domingo, 15 de setembro de 2019

BARRICHELLO VENCE NO VELOPARK TRONCANDO SO PNEU TRASEIRO



 Stock Car: Barrichello vence pela quarta vez em 2019 e quebra tabu no Velopark.

Piloto conquista a primeira vitória na pista gaúcha, circuito onde a Mobil Full Time Sports também nunca havia subido ao lugar mais alto do pódio.

Mais um fim de semana de muita emoção para Rubens Barrichello na Stock Car. O piloto da Mobil Full Time Sports venceu neste domingo (dia 15) a corrida 2 da oitava etapa da temporada 2019 no circuito do Velopark, em Nova Santa Rita (RS). Na primeira prova, Barrichello foi o sétimo colocado e somou o total de 38 pontos na etapa, ocupando agora a quarta colocação no campeonato.
                                                                           

Depois de enfrentar problemas nos treinos livres de sexta-feira (13), principalmente com os freios do Stock Car #111, o piloto conseguiu se recuperar na tomada de tempos, ficando bem próximo do Q3.

Largando em sétimo, Barrichello chegou a ocupar a sexta posição na prova 1 e optou por um pit stop mais longo, colocando mais combustível e trocando apenas o pneu traseiro direito. Após as paradas, o piloto aparecia na nona colocação, mas ainda conseguiu mais duas posições, cruzando a linha de chegada em sétimo. A vitória nesta prova ficou com Felipe Fraga.

Na corrida 2, com o grid invertido, Barrichello partiu da quarta posição. Chegou a cair para quinto e se aproveitou bem dos botões de ultrapassagem, dentre eles o Fan Push, que foi essencial para a vitória, assim como a rápida parada nos boxes, para reabastecimento e troca novamente do pneu traseiro direito.

Foi a primeira vitória da equipe Full Time Sports e também de Barrichello no Velopark, onde ele havia sido o segundo colocado na etapa de abril. Na temporada, é a quarta vitória do piloto, todas na corrida 2 (Velo Città, Goiânia, Campo Grande e Velopark). Em sua sétima temporada na Stock Car, todas com a equipe Full Time, Barrichello já soma 13 vitórias.
                                                                       

“Estava buscando esta vitória aqui. Estou muito feliz”, comemorou o campeão da Stock Car de 2014. “Na sexta-feira, não estávamos competitivos, mudamos o carro e conseguimos a sétima colocação no grid, que foi boa para que nas corridas pudéssemos lutar por essa vitória”, continuou.

“Ainda não ganhamos a primeira corrida este ano, mas já foram quatro vitórias na corrida 2”, observou, antes de comentar sobre outro momento de emoção do fim de semana: a lembrança dos 10 anos de sua última vitória na Fórmula 1, em Monza (Ita), que também foi a última do Brasil na categoria.

“É uma alegria muito grande, num momento que é crítico para o Brasil, já que a última vitória na Fórmula 1 fez 10 anos comigo. E espero que isso mude em breve. Mas ganhar nesse momento é especial. Mais do que nunca, esse pódio foi muito comemorado, porque minha imagem também estava lá em Monza, com toda aquela conquista de 10 anos atrás”, lembrou.

O piloto também ressaltou o trabalho de toda a equipe, destacou a boa “química” com o chefe de equipe Maurício Ferreira e agradeceu principalmente o público pela votação do Fan Push.

“Jogamos mais uma vez com a ferramenta da estratégia e deu certo. A química com o Maurício é muito boa e toda a equipe está de parabéns. Amo o que eu faço, sempre fui apaixonado, desde criança, e o público entende isso, cada vez mais. Mais uma vez ganhei o Fan Push e gostaria de agradecer toda essa força e torcida. Essa vitória também é do público que votou em mim”, finalizou.

A Stock Car terá uma pausa agora de mais de um mês. A nona etapa acontecerá no dia 20 de outubro em Cascavel (PR).

