domingo, 13 de outubro de 2019

LE MANS: TRIO DERANI, NASR E CURRAN VENCE AS DEZ HORAS EM ATLANTA

Nasr, Derani e Curran vencem as 10H de Petit Le Mans e são campeões do IMSA Michelin Endurance Cup.

Em uma disputa emocionante, trio fica com o título das quatro provas longas da temporada, o sexto consecutivo da equipe Action Express Racing. Derani e Nasr também são vice-campeões do IMSA.

Os brasileiros Pipo Derani e Felipe Nasr e o norte-americano Eric Curran, da Whelen Engineering Racing, conquistaram neste sábado (12) a vitória na décima e última etapa da temporada 2019 do IMSA WeatherTech SportsCar Championship, vencendo de forma emocionante as 10 Horas de Petit Le Mans, em Road Atlanta.

Com o resultado, o trio deu à equipe Action Express Racing o sexto título consecutivo do Campeonato Norte-americano de Endurance (IMSA Michelin Endurance Cup), que engloba as quatro provas longas da competição (24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, 6 Horas de Watkins Glen e 10 Horas de Petit Le Mans).
                                                                       

Derani, que comemorou neste sábado seu aniversário de 26 anos, assumiu a liderança da prova quando faltavam apenas 20 minutos para o final e trouxe pra casa a vitória para o # 31 Whelen Engineering Racing Cadillac DPi-V.R, que largou na pole position, após Nasr quebrar o recorde da pista no classificatório de sexta-feira (11).

“Finalmente, consegui vencer aqui, em minha quarta tentativa. É incrível”, declarou Derani no pódio. “Estou muito feliz e realmente orgulhoso por fazer parte desta equipe. Gostaria de agradecer muito à Whelen, à Action Express, à Cadillac e a todos que fazem parte deste programa, além é claro da nossa equipe pelos pit stops perfeitos. Somos os campeões de Petit Le Mans!”, comemorou o jovem brasileiro, tricampeão das 12 Horas de Sebring.
                                                                          

Depois do novo recorde no classificatório, Nasr continuou mostrando muita velocidade na corrida e liderou as 58 primeiras voltas, antes de entregar o carro para Derani, que liderou as 78 voltas seguintes.

Estou feliz com este resultado final, por conquistar a vitória”, festejou Nasr. “Quando fiz minha transição para os protótipos no ano passado conquistamos o título e foi incrível. Antes disso, eu não conhecia nenhum outro circuito norte-americano, a não ser Daytona. Quando cheguei aqui, pensei que Road Atlanta era o lugar mais difícil para se vencer. Ter o carro em boas condições nos momentos finais é complicado. Não há margem para erros, então estou muito feliz por incluir essa vitória a minha lista”, ressaltou.

“Olhando para o início do fim de semana, desde o momento que entramos na pista, sinto que o pessoal da Action Express fez um grande trabalho para termos um bom carro em todas as condições”, continuou Nasr.
                                                                     

“Tive um bom início na prova e consegui manter o meu ritmo, abrindo uma boa vantagem. Foi importante para controlar a corrida e todos fizeram o seu trabalho. Foi realmente um dia perfeito. Minha primeira pole position no IMSA e essa vitória são muito especiais”, completou.

Foi a segunda vitória do trio na temporada 2019, após a conquista das 12 Horas de Sebring em março. Derani, Nasr e Curran também foram ao pódio nas 24 Horas de Daytona, chegando em segundo. Na temporada regular, os brasileiros ainda conquistaram pódios em Detroit e Laguna Seca.

Desde a unificação da categoria sportscar nos Estados Unidos, em 2014, a Action Express Racing faturou seis vezes o Campeonato Norte-americano de Endurance. Nasr, Derani e Curran conquistaram o título somando o total de 45 pontos.

No IMSA, os brasileiros ficaram com o vice-campeonato, cinco pontos atrás dos campeões Juan Pablo Montoya e Dane Cameron, que terminaram a prova deste sábado na quarta colocação.

