segunda-feira, 15 de julho de 2019

OPALAS NA PISTA: RODRIGO E RAFAEL LOPES VENCEM COM GRANDE DISPUTAS

                                           

Old Stock Race - Rodrigo Pimenta e Rafael Lopes vencem as provas da Quarta Etapa.
                                                                            

Interlagos recebeu mais uma vez a categoria que chega à metade da temporada com ótimas disputas e arquibancadas repletas de apaixonados pelo automobilismo para acompanhar de perto ultrapassagens incríveis num domingo agradável junto aos amigos e familiares.

O público chegou cedo ao autódromo localizado na zona sul de São Paulo para curtir as provas da Old Stock Race num domingo de muito sol. Logo cedo, após a abertura do portão os amantes dos Opalas ocuparam os espaços destinados aos opaleiros aguardando o inicio das atividades programadas, que incluíram um desfile com a presença não só de Opalas e Caravans, mas também do Clube do Vortec, composto por proprietários e colecionadores das famosas Chevrolet Blazer, que fizeram muito sucesso também no cenário automobilístico nacional. Dentre os presentes, destaque para famílias vindas de muitas cidades e também de outros estados, como foi o caso da família Becher que rodou mais de 500 km desde Ponta Grossa – PR para estar presente com seu opala no evento. Muitos grupos e clubes, com suas barracas, churrasqueiras e muita alegria deram o toque de um dia maravilhoso, que foi repleto de emoções e muita diversão.
                                                                         

Após o desfile, os pilotos alinharam suas máquinas no grid para a disputa da primeira prova  e na largada o pole position Rodrigo Pimenta foi atacado por Rafael Lopes, atual líder do campeonato, que conseguiu a ultrapassagem, mas  trouxe junto Tiago Gonçalves que permaneceu próximo aos ponteiros durante toda a prova, ameaçando vez por outra tomar a segunda colocação de Lopes. No pelotão de trás, a briga era entre Ricardo Domenech, do opala 17 e Pedro Gomes, do opala 22 que mantiveram-se a condição por boa parte da prova, até Domenech se livrar do pelotão e Gomes abandonar a prova. Mais atrás, na disputa pela nona colocação estavam Ciro Paccielo do opala 333 e Glaucio Doreto do opala 89 que por algumas voltas ameaçou a posição de Ciro sem sucesso. Doreto então passou a duelar com Arnaldo Santos durante as voltas finais ate rodar no laranjinha e ser ultrapassado pelo piloto do opala 78, que trouxe consigo também o opala 93 de Felipe Matos.
                                                                               

Rodrigo Pimenta cruzou a linha de chegada em primeiro, Rafael Lopes em segundo, Tiago Gonçalves em terceiro, Jorge Schuback em quarto, Ricardo Domenech foi o quinto e Rodrigo Helal completou o pódio em sexto, destacando-se pela excelente recuperação após ter largando em último, devido a não ter participado da tomada de classificação por quebra de motor.

Confira o resultado da Primeira Prova:
51 Rodrigo Pimenta, 12 voltas em 24min35s524
54 Rafael Lopes, a 2s170
11 Tiago Gonçalves, a 6s494
25 Jorge Schuback, a 36s387
17 Ricardo Domenech, a 37s246
113 Rodrigo Helal, a 39s733
64 Marcos Philippi, a 41s518
9 Marco Maragno, a 49s783
1 Evandro Camargo, a 58s365
333 Ciro Paccielo, a 1min14s871
78 Arnaldo Santos,1min31s178
59 Henrique Lamberti, a 1min53s726
89 Glaucio Doreto, a 2min00702
38 Rodrigo Giordano, a 1 volta
909 Alexandre Navarro, a 1 volta
12 Fabio Mencarelli, a 2 voltas
93 Felipe Matos, a 3 voltas
Não completaram a prova:
22 Pedro Gomes
31 Glauco Barros
3 Ricardo Alvarez
18 George Lemonias

