quinta-feira, 25 de abril de 2019

KGV FECHA PARCERIA E TRÁS CATEGORIA INTERNACIONAL DE KART

Categoria OK Internacional é novidade no Kartódromo Granja Viana.

Felipe Giaffone e Binho Carcasci anunciam parceria para promover Copa Pro Kart para categoria OK, que será disputada pela primeira vez no Brasil em um campeonato regional e contará com os mesmos equipamentos utilizados na Europa.

Com 20 anos de existência e reconhecida como o maior campeonato regional de kart do Brasil, a edição 2019 da Copa São Paulo de Kart Granja Viana (KGV) apresentará uma grande novidade a partir de sua terceira etapa, que acontecerá no dia 18 de maio. A disputa marcará a estreia da Copa Pro Kart para a categoria OK Internacional, que terá pela primeira vez no país uma competição regional.

A Copa Pro Kart será disputada em três etapas, todas em rodada tripla, totalizando nove corridas. Será uma grande oportunidade para os kartistas se preparem para o Campeonato Brasileiro de Kart, que em 2018 incluiu a categoria pela primeira vez e repetirá na edição deste ano.

Com motores CIK-FIA do modelo OK (os mesmos utilizados no Campeonato Brasileiro), que serão sorteados e fornecidos pela RBC Preparações durante as etapas, a categoria é destinada a pilotos a partir de 15 anos, já completados. A premiação também será um dos grandes atrativos do evento: os três primeiros colocados (ao final das nove etapas) ganharão suas inscrições para a disputa do Campeonato Brasileiro na mesma categoria. Além disso, os vencedores de cada uma das três etapas terão a chance de realizar um teste de Fórmula Academy Sudam. Outros prêmios e benefícios serão divulgados em breve.

A novidade também marca mais uma parceria entre Felipe Giaffone, piloto e administrador do kartódromo da Granja Viana, e Binho Carcasci, promotor da Seletiva de Kart Petrobras por 20 anos.

“Há anos, temos uma relação muito próxima e o Binho sempre fez um excelente trabalho à frente da Seletiva de Kart Petrobras. Essa parceria visa elevar a disputa desta nova categoria para um nível ainda mais profissional, como o Binho já fazia com a Seletiva”, comenta Giaffone.

“Vamos trabalhar para promover a categoria, que vai contar com os mesmos equipamentos utilizados na Europa, ou seja, o que tem de melhor em nível internacional. É o início de uma parceria, mas que tem como objetivo fazer algo ainda maior e mais profissional para o kartismo no ano que vem”, ressalta.

Carcasci, que realizou oito das 21 finais da Seletiva de Kart Petrobras no kartódromo da Granja Viana, também comemora a oportunidade de “abraçar” este novo projeto ao lado de Giaffone.

“Durante 20 anos promovendo a Seletiva, sempre tivemos uma parceria muito forte com o kartódromo da Granja Viana e, quando surgiu esta ideia de fazermos algo juntos, abracei na hora. Principalmente, por se tratar de uma competição que pode ajudar no desenvolvimento dos pilotos, um evento que será importante para o aprendizado e a projeção de suas carreiras”, acredita Carcasci.

Os detalhes do regulamento da categoria OK serão divulgados nos próximos dias. A primeira etapa no dia 18 de maio acontecerá na Granja Viana, bem como a segunda (8 de junho) e a terceira (22 de junho).

A Copa São Paulo de Kart Granja Viana é reconhecida pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e pela Confederação Nacional de Kart (CNK) e supervisionada pela Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP).

Calendário Copa Pro Kart:
1ª etapa: 18 de maio – Kartódromo Granja Viana (Cotia, SP)
2ª etapa: 8 de junho –Kartódromo Granja Viana (Cotia, SP)
3ª etapa: 22 de junho - Kartódromo Granja Viana (Cotia, SP)

F. FGCom Assessoria

quarta-feira, 24 de abril de 2019

KART: TAÇA AYRTON SENNA: ALBERTO OTAZU BUSCA VITORIA NESTA QUINTA FEIRA


Taça Ayrton Senna de Kart: Líder, Alberto Otazú quer outra vitória.

Na abertura do campeonato, sob chuva piloto dominou com pole, volta mais rápida e vitória de ponta a ponta.

