terça-feira, 19 de março de 2019

PORSCHE CUP : WERNER FOI AO PÓDIO E SOMA PONTOS IMPORTANTES

Porsche Cup: Werner Neugebauer conquista P2 na primeira corrida e é forçado a abandonar na segunda.

Atual campeão da Sprint fez duas ótimas largadas na etapa de abertura da temporada em Interlagos, mas não teve sorte na briga pela segunda posição na Corrida 2.

O piloto gaúcho Werner Neugebauer teve um começo animador com um segundo lugar na Corrida 1 da primeira etapa do Campeonato Sprint da Porsche Carrera Cup, em Interlagos, em São Paulo, no último sábado (16). Mas na corrida da tarde veio um balde de água fria: após largar da quinta colocação, Werner saltou para a terceira posição e na disputa pelo segundo lugar com Ricardo Baptista, acabou sendo tocado e foi forçado a abandonar a prova. O piloto do carro #8 somou 20 pontos na etapa e ocupa a sexta colocação na Carrera 4.0.
                                                                         

Werner prefere ver a diferença de 18 pontos entre ele o atual líder da categoria, o paulista Vitor Baptista, pelo lado bom. “No ano passado eu andei com lastro no carro durante o campeonato quase todo, agora eu vou andar mais leve e pretendo tirar proveito disso”, disse o piloto de 33 anos. “O regulamento do campeonato prevê dois descartes, então eu já tenho um. Prefiro não contar com isso, mas ainda posso zerar em mais uma prova sem ter prejuízo na soma final dos pontos”, completou. 
                                                                    

Na corrida da manhã, Neugebauer largou da terceira colocação e pulou para o segundo lugar logo na freada do S do Senna e consolidou a ultrapassagem em cima de Vitor Baptista logo na entrada da Curva do Sol, mantendo a posição até o final da corrida que foi vencida por Marçal Muller.

Com a inversão do grid para a segunda prova Werner partiu da quinta colocação e depois de outra boa largada subiu para a terceira posição, com Ricardo Baptista a sua frente. As próximas voltas foram de aproximação e ataque, até que novamente na freada no S do Senna, Werner retardou a freada e mergulhou por dentro. Na segunda perna do S, por fora, o gaúcho foi tocado na roda traseira por Baptista, rodou e ficou impossibilitado de continuar na corrida após ter o semieixo danificado. 
                                                                      

“São coisas de corrida e que infelizmente acontecem. O Ricardo veio até o meu box no fim da corrida, conversamos e ficou tudo numa boa. É uma situação chata, fazia tempo que eu não abandonava uma prova. No ano passado completei todas as corridas, então sempre fica aquele gosto amargo por não trazer o carro para casa”, lamentou Werner, que na temporada passada venceu cinco corridas, fez uma pole position e esteve no pódio em outras oito oportunidades.

A próxima parada da Porsche Carrera Cup será em Curitiba (PR), nos dias 26 e 27 de abril, em prova válida pelo campeonato Sprint. A categoria dos carros de corrida mais produzidos no mundo ainda passará novamente por Interlagos, em São Paulo (SP), Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), Goiânia (GO) e Termas de Río Hondo, na Argentina.

Neste ano o piloto Werner Neugebauer defenderá o título com patrocínio da Chocolateria Brasileira, que estampa o carro preto e branco #8.

Calendário da Porsche Carrera Cup Brasil 2019:
Etapa 1 – Sprint – 15 e 16 de março – Interlagos
Etapa 2 – Sprint – 26 e 27 de abril – Curitiba
Etapa 3 – Sprint – 31 de maio e 01 de junho – Velo Città
Etapa 4 – Endurance – 28 e 29 de junho – Velo Città
Etapa 5 – Sprint – 2 e 3 de agosto – Termas de Rio Hondo
Etapa 6 – Sprint – 20 e 21 de setembro – Interlagos
Etapa 7 – Endurance – 25 e 26 de outubro – Goiânia
Etapa 8 – Sprint – 15, 16 e 17 de novembro – Interlagos (F1)
Etapa 9 – Endurance – 29 e 30 de novembro – Interlagos

Instagram: @wernerneugebauer8

segunda-feira, 18 de março de 2019

NOVIDADE SUPERBIKE BRASIL NA REDETV AO VIVO



SUPERBIKE BRASIL SERÁ TRANSMITIDO AO VIVO NA REDETV!

O SuperBike Brasil tem uma grande novidade para 2019. O campeonato assinou com a RedeTV! para transmitir ao vivo em rede nacional a íntegra da corrida da categoria SuperBike, categoria referência e madrinha da motovelocidade brasileira.

As transmissões ocorrerão em todos os domingos de etapas, ao vivo, e está planejado, entre a emissora e a organização, que as corridas sejam realizadas às 13h (de Brasília). O horário está sujeito a alterações e será previamente informado aos telespectadores, caso sofra mudanças.

Acrescentar o produto na grade da RedeTV! deixa emissora e organização do SBK felizes, e comprova a grande performance de audiência do maior campeonato de motovelocidade das Américas.

“A organização do SuperBike está muito feliz por estar de volta a uma TV aberta, nós que já tivemos ótimos resultados com exibições na Band e na própria RedeTV! no passado. A gente espera aumentar ainda mais o número de fãs e seguidores da nossa categoria”, afirma Bruno Corano, idealizador e organizador do SBK Brasil.

Com a transmissão na RedeTV!, as corridas da categoria SBK devem atingir cerca de 20,4% a mais de espectadores do que o alcançado nos canais SporTV, segundo dados do Ibope em 2019.