Na segunda prova, realizada no período da tarde Pedro Pimenta assumiu o comando do opala 51 no lugar de honra do grid, com Rafael Lopes ao seu lado. Na largada Pimenta conseguiu manter a primeira posição sendo ameaçado de perto por Lopes que também sofreu muitos ataques de Tiago Gonçalves chegando ate a trocar de posição com o piloto do opala 11, até Rafael conseguir despachar Tiago e partir em busca de Pimenta, conseguindo a ultrapassagem sobre o piloto do opala 51 na subida do café. Tiago então passou a enfrentar Pimenta até conseguir ultrapassá-lo e assumir a segunda posição na prova.
                                                                             


Um pouco mais atrás, Domenech e Marcos Philippi protagonizaram uma excelente batalha pela quarta posição, ate Ricardo conseguir abrir distância e Philippi ser ultrapassado por Helal na quarta volta.
Nas voltas seguintes a disputa pela terceira posição se intensificou, tendo Pedro Pimenta, Ricardo Domenech, Rodrigo Helal e Marcos Philippi formando um pelotão que permaneceu bem próximo durante algumas voltas, com destaque para Helal e Philippi  mantendo se muito próximos e por vezes ficando lado a lado na  disputa pela sexta colocação.
                                                                                          
Faltando duas voltas para o final, o duelo entre Domenech e Pimenta se intensificou, com o piloto do opala numeral 17, que estreou este ano na categoria, ameaçando por muitas vezes curva a curva a posição do veterano Pimenta, porém a experiência falou mais alto e Domenech teve que se contentar com a quarta colocação.

Rafael Lopes venceu aumentando sua vantagem e busca do bi campeonato, Tiago Gonçalves cruzou a linha de chegada em segundo, Pimenta foi o terceiro, Ricardo Domenech o quarto e completando o grid, Rodrigo Helal em quinto e Marcos Philippi em sexto.
Abaixo, o resultado completo da segunda prova:
54 Rafael Lopes, 12 voltas em 24min25s748
11 Tiago Gonçalves, a 1s541
51 Pedro Pimenta, a 12s99
17 Ricardo Domenech, a 14s022
113 Rodrigo Helal, a 16s208
64 Marcos Philippi, a 16s967
25 Jorge Schuback, a 26s374
9 Marco Maragno, a 38s419
333 Ciro Paccielo, a 53s275
38 Vinicius Pimentel, a 1min20s273
89 Glaucio Doreto, a 1min26s446
93 Felipe Matos, a 1min26s969
78 Fausto Camacho, a 2min09s461
3 Ricardo Alvarez, a 1 volta
909 Alex Dimas, a 2 voltas
59 José Oliveira, a 3 voltas
Não completaram:
1 Evandro Camargo
12 Fabio Mencarelli
22 Ricardo Santos
31 Glauco Barros

Na Classe Old Man, para pilotos acima de 55 anos, Pedro Pimenta foi o primeiro seguido de Jorge Schuback em segundo, Ciro Paccielo em terceiro, Vinicius Pimentel em quarto, Fausto Camacho em quinto e José de Oliveira em sexto.
                                                                        

A próxima etapa da Old Stock Race está marcada para o dia 25 de agosto em Interlagos e pela segunda vez no ano a categoria fará parte da programação de uma etapa da Stock Car, desta vez juntamente com a  Corrida do Milhão.

Os Opalas da Old Stock Race são equipados com pneus Pirelli, discos de freio Fremax e embreagens Ceramic Power.

Fotos: Humberto Silva/OSR e Barbara Bonfim/OSR

F. Imprensa Old stock race

MOTO: QUARTA ETAPA ERIC GRANADO VENCE E LEVA JUNTO A LIDERANÇA

SBK Brasil fecha 4ª etapa com brilho e liderança de Eric Granado em Goiânia.