Derani e Nasr já estão confirmados na temporada 2020 do IMSA e seguem na equipe. Nas provas longas, os brasileiros terão como companheiro o português Filipe Albuquerque, que já é piloto da Action Express Racing, mas corria no #5 Mustang Sampling Cadillac DPi-V.R ao lado do compatriota João Barbosa.

Na corrida deste sábado, os portugueses e o britânico Mike Conway também estiveram sempre entre os líderes, mas sofreram com um problema no freio e foram obrigados a parar nos boxes quando lideravam, faltando 20 minutos para o final da prova. Eles ainda conseguiram voltar para a pista, finalizando a prova na sétima colocação.

Albuquerque e Barbosa encerraram o Campeonato Norte-americano de Endurance na terceira posição e ficaram em sétimo no IMSA. Foi a última prova do #5 Mustang Sampling Cadillac DPi-V.R. Em 2020, o time seguirá na competição apenas com o # 31 Whelen Engineering Racing Cadillac DPi-V.R.
                                                                           


A equipe Action Express Racing é uma das maiores vencedoras do IMSA, desde sua estreia em 2010, quando venceu as 24 Horas de Daytona. O time conquistou os títulos de Pilotos e Equipes em 2014, 2015, 2016 e 2018. No Campeonato Norte-americano de Endurance foi campeão em 2014, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019.

Confira os 10 primeiros nas 10 Horas de Petit Le Mans:
1 F. Nasr / E. Curran / P. Derani (Whelen Engineering Racing Cadillac DPi) 465 voltas em 10:00:40.809
2 R. Van Der Zande / J. Taylor/ M. Vaxiviere (Konica Minolta Cadillac DPi-V.R) + 0.996
3 R. Taylor / H. Castroneves / G. Rahal (Acura Team Penske Acura DPi) + 9.842
4 D. Cameron / J. Montoya / S. Pagenaud (Acura Team Penske Acura DPi) + 1 Volta
5 S. Trummer / S. Simpson / C. Miller (JDC-Miller MotorSports Cadillac DPi) + 1 Volta
6 O. Jarvis / T. Nunez / T. Bernhard (Mazda Team Joest Mazda DPi) 463 + 2 Voltas
7 J. Barbosa / M. Conway / F. Albuquerque (Mustang Sampling Racing Cadillac DPi) + 6 Voltas
8 J. Bennett / C. Braun / R. Dumas (CORE autosport Nissan DPi) + 8 Voltas
9 M. Goikhberg / T. Vautier/ J. Piedrahita (JDC-Miller MotorSports Cadillac DPi) + 19 Voltas
10 J. Calado / A. Pier Guidi / D. Serra (Risi Competizione Ferrari 488 GTE) + 31 Voltas

FGCom


sábado, 12 de outubro de 2019

ENDURANCE: SIGMA NA FRENTE DUPLA JINDRA E ALDO TOCANDO FORTE

Endurance: Segunda pole consecutiva do Sigma na categoria P2.
                                                                             


A dupla Jindra Kraucher e Aldo Piedade Jr. foi a mais rápida em Goiânia.

O Endurance Brasil volta a pista neste sábado, para a sexta etapa da temporada 2019, com a prova Três Horas de Goiânia, em sua segunda passagem pelo Autódromo Ayrton Senna. O classificatório foi definido nesta sexta-feira e a bordo do Sigma #04, Jindra Kraucher e Aldo Piedade Jr., cravaram a volta mais rápida na categoria P2 e ficaram com a pole position, largam da décima segunda posição na geral.
                                                                                 

Essa é a segunda vez consecutiva que o Sigma conquista a pole position, a primeira foi na etapa passada em Interlagos e dessa vez a categoria realizou o treino com um formato diferente, fazendo com que profissionais e gentleman drivers participem das tomadas de tempo em sessões distintas para que o grid seja formado pela média dos melhores tempos de cada piloto.