Confira os resultados no Velopark:

Corrida 1
1 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), 42 voltas em 45min46s
2 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), 2.059
3 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 3.599
4 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 7.000
5 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), 11.127
6 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 15.242
7 . Rubens Barrichello ( Mobil Full Time Sports ), 16.508
8 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), 18.037
9 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), 19.935
10 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), 21.516
11 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), 22.415
12 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), 22.821
13 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), 32.639
14 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), 37.366
15 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), 39.391
16 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), 40.156
17 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), 1 volta
18 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), 1 volta
19 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), 1 volta
20 . Marcel Coletta ( Cimed Racing ), 2 voltas
21 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), 6 voltas
22 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), 7 voltas
23 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), 9 voltas
24 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), 9 voltas
25 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), 9 voltas
26 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), 17 voltas
27 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), 19 voltas
28 . Diego Nunes KTF Sports KTF Sports ), 32 voltas

Corrida 2
1 . Rubens Barrichello ( Mobil Full Time Sports ), 41 voltas em 49min49s
2 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 3.421
3 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 6.844
4 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), a 7.876
5 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 11.980
6 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 12.295
7 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 16.855
8 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 21.083
9 . Marcel Coletta ( Cimed Racing ), a 21.577
10 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 22.691
11 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 24.785
12 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 24.913
13 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 26.569
14 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 27.384
15 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 30.096
16 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 30.507
17 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 32.523
18 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 36.635
19 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 37.644
20 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 38.610
21 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 1 volta
22 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 4 voltas
23 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 14 voltas
24 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 24 voltas
25 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 27 voltas
26 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 28 voltas
27 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), a 28 voltas
28 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 38 voltas

Os primeiros colocados na classificação do campeonato, após oito de 12 etapas:
1- Ricardo Maurício - 245 pontos
2- Daniel Serra - 239
3- Thiago Camilo - 221
4- Rubens Barrichello - 206
5- Júlio Campos - 199
6- Felipe Fraga – 181
7- Gabriel Casagrande - 151
8- Cacá Bueno - 150
9- Max Wilson - 133
10- Bruno Baptista - 126

F. FGCOM

sábado, 14 de setembro de 2019

RICARDO MAURICIO É O POLE E FRAGA O SEGUNDO NO VELOPARK


Ricardo Maurício é pole no Velopark.

A oitava etapa da Stock Car está marcada para as 11h, com transmissão ao vivo a partir das 10h pelo SporTV3.

Atual campeão da Corrida do Milhão, Ricardo Maurício está iluminado nesta segunda metade de temporada da Stock Car. O piloto da Eurofarma RC desbancou os favoritos e somou neste sábado sua primeira pole position do ano no Velopark, palco da oitava etapa de 2019.

Depois de sofrer nos treinos com dificuldades de acerto, Ricardinho e sua equipe trocaram tudo para a classificação e acabou dando bem certo: com o tempo de 54s517, ficando apenas 0s005 à frente de Felipe Fraga. Esta foi a primeira pole do "Ligeirinho" desde o dia 10 de dezembro de 2017, na Grande Final em Interlagos.
                                                                        


"Tive um final de semana inteiro com dificuldades e de manhã rodei com pneus novos. Por isso, a cabeça foi uma das principais coisas que eu cuidei. Nós mudamos o carro totalmente para o qualy e consegui encaixar tudo nas classificações. Para o campeonato, depois da vitória na Corrida do Milhão, foi perfeito e o carro está evoluindo", comentou o bicampeão. "Faltou apenas 0s005 hoje para a pole, mas estou contente por finalizar a classificação sem problemas. A equipe tem um carro muito rápido e vamos continuar trabalhando", complementou Fraga.

Já a segunda fila teve Gabriel Casagrande a 0s051 de de Fraga e Max Wilson a 0s051 de Casagrande. "Faltou acertar apenas o terceiro trecho para conseguir a pole, mas estou bem empolgado para lutar pelo pódio e pela vitória amanhã", conta Gabriel, que foi o mais rápido do último treino que antecedeu a classificação.
                                                                      

A Camilo, que fez cinco poles já neste ano (incluindo a da primeira etapa no Velopark, em abril), terá de largar da quinta posição, dividindo a sexta fila com Ricardo Zonta, em um Q3 onde os pilotos ficaram separados por menos de dois décimos. “Estou chateado agora, mas isso dura alguns minutos. Daqui a pouco vou me reunir com a equipe para traçar a estratégia para as corridas de amanhã e o foco passa a ser fazer o maior número de pontos possível, e diminuir a diferença para o líder do campeonato”, conta Camilo.
                                                                           
A oitava etapa da Stock Car está marcada para as 11h, com transmissão ao vivo a partir das 10h pelo SporTV3. Confira o grid e o resultado de cada uma das fases da tomada de tempos abaixo:

Grid de largada
1 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC )
2 . Felipe Fraga ( Cimed Racing )
3 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing )
4 . Max Wilson ( RCM Motorsport )
5 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing )
6 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power )
7 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports )
8 . Cacá Bueno ( Cimed Racing )
9 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport )
10 . Daniel Serra ( Eurofarma RC )
11 . Átila Abreu ( Shell V-Power )
12 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports )
13 . Allam Khodair ( Blau Motorsports)
14 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing )
15 . Diego Nunes ( KTF Sports ),
16 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing )
17 . Marcel Coletta ( Crown Racing )
18 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports )
19 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra )
20 . Cesar Ramos ( Blau Motorsports )
21 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports )
22 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports )
23 . Guga Lima ( Vogel Motorsports )
24 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra )
25 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições )
26 . Marcos Gomes ( KTF Sports )
27 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing )
28 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições )


Q3
1 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 54.517
2 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), 54.522
3 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), 54.573
4 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), 54.624
5 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 54.689
6 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), 54.708


Q2
1 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 54.246
2 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), 54.362
3 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), 54.362
4 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 54.498
5 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), 54.518
6 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), 54.543
7 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), 54.614
8 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), 54.624
9 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 54.678
10 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), 54.686
11 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), 54.713
12 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), 54.798
13 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), 54.816
14 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), 54.833
15 . Diego Nunes ( KTF Sports ), 54.987

Q1
1 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), 54.170
2 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), 54.343
3 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 54.382
4 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), 54.432
5 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 54.451
6 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 54.476
7 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), 54.571
8 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), 54.582
9 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), 54.618
10 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), 54.624
11 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), 54.632
12 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), 54.657
13 . Allam Khodair ( Blau Motorsports ), 54.688
14 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), 54.689
15 . Diego Nunes ( KTF Sports ), 54.708
16 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), 54.718
17 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), 54.727
18 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), 54.747
19 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), 54.761
20 . Cesar Ramos ( Blau Motorsports ), 54.763
21 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), 54.792
22 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), 54.816
23 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), 54.935
24 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), 54.936
25 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), 55.043
26 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), 55.054
27 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), 55.136
28 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), 55.181

F.Imprensa Stock car

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

BMW MOTORRAD DAYS É NESTE FINAL DE SEMANA CHEIO DE NOVIDADES

Motores aquecidos para o BMW Motorrad Days 2019 e para a final do GS Trophy Brasil
                                                                         
A edição 2019 do BMW Motorrad Days abre suas portas ao público brasileiro neste fim de semana. O encontro será realizado na cidade de Socorro, no interior do estado de São Paulo, contará com inúmeras atrações e atividades para os amantes das duas rodas. Entre elas test-rides de motocicletas da gama BMW Motorrad, exposições de modelos clássicos, área kids, food trucks, boutique com acessórios e produtos de lifestyle da marca, customização de motos, entre outras atividades inéditas. O evento contará também com a presença do Thiago Deejay, da rádio 89 FM; shows de bandas de rock – Filippe Dias, Grungeria, RockStrada, The Monic e Kashmir –; talk-shows o multicampeão Alexandre Barros, além de exibições de manobras com motocicletas.

 A programação do BMW Motorrad Days 2019 incluirá ainda palestras do BMW Rider Experience e BMW Product Genius apresentando curiosidades sobre os produtos, além da grande final das etapas classificatórias brasileiras do GS Trophy International, que definirá a equipe que representará o país na maior competição de motociclismo amador do mundo, a ser disputada na Nova Zelândia no próximo mês de fevereiro.

Os ingressos estão à venda no site oficial do BMW Motorrad Days Brasil 2019, no endereço www.bmwmotorraddays.com.br, onde também é possível conferir a agenda completa do evento.


Agenda

 Data: 14 e 15 de setembro

Local:  Centro de Exposições Orlandi Pagliusi - Rodovia Pompeu Conti, 3210

Horário: 9h até 20h

www.bmwmotorraddays.com.br

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

MUNDIAL DE ENDURANCE EM JANEIRO INTERLAGOS CHEIO DE ATRAÇOES



 INTERLAGOS SERÁ TRANSFORMADO EM UM PARQUE DE DIVERSÕES
                                                                             

Continua a venda de ingressos para o grande festival de velocidade das 6 Horas de São Paulo. A prova, quinta etapa da temporada 2019-2020 do Campeonato Mundial de Endurance irá transformar o Autódromo de Interlagos em um parque de diversões repleto de entretenimento para toda a família. Entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro do próximo ano, o automobilismo mundial estará de olho no Brasil que volta a receber o WEC depois de seis anos. Os ingressos podem ser adquiridos diretamente no site da prova, no endereço: https://www.6horasdesaopaulo.com.br