O SuperBike Brasil fechou com brilho a 4ª etapa da temporada 2019 em Goiânia. Quem compareceu ao Autódromo Internacional Ayrton Senna neste domingo (14) acompanhou de perto um dia repleto de muita velocidade e emoção no maior campeonato de motovelocidade das Américas.

O forte calor da capital goiana marcou o domingo de disputas da primeira até a oitava corrida. O clima quente, no entanto, não impediu os pilotos de esquentarem ainda mais a briga dentro da pista.

Na principal corrida do dia, Eric Granado (#51) fechou com brilho o fim de semana. Após bater o recorde do circuito em Goiânia nos treinos classificatórios, o piloto da Honda Racing Brasil venceu no grid principal e de quebra assumiu a liderança da categoria SuperBike.

A vitória de Granado veio com muita disputa. Após ser ultrapassado por Anthony West (#13) na largada, o atual bicampeão precisou mostrar habilidade para recuperar a ponta da disputa. Ele ultrapassou o australiano na quinta das 14 voltas – pouco depois de um procedimento de Safety. Uma vez na frente, no entanto, Eric acelerou forte para vencer pela terceira vez na temporada.

West, que fez a sua estreia na capital goiana, ficou com a segunda posição. Maximiliano Gerardo (#41), Pedro Sampaio (#28), e Alex Barros (#4) completaram o pódio.

Com o resultado, Eric Granado chegou a 79 pontos no campeonato – dois à frente Anthony West (#13), que liderava até então.

Ainda no grid principal, Rodrigo Dazzi (#146), da Ello Racing, conseguiu o terceiro triunfo consecutivo na SuperBike Extreme. Após uma queda na etapa de abertura de temporada, o piloto mostrou recuperação e já caminha com força para o bicampeonato da categoria.

Na outra disputa de motos 1000cc, Marcio Bortolini (#37), da Sulina Racing, foi o grande vencedor. Ele superou os rivais para conseguir o triunfo na classificação geral da disputa que contou com motos das categorias SBK Evolution, Evo 1000cc, Evo Master, Light, Master e SuperStock. Felipe Comerlatto (#186), Bruno Corano (#34), Andre Verissimo (#93), e Rodrigo “Cabecinha” (#181) fecharam os cinco primeiros do grid. Confira o resultado por categoria abaixo.

Leo Tamburro vence nas 600cc e assume liderança

A corrida de motos 600cc também reservou uma grande dose de emoção em Goiânia. E Leonardo Tamburro foi quem teve motivos de sobras para comemorar. O piloto da Kawasaki venceu a corrida da SuperSport e se despede da capital goiana com a liderança do campeonato na principal categoria de motos 600cc.

Após largar na liderança, Leo acelerou forte para cruzar a linha de chegada na frente, com mais de 10s de vantagem para Arthur Costa (#199). José Duarte (#97) e Luiz Cerciari (#3) vieram na sequência.

Matheus Barbosa (#260), que havia vencido as três corridas da categoria até então, caiu na primeira volta e não completou a prova.

Ainda nas 600cc, Pedro Valiente (#25), da Bolsi Racing, fez grande corrida e garantiu a vitória da SuperSport Extreme. Já na Stock 600cc, Mauricio Marques (#63), da Dezeró Racing, coroou o fim de semana com vitória. Rubens Bosch (#52) subiu ao pódio na SuperSport Master.

***

Na Copa Honda CBR 500R, Raphael Ramos (#90) fez bonito e ficou com a vitória neste domingo. O piloto da MotoSchool Racing Team levou a melhor num duelo à parte com Mario Nicoli (#711) e Fábio Florian (#88).

Desta forma, o #90 chega a mais uma vitória na temporada e segue na briga pelo título da categoria. Luiz Henrique “Luizinho” (#91) e Gabrielly Lewis (#17) completaram o pódio entre as 500cc. Veja abaixo o vencedor de cada categoria na CBR 500R Pro, Teen, Light e Extreme.