O piloto Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem/AVSP/Rolley Ball/Baterias Tudor) vai defender a liderança na Taça Amika Ayrton Senna, que terá sua segunda etapa realizada nesta quinta-feira (25/4), no Kartódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). Ele soma 35 pontos, cinco de vantagem sobre Cayto Grotkowsy, o vice-líder.

“A minha vitória debaixo de chuva na primeira etapa foi muito legal. Tive a felicidade de dominar completamente e espero repetir a dose, muito provavelmente com piso seco desta vez”, planeja Alberto Otazú.

Na abertura do certame Alberto Otazú aproveitou a sua afinidade com piso molhado e em sua primeira volta já garantiu a pole position, com grande vantagem sobre Rodrigo Borotto, com quem dividiu a primeira fila. A partir daí foi liderando a competição, perseguido de perto por Borotto nas primeiras 17 voltas. Depois de um excelente pitstop para troca de kart, Otazú voltou para o circuito já estabelecendo o giro mais rápido e ampliando cada vez mais a vantagem sobre Cayto Grotkowsy, o vice-líder desde a 18ª passagem.

“Aquela foi uma corrida difícil e tensa, por causa das condições traiçoeiras do circuito molhado. Felizmente não cometi erros e a constância me ajudou a ter o bom resultado”, completou Otazú.

A segunda etapa será novamente no formato de mini endurance de 55 minutos de duração, com uma troca de kart, e provavelmente contará com um grid de pelo menos 24 concorrentes.

Confira os dez primeiros na Taça Ayrton Senna Amika: 1) Alberto Otazú, 35 pontos; 2) Cayto Grotkowsy, 30; 3) Rodrigo Borotto, 28; 4) Nelson Reple, 26; 5) Igor Mori, 25; 6) Fabio PL, 24; 7) Eduardo Barbosa, 23; 8) Rodrigo Molisani, 22; 9) Anthony Peperone, 21; 10) João Gasparini, 20.

 Alberto Cesar Otazú tem o apoio de Alpie Escola de Pilotagem, Autódromo Virtual de São Paulo (AVSP), Rolley Ball, Baterias Tudor. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde e Direção para a Vida.

Foto: Amika/Divulgação

F. mastermidia

terça-feira, 23 de abril de 2019

COPA INTERLAGOS DE KART PODE PAGAR ATÉ 100 MIL EM PREMIAÇÃO É NESTE SÁBADO

                                                                                       
Copa Interlagos de Kart traz mais novidades para sua 2ª etapa neste sábado.

Após o sucesso da etapa inaugural no final de fevereiro, torneio prepara novas atrações e promete ainda mais competitividade entre as 11 categorias que estarão em disputa no kartódromo paulista.
                                                                              

A Copa Interlagos de Kart prepara-se para mais um sábado de muita emoção, disputas e atrações. A segunda etapa da competição no kartódromo paulista terá 11 categorias na briga (Cadete, Mirim, Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior, KZ, KZ Sênior, Sprinter, F-4 e Força Livre). Os treinos oficiais começarão na quinta-feira (dia 25), com as atividades no sábado (27) a partir das 7h30. (Veja a programação completa no link: http://interlagosmotorclube.com.br/wp-content/uploads/2019/01/2%C2%B0-Etapa-COPA-INTERLAGOS-DE-KART-2019.pdf ).

Idealizada pelos ex-pilotos Gastão Fráguas Filho, Rubens Decoussau Tilkian e pelo Interlagos Motor Clube (IMC), a competição teve a sua primeira etapa no final de fevereiro e foi muito elogiada pelos competidores.
                                                                   


“A primeira etapa foi muito positiva e estamos confiantes de que teremos uma grande disputa novamente neste sábado. Idealizamos o evento na tentativa de fortalecer cada vez mais o kart e trazer mais corridas para Interlagos, que é uma pista tão importante na formação dos nossos pilotos. O kartismo é o ‘berço’ de grandes nomes do automobilismo mundial e acreditamos que este apoio é fundamental para nosso futuro no esporte”, destacou Gastão Fráguas, campeão mundial de kart em 1995 e que iniciou sua carreira na pista paulista.