Vale ressaltar que a parceria conta com a participação da Honda. Com papel importante no apoio ao esporte, a fábrica que mais investe em competições no Brasil adquiriu uma cota de patrocínio da transmissão e viabilizou o acordo entre SBK Brasil e emissora.

Pilotos e equipes se preparam para a 1ª etapa do SuperBike Brasil, no dia 24 de março, em Interlagos. Ainda há ingressos disponíveis de box e paddock para mais um início de temporada do maior campeonato de motovelocidade das Américas.


F. Imprensa SBK

domingo, 17 de março de 2019

PIPO DERANI FEZ BONITO VENCE AS DOZE HORAS DE SEBRING

Derani vence 12 Horas de Sebring pela terceira vez em quatro anos.
                                                                        

Brasileiro consolida ainda mais o seu nome entre os maiores pilotos do endurance mundial, atingindo mais uma marca histórica. Ao lado dos companheiros Felipe Nasr e Eric Curran, trio lidera 249 das 348 voltas da disputa deste sábado na Flórida.

Uma vitória incontestável. A terceira em quatro anos para o jovem brasileiro Pipo Derani nas 12 Horas de Sebring, uma das maiores provas do endurance mundial e válida pela segunda etapa da temporada 2019 do IMSA WheaterTech SportsCar Championship. Depois de vencer a corrida em sua estreia, em 2016, e repetir a dose no ano passado, Derani venceu novamente a lendária corrida neste sábado (16) na Flórida (EUA).
                                                                              

Ao lado do brasileiro Felipe Nasr e do norte-americano Eric Curran e a bordo do #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R da equipe Action Express Racing, Derani e os companheiros lideraram 249 das 348 voltas em disputa e receberam a quadriculada 1.030 segundo à frente do #10 Konica Minolta Cadillac, a menor diferença numa chegada em 67 edições das 12 Horas de Sebring.
                                                               

Com o feito, Derani consolida ainda mais o seu nome no endurance mundial, onde já venceu as 24 Horas de Daytona em 2016 e também foi vice-campeão das 24 Horas de Le Mans em 2017 pela LMGTE Pro.

Além de Derani, apenas mais quatro pilotos faturaram as 12 Horas de Sebring três vezes. Pipo igualou o norte-americano Phil Hill, que foi campeão da Fórmula 1, e também venceu a histórica prova de endurance em três oportunidades em quatro anos (1958, 1959 e 1961). Mario Andretti, Olivier Gendebien e Marco Werner também ganharam as 12 Horas de Sebring três vezes, mas num espaço de tempo maior.
                                                                               

O brasileiro ainda tem mais um destaque nas conquistas em Sebring. Elas aconteceram por três montadoras diferentes: Honda e Nissan nos anos com a Tequila Patrón ESM e agora com a Cadillac na Action Express Racing.

“Estou sem palavras. Três montadoras diferentes, três vitórias em quatro anos. O que mais posso dizer?”, indagou. “Estou muito feliz. Gostaria de agradecer à equipe pela perfeita execução do trabalho hoje. Conseguimos estar na liderança nas horas 4, 8 e no final e isso nos deu a liderança também do endurance”, destacou Derani.

“Deu tudo certo na corrida. Do início ao fim. Nada deu errado. Os pilotos, os mecânicos, os engenheiros, a estratégia... foi tudo perfeito!”, continuou o brasileiro, responsável pela largada com o #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R, quando a chuva e a pouca visibilidade tornaram as condições muito complicadas.

“A corrida começou de uma forma, onde tudo poderia dar errado, com muita chuva. Largamos em quinto e consegui ir para primeiro antes do final da primeira hora. Foi sensacional e dali em diante tudo se encaixou. Estou realmente muito feliz por ter vencido em Sebring pela terceira vez. Poucas pessoas conseguiram isso. Pra mim, é uma honra colocar meu nome junto ao delas. Mas não teria chegado aqui sem o apoio da minha família e de grandes equipes. Sem a sorte de ter trabalhado com pessoas excepcionais durante todos estes anos, tanto na Patrón, quanto hoje na Action Express. Agradeço a eles pela oportunidade de correr este ano numa equipe tão renomada e os resultados já estão aparecendo com o segundo lugar em Daytona, a vitória em Sebring e a liderança do endurance e no geral. Foi um dia sensacional”, comemorou Derani.

Depois que a prova começou com Safety Car e muita chuva, Derani precisou apenas de seis voltas em bandeira verde para chegar à liderança. E manteve a ponta até a segunda hora, quando foi o primeiro piloto a parar e trocar os pneus de chuva por slicks.

“Para ser honesto, eu não tinha certeza sobre a troca (para os pneus slicks)”, contou Derani. “A pista estava molhada, mas ao mesmo tempo, sentia que os pneus estavam começando a ir embora. Foi um grande trabalho da equipe colocar os slicks. Eu não pude dar uma resposta a eles, mas eles fizeram o trabalho certo. Foi realmente difícil no começo, com muita água e spray”, lembrou o brasileiro.

A quarta bandeira amarela do evento, na 10ª hora da disputa, diminuiu a diferença de 48 segundos de Derani, permitindo a Jordan Taylor – vencedor das 24 Horas de Daytona em janeiro – se aproximar. Nasr assumiu na relargada e Taylor voltou a se aproximar na última bandeira amarela nos minutos finais. Nasr novamente relargou muito bem, faltando oito minutos para o final, para vencer.