Pela R3 Cup, Emiliano Lancion (#125), da MG/ AD78 Yamaha Racing, ultrapassou Gui Brito (#44) e Enzo Valentim (#39) a poucos metros da bandeirada final e ficou com a vitória no grid de motos 300cc. Ele venceu a corrida com uma diferença de 0s127.

Na R3 Master, o vencedor foi Fabinho Jandaia (#10). Ele, que já havia liderado os treinos livres e classificatórios, superou os rivais com quase 20s de vantagem.

A Honda Junior Cup também reservou um momento de brilho no circuito goiano. João Teixeira (#14) e Pedro Balla (#10) travaram uma disputa e troca de liderança até os últimos metros da corrida no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

Melhor para João, que venceu com uma ultrapassagem na reta final e diferença de apenas 0s080. Ele conseguiu o triunfo com uma corrida de recuperação após ter problema na largada e cair da primeira para a última posição.

Por fim, a categoria Escola fechou o dia de disputas. Rafael Palmieri (#889), da Paulinho SuperBikes, venceu nas 1000cc, enquanto Vitor Simões (#598), da SPN Racing – 598, dominou a corrida entre as motos 600cc e ficou com a vitória.

O SuperBike Brasil volta no dia 18 de agosto, com a 5ª etapa da temporada 2019.

Confira os resultados deste domingo por categoria:

SuperBike

1) Eric Granado (#51)
2) Anthony West (#13)
3) Maximiliano Gerardo (#41)
4) Pedro Sampaio (#28)
5) Alex Barros (#4)

SuperBike Extreme

1) Rodrigo Dazzi (#146)
2) Diego Viveiros (#23)
3) Ian Testa (#37)
4) Julio Fortunato (#56)
5) Marcelo Skaf (#177)

SuperBike Evolution

1) Bruno Corano (#34)
2) Fabio Pitta (#129)
3) Pablo Flores Nunes (#28)
4) Marcelo Skaf (#177)

Evolution 1000cc

1) Marcio Bortolini (#37)
2) Felipe Comerlatto (#186)
3) Andre Verissimo (#93)
4) Rodrigo “Cabecinha” (#181)
5) Rivaldo Borges (#19)

Evo Master

1) Juracy Rodrigues Black (#56)
2) Marcos Ramalho (#9)
3) Cristiano Nogueira (#26)
4) Ricardo Hayashi (#36)

SuperBike Light

1) Victor Vallaverde (#42)
2) Raphael “Fletado” (#96)
3) Carlos Ronan (#29)
4) Cassiano Macedo (#22)
5) Daniel Sanches (#230)

SuperStock

1) Guto Figueiredo (#18)
2) Magno Menino de Ouro (#78)
3) Osvaldo “Duende” (#515)
4) Nicolas A. Castorino (#118)

SuperBike Master

1) Nelson “Mágico” (#45)
2) Edson Errera (#86)
3) Edu Aceto (#199)
4) Remi Toscano (#59)

SuperSport

1) Leonardo Tamburro (#53)
2) Arthur Costa (#199)
3) José Duarte (#97)
4) Luiz Cerciari (#3)

SuperSport Extreme

1) Pedro Valiente (#25)
2) Regis Santos (#20)
3) Welber J. Barros (#71)
4) Marcos Fortunato (#99)
5) Luis Ferraz (#13)

SuperSport Master

1) Rubens Bosch (#52)

Stock 600cc

1) Mauricio Marques (#63)
2) Geverson Paz (#970)
3) Daniel Mos (#207)

CBR 500R Pro

1) Raphael Ramos (#90)
2) Fábio Florian (#88)
3) Gabrielly Lewis (#17)
4) Renan Fui (#62)

CBR 500R Teen

1) Raphael Ramos (#90)
2) Mario Nicoli (#711)
3) Fábio Florian (#88)
4) Gabrielly Lewis (#17)
5) Richard Oliveira (#777)