A Copa Interlagos de Kart também tem como diferencial sua premiação, que pode chegar a 100 mil reais na temporada, além de vários incentivos, benefícios e até mesmo a chance de disputar corridas. A Sprint Race, uma das categorias que mais cresce do turismo nacional, oferecerá uma corrida para os pilotos da Graduados e da Sênior A que somarem mais pontos entre a 2ª e 4ª etapas da Copa Interlagos de Kart. Testes na Fórmula Academy Sudam e na F-3 também estão entre as premiações da competição.

Atrações e Novidades

Assim como já aconteceu na primeira etapa, em fevereiro, a MINI Autostar também estará no kartódromo realizando test drive com um modelo MINI Cooper, que ainda estará à frente de algumas baterias como carro madrinha. Aliás, o público presente e os familiares dos pilotos também participarão de sorteios para vivenciarem as largadas de dentro do carro. Uma experiência inesquecível.
                                                                                 

Uma grande novidade nesta etapa estará na briga pela pole position. Os kartistas, que conquistarem a posição de honra no grid da primeira bateria, receberão como prêmio uma estátua do tricampeão de F-1 Ayrton Senna, produzida pela Iron Studios. Próximo a completar 25 anos da morte de um dos maiores pilotos da história do automobilismo mundial, o prêmio representará uma motivação extra para os competidores.
                                                                         

Para que o evento também seja repleto de atrações e atraia toda a família para o kartódromo, os organizadores também fecharam uma parceria com a Mafoz Carrinhos Gourmet, que desde 2014 realiza eventos e festas, oferecendo um amplo cardápio, com diversas e deliciosas receitas da culinária brasileira.
                                                                         

A empresa terá seis carrinhos no kartódromo, com diferentes opções de menu, por um preço especial. Tudo para tornar o evento ainda mais agradável para o público e as famílias que estarão ali na torcida pelos pilotos. Além disso, todos que fecharem festas e eventos com a Mafoz, tendo conhecido a empresa na Copa Interlagos de Kart, receberão um desconto especial.

“Além da competição, que é sempre o nosso maior foco, queremos que a Copa Interlagos também propicie novas experiências para as famílias e todo o público presente no kartódromo. Ficamos muito felizes com o retorno que tivemos na primeira etapa e trazer diferenciais e atrações também são nossos objetivos. Toda essa integração da competição, com os fãs do esporte, familiares e ações com os patrocinadores também fortalecem muito o kartismo”, completou Rubens Tilkian.
                                                                           

A Copa Interlagos de Kart contará em 2019 com cinco etapas em rodada dupla. O evento tem a supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Federação Paulista de Automobilismo (FASP). A organização é do IMC, com promoção da GP Management.

Calendário da temporada 2019 da Copa Interlagos de Kart:
• 1ª etapa – 22 e 23 de fevereiro
• 2ª etapa – 26 e 27 de abril
• 3ª etapa – 24 e 25 de maio
• 4ª etapa – 30 e 31 de agosto
• 5ª etapa – 29 e 30 de novembro

Siga a Copa Interlagos de Kart nas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/Copa-Interlagos-de-Kart-1941024445968294/

Veja o regulamento com todos os prêmios e benefícios distribuídos no evento:
Fotos : Sandro Silveira
FGCom

segunda-feira, 22 de abril de 2019

STOCK CAR :SÃO QUATRO DÉCADAS COM MAQUINAS E MUITAS HISTORIAS

Stock Car completa hoje quatro décadas em altíssima velocidade

Nesta segunda-feira, dia 22, a principal categoria do Brasil relembra o passado enquanto se prepara para o futuro.
                                                                        

A Stock Car nasceu em uma era de automobilismo romântico no Brasil e atualmente se remodela para continuar sendo a principal referência do esporte para as gerações mais sintonizadas com o modo de vida contemporâneo e do futuro. No dia 22 de abril de 1979, na também emblemática pista de Tarumã, na Grande Porto Alegre, um grupo que reunia alguns dos maiores jovens talentos da época colocou pela primeira vez os Opalas da Stock para medir forças. Era a corrida inaugural da história daquela que hoje – e já há algumas décadas – é o principal campeonato do automobilismo brasileiro, um dos poucos torneios fora do eixo Europa-EUA-Japão capaz de atrair a atenção de fãs e profissionais do esporte em várias partes do mundo. 
                                                                       

