, fruto de grave crise econômica, mas reúne todas as condições e capacidade para conduzir a empresa e responder aos desafios desse período, assim como prepará-la para o novo ciclo de recuperação e desenvolvimento, que inevitavelmente se iniciará, ampliando e consolidando a presença da Magneti Marelli na região.
   
Magneti Marelli
A Magneti Marelli desenvolve e produz sistemas e componentes de alta tecnologia para a indústria automotiva. Com 86 unidades produtivas, 12 centros de P&D em 19 países, aproximadamente 43 mil colaboradores e faturamento de € 7,9 bilhões em 2016, o Grupo fornece para as principais montadoras na Europa, Américas do Norte e do Sul e Ásia. Suas áreas de negócio são Sistemas Eletrônicos, Iluminação, Controle Motor (Powertrain), Sistemas de Suspensão e Amortecedores, Sistemas de Exaustão, Componentes Plásticos e Módulos, Aftermarket (peças e serviços para o mercado de reposição) e Motorsport. Magneti Marelli é parte da FCA.
No Brasil desde 1978, a empresa conta com 8 mil colaboradores e é líder de mercado em amortecedores, sistemas de injeção eletrônica e escapamentos, atuando também nos segmentos de faróis e lanternas, quadros de instrumentos, telemática, navegadores GPS, sistemas de suspensão, componentes plásticos e pedais, dentre uma série de outros produtos. É dona de marcas consagradas no mercado, como Cofap e Automotive Lighting, e possui no País 13 unidades produtivas e cinco centros de Pesquisa e Desenvolvimento, localizados em Minas Gerais (Contagem, Itaúna e Lavras), Pernambuco (Goiana e Cabo de Santo Agostinho) e São Paulo (Amparo, Hortolândia, Santo André e Mauá).

Para mais informações:
SD&PRESS Consultoria
Priscila Fabi (priscila.fabi@sdpress.com.br)
Mariana Larsson (mariana.larsson@sdpress.com.br)
Sergio Duarte (sergio.duarte@sdpress.com.br)

Postar um comentário