CBR 500R Light

1) Mario Nicoli (#711)
2) Luiz Henrique “Luizinho” (#91)
3) Richard Oliveira (#777)
4) Rodrigo Medeiros (#77)
5) Ronaldo Guimarães (#65)

CBR 500R Extreme

1) Denis Peppe (#277)
2) Alexandre Colorado (#27)
3) Mauricio Laranjeira (#29)
4) Isaque Teixeira (#79)
5) Michael Valtingojer (#40)

R3 Cup

1) Emiliano Lancion (#125)
2) Gui Brito (#44)
3) Enzo Valentim (#39)
4) Lincoln Melo (#29)
5) João Vitor Carneiro (#14)

R3 Master

1) Fabinho Jandaia (#10)
2) Fernando Santos (#234)
3) Roberney Favoretto (#888)
4) Luis Henrique Tavares (#78)
5) Edinho Picoloko (#177)

Honda Junior Cup

1) João Teixeira (#14)
2) Pedro Balla (#10)
3) Brayann Ligeirinho (#22)
4) João Fascinelli (#13)
5) Kauan P. Leão (#9)

SuperBike Escola

1) Rafael Palmieri (#889)
2) Luiz H. Bertoli (#33)
3) Fábio Queiroz (#25)
4) Bruno E. Bruninho (#39)
5) Everton Antonio Pires (#181)

SuperSport Escola

1) Vitor Simões (#598)
2) Raphael Santos (#65)
3) Rodrigo Cesar “Batata” (#75)
4) Alexandre Livino (#69)
5) Givanildo Santos (#46)

Foto: J. Capreti

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

F. Imprensa SBK

domingo, 14 de julho de 2019

COPA TRUCK: ANDRÉ MARQUES VENCE BONITO EM CURVELO

André Marques vence e fatura a Segunda Copa. 

Cirino comemora pódio em etapa de recuperação.

A cidade de Curvelo (MG) virou talismã para André Marques. Pela segunda vez ele faturou uma das copas regionais que integram o calendário da Copa Truck e ampliou sua pontuação para a Grande Final. De quebra, o time ainda comemorou o segundo lugar de Wellington Cirino na corrida 1 e a vitória de André Marques na corrida 2, com resultados anunciados após as vistorias técnicas.

Agora, André Marques tem 20 pontos  acumulados para a Grande Final, juntamente com Beto Monteiro, que terminou a Segunda Copa em terceiro. Felipe Giaffone e Roberval Andrade, com 10 pontos, também já estão classificados.

“Foi um fim de semana de muita superação. Tivemos problemas na sexta-feira, depois a penalização por fumaça no classificatório, mas nunca perdemos a vontade de continuar trabalhando e buscar. Larguei lá do fundão e buscamos o pelotão. A estratégia funcionou e o resultado veio”, avaliou o piloto campeão.

Emocionado, o piloto e chefe de equipe também agradeceu às pessoas que são importantes para que os resultados aconteçam.

“Em primeiro lugar minha esposa e os meus filhos, e minha equipe. Nossos parceiros, que acreditam no nosso trabalho à frente da equipe. E à Deus, por tudo de bom que vem acontecendo com a gente”, celebrou André.

Wellington Cirino também saiu de Curvelo levando troféu para casa. Depois de largar na corrida 1 ele teve boas chances de vitória, mas acabou queimando radar nas últimas voltas da corrida 1 e acabou com a segunda posição.

“Feliz demais por conquistar este troféu e com a conquista do André.  É um trabalho em equipe e que vem dando muitos resultados. A evolução do caminhão é constante e tenho a certeza que a partir de Santa Cruz do Sul vamos entrar na briga por uma copa e uma vaga na final”, avaliou o piloto cresol, Embreagex, Unimed/Beltrão.

Débora Rodrigues concluiu a prova 1 mas não chegou ao fim da prova 2 por problemas no equipamento de arrefecimento.

