domingo, 9 de abril de 2017

MOTOGP- ARGENTINA TREINOS LIVRES E CLASSIFICATÓRIOS

                                                                            
 Marc MARQUEZ

Oliveira derruba própria marca e garante pole da Moto2 no GP da Argentina
                                                                           

Impossível contar quantas mudanças houve nas primeiras posições durante o treino classificatório da categoria Moto2 para o Grande Prêmio Motul da Argentina, realizado na tarde deste sábado (8) no Circuito Termas de Rio Hondo. Com o céu ainda bastante carregado, porém, com a pista cada vez mais seca, inúmeros pilotos dividiram a liderança da sessão que definiu o grid de largada para a prova deste domingo. Mas foi Miguel OLIVEIRA (#44), da equipe Red Bull KTM Ajo, quem mais se destacou. O piloto português voltou inspirado para a segunda metade da sessão e obteve um excelente desempenho de sua moto KTM. Após baixar ao menos cinco vezes o melhor tempo, Oliveira faturou a ponta com a volta de 1m45s616.

Outros três pilotos se aproximaram da marca alcançada pelo português. Franco MORBIDELLI (#21), da equipe EG 0,0 Marc VDS, garantiu o segundo posto no grid com o tempo de 1m45s715. Seu companheiro de equipe, o espanhol Alex MARQUEZ (#73), veio na sequência, em terceiro, com 1m45s864, logo à frente de Thomas LUTHI (#12), da CarXpert Interwetten, na quarta posição, com a volta de 1m45s990.

Já na casa de 1m46s, o suíço Jesko RAFFIN (#2), da equipe Garage Plus Interwetten, vai largar em quinto após obter o tempo de 1m46s053 no treino classificatório. A largada da categoria Moto2 para o Grande Prêmio Motul da Argentina está prevista para as 14h20 deste domingo (9). Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados:

1º - Miguel OLIVEIRA (#44), da Red Bull KTM Ajo – 1m45s616

2º - Franco MORBIDELLI (#21), da EG 0,0 Marc VDS – 1m45s715

3º - Alex MARQUEZ (#73), da EG 0,0 Marc VDS - 1m45s864

4º - Thomas LUTHI (#12), da CarXpert Interwetten - 1m45s990

5º - Jesko RAFFIN (#2), da Garage Plus Interwetten – 1m46s053

6º - Mattia PASINI (#54), da Italtrans Racing Team - 1m46s144

7º - Sandro CORTESE (#11), da Dynavolt Intact GP - 1m46s145

8º - Xavi VIERGE (#97), da Tech 3 Racing - 1m46s173

9º - Xavier SIMEON (#19), da Tasca Racing Scuderia Moto2 - 1m46s197

10º - Lorenzo BALDASSARRI (#7), da Forward Racing Team – 1m46s420

Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM
                                                                                

Marc Marquez volta a brilhar e garante pole para o GP da Argentina
                                                                                   

Marc MARQUEZ (#93), da equipe Repsol Honda Team, voou baixo na sessão classificatória e garantiu a pole position para o Grande Prêmio Motul da Argentina, prova que será realizada neste domingo (9) no circuito Termas de Rio Hondo. O atual campeão da MotoGP não deu chances aos adversários no treino decisivo, realizado com chuva e asfalto molhado na tarde deste sábado (8). O espanhol entrou inspirado na pista. Já em sua segunda tentativa, cravou a marca de 1m48s571. No final do treino, conseguiu melhorar em quase um segundo sua volta rápida e faturou a primeira posição do grid largada com o tempo de 1m47s512.

Enquanto isso, a briga pela vice-liderança foi definida na casa dos milésimos. O checo Karel ABRAHAM (#17), da equipe Pull&Bear Aspar Team, venceu a disputa com Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda, pelo segundo posto. O piloto fechou sua melhor volta em 1m48s275, apenas três milésimos mais rápido que o adversário britânico.

Na sequência do grid, o italiano Danilo PETRUCCI (#9), da equipe OCTO Pramac Racing, colocou sua Ducati na quarta marca, logo à frente do espanhol Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team, em quinto.

Quem acabou ficando um pouco para traz foi o atual líder do campeonato, Maverick VIÑALES (#25), da equipe Movistar Yamaha MotoGP. O piloto espanhol liderou boa parte dos treinos, porém, na sessão decisiva e com pista molhada foi apenas o sexto mais rápido. Já o caso de seu companheiro de equipe, Valentino ROSSI (#46), foi justamente o contrário. Após ter dificuldades para andar entre os mais rápidos, o italiano heptacampeão fez o segundo tempo na primeira parte do classificatório e em seguida confirmou a sétima posição no grid.

