sexta-feira, 20 de julho de 2018

SUPERBIKE TREINOS DESTA SEXTA FEIRA PELA 4 ° ETAPA

SUPERBIKE BRASIL DÁ INÍCIO À 4ª ETAPA COM TREINOS EM INTERLAGOS.

O SuperBike Brasil deu início à 4ª etapa da temporada! Nesta sexta-feira (20), pilotos e equipes estiveram em ação no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, para a realização de treinos livres e classificatórios em mais um dia de disputas no maior campeonato de motovelocidade das Américas.

No grid principal, Eric Granado (#51), da Honda Racing Brasil, foi o destaque das atividades. O atual campeão do SuperBike registrou o melhor tempo do dia ao completar volta em 1m35s619 nos treinos livres. Ele ficou à frente de Alex Barros (#4), da Alex Barros Racing, com 1m36s333, e Maximiliano Gerardo (#41), da Kawasaki Racing Team, com 1m36s456.

Entre as motos da SuperBike Extreme, o mais rápido foi Danilo Berto (#83), da Ducati, com 1m40s635. Rodrigo Dazzi (#146), da Zitto MotoSport, foi o segundo com 1m40s682, enquanto Davi Costa (#12), da JC Racing Team, fechou em terceiro com 1m40s898.

Os pilotos do grid principal voltam à pista neste sábado (21) para a disputa dos treinos classificatórios.

Já nas demais categorias, a sexta-feira foi divida em sessões de treinos livres e início dos classificatórios. Os pilotos iniciaram o dia realizando os últimos ajustes antes de partirem em busca do melhor tempo para o grid de largada, que será definido com a sequência da atividade neste sábado.

Bruno Corano (#34), da BMW Motorrad MotorSport, liderou na Evolution ao cravar 1m41s752. O segundo melhor da categoria foi Juliano Ferrante (#33), da Racer X Malibu Team, com 1m43s028, enquanto Edson Luiz (#99), da BMW Grand Brasil - PRT, fechou o top 3 com 1m45s329.

Na Evo1000, Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team, foi o melhor com 1m42s485, à frente de Fabricio de Freitas (#131), da Motonil Motors / UsatecBSB, com 1m44s243, e de Pablo Flores Nunes (#28), da Motonil Motors / UsatecBSB, com 1m45s669.

Cleber Pires (#76), da Tom Racing Team, fez o melhor tempo na SuperBike Light ao completar volta em 1m43s304. André Veríssimo (#93), da Paulinho SuperBikes, com 1m43s678, e Carlos Sakurai "Kaka", da Kaka Ks Racing, com 1m43s974, completaram o top 3.

Entre as motos da Master, Cris Nogueira (#26), da Motoschool Racing Team, com 1m44s587, foi o mais rápido. Guilherme Neto (#66), da Pro Racing Team, com 1m45s290, e Rene Ferreira (#147), também da Pro Racing Team, com 1m46s207, vieram na sequência.

Na SuperStock, Osvaldo Jorge Filho "Duende" (#155), da equipe Duende Racing, fez a volta mais rápida e cravou o tempo de 1m44s522. Logo em seguida, Rodrigo Torroglosa (#55), da HG Motos Racing / Friends Car, fez o segundo melhor tempo, com 1m44s590, e Peterson "Pet" (#6), da Pro Racing Team, fechou a volta em 1m46s698.

Na SuperSport, Ton Kawakami (#127), da Yamaha Racing, com 1m41s959, foi o mais rápido e saiu na frente da disputa. Fausto "Granton Gallay" (#32), da Yamaha Racing, com 1m42s345, e Rafael Rigueiro (#52), da Pitico Race Team, com 1m42s889, vieram na sequência. Completando o top 5, Matheus Barbosa (#260), da Motonil Motors / UsatecBSB, com 1m43s172, e Leo Tamburro (#53), MotoSchool Racing Team, com 1m44s625.

Na SuperSport Extreme, o mais rápido foi Júlio Cesar Neto Parra (#91), da Giant Racing Team, com 1m46s247. Gustavo da Silveira "Gão", da Motonil Motors / UsatecBSB, com 1m46s455, Juninho Garcia (#27), da JR Motos Racing, com 1m47s059, Felipe Bazolli (#790), da Pitico Race Team, com 1m47s349, e Henrique Daniel (#42), da Qatar Racing Team Brasil, com 1m49s047, fecharam os cinco primeiros até aqui.

Pela 959 Panigale Cup, Massao Nishimoto (#41), da Motonil Motors / UsatecBSB, foi o piloto com a volta mais rápida no primeiro treino classificatório ao alcançar tempo de 1m44s771. Fechando o top 3 do dia, Marcos Fortunato (#99), da Sport Plus Racing, fez 1m49s145, e Eduardo Domingues (#959), da Colorado Doctor Racing Team , completou a volta em 1m50s223. Na Stock 600, o piloto Cristiano Souza (#200), da Tecfil Havoline Racing Team, anotou o tempo de 1m47s890.

Na Copa Honda CBR 500R, Arthur Costa (#99), da Tecfil Racing Team, foi o mais rápido com 1m55s882 e liderou a Pro, seguido por Indiana Muñoz (#199), da Moretti Racing Team, com 1m57s014, e Ademilson Peixer (#43), da MotoSchool Racing Team, com 1m57s136.