As entradas adquiridas para o festival de velocidade são válidos para os três dias de evento, em quatro diferentes setores. O preço de venda para o Setor A é de R$ 250 (R$ 125 a meia entrada). No Setor M, o ticket custa R$ 490 (R$ 245 a meia entrada). Já o Setor B, que conta com um kit lanche, o valor do ingresso é de R$ 600. O Paddock, por sua vez, sairá por R$ 3.950,00, também com serviço de alimentação e bebidas durante os três dias do evento.
                                                                            

As bandeiras de cartões de crédito VISA, MasterCard, Diners, American Express e ELO são aceitas como forma de pagamento em até seis vezes e toda a estrutura desta operação será feita pela Eventim, empresa especializada neste serviço e presente em 26 países no mundo.

Os primeiros mil compradores do primeiro lote de ingressos ganharão um voucher que dará direito a brindes oficiais das 6 Horas de São Paulo. Um boné e uma cartela de adesivos deverão ser retirados no Autódromo de Interlagos, com a apresentação do voucher, durante os dias da corrida.

PARCERIA COM A AMK VELOCIDADE

As 6 Horas de São Paulo e a AMK Velocidade, agência especializada em viagens e experiências no mundo do motorsport, fecharam uma parceria para oferecer um desconto exclusivo no roteiro criado pela agência para quem sonha assistir as 24 Horas de Le Mans, na França, entre os dias 12 e 16 de junho deste ano.

Quem comprar dois paddocks para as 6 Horas de São Paulo, ganha 5% de desconto para fechar o pacote para Le Mans na AMK Velocidade.

Para ganhar o desconto, basta entrar em contato com a AMK Velocidade e apresentar o comprovante da compra dos Paddocks para as 6 Horas de São Paulo.

Além da viagem e acesso à maior prova de automobilismo do mundo, o pacote organizado pela AMK Velocidade também disponibiliza que os viajantes conheçam o piloto brasileiro Augusto Farfus, piloto da BMW Team MTEK, que vai guiá-los a um tour para conhecer seu BMW M8 GTE, carro número 82, e toda a estrutura das equipes que participam do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC).

INTERLAGOS SERÁ TRANSFORMADO EM UM PARQUE DE DIVERSÕES

O evento será uma mini Le Mans, com programação para toda a família e para todas as idades nos três dias de duração. O sábado, além de pelo menos seis horas de muita adrenalina na pista, serão mais de 12 horas de entretenimento.

Na parte central do autódromo, o Village Park irá abrigar ações para todos os membros da sua família, com Food Park completo, lojas com produtos ligados ao esporte para venda, roda gigante, arborismo e atividades educacionais e esportivas. Além disso, uma área de games com simuladores receberá uma etapa do Le Mans eSports Series. Shows musicais diários darão ainda mais energia para a torcida pular, dançar e cantar, sendo que no sábado, após a corrida, um grande nome da música brasileira vai encerrar o evento.

A idade mínima para acessar o autódromo é de cinco anos, conforme portarias 01/99 e 01/2002 da Vara da Infância e Juventude de São Paulo.

Siga-nos nas redes sociais 6 Horas de São Paulo

Instagram - Facebook - Twitter - Youtube

 Sobre a N/DUDUCH Motorsports

A N/DUDUCH Motorsports é uma empresa que nasce com a missão de realizar os maiores e melhores eventos esportivos de automotor, promovendo novos negócios e experiências únicas, aproximando o público de empresários, marcas e influenciadores. Sua origem está na união de empreendedores de segmentos complementares reforçados por uma equipe multidisciplinar.

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

NILSON E ROBERTO RIBEIRO VENCE ENDURANCE EM INTERLAGOS

Dupla Nilson e José Roberto Ribeiro vence as Quatro Horas de Interlagos.

Império Endurance Brasil tem sua quinta etapa noturna marcada por grandes disputas.