Outro ponto decisivo da corrida veio antes da oitava hora da prova. Nasr ultrapassou o #10 Konica Minolta Cadillac não apenas para assumir a liderança, mas também capturar os cinco pontos para o Campeonato Norte-americano de Endurance. O Whelen Engineering venceu os três segmentos da disputa e agora está empatado com o carro #10 na liderança da competição, que inclui as quatro provas de longa duração do IMSA (além de Daytona e Sebring, Petit Le Mans e Watkins Glen).

Derani, Nasr e Curran também lideram a classificação geral, após duas das 10 etapas do IMSA. A próxima etapa acontecerá no dia 13 de abril em Long Beach, na Califórnia (EUA), com a primeira prova Sprint do ano.

Confira os 10 primeiros nas 12 Horas de Sebring (categoria DPi):
1 31 F. Nasr / E. Curran / P. Derani Whelen Engineering Racing Cadillac DPi 348 voltas em 12:00:15.925 
10 R. Van Der Zande / J. Taylor Konica / M. Vaxiviere Minolta Cadillac DPi-V.R. +1.030 
5 J. Barbosa / B. Hartley Mustang / F. Albuquerque Sampling Racing Cadillac DPi +4.023 
4 7 R. Taylor / H. Castroneves / A. Rossi Acura Team Penske Acura DPi +11.331 
5 54 J. Bennett / C. Braun / R. Dumas CORE autosport Nissan DPi +1 volta
6 55 J. Bomarito / H. Tincknell / O. Pla Mazda Team Joest Mazda DPi +2 voltas
85 M. Goikhberg / T. Vautier / J. Piedrahita JDC-Miller MotorSports Cadillac Dpi + 2 voltas
8 84 S. Trummer / S. Simpson / C. Miller JDC-Miller MotorSports Cadillac + 3 voltas
6 D. Cameron / J. Montoya / S. Pagenaud Acura Team Penske + 9 voltas
10 50 W. Owen / R. Binder / A. Canapino Juncos Racing Cadillac Não completou

AUTO + FECHA EXIBIÇÃO DA SPRINT RACE PELA REDE TV


Em expansão, Sprint Race Brasil anuncia novas exibições televisivas para a edição 2019.
                                                                           

Entre as novidades multimídia, estão a entrada da RedeTV!, com exibição na semana seguinte às etapas, a transmissão ao vivo pelo canal Acelerados do Youtube e uma hora dentro da programação da Play TV. Juntos com os demais parceiros, a competição tem a melhor audiência do automobilismo nacional.

Sprint Race Brasil e o programa Auto+, da RedeTV!, acabam de fechar parceria para as exibições das etapas nacionais da competição na temporada 2019. Além disso, todas as corridas também serão transmitidas ao vivo pelo canal Acelerados, no Youtube. Na PlayTV, a competição ganha uma hora exclusiva para a cobertura de suas etapas.

Todas essas novidades nas veiculações multimidiáticas da Sprint Race foram anunciadas nesta semana pelo organizador do evento, Thiago Marques. “Essas parcerias, juntas com as que já temos, formam o melhor pacote de mídia, em termos de tudo que há em coberturas de eventos de automobilismo nacional” aponta.

A partir da segunda etapa, as corridas nacionais da Sprint Race Brasil serão transmitidas na RedeTV! em compacto ao longo da semana seguinte da sua realização, da mesma forma que já acontecem com os outros parceiros de mídia - PlayTV, Programa Acelerados - no SBT e no YouTube (youtube.com/acelerados) – que agora também transmitirão ao vivo as etapas -, e do programa National Sports Channel (canal 26 e 18, da Vivo/São Paulo). A entrada do novo canal de TV é uma forma de manter as audiências já existentes apaixonadas, além de atrair novos fãs para o mundo do esporte a motor.  

As duas etapas de Londrina não entraram no pacote de RedeTV!. A primeira etapa que será na semana que vem, de 22 a 24 de março em Londrina, não foi possível viabilizar pela proximidade do evento por questões de grade na programação e a quinta etapa com a Corrida Noturna sem condições de nitidez de imagem.

Em paralelo à realização das corridas, a Sprint Race sempre busca gerar uma melhor e ampla aparição, com melhores vitrines para a categoria. O objetivo é uma maior integração e participação entre pilotos e seus patrocinadores.

“Com a chegada da RedeTV!, vamos aumentar nosso público, conquistando novos fãs para a categoria. Isso sem contar a força de todo o trabalho já realizado pelos nossos parceiros de mídia social, incluindo o canal Acelerados. Acredito que, em termos de mídia, estamos bem servidos, procurando entregar mais audiência cativa para nossos clientes, pilotos e patrocinadores”, observa Marques.

A Sprint Race Brasil é patrocinada pela aQuamec, Militec1, Yokohama, Permabond, Fremax, Motul e Vivamil.