“Sempre fantástico fazer uma pole, e com a mudança da regra essa é uma pole de quatro mãos e isso que é bacana. Tanto eu na minha classificação, quanto Aldo Jr. na dele, fomos pole de qualquer maneira, compondo os tempos ou não, fomos rápidos nas duas tomadas, e isso deixa a gente bem esperançoso para a corrida. Vamos buscar esse pódio na P2 e quem sabe beliscar um na geral, que será um belo resultado para nós”, explicou o piloto paulista Kraucher.
                                                                        

O piloto Aldo Piedade Jr. nunca havia andado no circuito goiano e também pilotou pela primeira vez o protótipo Sigma. “Estamos muito felizes com o resultado aqui de Goiânia, eu mais ainda, porque nunca tinha participado de uma corrida neste circuito, fiquei muito tempo sem pilotar. Sem sombra de dúvida, o carro tem um potencial maravilhoso, na verdade eu não fiz nada, só levei o carro. Com certeza tem muito para evoluir e ser melhor ainda, estamos fazendo quilometragem”, contou Piedade Jr.

“Foi excepcional! O carro ainda tinha potencial para entrar ali na lista dos P1 e GT3, mas acabamos sendo atrapalhados na volta dos dois pilotos, dava para vir com muito mais tempo ainda, mas o somatório ficou legal, foi um bom tempo e vamos torcer para fazer uma boa corrida”, explicou o engenheiro Pedro Fetter que junto com o também engenheiro Evandro Flesch desenvolveram em dez dias uma asa móvel para o Sigma que estreia a novidade nessa etapa.

A corrida de três horas esta marcada para as 13h30 com transmissão ao vivo via internet pelo canal do youtube e facebook da categoria.

MS2 

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

COPA BRASIL DE KART SÃO DUZENTOS E NOVENTA PILOTOS NA DISPUTAS

Treinos livres abrem a programação da Copa Brasil de Kart.
                                                                           

21ª edição realizada no Kartódromo Beto Carrero Internacional, conta com 290 pilotos distribuídos em 18 categorias.

Está oficialmente aberta a 21ª edição da Copa Brasil de Kart. Ao longo desta terça-feira (8/10) os mais de 300 pilotos inscritos, enfrentaram os 1.200 metros do traçado do Kartódromo Beto Carrero Internacional para o primeiro dia de treinos livres. Divididos em 18 categorias - Mirim, Cadete, Júnior Menor, Júnior, Graduado, Sênior “A”, F4 Sênior (que treinam pela manhã), Codasur Júnior, Internacional OK, Novato, KZ Graduados, Sênior, Sênior “B”, Super Sênior e Super Sênior Master, F4 Graduado, F4 Super Sênior e F4 Super Sênior Master (que treinam durante a tarde) - 290 pilotos participaram das atividades.

Ao longo dos quatro treinos livres de cada categoria houve alternância na liderança, comprovando o equilíbrio da Copa Brasil e aumentando as expectativas para as disputas ao longo da semana.

A categoria com maior número de inscritos é a Cadete, com 34 pilotos, seguida por Júnior Menor e F4 Sênior com 26 inscritos cada. Na F4 Graduados 24 competidores brigam pelo título, na OK Internacional e na Sênior A são 21. A Mirim conta com 18 pilotos, a Junior com 17 e a Graduados com 15. CodaSur Jr e F4 Super Sênior possuem 14 nomes inscritos. A Super Sênior conta com 13 competidores, F4 Super Master com 10. A Novatos apresenta 8 concorrentes, assim como a KZ Sênior. Sênior B e Super Sênior Master fecham as 18 categorias, com 7 e 5 inscritos em respectivamente.


Na quarta-feira os competidores retornam à pista para mais quatro treinos livres de cada categoria. Na quinta acontecem as tomadas de tempo e as classificatórias. Na sexta-feira as últimas classificatórias e no sábado as finais. A partir de quinta-feira, as atividades de pista serão transmitidas ao vivo pelo canal https://www.youtube.com/channel/UCR27aXCz77zigu10q9Vt0bQ

Nas atividades desta terça-feira, os mais rápidos foram:

Júnior Menor: Maria E. Nienkotter - 52s439

Júnior: Mayke Nederer - 50s917

Mirim: Theo Salomão - 1min00s626

Cadete: Enzo Nienkotter - 1min00s030

F4 Senior: Alan Ramos - 56s041

Graduados: Felipe Guimarães - 50s145

Sênior A: Leonardo Nienkotter - 51s493

Sênior B: Fernando Dias - 51s872

Novatos: Gustavo Moura - 52s343

Super Sênior: Eduardo Pinto - 52s023

Super Sênior Master: Douglas Pioresan - 52s742

F4 Super Sênior: Cesar Santos - 56s480

F4 Super Sênior Master: Dagnor Schneider - 56s551

Codasur Jr: Mayke Naderer - 50s204

KZ Grand: Dennis Dirani - 49s723

KZ Sênior: Waldir Belizario Jr - 50s085

Internacional OK: Olin Galli - 48s449

F4 Graduado: Rafael Prada - 55s676

Fotos: Bruno Gorski

F. Quick

terça-feira, 8 de outubro de 2019

COMUNICADO : INCIDENTE PILOTO DA TRUCK

         
                               
Comunicado 
A Mais Brasil Esportes, organizadora da Copa Truck, em virtude do grave incidente acontecido com o piloto Pedro Paulo Fernandes na etapa de Cascavel - que, felizmente, não teve qualquer consequência para ele após uma peça atravessar o vidro de seu caminhão durante a corrida -, informa que está trabalhando em conjunto com a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) para entender mais detalhes sobre o acontecimento. A partir do resultado desta análise, serão discutidas junto com as equipes e pilotos as possíveis providências para reforçar a segurança dos pilotos em situações como esta.


F. Imprensa Truck


YAMAHA E SENAI JUNTO NO PRIMEIRO CENTRO DE TREINAMENTO NO NORDESTE

YAMAHA INAUGURA SEU PRIMEIRO CENTRO DE TREINAMENTO NO NORDESTE EM PARCERIA COM O SENAI
                                                                 

Localizado na unidade do Senai de Feira de Santana, o Centro de Treinamento conta com os mesmos equipamentos e infraestrutura utilizados pela Yamaha em sua sede.

No dia 1º de outubro foi inaugurada, em parceria com o SENAI, o primeiro Centro de Treinamento da Yamaha Motor do Brasil no Nordeste.

Localizado em Feira de Santana, o Centro de Treinamento é o segundo de um total de oito que a Yamaha colocará em atividade junto ao SENAI.

Depois de instituir um novo padrão visual em suas concessionárias oferecendo um layout mais moderno, a importante parceria com o SENAI visa elevar ainda mais a qualidade dos serviços prestados por suas concessionárias e criando novas oportunidades no mercado de trabalho, além de prover uma melhor experiência aos seus clientes no pós-vendas.

 Reconhecida pela excelência na qualidade do ensino técnico, o SENAI é uma instituição referência no país e atua na capacitação de jovens há mais de 75 anos. Toda essa experiência e qualidade do SENAI contribui com a Yamaha na preparação de seus mecânicos através de um programa iniciado oficialmente em janeiro desse ano, com o treinamento dos professores da entidade no Centro de Treinamento da Yamaha, em Guarulhos, São Paulo.

Inicialmente serão oito Centros de Treinamento padronizados na nova identidade visual da marca e com motocicletas Yamaha. A unidade de Porto Alegre foi a primeira e, agora, a de Feira de Santana é a segunda, porém, a primeira na Região Nordeste.

 Como acontecerá nas outras Unidades, o SENAI de Feira de Santana contará com dispositivo de diagnóstico YDT (Yamaha Diagnostic Tool) e ferramentas especiais. Com isso, os futuros mecânicos terão a oportunidade de treinarem em um ambiente exatamente igual ao de uma concessionária Yamaha. Para os técnicos que trabalham na rede de concessionárias da marca, a certificação nos módulos Bronze e Prata será concedida pelos dos docentes do SENAI.
                                                                          


Para o diretor de Engenharia e Relações Institucionais da Yamaha Motor do Brasil, Sr. Hilário Kobayashi, presente na inauguração do Centro de Treinamento de Feira de Santana, “a implantação do CT na Bahia é apenas o segundo de um total de oito que ainda serão implantados em todo o Brasil até 2020. A iniciativa é fruto de uma parceria com o SENAI Nacional que visa de um lado atender à rede de assistência técnica da própria companhia, bem como aproveitar o know how do SENAI para assegurar a formação de profissionais qualificados para atuar no mercado de manutenção mecânica de motocicletas”. E completa: “desta forma, temos a oportunidade de disponibilizar para o mercado profissionais com qualificação técnica aprimorada, ofertando serviço de qualidade e garantindo a segurança e também o nosso compromisso de resguardar o meio ambiente assegurando o calibre dos nossos motores para a emissão de gases”.