A dupla José Roberto “Beto” e Nilson Ribeiro, do Mato Grosso do Sul, com AJR #65, sobrou nas Quatro Horas de Interlagos. Após conquistar a pole position, Nilson fez um primeiro stint consistente, sempre atrás de David Muffato, que com o AJR #113, em dupla com Pedro Queirolo, fez uma grande largada e assumiu a liderança. Nilson entregou o carro para seu filho tomar a ponta no segundo stint. Ele se manteve no carro até o final da corrida e venceu com sobra, a ponto de colocar uma volta sobre o segundo colocado, nada menos que Daniel Serra.
                                                                         
      
“Foi demais! Foi uma vitória muito legal. O carro estava perfeito e só agradecer todo o esforço da NC Racing, que fez um trabalho perfeito”, vibrou Beto, que mais uma vez deu carinho beijo no carro. Essa é a segunda vitória da dupla, que já venceu na temporada a etapa de Santa Cruz do Sul e tem duas poles no ano, pois também conquistaram a posição de honra na etapa de abertura do campeonato em Curitiba.
                                                                           


Queirolo e Muffato tiveram problema na bomba de combustível, o que fez com que perdessem posições finalizando a prova na oitava colocação na geral e em terceiro na categoria P1, onde se mantém na liderança. 
                                                                          
Na GT3, uma disputa também emocionante, com os quatro carros da categoria chegando a liderar em algum momento da prova. Mas ninguém foi capaz de parar Daniel Serra e Chico Longo, impulsionados pelo desempenho bem acima da média do motor da Ferrari 488 #19 na reta de Interlagos. A dupla ficou com a vitória na categoria e segunda colocação na geral.
                                                                        


“Temos que pensar no campeonato e esse resultado foi bem importante. O carro foi perfeito e o Chico fez um grande trabalho. Tem muito campeonato pela frente e vamos batalhar pelo topo da tabela”, destacou Serra.
                                                                       


O Porsche 911 GT3R conquistou a terceira colocação na geral e a segunda na categoria com um importante resultado para o campeonato, Marcel Visconde e Ricardo Maurício fizeram uma prova perfeita!

Visconde fez os dois turnos iniciais: manteve o Porsche sempre entre os líderes e assumiu o primeiro lugar na classe com cerca de uma hora de corrida, quando o Mercedes AMG GT3 de Xandy Negrão/Xandinho Negrão teve um pneu furado. Visconde e Ricardo Mauricio, que assumiu o volante na segunda metade da corrida, mantiveram um ritmo forte durante toda a corrida. As muitas entradas do safety car (foram mais de dez ao longo da prova) impediam os concorrentes de abrirem grandes distâncias entre si. A dupla Guilherme Figueiroa e Júlio Campos terminou em terceiro na GT3. 
                                                                   


“Foi um resultado importante”, comemorou Visconde. “Quando o Xandy teve o estouro do pneu, fiquei sozinho na frente e consegui manter um bom ritmo, até melhor do que eu imaginava. Eu tinha uma certa resistência a correr de noite, mas ela foi quebrada hoje. Sabemos das limitações do nosso carro: ele tem motor de 6 cilindros aspirados e disputamos contra um V8 biturbo, e terminamos muito perto dele.” Ricardo Mauricio também ficou satisfeito com o segundo lugar na GT3: “A tocada do Marcel foi incrível. Nosso ritmo foi muito forte e o carro esteve muito equilibrado durante toda a corrida”, finalizou.
                                                                    

Na categoria GT4, Renan Guerra e Renato Braga deram show! A expectativa era da vitória da Mercedes, que tem um carro melhor para o traçado de Interlagos. No entanto, a dupla da Ginetta fez uma corrida impecável e conseguiu a quarta vitória consecutiva em cinco corridas, fazendo ainda uma dobradinha com o trio da Ginetta, na segunda colocação com Esio Vichiesi, Fabio Scorpioni e Paulo Totaro. 
                                                                 


A equipe Eurobike também comemorou mais uma vitória! Com uma atuação consistente, a dupla Henry Visconde/Felipe Steyer levou o Audi RS3 ao triunfo na categoria GT4 Light. “Tivemos um probleminha de aquecimento e o modo de segurança foi acionado duas vezes. Não deu para andar tão rápido, mas foi o suficiente para vencer”, afirmou Visconde após a prova. Steyer, que obteve sua primeira vitória no Endurance Brasil, estava bastante emocionado: “O carro é espetacular, muito equilibrado. O conjunto é muito bom. E obter uma vitória tornou tudo ainda melhor”, comemorou.
                                                                          