Programação da primeira etapa

Quinta-feira, 21 de março

16h30 às 18h00 – SRD + Shakedown


Sexta-feira, 22 de março

09h30 – Briefing com organização + Credenciamento (Hotel Boulevard)

13h00 às 13h40 -  1º Treino EXTRA COLETIVO + SRD

14h20 - Estudo de dados (GP)

14h50 - Estudo de dados (PRO)

16h00 às 16h40 - 2º Treino EXTRA COLETIVO + SRD

17h20 - Estudo de dados (GP)

17h50 - Estudo de dados (PRO)

18h00 – Track Walk


Sábado, 23 de março

09h00 às 09h40 -  1º Treino OFICIAL

10h20 - Estudo de dados (GP)

10h50 - Estudo de dados (PRO)

13h00 às 13h40 -  2º Treino OFICIAL

14h00 – Briefing (direção de prova)

14h30 - Estudo de dados (GP)

15h00 - Estudo de dados (PRO)

16h30 às 16h40 -  Classificação 1

16h50 às 17h00 - Classificação 2


Domingo, 24 de março

08h00 às 08h10 - Shakedown

Corrida 1

08h20 – Alinhamento dos carros

09h15 – Placa de 5 minutos

09h20 – Saída para volta de aquecimento + 23 min. + 1 volta)

11h00 às 11h30 – Ação promocional

Corrida 2

11h30 – Alinhamento dos carros

12h25 – Placa de 5 minutos

12h30 – Saída para volta de aquecimento + 23 min. + 1 volta)

13h00 – Pódio das duas corridas



CALENDÁRIO - SPRINT RACE 2019*

24/03 – Londrina - BRA

20/04 – São Paulo - BRA (#SprintSuperPole)

30/06 – Homestead - EUA

07/07 – Sebring - EUA

07/09 – Londrina - BRA (#SprintNightChallenge)

05/10 – Cascavel -BRA #SprintInverseRace)

20/10 – Posadas – ARG* (#SprintGuestDriver)

30/11 – Velo Città - BRA (#SprintSetupFree)

21/12 – São Paulo - BRA (#SprintMatchPoint)

*Sujeito a alterações

 F. SIG Comunicação

quarta-feira, 13 de março de 2019

12 HORAS DE SEBRING : DERANI BUSCA LUGAR MAIS ALTO DO PÓDIO

Pipo Derani luta por sua terceira vitória nas 12 Horas de Sebring.
                                                                         

Vencedor em sua estreia nesta corrida em 2016 e no ano passado, brasileiro busca agora uma nova conquista com a equipe Whelen Engineering Racing ao lado do compatriota Felipe Nasr e do norte-americano Eric Curran.

Único piloto brasileiro a ter vencido até hoje duas vezes as 12 Horas de Sebring na categoria Protótipos, o paulista Pipo Derani luta neste sábado (16) para estar novamente no alto do pódio em uma das corridas mais importantes do endurance mundial.

A 67ª edição das 12 Horas de Sebring marca a segunda etapa da temporada 2019 do IMSA WeatherTech SportsCar Championship e será a segunda corrida de Derani pelo seu novo time, a bordo do #31 Whelen Engineering Racing Cadillac DPi-V.R. e ao lado do compatriota Felipe Nasr e do norte-americano Eric Curran.

Em janeiro, o trio esteve bem próximo da vitória nas 24 Horas de Daytona, mas a interrupção da corrida com duas horas antes do previsto em virtude da chuva, impediu a luta pelo lugar mais alto do pódio e eles terminaram em segundo lugar.

A boa performance, no entanto, motiva Derani para a disputa em Sebring, sem falar do seu retrospecto nesta pista, onde venceu em 2016 e 2018 com a equipe Extreme Speed Motorsports.

“Não posso esperar para voltar à pista e especialmente em Sebring, onde tentarei minha terceira vitória em quatro anos”, comentou Derani. “Estou muito focado em continuar nossa luta pelo campeonato com a Whelen Engineering Racing, depois do segundo lugar em Daytona”, continuou.
                                                                      

“Nossa equipe está sempre em busca da precisão em tudo que envolve um final de semana de corrida e o que vimos em Daytona nos dá uma motivação extra para lutar ainda mais forte pela primeira vitória da equipe na temporada. Estou 100% certo de que estaremos competitivos e vamos dar o máximo para vencer essa corrida tão importante”, completou o brasileiro de 24 anos.

Os treinos em Sebring terão início na quinta-feira (14). O classificatório será na sexta-feira (15), a partir das 11h45 (de Brasília). No sábado, a 67ª edição das 12 Horas de Sebring terá sua largada às 11h40 (de Brasília). O Fox Sports transmitirá algumas horas da disputa (da largada até às 15 horas e das 21 horas até a chegada).

Fotos . José Mário Dias

terça-feira, 12 de março de 2019

COPA TRUCK: NOVIDADES GIAFFONE CHEGA COMO CHEFE DE EQUIPE


Nova equipe da Copa Truck, Usual Iveco Racing mescla sonhos e responsabilidades.
                                                                  

Criação do time foi um desejo construído por Djalma Pivetta, Felipe Giaffone e Thiago Meneghel, que carregam as esperanças dos 3.500 funcionários da Iveco na América do Sul na meta principal já traçada: o campeonato.

A Copa Truck conheceu nesta terça-feira a mais nova equipe para a temporada 2019. A Usual Iveco Racing, localizada em Laranjal Paulista, interior de São Paulo, é a nova casa de Felipe Giaffone na Copa Truck e marca as estreias do piloto Djalma Pivetta e do engenheiro Thiago Meneghel no campeonato.

Após 13 anos competindo com a Volkswagen na equipe de Renato Martins, Giaffone acabou sendo convencido por Pivetta - dono da Usual Brinquedos, marca que batiza a equipe - a iniciar um novo projeto ao lado de Meneghel, que lidera uma das mais vencedoras equipes na Stock Car e demonstrou de cara um enorme interesse em levar o projeto adiante.