Já para o gerente da Unidade do SENAI de Feira de Santana, Antonyony Santana a unidade participou de uma seleção para garantir a implantação do Centro de Treinamento de Feira de Santana e acredita que a defesa técnica apresentada pela equipe da unidade foi fundamental para que o SENAI Feira tenha sido escolhido.
                                                                     

Segundo o Sr. Antonyony, Feira de Santana concentra um volume significativo de motos e concessionárias, o que leva a uma demanda maior por profissionais treinados na área de manutenção, o que pesou certamente na escolha da empresa. “A vinda da Yamaha para o SENAI Feira de Santana é um marco na tecnologia na área de motocicletas, que é muito carente de profissionais qualificados na região. O SENAI espera contribuir para ampliar esta oportunidade de formação profissional”, acrescenta o Gerente da Unidade do SENAI de Feira de Santana.
                                                                       

 Os outros centros de treinamento estarão presentes nas unidades do SENAI de Belo Horizonte MG, Jacarepaguá RJ, Iracemápolis SP, Bauru SP, Belém PA e Recife-PE.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

KART : ALBERTO OTAZÚ OBTÉM ESTRÉIA POSITIVA NO BRASILEIRO

Brasileiro de Kart Indoor: Alberto Otazú termina bem na Master.

Foram 108 pilotos de 14 Estados na principal categoria.

Em sua primeira participação no maior evento individual do kartismo amador nacional, realizado de 4 a 6 de outubro no Kartódromo Granja Viana (Cotia/SP), o piloto Alberto Otazú (AKSP/AVSP/Bianchi Automóveis/Cardoso Funilaria e Pintura/No Fire Services/Rolley Ball/Speed Truck) subiu no pódio do Campeonato Brasileiro de Kart Indoor na sexta posição na principal categoria do certame.

“O resultado ficou abaixo da minha expectativa, mas foi muito positivo considerando que foi a minha primeira participação no Brasileiro e que estavam alguns dos melhores pilotos do país na disputa. Atingi o meu objetivo de ir ao pódio na minha estreia e saio com o aprendizado e já focado para as próximas disputas. Obrigado a todos os meus apoiadores e torcedores", comentou Otazú, que na categoria Master conquistou uma pole position, uma volta mais rápida, duas vitórias, uma segunda, uma sexta, uma 10ª e uma 13ª colocações, entre 108 pilotos nas seis provas de apenas 15 minutos em três dias.

"Foi um evento grandioso que eu nunca sequer tinha visto ou participado, e muito bem organizado pela AMIKA. Parabenizo todos os apoiadores e patrocinadores, principalmente a Go2Kart pela ativação promocional no Campeonato Brasileiro de Kart Indoor.

Os campeões em cada categoria foram: Gustavo Ariel (Master), André Nunes (Graduados), Felipe Carvalho (Super Graduados), Thiago Ramos (Novatos), Peterson Nakamura (Sênior), Valdir Barreto (Super Sênior).

Confira os dez primeiros na Master: 1) Gustavo Ariel (SP), 48 pontos; 2) Johnny Silva (SP), 44 pontos; Guilherme Maretti (SP), 31; 4) Elisson Gandolfo (SP), 31; 5) Eduardo Neves (SP), 29; 6) Alberto Otazú (SP), 28; 7) Bruno Monteles (SP), 28; 8) Ryan Nishioka (SP), 27; 9) André Martinho(DF), 24; 10) Eraldo Silva (SP), 20.