“Faz parte das corridas, mas é algo para a equipe trabalhar na solução para a próxima etapa. Vamos começar outra copa pensando em conquistar troféu também para entrar na Grande Final”, comentou.

A AM MotorSport tem o patrocínio da Cerveja Império e Cresol, com o apoio da Dopamina Energy Drink, Embreagex, Truck Van, Radiadores Visconde, Nino Faróis, Molas Marcheti, Frum, Cobreq e Mercedes Club. O time acelera os caminhões Mercedes-Benz.

F. JR Assessoria 

sábado, 13 de julho de 2019

SBK : ERIC GRANADO BATE RECORDE DE PISTA EM GOIÂNIA VEJA COMO FICOU O GRID

SBK Brasil define grid de largada da 4ª etapa com recordes em Goiânia.

O SuperBike Brasil definiu o grid de largada para a 4ª etapa da temporada 2019. Neste sábado (13), os pilotos do maior campeonato de motovelocidade das Américas aceleraram forte no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, para brigar pelas primeiras posições dos treinos classificatórios antes das corridas deste domingo (14).

O dia começou com muita expectativa para novos recordes na capital goiana. Com temperatura acima dos 30ºC, o clima foi quente dentro e fora da pista. As atividades iniciaram pela manhã e garantiram muita emoção até o fim da tarde.

O grande destaque do dia foi Eric Granado (#51), da Honda Racing Brasil. O piloto estabeleceu um novo recorde no circuito de Goiânia ao cravar uma volta em 1m22s154 na disputa da SupePole do grid principal. Com o tempo, ele superou a marca de 1m22s433, que ele próprio havia atingido no autódromo em 2018.

O recorde coroou o grande desempenho de Eric nos treinos. Ele vinha liderando a categoria SuperBike e deu sinais de que estava perto de escrever história mais uma vez desde a primeira sessão.

Outra surpresa do grid principal foi Anthony West. O australiano da JC Racing Team faz a sua estreia em Goiânia neste fim de semana e mostrou talento ao garantir a segunda posição da categoria SuperBike, com o tempo de 1m22s752. Vale lembrar que o “Gringo” lidera o campeonato com três pontos de vantagem para Granado.

Pedro Sampaio (#28), da Honda Racing Brasil, com 1m23s198, e Alex Barros (#4), da Alex Barros Racing, com 1m23s317, vieram na sequência. Maximiliano Gerardo (#41), da Motonil Motors, com 1m23s811, completou o top 5 do grid principal.

Na SuperBike Extreme, Mauriti Junior (#832) seguiu dominando as ações e não deu chances para os rivais. O piloto da Kawasaki completou a volta rápida em 1m24s741 para liderar a categoria nos classificatórios.

A corrida do grid principal será transmitida ao vivo na RedeTV! a partir das 13h (horário de Brasília).

Na outra disputa de motos 1000cc, a liderança foi de Bruno Corano (#34). O piloto da BMW Motorrad MotorSport virou em 1m26s961 na disputa da SuperPole para garantir a primeira posição da SuperBike Evolution e também da classificação geral.

O grid ainda contou com Marcio Bortolini (#37), da Sulina Racing, Victor Villaverde (#42), da Cerciari Racing School, Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team, e André Verissimo (#93), da Paulinho SuperBikes, entre os cinco primeiros. Confira o mais rápido de cada categoria na lista abaixo.

Matheus Barbosa bate recorde nas 600cc

Matheus Barbosa (#260) garantiu a pole position da SuperSport com brilho: novo recorde da categoria em Goiânia. O piloto da Kawasaki virou em 1m25s972 na SuperPole para estabelecer a melhor tempo das 600cc no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

O recorde também confirma o grande momento de Barbosa na temporada. Ele venceu todas as corridas do ano até aqui e desponta como grande favorito para vitória na capital goiana. Ele vai largar à frente dos dois companheiros de equipe – Leonardo Tamburro (#53) e José Duarte (#97), que ficaram com o segundo e terceiro tempo do dia na categoria, respectivamente.