De lá para cá, a Stock Car realizou 500 corridas, consagrou dezenas de jovens talentos, empregou milhares de pessoas, atraiu vários pilotos da Fórmula 1, foi ousada o suficiente para fazer uma prova na Europa e hoje é encarada como ideal de vida de uma geração inteira de pilotos brasileiros – tanto pelos bons salários quanto pela qualidade das corridas, do desafio e da visibilidade proporcionada. 
                                                                       

Maior evento esportivo dos finais de semana nas cidades onde realiza suas etapas, o que inclui várias das principais capitais do Brasil, a Stock Car saúda o próprio passado, mas também aprendeu a cultivar o futuro. “É o que mostra a criação e gestão da Stock Light, categoria de acesso iniciada em 1993”, diz Carlos Col, CEO da Vicar, promotora da Stock. “A Light revelou diversos talentos que vieram a se consolidar como profissionais na categoria superior e atualmente congrega o melhor das novas gerações do automobilismo nacional”, completa. 
                                                                                

O maior investimento no projeto de presença digital em 2019 e a racionalização do evento, que ainda está em curso, além da forte preocupação em oferecer entretenimento durante todo o período em que o público está no autódromo, mostram convergência com uma visão moderna do esporte que se impõe em nível mundial. “A Stock hoje vive o mesmo processo que está transformando paulatinamente as principais categorias, casos da F-1, Nascar e F-E, e também outras modalidades esportivas, como a NBA e campeonatos de futebol”, observa Carlos Col.
                                                                            

Consagração – A história da Stock Car é ponteada por vários dos maiores momentos do esporte a motor brasileiro. É o caso da consagração de Ingo Hoffmann como maior ídolo da categoria, com nada menos que 12 títulos e um exemplo de vida para os jovens aspirantes e fãs. Também se destacam as “eras” dominadas por Paulo Gomes, um talento obcecado pela vitória, e Chico Serra, dono de um estilo sóbrio e eficiente que agora é emulado por seu filho, Daniel, bicampeão e líder da atual geração. Paulão e Chico tiveram um seguidor à altura em Cacá Bueno, dono de cinco títulos e maior campeão ainda em atividade.
                                                                              

A fase romântica dos Opalas, com momentos que mesclaram heroísmo e temeridade, registraram o surgimento e a consolidação dos primeiros ídolos. “Já no período multimarcas, o profissionalismo atingiu níveis de padrão internacional e a categoria se firmou como o evento automobilístico mais bem sucedido do continente”, registra o dirigente da Stock Car. Nessa época, pelo alto nível de competitividade, a categoria foi apontada como uma das cinco maiores do tipo turismo do mundo.
                                                                

Estas fases levaram a Stock a atingir o estágio atual, com um nível técnico que surpreende as estrelas estrangeiras que vêm ao país para a “Corrida de Duplas” ou para tentar o prêmio máximo na “Corrida do Milhão” – dois marcos do esporte a motor brasileiro criados pela Stock Car. Nesse contexto, um movimento de renovação pressiona as atuais estrelas da categoria com a chegada de talentos ambiciosos, casos do jovem e já campeão Felipe Fraga (23 anos) e do grupo de aspirantes que hoje compõe 30% do grid. “Um ponto importante é o alto nível das equipes, compostas por excelentes engenheiros e técnicos. Elas completam a configuração extremamente competitiva da Stock Car moderna”, resume Carlos Col. 
                                                                           

40 anos em dez modelos – Toda essa história foi construída ao redor de grandes pilotos e, logicamente, dos carros que protagonizaram as 500 corridas da Stock Car. Ao todo foram dez modelos diferentes, muitos com versões e adaptações que os tornaram ícones em suas épocas. O grande nome dessa saga é logicamente o Opala, veículo que deu início à categoria e permaneceu como carro-base durante 15 temporadas. Ainda hoje o modelo da Chevrolet congrega milhares de fãs em clubes de colecionadores e admiradores individuais em todo o país.  