Alberto Cesar Otazú tem o apoio de Autódromo Virtual de São Paulo (AVSP), AKSP, Bianchi Automóveis, Cardoso Funilaria e Pintura, No Fire Services, Rolley Ball, Speed Truck. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde, Direção para a Vida e Rotary Club Ponte Estaiada.






domingo, 6 de outubro de 2019

BETO MONTEIRO E SALUSTIANO COM SEUS CAMINHÕES VW VENCEM BONITO

Vitórias em Cascavel ficam com Beto Monteiro e Paulo Salustiano, que empatam na ponta do campeonato.
                                                                     

Decisão acontece dia 27 no Velopark (RS); única mulher do grid, Débora Rodrigues também vai ao pódio.

Em uma etapa emocionante da Copa Truck em Cascavel, que contou com pista molhada e seca, Beto Monteiro e Paulo Salustiano venceram, respectivamente, as duas provas e saíram do oeste paranaense empatados na disputa da Quarta Copa, que define os três últimos finalistas para a Grande Final de dezembro em Interlagos.
                                                                        

Largando da terceira posição, Beto Monteiro contou com dificuldades dos dois caminhões Mercedes-Benz de André Marques e Wellington Cirino para triunfar mesmo com um restritor de potência aplicado em seu Volkswagen por conta das vitórias obtidas na etapa anterior, em Rivera, no Uruguai, e chegou apenas 0s476 atrás de Salustiano.
                                                                            

"A chuva me ajudou um pouco, pois meu caminhão correu com restritor de potência e a pista molhada acabou fazendo com que eu não sentisse muito essa desvantagem. Sofri uma enorme pressão do Salu no fim e saio muito feliz com uma vitória e a liderança do campeonato, o que faz com que o trabalho na próxima etapa seja mais tranquilo", comentou Monteiro, dono do recorde de nove vitórias em 12 corridas.
                                                                           

Na segunda corrida, Salu e Beto largaram da quarta fila por conta da inversão dos oito primeiros no grid de largada e escalaram juntos o pelotão, deixando para trás gente como o pole Luiz Carlos Zapelini - punido por excesso de velocidade no radar -, e Debora Rodrigues, que teve um de seus melhores finais de semana na Copa Truck com um sexto e um terceiro lugares.
                                                                                     

"A gente teve um mês muito difícil, tivemos de reconstruir meu caminhão para esta corrida após o acidente no Uruguai, enfrentamos problemas no começo do fim de semana, mas, no fim, tudo deu certo. Meu foco máximo é obter a vaga entre os finalistas para brigar pelo título em Interlagos. Na última disputa a classificação passou muito perto, mas desta vez não vou deixar ela escapar", destacou Salu.
                                                                            

Outro que merece destaque foi Felipe Giaffone. Largando da 22ª posição, ele foi nono e quarto, respectivamente. Da mesma sorte não compartilhou o veterano Pedro Muffato, que fez sua estreia na Copa Truck do alto de seus 79 anos de idade: ele foi 13º na prova 1 e abandonou a disputa seguinte. Já Guilherme Salas, que também debutou no campeonato em Cascavel, já deixou sua marca com a melhor volta na primeira bateria do domingo.
                                                                                

A Copa Truck tira três semanas de intervalo até a definição da Quarta Copa, no dia 27 de outubro no Velopark (RS). Confira abaixo os resultados completos e a situação da tabela de pontos:

Corrida 1
1. Beto Monteiro (Volkswagen), 15 voltas em 25min24s062
2. Paulo Salustiano (Volkswagen), a 0s476
3. André Marques (Mercedes-Benz), a 6s273
4. Renato Martins (Volkswagen), a 15s593
5. Gabriel Robe (Mercedes-Benz), a 15s918
6. Débora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 21s749
7. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 26s060
8. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 27s511
9. Felipe Giaffone (Iveco), a 28s725
10. Régis Boessio (Volvo), a 29s711
11. Adalberto Jardim (Ford), a 30s479
12. Guilherme Salas (Mercedes-Benz), a 37s870
13. Pedro Muffato (Scania), a 43s136
14. Jaidson Zini (Scania), a 46s728
15. Pedro Paulo (Mercedes-Benz), a 54s043
16. Danilo Alamini (Iveco), a 55s084
17. Djalma Pivetta (Iveco), a 1min02s230
18. José Augusto Dias (Volkswagen), a 1min25s857
19. Luiz Lopes (Iveco), a 1 volta
20. Juca Bala (Ford), a 3 voltas
21. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 4 voltas