"Tenho 30 anos de automobilismo, comecei em formula, depois fui para a Stock Car. Estou muito motivado em competir na Copa Truck, uma categoria que conta com envolvimento direto das montadoras. A equipe é totalmente nova, mas nosso objetivo é claro: entrar na briga pelo campeonato. A gente gostaria de ter feito mais coisas no caminhão, pois prevejo muita evolução durante o ano - o caminhão da primeira etapa será bem diferente desse que estamos mostrando hoje", destacou Meneghel.

Já Giaffone viverá um 2019 único. Campeão de 2017 da Copa Truck, Giaffone terá de alternar as corridas na Copa Truck com a função de comentarista de F1 e Stock Car nos canais SporTV - uma outra mudança na carreira após mais de uma década na Band. "A partir de agora até o meio de dezembro eu só passo dois finais de semana em casa! Apesar de comentar bastante corridas na televisão neste ano, meu negócio é correr", brinca Felipe, que confessou ter se animado com a empolgação de Pivetta em criar a equipe.

"Lembro do Djalma e sua vontade de correr quando ele me patrocinava e quando surgiu essa possibilidade eu não imaginava em sair da antiga equipe, mas somos movidos por desafios e quando surgiu a Iveco e o Thiago no negócio foi tentador. Mais importante que vencer é a certeza de que todos estão juntos dando o melhor em busca do mesmo objetivo. Quero ver o empenho dos mecânicos e das equipes, pois vou dar o máximo de mim. E me comprometi a ser o treinador do Djalma, que já tem a manha do caminhão das ruas e agora só deixar o pé direito mais pesado", ressalta.

Pivetta, por sua vez, não esconde de ninguém que está realizando um sonho. Filho de caminhoneiros e motorista de frota por um bom tempo, Djalma viu no sucesso de sua empresa e nos rumos que ela tomou (como produzir miniaturas de carros de corrida e patrocinar piloto) a chance de realizar, enfim, o sonho de acelerar nas pistas do Brasil com seu bruto número 21.
                                                                    

"Já me viram chorando no cantinho, pois vi minha vida passando nos olhos. Hoje estou me sentindo com 18 anos. Sou de familia de caminhoneiros e tive muito contato com o caminhão. Quando quis andar, meu pai me presenteou com um caminhão de rua. O tempo passou, virei empresário e hoje me vi torcendo por corrida e apoiando o esporte depois de um tempo. Foi quando passei a andar de kart, conheci o Felipe, tivemos uma sinergia imediata que me ajudou a construir tudo. Nunca me senti tão à vontade dentro de um sonho que era o caminhão de corrida. E aos poucos fui conhecendo a Iveco, o Meneghel e o convite não demorou para surgir. Foi algo espontâneo. É um sonho, mas uma enorme responsabilidade", reconhece Pivetta.

Por fim, Pivetta, Meneghel e Giaffone receberam uma enorme responsabilidade das mãos de Marco Borba, Vice-Presidente de Vendas e Marketing da Iveco: carregar dentro da pista a esperança dos mais de 3.500 funcionários da marca na América do Sul. "Parabéns ao Djalma pela motivação, pois dá para ver que é um grande sonho virando realidade. A Iveco já tem uma história nas corridas de caminhões, fomos campeões brasileiros, sul-americanos, e temos um conjunto que provou ter trajetória e sucesso. Estamos aqui depositando uma expectativa grande e positiva, pois o trabalho da equipe é fundamental para carregar todos os nomes envolvidos aos pódios - espero que por muito tempo. Que essa parceria vire um sucesso. Temos mais de 2 mil funcionários na fábrica do Brasil em Sete Lagos (MG), sem contar a de Cordoba, na Argentina, com 1.500 funcionários. Pelo início que estamos presenciando, será uma trajetória de sucesso."

A estreia da nova equipe Usual Racing acontece nos dias 23 e 24 de março em Goiânia com a etapa de abertura da Copa Truck.




Djalma Pivetta e Felipe Giaffone

segunda-feira, 11 de março de 2019

CAIO COLLET SEGUE FIRME EM MAGNY COURS ENTRE OS MAIS RÁPIDOS


F-Renault Eurocup: Caio Collet Fechou com saldo positivos os testes em Magny-Cours entre os mais rápidos.
                                                                      

Dezessete pilotos participaram do primeiro teste coletivo da categoria para a temporada 2019. Pilotos voltam à pista semana que vem em Paul Ricard.

Foram três dias de muito trabalho e aprendizado para o brasileiro Caio Collet, de 16 anos, que estreia nesta temporada na Fórmula Renault Eurocup. O piloto ficou entre os mais rápidos no combinado das sessões, mesmo tendo enfrentado alguns problemas com o novo carro na pista de Magny-Cours (Fra).

Integrante da Renault Sport Academy, Collet disputará a temporada este ano pela equipe R-ace. Nos testes, 17 pilotos estiveram em ação e voltarão à pista nesta semana  para mais dois dias de treinos em Paul Ricard, também na França (dias 15 e 16). A temporada terá início no dia 14 de abril, em Monza (Ita).
                                                                     

Na terça-feira (5), primeiro dia de testes, Collet registrou o quarto melhor tempo pela manhã, mas teve problemas com o carro e não treinou à tarde, ficando em quinto no combinado do dia. Na quarta (6), foi o 11º pela manhã, quarto à tarde, finalizando em quinto no combinado, além de ser o melhor entre os estreantes. E, na quinta-feira (7), registrou o terceiro tempo pela manhã, sendo sétimo à tarde e também sétimo no combinado.