Na GT3 Light, o grande destaque foi o trio Ricardo Mendes, Tom Filho e Peter Ferter, que venceu na categoria e o colocou a Ferrari 458 #155, na sétima posição geral em um resultado surpreendente! Na P3, o MRX #72, de Carlos e Yuri Antunes, que dessa vez tiveram o reforço de Sergio Pistilli, venceram e seguem mais líderes do que nunca. Na categoria P2, Mauro Kern e Paulo Sousa, conquistaram mais uma vitória a bordo do Tubarão #32. Na P4, a vitória foi da dupla José Tinoco e Ricardo Furquim, com o Spyder #73.
                                                                                                       

Líderes do campeonato

Xandy e Xandinho Negrão se mantém na liderança da competição, tanto na geral quanto na categoria GT3. Xandy assumiu as primeiras duas horas de prova, e entregou a Mercedes AMG GT3 #09 depois de completar 60 voltas para o filho Xandinho. Infelizmente tiveram um contratempo com um furo no pneu traseiro esquerdo na volta 25, perdendo a vantagem que tinham na disputa. “Com certeza chegaríamos melhores sem ter esse furo no pneu, perdemos nossa vantagem, foi uma pena porque ele furou bem na frente dos boxes e eu tive que dar a volta toda no circuito com ele murcho e bem devagar, mas enfim, corridas são corridas, como está equilibrada a disputa é difícil recuperar, mas só de chegar está bom”, disse Xandy que finalizou a prova com a quarta posição na GT3 e em quinto na geral.
                                                                        


O maior problema além do pneu, foi que a hora que parou, a parte boa foi que abriu a janela (de pit stop), mas na saída, entrou um safety car, foi aí que tomamos uma volta de todo mundo. Depois disso tiveram poucas intervenções do safety, e quando eu assumi o carro, a gente estava praticamente andando todo mundo junto, mas eu, uma volta atrás. Uma pena porque teria dado para disputar, nosso ritmo era parecido com os outros carros da nossa categoria, mas vamos pra próxima”, explicou Xandinho que pilotou a parte final da prova noturna.
                                                               

A soma dos pontos deixa a dupla da equipe Mercedes na ponta da tabela, com 400 pontos na geral e 495 pontos na GT3 (sem descarte). A próxima etapa do Império Endurance Brasil acontece em Goiânia (GO) no dia 12 de outubro.

Confira o resultado final das Quatro Horas de Interlagos:

 1º) 65 - Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro (AJR, P1), 131 voltas em 4:00:36.607 
2º) 19 - Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari488 , GT3), a 1 volta
3º) 55 - Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche , GT3), a 1 volta
4º)   8 - Guilherme Figueiroa/Julio Campos (MercedesAMG , GT3), a 1 volta
5º)   9 - Xandy Negrão/Xandinho Negrão (MercedesAMG , GT3), a 2 voltas
6º) 43 - Vicente Orige/G.Martins/R.Campos (AJR , P1), a 3 voltas
7º) 155 - Ric.Mendes/Tom Filho/P.Feter (Ferrari458 , GT3 L), a 6 voltas
8º) 113 - Pedro Queirolo/David Muffato (AJR , P1), a 7 voltas
9º)   5 - T.De Andrade/J.Martini/M.Muller (AJR , P1), a 7 voltas
10º) 72 - C.Antunes/Y.Antunes/S.Pistilli (MRX , P3), a 9 voltas
11º) 555 - Renato Braga/Renan Guerra (Ginetta , GT4), a 9 voltas
12º) 75 - H.Assunção/A.Moraes/E.Padron (MRX , P3), a 9 voltas
13º) 32 - Mauro Kern/Paulo Sousa (MCRTubarão , P2), a 11 voltas
14º) 63 - Sergio Ribas/Guilherme Ribas (AstonMartin , GT3), a 13 voltas
15º) 89 - Matheus Stumpf/Renato Stumpf (RadicalSR3 , P3), a 14 voltas
16º) 16 - E.Vichesi/F.Scorpioni/P.Totaro (Ginetta , GT4), a 17 voltas
17º)   4 - Jindra Kraucher/Felipe Bertuol (Sigma , P2), a 21 voltas
18º)   6 - Henry Visconde/Felipe Strey (AudiA3 , GT4L), a 23 voltas
19º) 73 - Jose Tinoco/Ricardo Forquim (Spyder , P4), a 27 voltas
20º) 11 - Emilio Padron/Marcelo Vianna (AJR , P1), a 29 voltas
21º) 37 - Stuart Turvey/Renato Turelli (ProtótipoKTT , P2), a 33 voltas
22º)   2 - Gu.Frey/Ge.Frey/S.Cardoso (Dallara , P3), a 34 voltas
23º) 46 - Robbie Perez/Jose Cordova (Roco , P3), a 35 voltas
24º) 51 - Rodrigo Pereira/Renan Cassetta (Linea , GT4L), a 37 voltas
25º) 25 - Ney Faustini/Ney Sa Faustini (Geebee , P2), a 41 voltas
26º) 22 - L.Ferrari/S.Jimenez/F.Abrunhoza (MercedesAMG , GT4), a 47 voltas
27º) 14 - Junior Victorette/Marcelo Karam (CLA 45AMG , GT4L), a 50 voltas
28º) 64 - B.Bonifacio/M.Sala/H.Visconde/F.Strey (BMW , GT4), a 62 voltas
29º) 34 - Mario Marcondes/Ricardo Haag (MRX , P4), a 64 voltas
30º) 74 - Ale.Cignetti/Walter Junior/L.Totti (Spyder , P4), a 75 voltas
31º) 888 - Andre Carrilo/Rodrigo Corbisier (Dodge , GT4L), a 85 voltas
32º) 199 - A.Caleffi/M.Lemke/R.Lemke (Linea , GT4L), a 86 voltas
33º)   7 - Aldoir Sette/Franco Pasquale (Protótipo7 , P3), a 90 voltas
34º)   3 - Alexandre Auler/Leandro Romera (MercedesAMG , GT4), a 92 voltas
35º) 20 - W.Ebrahim/F.Ebrahim/P.Aguiar (GinettaG57 , P1), a 105 voltas
36º) 18 - Fernando Poeta/Beto Giacomello (Lambo , GT3 L), a 130 voltas
37º) 175 - H.Assunção/L.Floss/R.Kastropil (AJR , P1), a 130 voltas

Melhor Volta: Vicente Orige/G.Martins/R.Campos, 1:31.050 (170.4 km/h)

Fotos :Bruno Terena/MS2

F: MS2

domingo, 8 de setembro de 2019

XANDY E XANDINHO GARANTE PÓDIO NO ENDURANCE BRASIL

Endurance Brasil: Xandy e Xandinho saem na ponta da tabela de Interlagos.
                                                                        

Mesmo com o contratempo de um furo no pneu, família Negrão finaliza a disputa depois de quatro horas de prova com pódio.

Cumpridas cinco das oito corridas previstas no calendário 2019 do Império Endurance Brasil, a dupla formada por pai e filho, tradicional no automobilismo brasileiro, Xandy e Xandinho Negrão mantiveram a liderança do campeonato, tanto na geral quanto na categoria GT3, depois de mais de 130 voltas e quatro horas de prova neste final de semana no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.
                                                                    

Xandy assumiu as primeiras duas horas de prova, e entregou a Mercedes AMG GT3 #09 depois de completar 60 voltas para o filho Xandinho. Infelizmente tiveram um contratempo com um furo no pneu traseiro esquerdo na volta 25, perdendo a vantagem que tinham na disputa. “Com certeza chegaríamos melhores sem ter esse furo no pneu, perdemos nossa vantagem, foi uma pena porque ele furou bem na frente dos boxes e eu tive que dar a volta toda no circuito com ele murcho e bem devagar, mas enfim, corridas são corridas, como está equilibrada a disputa é difícil recuperar, mas só de chegar está bom”, disse Xandy que finalizou a prova com a quarta posição na GT3 e em quinto na geral.
                                                                         
                  
“O maior problema além do pneu, foi que a hora que parou, a parte boa foi que abriu a janela (de pit stop), mas na saída, entrou um safety car, foi aí que tomamos uma volta de todo mundo. Depois disso tiveram poucas intervenções do safety, e quando eu assumi o carro, a gente estava praticamente andando todo mundo junto, mas eu, uma volta atrás. Uma pena porque teria dado para disputar, nosso ritmo era parecido com os outros carros da nossa categoria, mas vamos pra próxima”, explicou Xandinho que pilotou a parte final da prova noturna.