Em 2000, depois de seis anos com o então moderno Omega, a Stock iniciou a era dos chassis tubulares específicos de competição. O engenheiro argentino Edgardo Fernandez assinou o primeiro projeto, que até 2003 utilizou carroceria inspirada no Vectra. A fase multimarcas estreou em 2005, quando o Chevrolet Astra passou a dividir o grid com o Mitsubishi Lancer. Em 2007, a Stock contava quatro modelos na pista: Astra, Lancer, VW Bora e Peugeot 307 Sedan. A partir de 2017, o campeonato voltou a ser monomarca, utilizando apenas o Chevrolet Cruze.
                                                                       

Futuro – O projeto 2020 propõe a volta ao cenário multimarcas e trará novidades técnicas que irão radicalizar o esforço necessário para vencer corridas. “Desde já se coloca no horizonte das equipes um futuro próximo de grandes desafios e novos marcos para o esporte no Brasil”, resume o CEO da Vicar.
                                                                         

A Stock Car comemorará seus 40 anos na segunda etapa de 2019, marcada para o dia cinco de maio, no Autódromo do Velo Città – etapa mais próxima do dia de seu aniversário. A corrida terá largada às 13h e transmissão ao vivo pelo Sportv, a partir das 12h30. Seguindo a estratégia de ampliar a presença digital, o classificatório do sábado será mostrado, também ao vivo, pelo Globoesporte.com a partir das 13h30. Antes, às 11h, o segundo treino livre terá transmissão pelo YouTube e Facebook oficial da categoria. Os ingressos estão à venda pelo site www.ticketsforfun.com.br Mais informações em www.stockcar.com.br


 DEZ FERAS NA PISTA

Todos os carros da Stock Car: especial 40 anos

Dez modelos fizeram a história da categoria. Confira todos eles.


1. Chevrolet Opala, 1979 a 1993, 15 temporadas(1)
2. Chevrolet Omega, 1994 a 1999, 6 temporadas
3. Chevrolet Vectra, 2000 a 2003; e 2009 a 2011, 7 temporadas
4. Chevrolet Astra, 2004 a 2008, 5 temporadas
5. Mitsubishi Lancer, 2005 a 2008, 4 temporadas
6. Volkswagen Bora, 2006 e 2007, 2 temporadas
7. Peugeot 307 Sedan, 2007 a 2010, 4 temporadas
8. Peugeot 408 Sedan, 2011 a 2016, 6 temporadas
9. Chevrolet Sonic, 2012 a 2015, 5 temporadas
10. Chevrolet Cruze, 2016 a 2019, 4 temporadas

(1) De 1987 a 1989, na versão Chevrolet Opala Caio-Hidroplas. De 1990 a 1993, versão 
Chevrolet Opala Protótipo.


MAIORES VENCEDORES DA STOCK CAR

Após 500 GPs, Ingo, Paulão, Cacá e Chico encabeçam a lista de vitórias
1. Ingo Hoffmann, 77
2. Paulo Gomes, 40
3. Cacá Bueno, 37 (1)
4. Chico Serra, 33
5. Thiago Camilo 23 (1)
6. Xandy Negrão, 21
7. Daniel Serra, 19 (1)
8. Ricardo Maurício, 17 (1)
9. Felipe Fraga, 15 (1)
10. Adalberto Jardim, 14
10. Alencar Jr., 14
10. Ângelo Giombelli, 14
10. Átila Abreu, 14 (1)
10. Fábio Sotto Mayor, 14
15. Marcos Gomes, 13
16. Max Wilson, 11 (1)
17. Zeca Giaffone, 10
18. Rubens Barrichello, 9 (1)
19. Affonso Giaffone Jr., 8
19. Allam Khodair, 8 (1)
19. Giuliano Losacco, 8
19. Valdeno Brito, 8 (1)

(1) Pilotos ainda em atividade.


Todos os carros da Stock Car: especial 40 anos

Dez modelos fizeram a história da categoria. Confira todos eles.