“No geral, foram dias muito positivos, mas ainda enfrentamos muitos problemas técnicos com o carro e perdemos muito tempo nos boxes para ajustes no sensor e algumas partes eletrônicas. Mas, como é um carro novo, que está andando pela primeira vez, é normal coisas assim acontecerem”, comentou o brasileiro, lembrando que este ano a categoria passa a contar com o novo F3 R homologado pela FIA.
                                                                       

“O tempo também esteve bastante instável. Chovia, secava, então foi difícil para ter melhores referências. Mas enquanto estivemos na pista, em condições normais, pudemos andar sempre entre os mais rápidos”, destacou Collet, que é o atual campeão da F-4 Francesa.

“Agora vamos para Paul Ricard e o foco é seguir o trabalho de acerto do carro e aprendizado”, finalizou o brasileiro.

Confira os dez melhores nos três dias de testes (combinadas as sessões da manhã e da tarde):

Dia 1
1 #11 MARTINS Victor FRA (MP MOTORSPORT) 1:36.196 
2 #3 SMOLYAR Alexander RUS (R-ACE-GP) 1:37.105 
3 #27 DE WILDE Ugo BEL (JD MOTORSPORT) 1:37.125 
4 #12 COLOMBO Lorenzo ITA (MP MOTORSPORT) 1:37.188 
5 #2 COLLET Caio BRA (R-ACE-GP) 1:37.313 
6 #32 BIRD Frank GB (ARDEN) 1:37.485
7 #33 FERNANDEZ Sébastian ESP (ARDEN) 1:37.539 
8 #18 CORDEEL Amaury BEL (MP MOTORSPORT) 1:37.697 
9 #41 MAINI Kush IND (M2 COMPETITION) 1:37.962 
10 #51 MALVESTITI Federico ITA (BHAITECH) 1:38.625 
Veja todos os tempos no link: https://www.formulerenault.com/IMG/pdf/tuesday_afternoon_-_combined_day_1_am_pm.pdf

Dia 2
1 #1 PIASTRI Oscar AUS (R-ACE-GP) 1:42.003
2 #33 FERNANDEZ Sébastian ESP (ARDEN) 1:42.214 
3 #42 DAS Cameron EUA (M2 COMPETITION) 1:42.258 
4 #3 SMOLYAR Alexander RUS (R-ACE-GP) 1:42.573 
5 #2 COLLET Caio BRA (R-ACE-GP) 1:42.668 
6 #43 MUTH Esteban BEL (M2 COMPETITION) 1:43.901 
7 #51 MALVESTITI Federico ITA (BHAITECH) 1:44.511 
8 #27 DE WILDE Ugo BEL (JD MOTORSPORT) 1:44.929 
9 #32 BIRD Frank GB (ARDEN) 1:45.782 
10 #53 PTACEK Petr CZE (BHAITECH) 1:46.032 
Veja todos os tempos no link: https://www.formulerenault.com/IMG/pdf/2019_formula_renault_eurocup_-_ct_ps_01_-_magny-cours_-_d2_combined_-_classification.pdf

Dia 3
1 #1 PIASTRI Oscar AUS (R-ACE-GP) 1:36.525 
2 #11 MARTINS Victor FRA (MP MOTORSPORT) 1:36.616 
3 #12 COLOMBO Lorenzo ITA (MP MOTORSPORT) 1:36.828 
4 #27 DE WILDE Ugo BEL (JD MOTORSPORT) 1:37.004 
5 #41 MAINI Kush IND (M2 COMPETITION) 1:37.239 
6 #31 PASMA Patrik FIN (ARDEN) 1:37.276 
7 #2 COLLET Caio BRA (R-ACE-GP) 1:37.349 
8 #3 SMOLYAR Alexander RUS (R-ACE-GP) 1:37.420
9 #43 MUTH Esteban BEL (M2 COMPETITION) 1:37.484
10 #53 PTACEK Petr CZE (BHAITECH) 1:37.506 

Clik link abaixo e veja os tempos :



F. FGCom 

domingo, 10 de março de 2019

MES DAS MULHERES: GIULIANA MORGEN VENCE E DISPARA NA LIDERANÇA


Giuliana Morgen vence a primeira etapa do CiMTB Michelin 2019, em casa.

Atleta de Petrópolis soma mais pontos no ranking brasileiro em sua segunda prova oficial do ano e dispara na liderança em sua categoria.

Petrópolis (RJ) - Giuliana Morgen, da equipe Sense Factory Racing, conquistou mais um pódio neste sábado (9). A atleta venceu a primeira etapa da Copa Sense Bike, na categoria sub-17 feminino, prova que faz parte da Copa Internacional de Montain Bike (CIMTB Michelin) e que aconteceu no Circuito Henrique Avancini, no Vale do Cuiabá em Itaipava, na cidade de Petrópolis, onde mora a atleta. Giugiu liderou as duas voltas do percurso de 4,77 quilômetros e desnível de 25 metros.

A petropolitana, a vontade e em casa, ditou o ritmo da prova durante todo o percurso. “Apertei desde a largada. E durante o trajeto fui abrindo em relação às demais meninas. A partir daí, relaxei e administrei minha posição. Fez muito calor, mas acabei me acostumando, fui aumentando o ritmo até o final e venci”, comenta Giugiu.

Para Giuliana, esta é uma das competições mais importantes de seu calendário de provas. A petropolitana está focada na conquista do bicampeonato pan-americano, na categoria cadete, e brasileiro na categoria juvenil, e, para isso não poupa esforços em sua rotina diária de treinos com bike e funcional. Cada prova soma pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Brasileiro de Ciclismo e, com o resultado deste sábado, Giugiu está na liderança absoluta entre as atletas juvenis femininas.