A largada da categoria MotoGP no Grande Prêmio Motul da Argentina está prevista para as 16h deste domingo (9). Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados:

1º - Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team – 1m47s512

2º - Karel ABRAHAM (#17), da Pull&Bear Aspar Team– 1m48s275

3º - Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda - 1m48s278

4º - Danilo PETRUCCI (#9), da OCTO Pramac Racing - 1m48s908

5º - Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team – 1m49s008

6º - Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP - 1m49s218

7º - Valentino ROSSI (#46), da Movistar Yamaha MotoGP - 1m49s272

8º - Aleix ESPARGARO (#41), da Aprilia Racing Team Gresini - 1m49s323

9º - Loris BAZ (#76), da Reale Avintia Racing - 1m49s630

10º - Alvaro BAUTISTA (#19), da Pull&Bear Aspar Team – 1m50s724

Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM

Marc Marquez lidera 4º treino livre da MotoGP com pista molhada

O 4º treino livre da categoria MotoGP, realizado no início da tarde deste sábado (8), serviu como uma breve introdução de como será à disputa das sessões classificatórias, que serão realizadas na sequência. Com o aumento da chuva e a pista do circuito Termas de Rio Hondo bastante molhada, os pilotos fizeram um teste nestas condições menos favoráveis para as sessões decisivas. O mais rápido foi o atual campeão, Marc MARQUEZ, (#93), da equipe Repsol Honda Team. O piloto espanhol acelerou forte e nos momentos finais do treino melhorou consecutivamente sua volta rápida. Marquez obteve a marca de 1m50s042 e abriu quase três décimos para os adversários.

Mas o campeão também se destacou por quase sofrer um acidente banal, que poderia comprometer seu desempenho nos treinos classificatórios. Já encerrada a sessão, Marquez patinou a roda traseira enquanto fazia a tradicional arrancada ao lado de outros pilotos. Porém, conseguiu segurar a moto, mas por muito pouco não foi parar no chão.

Seguindo a classificação do treino livre, Cal CRUTCHLOW (#35), da equipe LCR Honda, voltou a demonstrar bom desempenho em pista molhada e garantiu o segundo posto com a volta de 1m50s318. Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team, foi o terceiro mais rápido com o tempo de 1m50s361, logo à frente de Danilo PETRUCCI (#9), da OCTO Pramac Racing, em quarto, com 1m50s623, e de Jack MILLER (#43), da EG 0,0 Marc VDS, na quinta posição, com 1m50s939.

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados no 4º treino livre da categoria MotoGP:

1º - Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team – 1m50s042

2º - Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda – 1m50s318

3º - Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team - 1m50s361

4º - Danilo PETRUCCI (#9), da OCTO Pramac Racing - 1m50s623

5º - Jack MILLER (#43), da EG 0,0 Marc VDS – 1m50s939

6º - Jonas FOLGER (#94), da Monster Yamaha Tech 3 - 1m50s962

7º - Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team - 1m51s049

8º - Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP - 1m51s062

9º - Loris BAZ (#76), da Reale Avintia Racing - 1m51s083

10º - Johann ZARCO (#5), da Monster Yamaha Tech 3 – 1m51s089

Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM 


McPhee faz volta mais rápida e larga na pole da Moto3 no Grande Prêmio da Argentina
                                                                                   

John MCPHEE (#17), da equipe British Talent Team, recebeu uma ajudinha dos céus e garantiu a pole position para o Grande Prêmio Motul da Argentina na categoria Moto3. O piloto britânico aproveitou a boa condição da pista do circuito Termas de Rio Hondo, no início da tarde deste sábado (8), e, restando 15 minutos para o fim do treino classificatório, cravou a marca de 1m49s094. Instantes depois, os competidores retornaram aos boxes para ajustes finais. Ao retornarem à pista, as bandeiras do autódromo anunciavam a volta da chuva. Com isso, McPhee ficou apenas na torcida aguardando o fim do treino para assim comemorar a sua segundo pole na carreira.

A segunda posição no grid foi para Nicolo BULEGA (#8), da equipe SKY Racing Team VR46. O piloto italiano conseguiu sua melhor marca nos instantes finais da sessão, mesmo com o asfalto parcialmente molhado. Bulega - que teve sua melhor volta na sessão anterior em análise – fechou o tempo de 1m49s248.

Seguindo a ordem do grid, Jorge MARTIN (#88), da equipe Del Conca Gresini Moto3, larga em terceiro, logo à frente de Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0, em quarto, e de Fabio DI GIANNANTONIO (#21), da Del Conca Gresini Moto3, na quinta posição. Quem acabou sendo bastante prejudicado com a chuva foi o atual líder do campeonato, Joan MIR (#36), da equipe Leopard Racing, que larga apenas em 16º.

