domingo, 23 de julho de 2017

ALEX BARROS VENCE EM INTERLAGOS COM D.PIERLUIGI EM SEGUNDO NA 4° ETAPA. DA SUPER BIKE BRASIL

                                                                             

Equipe Híbridos Club comemora a dobradinha de seus pilotos e a liderança no campeonato. A festa do time só não foi completa por conta da queda de José Duarte na SuperSport 600cc. A próxima etapa será dia 28 de agosto novamente na pista paulistana.
                                                                     

Um fim de semana perfeito para a equipe Híbridos Club Alex Barros Racing. Assim pode ser resumida a quarta etapa do SuperBike Brasil, realizada neste domingo (23) no autódromo de Interlagos (SP). Alex Barros venceu a disputa ao completar as 16 voltas em 35min01s251. O ‘vovô’ Barros ainda anotou a volta mais rápida da prova, com 1min37s274 e média de 118,119km/h. O companheiro Diego Pierluigi foi o segundo colocado, e por pouco não ficou com a vitória, fazendo a festa para o time Híbridos Club Alex Barros Racing. Diego Faustino chegou em tercei e completou o pódio da etapa. A próxima etapa será dia 28 de agosto novamente na pista paulistana.
                                                                     

A disputa foi acirrada e emocionante. Com Alex Barros e Diego Pierluigi fazendo um belo duelo pelo primeiro lugar. Pierluigi fez ótima largada e assumiu a ponta ainda no primeiro giro. Na mesma volta Alex assumiu a ponta de novo. E estava com ritmo forte, mas seguido de perto por seu companheiro de equipe. A briga tinha tudo para seguir eletrizante, mas o procedimento de safety car no final da volta 4 fez os pilotos diminuírem o ritmo. Na abertura do 12º giro, a relargada foi dada, e aí os ‘pegas’ voltaram. Os donos das motos #4 e #84 estavam em uma briga intensa. Nas duas voltas finais, Pierluigi pressionou, voltou a ultrapassar Alex, mas o experiente piloto da Honda CBR 1000RR #4 levou a melhor e cruzou em primeiro.

Alex Barros comemorou o resultado e, principalmente, as melhorias nítidas nas motos da equipe Híbridos Club.  “Fico muito feliz que conseguimos deixar as duas motos bem competitivas durante o fim de semana todo. Fizemos configurações diferentes e os resultados começaram a aparecer. E quando a tudo está bem, a equipe toda vai bem. O Diego sempre foi piloto para andar na ponta, mas teve problemas nas primeiras etapas. E agora está ali, andando na frente. Uma pena foi o excesso de voltas em bandeira amarela, fato que tira um pouco o brilho da corrida, e causa uma preocupação com os pneus, de esfriarem muito. Mas em bandeira verde tivemos uma disputa bonita e acirrada. O Diego pressionou bastante e isso mostra que aqui não tem esse lance de chefe de equipe, a ordem é buscarmos o primeiro lugar sempre, só não vale derrubar ninguém”, comemorou Alex Barros que se manteve na liderança do campeonato, e agora soma 87 pontos.

Barros voltou a elogiar o trabalho de sua equipe e ficou muito contente em estrear um novo patrocinador com o melhor resultado possível. “A equipe está muito feliz pelo resultado com essa dobradinha. Estrear um patrocinador novo com um resultado desses é muito importante e nos dá um novo ânimo para as próximas etapas. Temos ciência de que ainda há melhorias a fazer, mas estamos muito felizes e isso mostra nossa evolução. Apesar da minha vantagem na tabela, considero que ainda é muito precoce falar de campeonato, tem muita coisa para acontecer, e temos que continuar trabalhando e buscando a vitória sempre”, ressaltou.

Por uma diferença de 0.100 o argentino Diego Pierluigi não subiu ao degrau mais alto do pódio, mas considerou que esta foi sua primeira prova positiva no ano. Ele está confiante em manter o ritmo e quer continuar brigando por vitórias.

“A corrida foi boa, mas teve muitas voltas em bandeira amarela, por conta de um problema na pista, relacionado à segurança em uma das áreas de escape ali no Café. Eu fiquei preocupado porque os pneus começaram a esfriar, mas a segurança é sempre prioridade. A primeira volta, depois da relargada, a moto escapava demais, mas administrei bem. Tentei seguir o ritmo do Alex, pois sabia que nós dóis tínhamos um ritmo parecido. Nas duas últimas voltas eu comecei a fazer pressão e no giro final eu tentei fortemente a vitória. E citando o que disse uma vez o Valentino Rossi: ‘quando se tem chance de ganhar, tem que tentar, senão não fico tranquilo’. E eu pensei a mesma coisa. Eu tentei uma, duas vezes, mas não consegui. Dessa vez não deu, mas foi minha primeira corrida boa no ano. E o segundo lugar com certeza é positivo também. Estou muito feliz”, comemorou o piloto que agora está com 45 pontos e ocupa a sexta posição.

SuperSport 600cc: José Duarte cai e não completa a 4ª etapa
O fim de semana de comemorações para Híbridos Club Alex Barros Racing só não foi completo por conta de uma queda de José Duarte na disputa da SuperSport 600cc Pro. O jovem de 19 anos caiu ainda no começo da corrida e não teve condições de voltar para a prova.

Confira os resultados da 4ª etapa em Interlagos (Top-10):
1) 4-Alex Barros (P), 16 voltas em 35min01s251
2) 84-Diego Pierluigi (P), à 0.100
3) 68-Diego Faustino (P), à 0.733
4) 51-José Luiz Cachorrão (P), à 4.056
5) 15-Wesley Gutierrez (P), à 6.694
6) 17-Danilo Lewis (P), à 9.443
7) 12-Davi Lara Costa (P), à 18.106
8) 34-Bruno Corano (PE), à 18.264
9) 23-Diego Viveiros (PA), à 19.224
10) 41-Massao Nishimoto (P), à 19.660
Melhor volta: Alex Barros com 1:37.274 e média de 118,119km/h

Classificação da temporada - após quatro etapas (Top-10):
Categoria SBK
1) 4-Alex Barros, 87 pontos
2) 68-Diego Faustino, 65
3) 151-Eric Granado, 60 
4) 15-Wesley Gutierrez, 54
5) 51-José Luiz T. Cachorrão, 46
6) 84-Diego Pierluigi, 45
7) 12-Davi Lara Costa, 35
8) 17-Danilo Lewis, 26
9) 177-Marcelo Skaf, 22
10) 34-Bruno Corano, 17

fotos: Sampafotos.
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula 
fernanda@fgcom.com.br / beatriz@fgcom.com.br 

 Siga no instragram :@bloggentefina.
Postar um comentário