A CIMTB Michelin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e estaduais.

O próximo compromisso de Giuliana Morgen será a segunda etapa da Taça Brasil de Cross Country Olímpico (XCO) que acontecerá em São Paulo no dia 24 de março.

Sobre Giuliana Morgen

Giugiu, como é conhecida no universo MTB, apesar do DNA, só começou a competir em 2017. No seu calendário de estreia, faturou, na categoria sub15/infantil, a CIMTB – Copa Internacional de MTB –; a Maratona Internacional Estrada Real – Percurso reduzido; o Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, Taça Brasil de Maricá -RJ (Infanto Juvenil), e o vice-campeonato brasileiro de XC.

O ano de 2018 foi repleto de excelentes desempenhos, em provas oficiais no MTB, na categoria juvenil feminino ou equivalente. Em março, tornou-se campeã Pan-americana, na categoria Cadete B (Juvenil, Sub-19) título conquistado em Pereira (Colômbia). No mês de julho, garantiu o título de Campeã Brasileira, na categoria juvenil, em prova oficial da Confederação Brasileira de Ciclismo, em Palheireiros, na Grande São Paulo e encerrou o Ranking Brasileiro de Mountain Bike na liderança absoluta. Ela detém ainda o título da Maratona Estrada Real, na qual se manteve líder nas três etapas disputadas. Em novembro, conquistou a da Taça Brasil (em Maricá/RJ), o que lhe garantiu o título de Campeã Fluminense, na categoria juvenil. E terminou o ano como bicampeã juvenil, na Copa Internacional de Mountain Bike (CiMTB Levorin). Giuliana Morgen faz parte do casting da Sense Factory Racing.

Giuliana Salvini Morgen, da equipe Sense Factory Racing conta com o patrocínio da Sense Bike, Fox Factory, Shimano, ASW, LM Bike, Sentec, Exceed, SuperB Tool Excellence, Lezyne, Power Pod, Fi’zi:k, Schwalbe, PRO – Power Your Performance e Pedal.com.br.

CALENDÁRIO CiMTB 2019:

1º etapa: Petrópolis, 9 e 10 de março

SuperElite: XCO e XCC

Demais categorias CIMTB Michelin e Copa Sense Bike: XCO


2º etapa: Araxá, 25 e 28 de abril

SuperElite: XCM, XCT, XCC e XCO

Demais categorias CIMTB Michelin e Copa Sense Bike: XCO


3º etapa: Ouro Preto, 29 e 30 de junho

SuperElite: XCO e XCC

Demais categorias CIMTB Michelin e Copa Sense Bike: XCO


4º etapa: Congonhas, 17 e 18 de agosto

SuperElite: XCM e Desafio da Ladeira

CIMTB Michelin de Sub30 a Sub60, Dupla Pró e Ultra: XCM (62 km)

Demais categorias CIMTB Michelin e Copa Sense Bike e Duplas: XCP (42 km)


Instagram: @giugiu_mtb

Facebook: @giulianamorgen

SIG Comunicação

sábado, 9 de março de 2019

KART: SUCESSO TOTAL NO CAMPEONATO AKSP ÓTIMO GRID



Três novos vencedores na incrível segunda etapa da AKSP.

Foram 80 pilotos em três categorias: Graduados, Sênior e a estreante Light.
                                                                         

Disputas de alto nível com grids lotados marcaram o crescimento de 100% do campeonato da Associação dos Kartistas de São Paulo (AKSP) na última quinta-feira (07/3), debaixo da fina garoa no Kartódromo de Interlagos. Nem a chuva e o trânsito na capital paulista impediram que 80 pilotos alinhassem na segunda etapa do recém-criado certame, e que apontou novos vencedores nas três categorias. Na Graduados a vitória foi decidida na linha de chegada a favor de Vinicius Silva, na Sênior o santista Wagner Ruivo despachou a concorrência e na Light o novato Rogério ‘Cebola’ Cardoso estreou a categoria vencendo depois de muitas disputas.

A programação teve início com os 22 pilotos com mais de 50 anos, com Valdo ‘Nenê’ Gregório garantindo a pole position (1min24s694), seguido de Paulo Sant’Anna e Wagner Ruivo. Depois de liderar as primeiras voltas Nenê escorregou no piso molhado, dando passagem para Ruivo, que estabeleceu a volta mais rápida (1min22s506) e venceu com a enorme vantagem de 29s782 sobre Fernando Teles. Em excelente desempenho, Jorge Felipe largou da última posição para subir no pódio da Sênior em terceiro. Com esta vitória o santista Wagner Ruivo Ferreira assume a liderança na tabela de pontuação geral e no segundo turno, com 44 pontos, seguido de Paulo Sant’Anna – líder do primeiro turno - com 39, e Fernando Teles, marcando 35 pontos.