Além das disputas, o treino classificatório da Moto3 apresentou um acidente mais grave. Ainda nos primeiros minutos da sessão, Albert ARENAS (#75), da equipe MAHINDRA MOTARD Aspar, perdeu o controle da moto na Curva 11 e caiu em alta velocidade. A moto ficou bastante danificada e o piloto acabou recebendo atendimento médico – mas passa bem.
                                                                         

A largada da Moto3 está prevista para as 13h deste domingo (9). Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados para o grid da categoria:

1º - John MCPHEE (#17), da British Talent Team– 1m49s094

2º - Nicolo BULEGA (#8), da SKY Racing Team VR46– 1m49s248

3º - Jorge MARTIN (#88), da Del Conca Gresini Moto3- 1m49s323

4º - Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0 - 1m49s463

5º - Fabio DI GIANNANTONIO (#21), da Del Conca Gresini Moto3 - 1m49s486

6º - Romano FENATI (#5), da Marinelli Rivacold Snipers – 1m49s493

7º - Juanfran GUEVARA (#58), da RBA BOE Racing Team - 1m49s782

8º - Andrea MIGNO (#16), da SKY Racing Team VR46 - 1m49s830

9º - Tatsuki SUZUKI (#24), da SIC58 Squadra Corse - 1m49s843

10º - Philipp OETTL (#65), da Südmetall Schedl GP Racing – 1m49s860

Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM 

Com a pista em melhores condições, Baldassarri lidera 3º treino livre da Moto2

A chuva deu uma trégua, no final da manhã deste sábado (8), e os pilotos da categoria Moto2 puderam entrar na pista do circuito Termas de Rio Hondo para a disputa do 3º treino livre válido para o Grande Prêmio Motul da Argentina. Com o asfalto cada vez mais seco, os competidores foram, consecutivamente, baixando os tempos da sessão e se aproximando das marcas alcançadas nos treinos anteriores. Lorenzo BALDASSARRI (#7), da equipe Forward Racing Team, foi o mais rápido. O piloto italiano cravou a marca de 1m46s100 em sua última tentativa e garantiu a liderança.

Nas posições seguintes, a disputa com a pista em condições intermediárias seguiu intensa. Miguel OLIVEIRA (#44), da equipe Red Bull KTM Ajo, fechou o segundo posto com a volta de 1m46s290. Danny KENT (#52), da Kiefer Racing, foi o terceiro mais rápido e terminou a sessão com a marca de 1m46s316.

Enquanto isso, Franco MORBIDELLI (#21), da equipe EG 0,0 Marc VDS, que vinha como o mais rápido até então, ficou apenas com a quarta posição no treino ao completar sua melhor volta em 1m46s389. Ainda assim, Morbidelli mantém a liderança no acumulado das sessões livres. E fechando a lista dos primeiros colocados, Simone CORSI (#24), da equipe Speed Up Racing, garantiu a quinta marca com o tempo de 1m46s422.

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados no 3º treino livre da categoria Moto2:

1º - Lorenzo BALDASSARRI (#7), da Forward Racing Team – 1m46s100

2º - Miguel OLIVEIRA (#44), da Red Bull KTM Ajo – 1m46s290

3º - Danny KENT (#52), da Kiefer Racing - 1m46s316

4º - Franco MORBIDELLI (#21), da EG 0,0 Marc VDS - 1m46s389

5º - Simone CORSI (#24), da Speed Up Racing – 1m46s422

6º - Isaac VIÑALES (#32), da BE-A-VIP SAG Team - 1m46s450

7º - Alex MARQUEZ (#73), da EG 0,0 Marc VDS - 1m46s466

8º - Xavi VIERGE (#97), da Tech 3 Racing - 1m46s516

9º - Hafizh SYAHRIN (#55), da Petronas Raceline Malaysia - 1m46s618

10º - Fabio QUARTARARO (#40), da Pons HP40 – 1m46s653

Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM 

Chuva interrompe 3º treino livre da MotoGP e Cal Crutchlow é o mais rápido

Uma presença inconveniente frustrou pilotos e equipes durante o 3º treino livre da categoria MotoGP para o Grande Prêmio Motul da Argentina. Ainda na metade da sessão, realizada na manhã deste sábado (8), as bandeiras do circuito de Termas de Rio Hondo anunciaram a chegada da chuva. Com a pista molhada e restando 15 minutos para o encerramento do treino, os pilotos optaram por recolher suas motos aos boxes. Apenas Marc MARQUEZ (#93), da equipe Repsol Honda Team, arriscou-se em acelerar nas condições adversas do asfalto.

Com o fim prematuro da disputa, os competidores não chegaram a fechar voltas realmente rápidas. A primeira posição ficou com Cal CRUTCHLOW (#35), da equipe LCR Honda. O britânico foi um dos poucos a melhorar a própria marca e encerrou o treino com o tempo de 1m39s772. Já a vice-liderança foi para Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP, que manteve a volta mais rápida no acumulado dos treinos. O atual líder campeonato terminou a sessão com a marca de 1m39s867.