Não classificados
Clodoaldo Monteiro (MAN), a 10 voltas
Djalma Fogaça (Ford), a 13 voltas
Fábio Fogaça (Ford), a 15 voltas
Leandro Totti (Mercedes-Benz), não largou

Melhor volta: Guilherme Salas, 1min26s022 (média de 127,977 km/h)


Corrida 2
1. Paulo Salustiano (Volkswagen), 17 voltas em 25min07s177
2. Beto Monteiro (Volkswagen), a 4s967
3. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 13s752
4. Felipe Giaffone (Iveco), a 16s805
5. André Marques (Mercedes-Benz), a 17s714
6. Pedro Paulo (Mercedes-Benz), a 19s071
7. Regis Boessio (Volvo), a 25s970
8. Renato Martins (Volkswagen), a 25s972
9. Gabriel Robe (Mercedes-Benz), a 33s788
10. Luiz Lopes (Iveco), a 37s752
11. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 47s538
12. Jaidson Zini (Scania), a 54s443
13. José Augusto Dias (Volkswagen), a 56s105
14. Djalma Pivetta (Iveco), a 1min06s703
15. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 1 volta
16. Adalberto Jardim (Ford), a 1 volta
17. Danilo Alamini (Iveco), a 1 volta
18. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 2 voltas
19. Juca Bala (Ford), a 3 voltas

Classificação do campeonato
1. Paulo Salustiano e Beto Monteiro, 38
3. André Marques, 29
4. Debora Rodrigues, 28
5. Renato Martins, 24
6. Felipe Giaffone, 23
7. Gabriel Robe, 22
8. Regis Boessio, 19
9. Pedro Paulo, 15
10. Luiz Carlos Zapelini e Wellington Cirino, 13
12. Jaidson Zini, 10
13. Adalberto Jardim, 9
14. Guilherme Salas, 8
15. Pedro Muffato, 7
16. Luiz Lopes, 6
17. Roberval Andrade, 5
18. José Augusto Dias, 3
19. Djalma Pivetta, 2

MARQUES E POLE NESTE DOMINGO COPA TRUCK

André Marques conquista primeira pole da carreira em Cascavel.

Piloto da Mercedes-Benz obtém posição de honra com 0s054 de vantagem para o companheiro Wellington Cirino; rodada dupla acontece neste domingo a partir das 14 horas.

Depois de passar o mês passado inteiro fazendo fisioterapia (sendo confirmado na prova apenas na quinta-feira) e consertando os três caminhões da equipe AM, André Marques conquistou sua primeira pole na Copa Truck em uma sessão onde as emoções estiveram em alta.

O piloto do Mercedes-Benz estava extremamente irritado durante a primeira parte do treino pois acabou atrapalhado por Luiz Lopes em sua volta lançada - o que não o impediu de passar ao Top Qualifying. O mau humor passou rapidinho após ele registrar o tempo de 1min19s472, superando o companheiro Wellington Cirino em 0s054 e não segurando as lágrimas.

"Eu fiz fisioterapia todos os dias, trabalhamos incessantemente nos caminhões e não posso estar mais feliz. É o resultado de um trabalho. É minha primeira pole na categoria e ela é muito significativa por conta disso tudo o que aconteceu nas últimas semanas", conta o pole, referindo-se ao fato de os três caminhões da equipe terem sofrido sérios acidentes na etapa passada no Uruguai.

A segunda-fila terá a presença de Beto Monteiro, que corre com o restritor de potência pelas vitórias no Uruguai, e de Roberval Andrade, com Paulo Salustiano e o estreante Guilherme Salas fechando a relação dos seis melhores, logo à frente de Renato Martins e Débora Rodrigues.