A prova dos 29 experientes pilotos da Graduados viu Vinícius Silva largar da pole position (1min22s623), abrir boa vantagem no início e liderar até a antepenúltima volta, quando começou a ser pressionado por Alberto Otazú e Galvane Ruivo. Na última volta os dois primeiros trocaram de posição algumas vezes, com vantagem para Otazú no miolo do circuito completo de Interlagos, para Silva dar o bote na reta de chegada e vencer com a ínfima margem de 60 milésimos de segundo, e Galvane recebendo a bandeirada em terceiro, a 0s164 do vencedor. A volta mais rápida (1min21s268) foi de Paulo Sant’Anna, que largou em último e completou em décimo. Com regularidade, Anthony Peperone terminou em sexto, mas assumiu a ponta do campeonato com 37 pontos, apenas dois de vantagem sobre Vinicius. Em terceiro está George Shi Wen Ng, com 33 pontos. Agora dois irmãos lideram os dois primeiros turnos: Danilo Cauê, vencedor da primeira etapa é o líder do primeiro turno, e Vinicius Silva com esta vitória lidera o segundo turno.
                                                                      

A programação da noite terminou com a agitada corrida com os 29 pilotos da Light. Mais experiente do que seus colegas, Tiago ‘Cadelo’ Ramos garantiu a pole position (1min22s748), seguido de Rogério ‘Cebola’ Cardoso. Depois de algumas voltas na frente ‘Cadelo’ rodou e deixou a ponta para Jorge Sobrinho. Até que Rodrigo Caldeira aproveitou um descuido de Sobrinho e assumiu a liderança, chegando a construir uma folga de 7s5 até encontrar um retardatário, bater e perder toda a sua vantagem. Melhor para ‘Cebola’, que havia caído para décimo e foi se recuperando até vencer com 2s229 de espaço sobre Jorge Sobrinho. Tiago Ramos foi outro que se recuperou, marcou o giro mais rápido (1min20s681) da corrida e ainda terminou em terceiro. Como esta foi a estreia da categoria Light, Rogério ‘Cebola’ é o líder da competição na classificação geral e no segundo turno.
                                                                       

O Campeonato AKSP terá durante o ano 10 etapas com Rental Kart, sempre no Kartódromo de Interlagos, às quintas-feiras. O certame tem por enquanto três categorias (Light, Graduados e Sênior), que podem ser ampliadas já na terceira etapa, pois a procura tem sido grande de pilotos para uma categoria intermediária entre Light e Graduados, e de uma para pilotos pesados, lastreados em 110 quilos. Atualmente nas três categorias existentes os competidores são lastreados em 90 quilos. Como não tem fins lucrativos, a AKSP cobra apenas nas participações em provas, o valor negociado com o kartódromo, e uma taxa mínima para cobriras despesas com troféus, fotos e filmagens profissionais, e transmissão ao vivo em mídias sociais.
                                                                           

Todos os pilotos receberam brindes da Bier Wein e participaram de sorteios de kits de cervejas Paulistânia e Erdinger.

A terceira etapa será realizada no dia 18 de abril, no Kartódromo de Interlagos.

Resultado da 2ª etapa da categoria Sênior da AKSP: 1) Wagner Ruivo, 14 voltas em 19min28s525; 2) Fernando Teles, a 29s782; 3) Jorge Felipe, a 30s205; 4) Neldir Amaral, a 30s226; 5) Yastaro Paulino, a 31s505; 6) Cleto Freitas, a 35s739; 7) Ciro Albarelli, a 39s251; 8) Paulo Sant’Anna, a 42s853; 9) Unnion Lee, a 45s067; 10) Walter Lester, a 47s247.

Confira a pontuação da categoria Sênior da AKSP depois de duas etapas: 1) Wagner Ruivo Ferreira, 44; 2) Paulo Sant’Anna, 39; 3) Fernando Teles, 35; 4) Neldir Amaral, 33; 5) Jorge Felipe, 30; 6) Luiz Cazarré, 24; 7) Eduardo Abrantes, Maurizio Sala, Unnion Lee, Cleto de Freitas, 22.

Resultado da 2ª etapa da categoria Graduados da AKSP: 1) Vinicius Silva, 13 voltas em 19min13s073; 2) Alberto Otazú, a 0s060; 3) Galvane Ruivo, a 0s164; 4) George Shi Wen Ng, a 1s746; 5) Anderson Mateus, a 2s752; 6) Anthony Peperone, a 9s032; 7) Iury Bustamante, a 12s466; 8) Gabriel Farias, a 14s977; 9) Hudson Oliveira, a 18s340; 10) Paulo Sant’Anna, a 19s804.

Confira a pontuação da categoria Graduados da AKSP depois de duas etapas: 1) Anthony Peperone, 37; 2) Vinicius Silva, 35; 3) George Shi Wen Ng, 33; 4) Hudson Oliveira, 31; 5) Iury Bustamante, 29; 6) Danilo Cauê Silva, 26; 7) Galvane Ruivo e Alberto Otazú, 22; 9) Peterson Rodrigues, 21; 10) Milton Koyama, 19.

Resultado da 1ª etapa da categoria Light da AKSP: 1) Rogério ‘Cebola’ Cardoso, 13 voltas em 18min12s327; 2) Jorge Sobrinho, a 2s229; 3) Tiago Ramos, a 4s718; 4) Gerson Roschel, a 5s370; 5) Enzo Sala, a 8s259; 6) Rodrigo Caldeira, a 12s893; 7) Biel Gregório, a 20s038; 8) Leunercio Zanardi Jr, a 25s924; 9) João Vitor, a 26s619; 10) José Jesus, a 33s463.

Confira a pontuação da categoria Light da AKSP depois da primeira etapa: 1) Rogério ‘Cebola’ Cardoso, 25; 2) Jorge Sobrinho, 22; 3) Tiago Ramos, 20; 4) Gerson Roschel, 17; 5) Enzo Sala, 16; 6) Biel Gregório, 14; 7) Leunercio Zanardi Jr, 13; 8) Rodrigo Caldeira e João Vitor, 12; 10) José Jesus, 11.


Foto: EmersonSantos/One Photography Media