quarta-feira, 15 de março de 2017

MOTO GP NO CATAR

MAVERICK VIÑALES É IMBATÍVEL NA PRÉ-TEMPORADA MOTO GP NO CATAR
                                                                             

O estreante da Yamaha liderou todas as 4 baterias de testes (Valência, Malásia, Austrália e Catar)  
                                                                                                                                           
A pré-temporada da MotoGP terminou no último domingo (12/03), no circuito de Losail, no Catar. O estreante da Yamaha, Maverick Viñales foi novamente o mais rápido. Sua melhor volta ficou em 1min54s330, Andrea Dovizioso (Ducati) fechou a bateria 7 centésimos mais lento, seguido por Dani Pedrosa (Honda).

Viñales vem sendo a sensação da pré-temporada, mesmo com 100% de aproveitamento nas quatro sessões de testes (além de liderar no Catar, o #25 ficou com o melhor tempo também em Valência, na Malásia e na Austrália), o espanhol acredita que ainda há espaço para melhorar: “Estou muito feliz, demos mais um passo importante e estou me sentindo confortável com a YZR-M1 mesmo no ritmo da corrida. Eu sinto que ainda podemos melhorar a eletrônica e ganhar alguns décimos. Com certeza não estamos no limite da moto. Se fizermos no primeiro GP, o que fizemos no teste, podemos lutar pela vitória. Temos um pacote muito bom!”
                                                                    

Maverick Viñales, que disputará em 2017, sua terceira temporada de MotoGP, sua primeira pela equipe Movistar Yamaha MotoGP, começou jovem no Mundial, em 2011, aos 16 anos, estreou no Campeonato de 125cc, quando conquistou quatro vitórias e ficou com o terceiro lugar na classificação final. Em 2012, Maverick fechou o ano na terceira posição, com mais cinco vitórias na nova categoria Moto3. Em 2013, foi a vez de conquistar o título nessa mesma categoria. No ano seguinte, o espanhol fez sua única temporada na Moto2, somou quatro vitórias e obteve o terceiro lugar no Campeonato. Foi aí, que aos 20 anos passou a disputar o MotoGP. Recebeu o título de Rookie (estreante) do Ano de 2015 e terminou o campeonato em 12º lugar, com uma moto ainda em desenvolvimento. O grande destaque veio em 2016, quando Maverick ficou no topo do pódio no Grande Prêmio da Grã-Bretanha (Silverstone). Com outros três top-three ao longo do ano, Viñales terminou a temporada na quarta posição. Em 2017, Viñales terá como companheiro de equipe o lendário Valentino Rossi.
                                                                  

Rossi, que por sua vez, teve uma sessão desafiadora e fechou a pré-temporada 2017 no Catar, com o 6º tempo. “Agora temos que trabalhar juntos e tentar sermos mais fortes para a primeira corrida. Espero ser mais rápido e mais competitivo.”

Para Massimo Meregalli, diretor do time Movistar Yamaha MotoGP, a última bateria da pré-temporada foi importante para testar configurações de corrida e aumentar ainda mais a ansiedade da estreia da temporada: “Os testes de pré-temporada foram cruciais para nós, a fim de nos preparar para a primeira etapa da temporada. Nos últimos testes focamos o trabalho em simulações de corrida e conseguimos finalizar o programa fazendo alguns ajustes finais para as configurações. Maverick completou uma corrida mais forte e longa, e manteve seus tempos de volta rápida nos três dias no Catar, durante os ataques de tempo e simulação de corrida, e isso nos dá grande confiança para a primeira prova. Valentino encontrou alguns problemas com a configuração de sua moto no terceiro dia. Os engenheiros farão uma comparação entre os dias de testes para descobrir o que funcionou e o que não funcionou. Agora que acabou a última sessão de testes, estamos ansiosos para começar a temporada em duas semanas.”

A temporada 2017 da MotoGP começa dia 26 março, no circuito de Losail, no Catar.

Mais informações, acesse :
www.yamaha-motor.com.br, www.facebook.com/yamahamotorbrasil ou 
www.twitter.com/yamahamotorbra

Postar um comentário