A soma dos pontos deixa a dupla da equipe Mercedes na ponta da tabela, com 400 pontos na geral e 495 pontos na GT3 (sem descarte). A próxima etapa do Império Endurance Brasil acontece em Goiânia (GO) no dia 12 de outubro.



Confira o resultado final das Quatro Horas de Interlagos:

 1º) 65 - Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro (AJR, P1), 131 voltas em 4:00:36.607 
2º) 19 - Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari488 , GT3), a 1 volta
3º) 55 - Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche , GT3), a 1 volta
4º)   8 - Guilherme Figueiroa/Julio Campos (MercedesAMG , GT3), a 1 volta
5º)   9 - Xandy Negrão/Xandinho Negrão (MercedesAMG , GT3), a 2 voltas
6º) 43 - Vicente Orige/G.Martins/R.Campos (AJR , P1), a 3 voltas
7º) 155 - Ric.Mendes/Tom Filho/P.Feter (Ferrari458 , GT3 L), a 6 voltas
8º) 113 - Pedro Queirolo/David Muffato (AJR , P1), a 7 voltas
9º)   5 - T.De Andrade/J.Martini/M.Muller (AJR , P1), a 7 voltas
10º) 72 - C.Antunes/Y.Antunes/S.Pistilli (MRX , P3), a 9 voltas
11º) 555 - Renato Braga/Renan Guerra (Ginetta , GT4), a 9 voltas
12º) 75 - H.Assunção/A.Moraes/E.Padron (MRX , P3), a 9 voltas
13º) 32 - Mauro Kern/Paulo Sousa (MCRTubarão , P2), a 11 voltas
14º) 63 - Sergio Ribas/Guilherme Ribas (AstonMartin , GT3), a 13 voltas
15º) 89 - Matheus Stumpf/Renato Stumpf (RadicalSR3 , P3), a 14 voltas
16º) 16 - E.Vichesi/F.Scorpioni/P.Totaro (Ginetta , GT4), a 17 voltas
17º)   4 - Jindra Kraucher/Felipe Bertuol (Sigma , P2), a 21 voltas
18º)   6 - Henry Visconde/Felipe Strey (AudiA3 , GT4L), a 23 voltas
19º) 73 - Jose Tinoco/Ricardo Forquim (Spyder , P4), a 27 voltas
20º) 11 - Emilio Padron/Marcelo Vianna (AJR , P1), a 29 voltas
21º) 37 - Stuart Turvey/Renato Turelli (ProtótipoKTT , P2), a 33 voltas
22º)   2 - Gu.Frey/Ge.Frey/S.Cardoso (Dallara , P3), a 34 voltas
23º) 46 - Robbie Perez/Jose Cordova (Roco , P3), a 35 voltas
24º) 51 - Rodrigo Pereira/Renan Cassetta (Linea , GT4L), a 37 voltas
25º) 25 - Ney Faustini/Ney Sa Faustini (Geebee , P2), a 41 voltas
26º) 22 - L.Ferrari/S.Jimenez/F.Abrunhoza (MercedesAMG , GT4), a 47 voltas
27º) 14 - Junior Victorette/Marcelo Karam (CLA 45AMG , GT4L), a 50 voltas
28º) 64 - B.Bonifacio/M.Sala/H.Visconde/F.Strey (BMW , GT4), a 62 voltas
29º) 34 - Mario Marcondes/Ricardo Haag (MRX , P4), a 64 voltas
30º) 74 - Ale.Cignetti/Walter Junior/L.Totti (Spyder , P4), a 75 voltas
31º) 888 - Andre Carrilo/Rodrigo Corbisier (Dodge , GT4L), a 85 voltas
32º) 199 - A.Caleffi/M.Lemke/R.Lemke (Linea , GT4L), a 86 voltas
33º)   7 - Aldoir Sette/Franco Pasquale (Protótipo7 , P3), a 90 voltas
34º)   3 - Alexandre Auler/Leandro Romera (MercedesAMG , GT4), a 92 voltas
35º) 20 - W.Ebrahim/F.Ebrahim/P.Aguiar (GinettaG57 , P1), a 105 voltas
36º) 18 - Fernando Poeta/Beto Giacomello (Lambo , GT3 L), a 130 voltas
37º) 175 - H.Assunção/L.Floss/R.Kastropil (AJR , P1), a 130 voltas

Melhor Volta: Vicente Orige/G.Martins/R.Campos, 1:31.050 (170.4 kmh..)

MS2