A largada da etapa de Cascavel da Copa Truck está marcada para as 14 horas deste domingo, com transmissão ao vivo do SporTV 3 e do SporTVPlay. Confira abaixo o grid de largada completo:

1. André Marques (Mercedes-Benz)
2. Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
3. Beto Monteiro (Volkswagen)
4. Roberval Andrade (Mercedes-Benz)
5. Paulo Salustiano (Volkswagen)
6. Guilherme Salas (Mercedes-Benz)
7. Renato Martins (Volkswagen)
8. Débora Rodrigues (Mercedes-Benz)
9. Clodoaldo Monteiro (MAN)
10. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz)
11. Gabriel Robe (Mercedes-Benz)
12. Regis Boessio (Volvo)
13. Adalberto Jardim (Ford)
14. Luiz Carlos Zapelini (MAN)
15. José Augusto Dias (Volkswagen)
16. Pedro Muffato (Scania)
17. Djalma Fogaça (Ford)
18. Fábio Fogaça (Ford)
19. Luiz Lopes (Iveco)
20. Djalma Pivetta (Iveco)
21. Danilo Alamini (Iveco)
22. Felipe Giaffone (Iveco)
23. Juca Bala (Ford)
24. Jaidson Zini (Scania)
25. Leandro Totti (Mercedes-Benz)

Como foram as sessões:

Top Qualifying
1. André Marques, 1min19s472
2. Wellington Cirino, 1min19s526
3. Beto Monteiro, 1min19s967
4. Roberval Andrade, 1min19s990
5. Paulo Salustiano, 1min20s109
6. Guilherme Salas, 1min20s431
7. Renato Martins, 1min20s714
8. Débora Rodrigues, 1min20s783

Q1
1. Wellington Cirino, 1min19s084
2. André Marques, 1min19s135
3. Renato Martins, 1min19s169
4. Paulo Salustiano, 1min19s201
5. Roberval Andrade, 1min19428
6. Beto Monteiro, 1min19s548
7. Débora Rodrigues, 1min19s771
8. Guilherme Salas,1min19s823
9. Clodoaldo Monteiro, 1min19s969
10. Pedro Paulo Fernandes, 1min20s004
11. Gabriel Robe, 1min20s228
12. Regis Boessio, 1min20s470
13. Adalberto Jardim, 1min20s832
14. Luiz Carlos Zapelini, 1min21s206
15. José Augusto Dias, 1min21s653
16. Pedro Muffato, 1min21s804
17. Djalma Fogaça, 1min21s806
18. Fábio Fogaça, 1min22s131
19. Luiz Lopes, 1min22s141
20. Djalma Pivetta, 1min22s540
21. Danilo Alamini, 1min23s122
22. Felipe Giaffone, 1min25s008
23. Juca Bala, 1min30s918
24. Jaidson Zini, sem tempo
25. Leandro Totti, sem tempo

 Veja também a classificação em detalhes e o guia de transmissões completo:

Domingo, 6 de outubro

11h02 às 11h47: Mercedes-Benz Challenge - Corrida
12h30 às 12h55: Copa HB20 - Corrida 2
13h15 às 13h35: Atração de Pista
14h05 às 14h30: Copa Truck - Corrida 1
14h46 às 15h11: Copa Truck - Corrida 2


Guia de transmissões ao vivo:

Domingo, 6 de outubro
11h00: Mercedes-Benz Challenge - Corrida via Band Sports, Facebook e YouTube Mercedes-Benz Challenge
12h10: Copa HB20 - VT da corrida 1 e transmissão ao vivo da 2 via Band Sports, Facebook da Copa HB20, www.catve.tv e www.facebook.com/catve 
14h00: Copa Truck - Corridas 1 e 2 ao vivo via SporTV3 e SporTV Play


Endereço das redes sociais das categorias

Facebook Copa Truck: www.facebook.com/copatruck  
Facebook Mercedes-Benz Challenge: www.facebook.com/mercedesbenzchallenge  
Facebook Copa HB20: www.facebook.com/copahb20  
YouTube Copa Truck: www.youtube.com/copatruck  
YouTube Mercedes-Benz Challenge: www.youtube.com/mercedesbenzchallenge  
YouTube Copa HB20: www.youtube.com/copahb20 



Mais notícias, resultados e classificação: