domingo, 9 de julho de 2017

GP3 Series: Acidente tira Bruno Baptista da corrida na Áustria

                                                

Brasileiro bate forte, vê seu carro voar e não completa a segunda prova do fim de semana no Red Bull Ring, mas felizmente foi só um susto e o piloto está bem. Próxima etapa será no fim de semana que vem, em Silverstone (Ing).
                                                                         
Bruno puxando o pelotão.
A prova 2 que completou a segunda etapa da GP3 Series, neste domingo (9) no Red Bull Ring, na Áustria, tinha tudo para ser uma grande corrida para Bruno Baptista, que tinha boas chances de chegar no Top-10 e conquistar seus primeiros pontos no campeonato, mas o dia foi mesmo de um grande susto  para o jovem brasileiro. Na metade da disputa, na volta 9, o piloto da DAMS sofreu um acidente forte, após pegar uma zebra. Ele não teve condições de continuar, tendo que abandonar a disputa.

A vitória ficou com o sul-africano Raoul Hyman. Giuliano Alesi e Nirei Fukuzuma completaram o pódio da segunda corrida no circuito austríaco. Com o resultado, o japonês assumiu a liderança da competição com 54 pontos. A próxima etapa será no fim de semana que vem, em Silverstone (Ing).  

Bruno Baptista comentou sobre seu ritmo de prova e falou que estava confiante em buscar seus primeiros pontos. “A corrida começou bacana, eu fiz uma boa largada e em pouco tempo já estava em 12º. Acredito que tinha chance de estar no Top-10, pois tinha um bom ritmo de corrida, meu tempo era próximo ao pelotão do Top-5, eu estava virando muito mais rápido que os pilotos diretamente à minha frente, por exemplo, a corrida estava mesmo bem legal”, contou o brasileiro.

O jovem de 20 anos detalhou o acidente sofrido e o susto que passou. “Mas na metade da prova, acabei pegando um pouco mais a zebra (A FIA está usando uma zebra amarela, mais alta, para que os pilotos não façam track limit) e meu carro saiu totalmente do chão e acho que voou uns dois metros de altura e quando voltei, bati com tudo no chão. Por conta disso, não consegui continuar. Na hora fiquei com muita dor nas costas e fui para os boxes e logo fui levado ao hospital para fazer uma bateria de exames. Felizmente está tudo bem, e foi só um susto mesmo. Mas foi uma pena, pois realmente tinha um ritmo bom. Agora é pensar nas corridas da semana que vem”, comentou Baptista.

Confira o resultado da Corrida 2 (top-10):
1) 27 R. Hyman, 18 voltas em 24min34s848
2) 10 G. Alesi, a 0s938
3) 2 N. Fukuzumi, a 5s799
4) 11 R. Tveter, a 7s107
5) 1 J. Aitken, a 7s949
6) 3 G. Russel, 8s997
7) 4 A. Hubert, a 9s172
8) 22 A. Lorandi, a 14s677
9) 9 K. Joerg, a 15s310
10) 28 M. Siebert, a 15s890
      16 Bruno Baptista, não completou

Classificação da temporada – após duas etapas (top-10):
1) George Russel, 53
2) Nirei Fukuzuni, 54
3) Anthoine Hubert, 38
4) Alessio Lorandi, 32
5) Jack Aitken, 28
6) Raoul Hyman, 25
7) Arjun Maini e Dorian Boccolacci, 22
9) Giuliano Alesi, 20
10) Leonardo Pulcini, 18

Mais informações:

fernanda@fgcom.com.br 
www.fgcom.com.br

 Dutch Photo Agency
Postar um comentário