Pela Light, o líder foi João Carneiro (#14), da Light Team/Cajuru Racing, com 1m56s104, à frente de Renan Fui (#62), da Avia Lubrisint Racing, com 1m57s356, e de Luiz Felipe (#444), da MotoSchool Racing Team, com 1m57s422.

Na Teen, João Carneiro também liderou e superou Enzo Valentim (#59), da Misano Racing Team, com 1m56s641, e Luiz Felipe (#444).

Na Extreme, o mais rápido foi Marcelo Moreno "MM" (#7), da Motonil Motors/UsatecBSB, com 1m57s675. O top 3 também teve Marciano Santin (#9), da SantinRacing, com 1m57s849, e Moises Elias (#142), da Moretti Racing Team, com 1m59s810.

Kevin Fontainha (#26), da Moretti Racing Team, liderou na Yamalube R3 Cup. O piloto completou a volta em 1m57s155 e superou Gui Brito (#44), da PRT - Pitico Race Team / Nacar Yamaha, com 1m57s370, e Bruno Cesar Borges (#51), também da PRT, com 1m57s395.

Na R3 Stock, Davi Gomide foi o mais rápido, com 1m59s197. Ele foi seguido por Rubens Mesquita (#11), com 1m59s831, e por Kaywan Freire "Kaka Fumaça" (#36), com 2m00s056.

Wesley Bergamin (#855), com o tempo de 1m50s347, liderou na SuperBike Escola. Na sequência, Álvaro Pereira (#77), da equipe Paulinho SuperBikes, com 1m50s808, e Fabio Pitta (#126), da Colorado Doctor Racing Team, com 1m50s964, completaram os três primeiros.

Já na categoria SuperSport Escola,  Claudio Filho (#26) anotou a volta mais rápida da categoria, com 1m51s305. Na sequência vieram os pilotos da MR Motobox, Marco Ferreira (#118), com 1m51s853, e Carlos Alberto Ferreira (#158), com 1m51s945.

Por fim, João Arratia (#26) completou a volta mais rápida do primeiro treino classificatório da Honda Junior Cup, com o tempo de 2m24s366. Na sequência, Caique Lanna (#91), com o tempo de 2m26s669, e Pedro Balla (#10), com 2m27s282, completaram os três melhores classificados.


F. Imprensa SBK

MOTO VELOCIDADE : ALEX BARROS FICA EM SEGUNDO - TREINOS LIVRES


Alex Barros fecha a sexta-feira em segundo nos treinos livres da 4ª etapa do SuperBike Brasil.
                                                                     

Experiente piloto, e único representante da Alex Barros Racing na disputa, fez bons treinos e melhorou seu tempo a cada saída. Apesar do problema no ombro direito, ele está confiante.

Foi uma sexta-feira (20) de sol e calor que marcou a realização dos treinos livres oficiais, válidos pela quarta etapa do SuperBike Brasil, que acontece neste fim de semana no autódromo de Interlagos(SP). Depois de mais de três semanas de um tratamento intenso com fisioterapia, Alexandre Barros não sabia como seria para guiar sua moto BMW S 1000 RR #4, mas ele ficou feliz, pois o ombro, apesar de não estar 100%, já teve uma melhora significativa e com isso, o piloto e chefe da equipe Alex Barros Racing pode acelerar em busca dos melhores tempos. Barros fechou o dia em segundo no resultado consolidado com 1min36s333 e chegou a liderar uma das sessões.
                                                                    

Neste sábado (21) estão previstos três treinos classificatórios, além da Superpole que definirá o grid para as duas corridas do domingo (22). A primeira com largada às 11h30 e a segunda às 14h05. Lembrando que a organização do evento fará a reposição da etapa de Curitiba, que não foi realizada em maio, devido à greve dos caminhoneiros.

O dia foi marcado pelos vários testes no equipamento. “Foi um dia bom, testamos vários componentes. Mas ainda não concluímos. E, dentro da nossa programação, amanhã temos a conclusão dos testes de todas as peças. Tivemos aspectos positivos e negativos durante os treinos. Na primeira parte do dia, por exemplo, a moto estava melhor. Então, vamos fazer uma modificação para o primeiro treino classificatório deste sábado, e no segundo faremos um novo teste, e assim vamos trabalhar para entrar na Superpole com a moto definida”, analisou Barros.

A sexta-feira também serviu para que Alexandre Barros verificasse suas reais condições físicas sobre a moto. “O ombro não está 100%, mas se comportou bem, o com o estresse e as atividades do dia, não piorou, o que era uma preocupação para mim. Felizmente isso não aconteceu. Há um incomodo sim, mas vou poder competir”, encerrou o piloto de 47 anos, que ocupa a quinta posição na tabela, com 20 pontos.

Resultado acumulado dos treinos livres em Interlagos (top-10):
1) 51-Eric Granado (PRO), 1:35.619
2) 4-Alex Barros (PRO), 1:36.333
3) 41-Maximiliano Gerardo (PRO), 1:36.456
4) 28-Pedro Sampaio (PRO), 1:37.234
5) 17-Danilo Lewis (PRO), 1:39.748
6) 83-Danilo Berto (E), 1:40.635
7) 146-Rodrigo Dazzi (E), 1:40.682
8) 12-Davi Costa (E), 1:40.898
9) 56-Julio Fortunato (E), 1:41.051
10) 177-Marcelo Skaf (E), 1:41.647..

(Sampafotos)



quinta-feira, 19 de julho de 2018

KART: TUDO PRONTO PARA O THE HEART RACING NESTE FINAL DE SEMANA.

                                    

Kartismo: Começa no domingo o The Heart Racing do segundo semestre.
                                                                          

Bruno Rodrigues (Gold), Flávio Alves (Silver) e Rodrigo Kesper (Bronze) foram os campeões do campeonato do primeiro semestre.

Um dos principais certames de kart amador do Brasil, o The Heart Racing (THR) tem a peculiaridade de ser um campeonato semestral. Neste domingo (22/7) terá início a segunda temporada de 2018, com a primeira etapa no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).


O THR terá quatro provas, com três baterias para a categoria THR Kart, cujos pilotos serão lastreados em 90 quilos, e uma bateria para a THR Strong, campeonato anual que reúne os pilotos lastreados em 110 quilos.
                                        
 Na THR Kart todos os pilotos inscritos serão sorteados, independente de eventual colocação no torneio do primeiro semestre, e divididos em cada uma das baterias.  E permanecerão assim durante as três primeiras etapas, quando serão selecionados os 20 que somaram mais pontos para a categoria Gold, do 21º ao 40º irão para a categoria Silver, e os seguintes irão para a categoria Bronze.


Bruno Rodrigues (Gold), Flávio Alves (Silver) e Rodrigo Kesper (Bronze) foram os campeões do campeonato do primeiro semestre, e certamente estão brigando por vitórias neste domingo.

Os pilotos interessados poderão se inscrever no THR pelo site www.thrkart.brasilkart.com.br.

Os dez primeiros na categoria Gold do THR Kart do primeiro semestre foram: 1) Bruno Rodrigues, 149 pontos; 2) Helder Vieira, 132; 3) Fábio Nakiri, 124; 4) Júlio Luchiari, 112,5; 5) Alberto Otazú, 99; 6) Paulo Sant’anna, 99; 7) Rodrigo Luchiari, 79,5; 8) André Cunha, 76,5; 9) Valdir Silva, 73; 10) Leandro ‘Kbelinho’ Campovilla, 72.

Os dez primeiros na categoria Silver do THR Kart do primeiro semestre foram: 1) Flávio Alves, 136 pontos; 2) Kleber Barbarotti, 110,5 pontos; 3) Gerson Roschel, 105; 4) Danilo Zampol, 103,5; 5) Fábio Laranjo, 96,5; 6) Gustavo Lofrano, 95,5; 7) Kleber Toyoda, 79; 8) Pedro Signorelli, 77; 9) Marcelo Tripa, 70; 10) Carlão Grisanti, 61,5.

Os dez primeiros na categoria Bronze do THR Kart do primeiro semestre foram: 1) Rodrigo Kesper, 117,5 pontos; 2) Marcelo Brasil, 113,5; 3) Marcel Munhoz, 109; 4) Marcus Sampaio, 103; 5) Biel Pereira, 78; 6) Vinícius Gama, 71,5; 7) Marcos Doi, 66,5; 8) Douglas Luz, 63; 9) Pedro Pereira, 57,5; 10) Tiago Tozzo, 38,5.

Os dez primeiros na categoria Strong do THR, após a disputa de seis etapas são: 1) Fábio Nakiri, 103 pontos; 2) Danilo Zampol, 76; 3) Marcelo Brasil, 73,5; 4) Eugênio Neto, 72; 5) Marcel Munhoz, 69,5; 6) Cláudio Pugliessa, 64,5; 7) Felipe Pereira, 64; 8) Mário Ibarra, 62; 9) Vilson Pugliessa, 62; 10) Eric Martins, 58.

Cronograma da 1ª etapa do THR Kart – 22/7:

12h30 – Bateria treino

14h00 - Categoria Strong

14h30 – Bateria 1 THR Kart

15h00 – Bateria 2 THR Kart

15h30 – Bateria 3 THR Kart


Foto: Pedro Bragança/Click Pix Kart

quarta-feira, 18 de julho de 2018

SBK : ALEX BARROS SEGUE TOCANDO SEM O PILOTO PERLUIGUI

                                    
Alex Barros Racing vem com novidades para a disputa da 4ª etapa do SuperBike Brasil.

Neste fim de semana acontece a rodada dupla no Autódromo de Interlagos. Elenco terá a presença apenas de Alexandre Barros no grid da categoria SBK.

Acontece neste fim de semana (dias 20, 21 e 22) no autódromo de Interlagos (SP) a quarta etapa do SuperBike Brasil. As disputas têm tudo para serem acirradas e ainda mais emocionantes, isso porque a etapa será marcada pela realização de duas corridas da categoria SBK, pois a organização do evento fará a reposição da etapa de Curitiba, que não foi realizada em maio, devido à greve dos caminhoneiros. A programação oficial terá início na sexta-feira (20) com os treinos livres. Sábado (21) acontecem as sessões classificatórias, e no domingo (22) serão realizadas as duas corridas. A primeira com largada às 11h30 e a segunda às 14h05.

No elenco da Alex Barros Racing, apenas o chefe da equipe Alexandre Barros disputará a etapa, já que por questões contratuais, o argentino Diego Pierluigi não dará continuidade ao trabalho junto ao time. E depois do acidente na terceira etapa, em junho, os primeiros treinos vão servir para que o piloto da moto BMW S 1000RR #4 possa se certificar de suas reais condições para a disputa da etapa.

Alexandre Barros iniciou os tratamentos poucos dias depois da queda. “Devido à minha queda na última etapa, tive uma luxação seguida de uma fratura de 2 cm no ombro direito, felizmente não é caso cirúrgico. E, após três semanas de um trabalho intenso de fisioterapia, o resultado foi melhor do que o previsto, mas ainda não está 100%. Segundo o laudo médico levaria cerca de dois meses para o ombro estar totalmente bem, mas conseguimos acelerar um pouco esse processo, e agora está bem melhor”, avaliou Alexandre Barros.

O experiente piloto sabe que terá dificuldades ao longo do fim de semana, mas quer fazer o melhor. “Não vai ser um fim de semana fácil, sei que terei algumas limitações, mas tive esse tipo de lesão no passado, e já corri com ombro pior do que me encontro hoje. Claro que tem o fator idade, hoje estou com 47 anos, mas vamos nos esforçar para obter o melhor resultado possível. Temos alguns componentes novos para testar, com o objetivo de deixar a moto mais competitiva. Mas, só na quinta-feira depois dos treinos extras é que saberei mesmo como estarão minhas condições”, contou.

O chefe da equipe lamentou a ausência do piloto argentino no grid e agradeceu todo o trabalho dele no período em que esteve na equipe. “Nesta etapa, serei o único piloto na equipe Alex Barros Racing presente nas disputas das duas corridas. Infelizmente, o Diego Pierluigi não continuará mais no nosso time nesta temporada. Agradecemos todo o trabalho e empenho dele conosco durante esses dois anos e meio. E desejamos muito sucesso para ele daqui pra frente”, encerrou Barros.

Classificação da SBK Pro - após três etapas (Top-10):
1) 51-Eric Granado (PRO), 52
2) 41-Maximiliano Gerardo (PRO), 36
3) 28-Pedro Sampaio (PRO), 29
4) 17-Danilo Lewis (PRO), 24
5) 15-Wesley Gutierrez (PRO), 10
6) 4-Alex Barros (PRO), 20
7) 7-Joelsu Mitiko (PRO), 20
8) 84-Diego Pierluigi (PRO),8
9) 34-Bruno Corano, 1

YAMAHA CONFIRMA PARTICIPAÇÃO NO 21°ESTIVAL DO JAPÃO NESTE FINAL DE SEMANA

YAMAHA PARTICIPA DO 21° FESTIVAL DO JAPÃO

Yamaha estará presente na 21ª edição do Festival do Japão, que neste ano comemora 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil.

 O Festival do Japão tem como objetivo preservar e divulgar a cultura japonesa e manter as tradições para as novas gerações, representando as 47 províncias que compõem o país.

É considerado o maior festival de cultura japonesa do mundo, realizado pelo KENREN – Federação das Associações das Províncias do Japão no Brasil, e ocorrerá nos dias 20, 21 e 22 de Julho de 2018, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center.

Nesses três dias, o evento reunirá cerca de 200 mil pessoas, apresentando shows musicais, atrações culturais, danças típicas, culinária regional tradicional das províncias japonesas, exposições culturais, workshops, cerimônia do chá e atividades gratuitas para as crianças, jovens, adultos e idosos.

A Yamaha inova apresentando o conceito “Dark Side of Japan” de sua série MT, que revela o lado irreverente e ousado do Japão, típico das noites de Tóquio. E traz uma tecnologia de ponta traduzida em desempenho para os motociclistas brasileiros.

O estande contará com a exposição de alguns modelos de motocicletas e com uma loja de acessórios da marca, como jaquetas, camisetas, capacetes e chaveiros.

Não perca essa oportunidade de participar do maior evento de cultura japonesa do mundo, vá ao festival e visite o estande da Yamaha.

Para mais informações:


SOBRE A YAMAHA MOTOR DO BRASIL

A marca dos três diapasões – menção ao conhecido escudo com três diapasões sobrepostos, se estabeleceu no Brasil em 1970 com a Yamaha Motor do Brasil Ltda. Foi a primeira fabricante de motocicletas a se instalar efetivamente no País. Já em outubro de 1974 passou a produzir em Guarulhos, São Paulo, o primeiro modelo nacional, a Yamaha RD 50. Em 1985 se estabelece em Manaus, Amazonas com uma segunda unidade fabril, a Yamaha Motor da Amazônia Ltda. Hoje são 56 diferentes versões e 27 modelos de motocicletas, 10 modelos WaveRunner (veículos aquáticos), 26 modelos de motores de popa e uma Rede com mais de 340 concessionárias e pontos de venda autorizados e capacitados no atendimento e serviços com qualidade. O Grupo Yamaha Motor no Brasil é constituído por oito empresas, como a Yamaha Motor do Brasil Ltda, Yamaha Motor da Amazônia Ltda, Banco Yamaha Motor do Brasil S/A, Yamaha Administradora de Consórcio Ltda, Yamaha Motor do Brasil Corretora de Seguros Ltda, Yamaha Motor Componentes da Amazônia Ltda, Yamaha Motor do Brasil Serviços e Participações Ltda e a Yamaha Motor do Brasil Logística Ltda. Fazem parte do grupo também as subsidiárias Yamaha Motor Selva del Peru S/A, Yamaha Motor Uruguai S/A e Yamaha Motor Argentina S/A. A Yamaha do Brasil é um importante polo produtor e exportador para grupos seletos e exigentes como, Europa, Estados Unidos, Canadá, Japão, Oceania e Mercosul. 

Para mais informações, acesse:


segunda-feira, 16 de julho de 2018

GP ALEMANHA ROSSI E VIÑALES TOCARAM FORTE PARA VITORIA

YAMAHA CONQUISTA DOBRADINHA NO GP DA ALEMANHA
                                                                      

Em uma ótima participação, Rossi e Viñales compoem o primeiro pódio juntos na temporada 2018

No Grande Prêmio da Alemanha de MotoGP deu Yamaha em dobro no pódio, com os pilotos da Equipe Movistar Yamaha MotoGP Valentino Rossi e Maverick Viñales conquistando o segundo e terceiro lugares respectivamente em Sachsenring.

Rossi teve um excelente início de prova. Ele largou em sexto e logo após a primeira curva já ocupava o quarto lugar.

Desde o início da corrida Rossi se manteve perto dos ponteiros, colocando pressão contínua em Danilo Petrucci, que não resistiu e cedeu o terceiro lugar no início da 9ª volta.

Com uma margem de menos de um segundo para Jorge Lorenzo e Marc Marquez, o nove vezes Campeão do Mundo usou toda sua experiência e também a potência de sua Yamaha M1 para fazer mais uma ultrapagem, dessa vez sobre Jorge Lorenzo, que apesar de esboçar o contra ataque sobre o piloto da Yamaha, não teve sucesso.

Apesar de bem sucedida a ultrapassagem sobre Lorenzo, a disputa custou caro a Rossi, que não tevo tempo para brigar pela liderança, terminando assim a corrida em segundo, a 2.196s do primeiro.

Para Maverick Viñales as disputas no circuito de Sachsenring foram mais difícieis, mas todo seu esforço foi recompensado no final. O jovem piloto perdeu algumas posições e chegou a ocupar a oitava colocação, contudo, munido de garra e talento, Viñales encontrou um ótimo ritmo na segunda metade da prova. Um a um, Vinãles foi ultrapando seus oponentes e recuperando posições até cruzar a linha de chegada na terceira colocação, logo atrás de Valentino Rossi.


Com o segundo lugar conquistado na Alemanha, Rossi se mantém na segunda posição do campeonato, com 119 pontos, 10 pontos à frente do companheiro de equipe Viñales, que permanece na terceira posição. 

A Yamaha subiu para o segundo lugar no Campeonato de Construtores, com uma margem de 40 pontos para o primeiro, enquanto a equipe Movistar Yamaha MotoGP permanece na primeira posição na classificação entre as equipes, agora com uma diferença de 14 pontos para a segunda colocada.

Após o GP da Alemanha, o MotoGP vai fazer uma pequena pausa. A equipe Movistar Yamaha MotoGP regressará em três semanas, no Monster Energy Grande Prêmio da República Checa, a ser disputada no entre 3 e 5 de Agosto no Autodromo de Brno.

SOBRE A YAMAHA MOTOR DO BRASIL

A marca dos três diapasões – menção ao conhecido escudo com três diapasões sobrepostos, se estabeleceu no Brasil em 1970 com a Yamaha Motor do Brasil Ltda. Foi a primeira fabricante de motocicletas a se instalar efetivamente no País. Já em outubro de 1974 passou a produzir em Guarulhos, São Paulo, o primeiro modelo nacional, a Yamaha RD 50. Em 1985 se estabelece em Manaus, Amazonas com uma segunda unidade fabril, a Yamaha Motor da Amazônia Ltda. Hoje são 56 diferentes versões e 27 modelos de motocicletas, 10 modelos WaveRunner (veículos aquáticos), 26 modelos de motores de popa e uma Rede com mais de 340 concessionárias e pontos de venda autorizados e capacitados no atendimento e serviços com qualidade. O Grupo Yamaha Motor no Brasil é constituído por oito empresas, como a Yamaha Motor do Brasil Ltda, Yamaha Motor da Amazônia Ltda, Banco Yamaha Motor do Brasil S/A, Yamaha Administradora de Consórcio Ltda, Yamaha Motor do Brasil Corretora de Seguros Ltda, Yamaha Motor Componentes da Amazônia Ltda, Yamaha Motor do Brasil Serviços e Participações Ltda e a Yamaha Motor do Brasil Logística Ltda. Fazem parte do grupo também as subsidiárias Yamaha Motor Selva del Peru S/A, Yamaha Motor Uruguai S/A e Yamaha Motor Argentina S/A. A Yamaha do Brasil é um importante polo produtor e exportador para grupos seletos e exigentes como, Europa, Estados Unidos, Canadá, Japão, Oceania e Mercosul.   