Regis Santos, da PRT – Pitico Race Team, com 1m30s499 foi o mais rápido na SuperSport Extreme, enquanto Mauricio Marques (#63), com 1m31s286, liderou a Stock600cc. Rubens L. Arenas Bosch (#52), da Duende Racing, completou com 1m48s558 na SuperSport Master.

***

Entre as motos 500cc, a pole position foi de Mario Nicoli (#711). O piloto da Cajuru Racing liderou a Copa Honda CBR 500R com uma volta em 1m39s736. Ele conseguiu a marca logo na primeira sessão do dia.

Pela R3 Cup, destaque para Gui Brito (#44). O piloto da PRT – Pitico Race Team Picoloko fez a volta mais rápida entre as motos 300cc: 1m39s382. Na R3 Master, Fabinho Jandaia (#10), da Paulinho SuperBikes, liderou com 1m42s147.

Entre os pilotos da categoria Escola, Rafael Palmieri (#889), da Paulinho SuperBikes, larga na ponta entre as motos 1000cc após uma volta em 1m31s228. Nas 600cc, o melhor tempo foi de Vitor Simões (#598), da SPN Racing – 598, com 1m32s819.

Por fim, os jovens pilotos da Honda Junior Cup também aceleraram forte em Goiânia. Pedro Balla (#10) vinha sendo o grande nome das atividades, mas acabou superado no fim por João Teixeira (#14), que completou em 2m05s384 para garantir a pole position.

Confira o resultado dos treinos classificatórios deste sábado:

SuperBike

1) Eric Granado (#51) – 1:22.154
2) Anthony West (#13) – 1:22.752
3) Pedro Sampaio ((#28) – 1:23.198
4) Alex Barros (#4) – 1:23.317
5) Maximiliano Gerardo (#41) – 1:23.811

SuperBike Extreme

1) Mauriti Junior (#832) – 1:24.741
2) Rodrigo Dazzi (#146) – 1:25.951
3) Diego Viveiros (#23) – 1:26.566
4) Julio Fortunato (#56) – 1:27.512
5) Marcelo Skaf (#177) – 1:29.149

SuperBike Evolution

1) Bruno Corano (#34) – 1:26.961
2) Marcelo Skaf (#177) – 1:28.469
3) Fabio Pitta (#129) – 1:29.169

4) Leandro Esposito (#32) – 1:29.955
5) Pablo Flores Nunes (#28) – 1:30.507

SuperBike Evo 1000cc

1) Marcio Bortolini (#37) – 1:27.194
2) Felipe Comerlatto (#186) – 1:27.756
3) Andre Verissimo (#93) – 1:27.900
4) Rodrigo “Cabecinha” (#181) – 1:29.579
5) Rivaldo Borges (#19) – 1:31.580

Evo Master

1) Juracy Rodrigues Black (#56) – 1:28.663
2) Marcos Ramalho (#9) – 1:29.169
3) Cristiano Nogueira (#26) – 1:30.712
4) Ricardo Seiji Hayashi (#36) – 1:31.384

SuperBike Light

1) Victor Villaverde (#42) – 1:27.739
2) Raphael “Fletado” (#96) – 1:28.073
3) Guilherme Neto (#66) – 1:29.103
4) Mauricio Prota (#228) – 1:29.659
5) Murilo Tom (#90) – 1:29.703

SuperStock

1) Osvaldo Jorge Filho “Duende” (#515) – 1:39.246 (SUPERPOLE)
2) Valter Pereira “Embaixador” (#17) – 1:29.037
3) Guto Figueiredo (#18) – 1:29.124
4) Magno Menino de Ouro (#78) – 1:30.164
5) Thiago Eduardo (#111) – 1:31.625

SuperBike Master

1) Nelson Gonçalves “Mágico” (#45) – 1:35.097
2) Edson Errera (#86) – 1:41.457
3) Remi Toscan (#59) – 1:42.876
4) Edu Aceto (#199) – 1:43.481