DEZ FERAS NA PISTA

Modelo, anos de participação, temporadas disputadas

Chevrolet Opala, 1979 a 1993, 15 temporadas1
Chevrolet Omega, 1994 a 1999, 6 temporadas
Chevrolet Vectra, 2000 a 2003; e 2009 a 2011, 7 temporadas
Chevrolet Astra, 2004 a 2008, 5 temporadas
Mitsubishi Lancer, 2005 a 2008, 4 temporadas
Volkswagen Bora, 2006 e 2007, 2 temporadas
Peugeot 307 Sedan, 2007 a 2010, 4 temporadas
Peugeot 408 Sedan, 2011 a 2016, 6 temporadas
Chevrolet Sonic, 2012 a 2015, 5 temporadas
Chevrolet Cruze, 2016 a 2019, 4 temporadas


1 De 1987 a 1989, na versão Chevrolet Opala Caio-Hidroplas. De 1990 a 1993, versão

Chevrolet Opala Protótipo.


domingo, 21 de abril de 2019

SPRINT RACE : BRUNO E ALEX SEID VENCE BONITO E JÁ FOCALIZAM A PRÓXIMA ETAPA NOS EUA

Sprint Race: Bruno Smielevski (PRO) e Alex Seid (GP) garantem vitórias na prova final deste sábado

As próximas etapas do calendário, terceira e quarta etapas, serão inéditas nas pistas icônicas de Homestead, em 30 de junho, e Sebring, 07 de julho, na Flórida (EUA) 

Bruno Smielevski (SR#858), piloto da categoria PRO que divide o carro com João Rosate vencedor da primeira corrida, foi o primeiro a cruzar a linha de chegada da segunda corrida da segunda etapa da Sprint Race, com o tempo total de 25min02seg130, após 10 voltas e a 0, 017 do segundo colocado Dante Fibra (SR#07). Alex Seid, que faz dupla com Marcelo Henriques no Sprint #03, garantiu a liderança na categoria GP ao chegar em sétimo. A segunda etapa da Sprint Race aconteceu no Autódromo de Interlagos, neste sábado (20).
                                                                        

As disputas no circuito de 4.309 metros de extensão foram marcadas por disputas sensacionais, novamente demonstrou o equilíbrio da categoria e comprovou o alto nível dos pilotos entre si. Foi um verdadeiro show na pista, principalmente na fase de classificação da Super Pole realizada na tarde da sexta-feira, garantido por Marcelo Henriques da GP. Foram quatro pilotos diferentes no lugar mais alto do pódio. Na primeira corrida do dia, João Rosate venceu na categoria PRO, e Luciano Zangirolami na GP.

“É a primeira vez que competi em Interlagos, realmente a corrida foi bem difícil. Não tive tempos muitos bons nos treinos mas consegui recuperar na corrida e como tive a oportunidade de largar na frente com a posição deixada pelo Rosate por ter vencido a corrida anterior e venci por praticamente um bico do carro, em milésimos de segundo”, destacou o piloto Bruno Smielevski, de Criciúma (SC).
                                                                   

Alex Seid fez uma corrida de recuperação e garantiu a sua primeira vitória pela Sprint Race. “Foi muito difícil larguei lá da 14ª posição e vim escalando o pelotão, um a um, vim chegando e consegui administrar mantendo a posição nas últimas voltas até a bandeira quadriculada. Eu e o meu parceiro estamos muito felizes com os resultados que obtivemos, com a Super Pole, e, com os pontos somados importantíssimo para o campeonato na GP”, comemorou o paulista.

Thiago Marques, idealizador e organizador da Sprint Race fez um balanço da etapa no autódromo de Interlagos. “Super positivo o final de semana com duas corridas disputadíssimas que tivemos até hoje na Sprint Race na PRO e na GP andando muito próximos, tanto que o pole position foi da categoria GP. Então é um grande privilégio e agradecemos por poder proporcionar isso tudo para esses pilotos que acredito que saem de mais uma etapa felizes e satisfeitos”, declarou.
                                                                           

Agora, seguimos rumo ao Estados Unidos, os carros já partem daqui a 10 dias para as provas inéditas do calendário deste ano nos circuitos de Homestead, em 30 de junho e Sebring, dia 07 de julho. Queremos continuar contando com a torcida e apoio de vocês, incentivando a categoria como tem sido feito!”, concluiu o CEO da Sprint Race.
                                                                             

As duas corridas da segunda etapa tiveram transmissão ao vivo no canal em youtube.com (Acelerados) e durante a semana estarão disponíveis os compactos.  Haverá também as exibições na emissora  RedeTV! no programa Auto+, no canal por assinatura PlayTV  e no Programa National Sports Channel (canal 26 e 18, da Vivo/São Paulo).
                                                                                  
A Sprint Race Brasil é patrocinada pela aQuamec, Militec1, Yokohama, Fremax, Motul e Vivamil.