Para mais informações, acesse: 


domingo, 15 de julho de 2018

EQUIPE BRASA BOTOU PARA FERVER VENCEU ENDURANCE DE MOTONETAS


MOTONETAS SUCESSO NO ENDURANCE DE 4 HORAS.
Piloto   Arthur Costa. Vencedor da  1° Etapa do SBK Copa CBR 500 R
Piloto Arthur Costa(SBK) que corre em outras modalidades entrou nessa disputa com tudo .

kartodromo de Alberto Cattani Araraquara,palco de um dos mais emocionante e disputado, Endurance de Motonetas.
                                                                      

Grandes equipes no total de 11 e somando 42 Pilotos para sentar e tocar as  motonetas 
                                                                     

Um quesito fundamental esta dentro de cada estratégia, que cada equipe utilizara.

Mas valeu o ciclonismo estratégico da equipe Brasa #88 formada entre os Pilotos  Junior Murari, Sirinho Bensova e Arthur Costa, também corre pelo SuperBike e vem se destacando a cada prova do SBK e outras competições.
                                                                  

Trabalho perfeito realizado por esse Time, Claus Fini e Sírio Bensova ,Preparador: Sineval Piva, Chefe de Equipe: Silvio Gonçalves.

O resultado foi,Equipe Brasa fechou as  4 horas lindo 245 voltas, muito a frente do segundo colocado que conseguiram  fazer somente 219 voltas.
                                                                      


Equipe Brasa estão todos de Parabéns pelo belo trabalho mesmo.

Resultados de chegada por equipe dentro das 4 Horas.


Prova realizada em 08 Julho 2018 Araraquara- SP

1 88 EQUIPE BRASA PROTOTIPO 41 52.330 - 04:01:05.966 245
2 89 CLINAUTO RACING ORIGINAL 109 1:01.547 26 Lp. 04:01:24.997 219
3 420 CANNABIS RACING ESPECIAL 72 58.961 1 Lp. 04:01:50.186 218
4 75 TATUI RACING TEAM SUPER 66 1:02.900 1 Lp. 04:01:29.388 217
5 110 PASCHOALIN RACING 1 ESPECIAL 216 1:02.080 1 Lp. 04:01:30.501 216
6 16 TEXUGO RACING SUPER 202 1:00.471 23.205 04:01:53.706 216
7 422 PASCHOALIN RACING 2 ESPECIAL 159 1:04.230 17 Lp. 04:01:20.763 199
8 35 EQUIPE SOROCABA ESPECIAL 197 1:01.653 8.855 04:01:29.618 199
9 59 JIMMY RACING ESPECIAL 118 54.643 10 Lp. 03:06:32.958 189
10 87 ROCATTI RACING ORIGINAL 2 1:00.965 13 Lp. 03:23:24.570 176
11 46 VESPRIMOS SUPER 40 1:04.259 103 Lp. 01:22:24.590 73

Resultado oficial : DL Cronometragem Esportiva.

Siga : Instagram@bloggentefina
           Instagram@juarezfco
Youtube:TV Gente Fina

24 HORAS RENTAL KART BASTIDORES

sábado, 14 de julho de 2018

OPALA 50 ANOS DE CLÁSSICOS

                                     

Grande Noite do Opala: 50 anos de um clássico.
                                                                            

Na próxima terça-feira, receberemos no Sambódromo do Anhembi, orgulhosamente, um dos nossos grandes eventos do ano, a Noite do Opala. Prestes a celebrar 50 anos desde o seu lançamento, o primeiro automóvel de passeio da Chevrolet tem uma legião de fãs mesmo 26 anos após ter saído de linha. 
                                                                       

Vamos receber, com o Clube do Opala de São Paulo e seus respectivos convidados, todos os modelos da linha com inúmeras versões, acabamentos e modelos especiais. Também teremos a presença especial da Old Stock Race com os clássicos que marcaram época, clubes da capital e do interior, ao lado de um grande público presente. 
                                                                       

Neste evento, pedimos especialmente a colaboração dos clubes e convidados, que se antecipem na chegada ao Sambódromo do Anhembi. Da mesma forma, se atentem às instruções da nossa equipe quanto ao estacionamento dos veículos. 
                                                                                   
Além do grande evento, com exposição e desfile dos Opalas e a nossa Live pelo Facebook às 20h30, o Auto Show Collection terá, tradicionalmente, as atrações que o público já conhece como o Espaço Motociclismo, música ao vivo, exposição de carros antigos, área de compra e venda, mercado de peças com vários expositores especializados em produtos para a linha Opala, o Auto Show Food Park com Food Trucks, Praça de Alimentação e muito mais.

Um excelente evento à todos!

Acompanhe e interaja com as nossas publicações nas redes sociais, veja o vídeo oficial da Noite do Opala e fique ligado na programação em nosso site oficial.