Os demais pilotos não chegaram a completar voltas na casa de 1m39s. Dani PEDROSA (#26), da equipe Repsol Honda Team, foi o terceiro colocado com o tempo de 1m40s292, seguido por Scott REDDING (#45), da OCTO Pramac Racing, em quarto, com 1m40s321, e por Marc MARQUEZ (#93), da equipe Repsol Honda Team, em quinto, com 1m40s394.
                                                                            

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados no 3º treino livre da categoria MotoGP:

1º - Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda – 1m39s772

2º - Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP – 1m39s867

3º - Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team - 1m40s292

4º - Scott REDDING (#45), da OCTO Pramac Racing - 1m40s321

5º - Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team – 1m40s394

6º - Loris BAZ (#76), da Reale Avintia Racing - 1m40s397

7º - Jack MILLER (#43), da EG 0,0 Marc VDS - 1m40s514

8º - Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team - 1m40s551

9º - Andrea IANNONE (#29), da Team SUZUKI ECSTAR - 1m40s590

10º - Aleix ESPARGARO (#41), da Aprilia Racing Team Gresini – 1m40s624

 Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM 

Joan Mir bate própria marca e lidera 3º treino livre da Moto3

O segundo dia de treinos para o Grande Prêmio Motul da Argentina iniciou com tempo nublado e temperatura na casa dos 18º graus no circuito Termas de Rio Hondo. Os primeiros pilotos a entrarem na pista, na manhã deste sábado (8), para a disputa do 3º treino livre foram os da categoria Moto3. E a briga pelas primeiras posições voltou a ser bastante intensa.

A configuração final da sessão foi definida apenas nos últimos segundos. E novamente o espanhol Joan MIR (#36), da equipe Leopard Racing, colocou sua Honda na primeira posição. O piloto, que já havia sido o mais rápido nos treinos de ontem, melhorou a própria marca e bateu todos os oponentes ao fechar o tempo de 1m49s824.

Já a segunda posição foi para Aron CANET (#44), da equipe Estrella Galicia 0,0. O piloto chegou a ocupar a liderança, porém, acabou sendo superado pelo atual líder do campeonato. Jorge MARTIN (#88), da Del Conca Gresini Moto3, garantiu o terceiro posto no treino com a volta de 1m49s881. A quarta colocação foi para o argentino Gabriel RODRIGO (#19), da RBA BOE Racing Team. O piloto da casa figurou entre os mais rápidos e encerrou a sessão com a marca de 1m49s973. E fechando a lista dos cinco primeiros, Tony ARBOLINO (#14), da SIC58 Squadra Corse, foi o último piloto a ficar na casa de 1m49s com o tempo de 1m49s995.

A briga intensa por posições acabou resultando em alguns incidentes. John MCPHEE (#17), da equipe British Talent Team, errou o traçado da pista e quase foi parar no chão ao passar com as duas rodas pela grama. Apesar disso, conseguiu trazer a moto de volta à pista e garantiu a nona posição no treino. O próprio líder, Joan MIR, passou reto em uma das curvas e teve que fazer um longo caminho pela grama. Já Juanfran GUEVARA (#58), da RBA BOE Racing Team, não teve a mesma sorte. O piloto perdeu a frente da moto em uma curva e acabou indo para no chão.  

Confira abaixo a classificação dos 10 primeiros colocados nos treinos livres da categoria Moto3:

1º - Joan MIR (#36), da equipe Leopard Racing – 1m49s824

2º - Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0 – 1m49s866

3º - Jorge MARTIN (#88), da Del Conca Gresini Moto3- 1m49s881

4º - Gabriel RODRIGO (#19), da RBA BOE Racing Team - 1m49s973

5º - Tony ARBOLINO (#14), da SIC58 Squadra Corse- 1m49s995

6º - Darryn BINDER (#40), da Platinum Bay Real Estate – 1m50s128

7º - Philipp OETTL (#65), da Südmetall Schedl GP Racing - 1m50s175

8º - Niccolò ANTONELLI (#23), da Red Bull KTM Ajo - 1m50s181

9º - John MCPHEE (#17), da British Talent Team - 1m50s207

10º - Romano FENATI (#5), da Marinelli Rivacold Snipers – 1m50s282

 Texto: Eduardo Coutelle | Fotos: Gilmar Rose - VGCOM 


Nos acompanhe nas redes sociais:

Facebook VGCOM: facebook.com/vgcom1

Instagram VGCOM: instagram.com/vgcombr

Facebook Fala Piloto: facebook.com/falapiloto

Instagram Fala Piloto: instagram.com/falapiloto

Postar um comentário