 Resultado da primeira corrida em Interlagos:

1) #858 João Rosate, PRO, a 13 voltas, 25min12seg813

2) #18 Pedro Lopes, PRO

3) #28 Vinicius Kwong, PRO

4) #19 Luciano Zangirolami, GP

5) #73 Francesco Franciosi, PRO

6) #85 Marcelo Brisac, GP

7) #99 Leo Torres, GP

8) #78 Franco Pasquale, PRO

9) #82 Gerson Campos, PRO

10) #07 Kau Machado, PRO

11) #17 Josimar Jr, GP

12) #77 Nathan Brito, PRO

13) #44 Luiz Arruda, GP

14) #03 Marcelo Henriques

Não completou 75% da prova

15) #55 Caê Coelho, GP

16) #61 Allan Croce, PRO

17) #09 Cassio Cortes, GP

 Resultado da segunda corrida em Interlagos:

1) #858 Bruno Smielevski, PRO, a 13 voltas, 25min32seg817

2) #07 Kau Machado, PRO

3) #73 Francesco Franciosi, PRO

4) #28 Vinicius Kwong, PRO

5) #82 Gerson Campos, PRO

6) #77 Rodrigo Elger, PRO

7) #03 Alex Seid, GP

8) #17 Daniel Coutinho, GP

9) #78 Franco Pasquale, PRO

10) #44 Luiz Arruda, GP

11) #19 Rafael Seibel, GP

12) #61 Lucas Croce, PRO

13) #28 Vinicius Kwong, PRO

14) #55 Caê Coelho, GP

15) #18 Pedro Lopes, PRO

Não completaram 75% da prova

16) #85 Eduardo Menossi, GP

17) #09 Cassio Cortes, GP



CALENDÁRIO 2019*

Etapa 1 - 24/03 – Londrina - BRA

Etapa 2 - 20/04 – São Paulo - BRA (#SprintSuperPole)

Etapa 3 - 30/06 – Homestead - EUA

Etapa 4 - 07/07 – Sebring - EUA

Etapa 5 - 07/09 – Londrina - BRA (#SprintNightChallenge)

Etapa 6 - 05/10 – Cascavel -BRA #SprintInverseRace)

Etapa 7 - 20/10 – Posadas – ARG (#SprintGuestDriver)

Etapa 8 - 30/11 – Velo Città - BRA (#SprintSetupFree)

Etapa 9 - 21/12 – São Paulo - BRA (#SprintMatchPoint)

Fotos :Luciano Santos/SiGCom

 SIG Comunicação.

sábado, 20 de abril de 2019

ROSATE E ZANGIROLAMI VENCEM NA PRIMEIRA CORRIDA DESTE SÁBADO

Sprint Race: João Rosate (PRO) e Luciano Zangirolami (GP) vencem a primeira corrida em Interlagos.
                                                                            


Na manhã deste sábado, 20, no Autódromo de Interlagos foi de pura adrenalina na realização da corrida de abetura do segundo encontro da temporada 2019 da Sprint Race Brasil. O piloto João Rosate, sexto no grid, fez uma brilhante largada e apontou à frente logo nas primeiras curvas, abriu vantagem e garantiu mais uma vitória na categoria PRO. O mesmo aconteceu com o piloto Luciano Zangirolami que soube administrar as ultrapassagens, depois de largar de terceiro, e marcou sua segunda vitória seguida na categoria GP.
                                                                            


João Rosate marcou 25min12seg813 após 13 voltas, seguido por Pedro Lopes (PRO), Vinicius Kwong (PRO) e Luciano Zangirolami (GP). “É demais vencer aqui em Interlagos. Sou de Goiânia, mas a minha família e amigos estão aqui, por isso considero São Paulo a minha segunda casa. Fiz uma corrida consistente e consegui abrir vantagem nas primeiras voltas. Conseguimos marcar o maior número de pontos nessa corrida é o que mais importa”, comemora João Rosate que ficará na torcida para o companheiro no SR#858, Bruno Smieleviski, que largará da pole position na segunda bateria.
                                                                   

“Foi bem emocionante, a gente vem construindo o campeonato na cabeça, poupamos bem os pneus usando essa estratégia. Na corrida deixei o pessoal da PRO passar durante o calor da corrida e mantive um ritmo confortável para ter um carro inteiro também para o Rafael Seibel no próxima corrida. Estava tentando fazer três, dois um, mas como veio um e um, vamos tentar a terceira vitória”, festeja Luciano Zanzirolami do SR#19.