A Cral Baterias é parceira do Auto Show Collection


Equipe Auto Show Collection
Matel Produções.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

SPRINT RACE : LONDRINA VAI FERVER NA QUARTA ETAPA PRÓXIMA SEMANA

Sprint Race atrai competidores das cinco regiões do país.

Nomes inscritos na temporada 2018, que contam com uma bagagem exemplar, surpreendem nas etapas tanto na categoria PRO como na GP. A quarta etapa, que inclui a Corrida Noturna, será em Londrina (PR),no sábado, 21 de julho.

Em sua sétima edição, a Sprint Race continua mostrando sua força e importância no cenário do automobilismo nacional. Prova disso é que cada vez mais pilotos das mais variadas regiões do país encaram o desafio de disputar a competição. Desde a primeira corrida em 2012, já passaram pilotos das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e, este ano, o Norte está representado pelo piloto Vinny Azevedo (Estado do Pará) compondo o grid junto com outros 23 pilotos inscritos no calendário.

Na temporada 2018, foram contabilizados integrantes de seis Estados, 14 cidades brasileiras e, entre estes, 12 novatos: Luciano Zangirolami (Olímpia/SP), Rafael Seibel (Cacequi/RS), Diego Ramos (Osasco/SP), Rodrigo Rocha (São Paulo/SP), Sérgio Bueno (Curitiba/PR), Neto Oms (Curitiba/PR), Bruno Bertoncello (Passo Fundo/RS), Luiz Arruda (São Paulo/SP), Alexandre Brueneder (Porto Alegre/RS), Rodrigo Elger (Maringá/PR), Raphael Teixeira (Goiânia/GO) e Vinny Azevedo (Parauapeba/PA).

Por outro lado, o mesmo ocorre entre os pilotos com maior experiência que marcam presença no campeonato da Sprint Race na edição 2018, como, por exemplo, Caito Vianna (Campinas/SP); Vinícius Margiota (Jundiaí/SP): Gerson Campos, Caê Coelho, Marcelo Gomes (estes de São Paulo, Capital, e que são a maioria); Rapha Campos, Kau Machado, Eduardo Serratto (Curitiba/PR); Jorge Garcia (Navegantes/SC); Luiz Gustavo Túrmina (Francisco Beltrão/PR) e Cassio Cortes (Porto Alegre/RS) .

Thiago Marques, organizador do evento, comemora a adesão de pilotos de diversas regiões brasileiras. “Mesmo não tendo corridas no Pará, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, temos um bom percentual de pilotos dessas localidades, e isso mostra a abrangência da categoria”, enfatiza.

A quarta etapa da temporada, que inclui a realização da Corrida Noturna, está marcada para os dias 20 e 21 de julho, em Londrina, no Paraná. O calendário conta com um total de oito etapas e 17 corridas (incluindo a corrida de convidados), nas regiões sul e sudeste do Brasil.


A Sprint Race Brasil é patrocinada pela Albriggs, aQuamec, Pirelli, Motul, Fremax e Vivamil.

Confira a programação para a quarta etapa no Autódromo de Londrina/PR:

Sexta-feira, 20/07/2018

14h00 às 14h40 – 1o Treino OFICIAL

15h45 – Estudo de telemetria

17h00 – Briefing

18h00 às 18h40 – 2o Treino OFICIAL

Sábado, 21/07/2018

10h00 – Estudo de telemetria

11h00 às 11h10 – Classificatório Grupo 1

11h15 às 11h25– Classificatório Grupo 2

12h25 – Estudo de telemetria



Corrida 1 (Diurna)

13h00 – Alinhamento dos carros

13h30 – Placa de 5 minutos

13h35 – Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta

Corrida 2 (Noturna)

17h00 – Alinhamento dos carros

17h25 / 18h25 – Placa de 5 minutos

17h30 / 18h30 – Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta

ATENÇÃO: O horário da segunda corrida está diretamente ligado à claridade do momento e condições climáticas.

Confira a classificação do campeonato, após três etapas:

Categoria PRO

1) 82 Gerson Campos (Militec), 167 pontos

2) 13 Rapha Campos (Vivamil), 161

3) 27 Luiz Gustavo Túrmina (Cimed), 123

4) 34 Rodrigo Elger (Vivamil), 100

5) 07 Kau Machado (Itaipu Binacional), 98

6) 113 Diego Ramos (Shell), 86

7) 111 Bruno Bertoncello (Pittol), 55



Categoria GP

1) 20 Jorge Garcia (Vivamil), 158 pontos

2) 09 Cassio Cortes (USPro Blindagens), 136

3) 55 Caê Coelho (We Credit), 112

4) 37 Raphael Teixeira / Caito Vianna (Vivamil), 84

5) 77 Rodrigo Rocha (Riachuelo), 79

6) 44 Luiz Arruda / Marcelo Gomes (Avantgard), 76

7) 37 Marcelo Gomes (Avantgard), 70

8) 99 Vinny Azevedo / Vinícius Margiota (Gamaliel), 66

9) 19 Luciano Zangirolami / Rafael Seibel  (Leo Madeiras/ Barga), 52

10) 29 Sergio Bueno/ Neto Oms (AIC), 45

11) 37 Alexandre Buneder (Sprint Race), 24

Calendário 2018:

Etapa 4 – 21/07 - Londrina (PR) - Sprint Night Challenge
Etapa 5 – 02/09 - São Paulo (SP) - Race Of Champions
Etapa 6 –14/10 - Velo Città (SP) - Guest Driver Race
Etapa 7 – 18/11 - Cascavel (PR) - Setup Free Race
Etapa 8 – 16/12 – Curitiba (PR) - Pontuação Dupla


Siga-nos também nas redes sociais:
Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil
Twitter: @Sprint Race

 sig@sigcomunicacao.com.br

terça-feira, 10 de julho de 2018

24 HORAS DE KART : TARTARUGAS VIRARAM DRAGÃO


24 Horas Rental Kart Interlagos: Os Tartarugas viraram Dragão.

Tartarugas Racing Team atinge objetivo com pole e pódio.
                                                                           

"O principal é que atingimos o nosso objetivo, que era a pole position"

De Tartaruga defensiva à sabedoria, força e poder de um Dragão. De equipe inexperiente e lenta em sua estreia dois anos atrás, a time que brigou pela vitória até as últimas voltas. Com trabalho, planejamento, foco e união, o Tartarugas Racing Team atingiu plenamente o seu objetivo de lutar pela pole position e por um lugar no pódio das 24 Horas Rental Kart Interlagos, disputadas no último sábado (07/7) e domingo (08/7) no Kartódromo Ayrton Senna, na zona sul de São Paulo. O resultado final mostrou a Car Racing Americanet 2 em primeiro, com 1.164 voltas, seguida da Karteiros 2, 16s647 atrás, a Monster Kart Perito em terceiro, quatro voltas atrás, com o Tartarugas Racing Team em quarto, a apenas 1s056, mostrando a competitividade do maior evento de kart amador do Brasil.
                                                                            

“A equipe trabalhou com dedicação e profissionalismo. Foram vários treinos longos e com planejamento. Então, fomos premiados pela nossa competência e união. Poderíamos ter terminado até em terceiro, se não fosse o ataque que tivemos na pista de equipe que fez parceria com outra. Estamos felizes e comemoramos com nossa habitual discrição e serenidade”, comemorou o piloto Alberto Otazú, responsável por empurrar seu companheiro Zeppe Corsi, para que o time garantisse a pole position (1min05s994) e a segunda posição no grid de largada de 55 karts, além de únicos pilotos a ‘virarem’ abaixo de 1min06s no traçado de 1.150 metros.
                                                                                 



Com outra excelente estratégia para a largada, Otazú assumiu a ponta logo que foi dada a bandeirada, com Corsi em seu encalço. A dupla de pilotos andou sempre entre os primeiros até a parada após as 12 horas de corrida, quando os concorrentes foram realinhados e o circuito invertido. Neste momento os quatro primeiros eram Speed Kart Series 1, seguida de RKC 1, Unikart Racing 3, e Tartarugas Racing Team em quarto. A vencedora estava na 14ª posição neste momento, todas as equipes com estratégias bem diferentes.
                                                                                    

“Neste momento já era para estarmos em terceiro, mas tivemos um pneu furado que nos obrigou a fazer uma parada a mais, que não atrapalhou tanto a estratégia de longo prazo”, contou Otazú.
                                                                                 

Após a meia noite, o Tartarugas Racing Team continuou andando forte, sempre entre os líderes. Tanto que foi a equipe que mais liderou a competição, com 211 das 1.164 voltas na primeira posição.
                                                                       

“O principal é que atingimos o nosso objetivo, que era a pole position e sair na foto do pódio. Aprendemos muito e no ano que vem poderemos progredir ainda mais”, avisa. “E temos que parabenizar o pessoal da Alpie Competições, que a cada ano faz um evento mais organizado e seguro, o que garante que a próxima 24 Horas seja ainda maior, com mais que os 350 pilotos desta edição”, encerra Alberto Otazú.

Tartarugas Racing Team: Uma seleção respeitável

O Tartarugas Racing Team foi formado pelos pilotos Thiago Lopez Oliveira (16 anos), Alberto Otazú (17 anos), Rodrigo Caldeira (29), Johnny Neves (32), André Alves (33), Cesar Mercatelli (33), Vitor Mercatelli (33), Cadu Guimarães (34), André Mansano (36), Luciano Montanhez (38), Zeppe Corsi (40), Beto Dicker (42), Marcos Gelsi (47), Eduardo Abrantes (50) e João dos Santos (60). A estratégia ficou a cargo de Eugênio Neto e Higor Huertas.

Os dez primeiros na 3ª 24 Horas Rental Kart Interlagos foram: 1) CAR RACING AMERICANET 2, 1164 voltas; 2) KARTEIROS 2, a 16s647; 3) MONSTERS KART PERITO EQUIP. 2, a 4 voltas; 4) TARTARUGAS RACING TEAM 1, a 4 voltas; 5) ENGELMANN 77 RA 2, a 6 voltas; 6) C.A. KART, a 6 voltas; 7) CLICKSPEED 1, a 7 voltas; 8) UNIKART RACING 3, a 7 voltas; 9) RKC 1, a 7 voltas; 10) SPEED KART SERIES 1, a 8 voltas.

Reveja a prova em www.kartamadorsp.com.br