SuperSport

1) Matheus Barbosa (#260) – 1:25.972
2) Leo Tamburro (#53) – 1:26.803
3) José Duarte (#97) – 1:29.031
4) Arthur Costa (#199) – 1:29.065
5) Luiz Cerciari (#3) – 1:30.535

SuperSport Extreme

1) Regis Santos (#20) – 1:30.499
2) Pedro Valiente (#25) – 1:30.637
3) Welber J. Barros (#71) – 1:34.677
4) Luis Ferraz (#13) – 1:36.799
5) Marcos Fortunato (#99) – 1:33.490

SuperSport Master

1) Rubens L. Arenas Bosch (#52), Duende Racing – 1:48.558

Stock 600cc

1) Mauricio Marques (#63) – 1:31.286
2) Gerverson Paz (#970) – 1:33.547
3) Daniel Mos (#207), HGMR – 1:34.357

CBR 500R Pro

1) Fábio Florian (#88) – 1:39.997
2) Raphael Ramos (#90) – 1:40.362
3) Christian Cerciari (#83) – 1:40.607
4) Gabrielly Lewis (#17) – 1:42.633
5) Renan Fui (#62) – 1:43.362

CBR 500R Teen

1) Mario Nicoli (#711) – 1:39.736
2) Fábio Florian (#88) – 1:39.997
3) Raphael Ramos (#90) – 1:40.362
4) Gabrielly Lewis (#17) – 1:42.633
5) Richard Oliveira (#777) – 1:44.659

CBR 500R Light

1) Mario Nicoli (#711) – 1:39.736
2) Luiz Henrique “Luizinho” (#91) – 1:41.378
3) Eduardo Domingues (#959) – 1:44.516
4) Richard Oliveira (#777) – 1:44.659
5) Rodrigo Medeiros (#77) – 1:44.713

CBR 500R Extreme

1) Denis Peppe (#277) – 1:43.759
2) Alexandre Colorado (#27) – 1:44.582
3) Mauricio Laranjeira (#29) – 1:45.201
4) Isaque Teixeira (#79) – 1:45.832
5) Michael Valtingojer (#40) – 1:46.554

R3 Cup

1) Fabinho Jandaia (#10) – 1:42.147
2) Enzo Valentim (#39) – 1:39.423
3) Emiliano Lancion (#125) – 1:39.772
4) Theo Manna (#770) – 1:40.041
5) Bruno Cesar Borges (#51) – 1:40.656

R3 Master

1) Fabinho Jandaia (#10) – 1:42.147
2) Fernando Santos (#234) – 1:43.069
3) Roberney Favoretto (#888) – 1:43.970
4) Edson “Edinho Picoloko” (#177) – 1:46.813
5) Luiz Henrique Tavares (#78) – 1:46.918

Honda Junior Cup

1) João Teixeira (#14) – 2:05.384
2) Pedro Balla (#10) – 2:05.664
3) João Fascinelli (#13) – 2:07.252
4) Kauan P. Leão (#9) – 2:08.760
5) Brayann “Ligeirinho” (#22) – 2:08.799

SuperBike Escola

1) Rafael Palmieri (#889) – 1:31.228
2) Willian S. Barros (#2) – 1:33.504
3) Luiz H. Bertoli (#33) – 1:34.326
4) Fábio “Queiroz” (#25) – 1:35.224
5) Everton Antonio Pires (#181) – 1:35.995

SuperSport Escola

1) Vitor Simões (#598) – 1:32.810
2) Raphael Santos (#65) – 1:34.407
3) Rodrigo Cesar “Batata” (#75) – 1:36.033
4) Alexandre Livino (#69) – 1:38.073
5) Rhoan Caio (#29) – 1:40.673

Foto: Ricardo Santos/Mundo Press

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

F. Imprensa SBK