Outro destaque da prova foi Marcelo Brisac, que divide o carro com Eduardo Menossi, saiu de trás e garantiu a segunda posição no pódio da categoria GP. “Fiz uma corrida boa, foi emoção do começo ao fim. Estou muito feliz com o desfecho da etapa”, destacou o piloto do SR#85.
                                                                          

O resultado da corrida estabelece a ordem de largada da segunda bateria da prova que será disputada às 13h10 deste sábado.

As duas corridas da segunda etapa serão transmitidas ao vivo no canal em youtube.com (Acelerados) e no site da Sprint Race neste sábado, 20, e durante a semana estarão disponíveis os compactos.  Haverá também as exibições na emissora  RedeTV! no programa Auto+, no canal por assinatura PlayTV  e no Programa National Sports Channel (canal 26 e 18, da Vivo/São Paulo).

A Sprint Race Brasil é patrocinada pela aQuamec, Militec1, Yokohama, Fremax, Motul e Vivamil.



Resultado da primeira corrida em Interlagos:

1) #858 João Rosate, PRO, a 13 voltas, 25min12seg813

2) #18 Pedro Lopes, PRO

3) #28 Vinicius Kwong, PRO

4) #19 Luciano Zangirolami, GP

5) #73 Francesco Franciosi, PRO

6) #85 Marcelo Brisac, GP

7) #99 Leo Torres, GP

8) #78 Franco Pasquale, PRO

9) #82 Gerson Campos, PRO

10) #07 Kau Machado, PRO

11) #17 Josimar Jr, GP

12) #77 Nathan Brito, PRO

13) #44 Luiz Arruda, GP

14) #03 Marcelo Henriques

Não completou 75% da prova

15) #55 Caê Coelho, GP

16) #61 Allan Croce, PRO

17) #09 Cassio Cortes, GP



Grid da segunda corrida:

1) #858 Bruno Smielevski, PRO

2) #18 Pedro Lopes, PRO

3) #28 Vinicius Kwong, PRO

4) #19 Rafael Seibel, GP

5) #73 Francesco Franciosi, PRO

6) #85 Eduardo Menossi, GP

7) #99 Vinny Azevedo, GP

8) #78 Franco Pasquale, PRO

9) #82 Gerson Campos, PRO

10) #07 Dante Fibra, PRO

11) #17 Daniel Coutinho, GP

12) #77 Rodrigo Elger, PRO

13) #44 Luiz Arruda, GP

14) #03 Alex Seid, GP

15) #55 Caê Coelho, GP

16) #61 Lucas Croce, PRO

17) #09 Cassio Cortes, GP



Programação deste sábado em Interlagos (Super Pole):

Sábado – 20 de abril

Corrida 2

11h30 – Alinhamento dos carros

12h35 – Placa de 5 minutos

12h40 – Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta

13h10 – Pódio das duas corridas

CALENDÁRIO 2019*

Etapa 1 - 24/03 – Londrina - BRA

Etapa 2 - 20/04 – São Paulo - BRA (#SprintSuperPole)

Etapa 3 - 30/06 – Homestead - EUA

Etapa 4 - 07/07 – Sebring - EUA

Etapa 5 - 07/09 – Londrina - BRA (#SprintNightChallenge)

Etapa 6 - 05/10 – Cascavel -BRA #SprintInverseRace)

Etapa 7 - 20/10 – Posadas – ARG (#SprintGuestDriver)

Etapa 8 - 30/11 – Velo Città - BRA (#SprintSetupFree)

Etapa 9 - 21/12 – São Paulo - BRA (#SprintMatchPoint)

 SIG Comunicação