quinta-feira, 13 de abril de 2017

FESTA DA YAMAHA NA MOTOGP DA ARGENTINA


 VIÑALES E ROSSI FIZERAM DOBRADINHA DA YAMAHA 

Maverick Viñales conquista sua segunda vitória em duas corridas. Rossi termina em segunda, após largar em sétimo.  

Prêmio da Argentina, ao assegurar a dobradinha nas primeiras posições. Maverick Viñales saltou de sexto lugar na largada para a vitória, enquanto Valentino Rossi completou seu 350º GP em segundo lugar.

Logo no início da prova, o espanhol da Yamaha colocou pressão sobre Cal Crutchlow e depois perseguiu Marc Marquez, que caiu após 3 voltas de prova. Com a queda, Viñales assumiu a liderança, e cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 2.915s, garantindo sua segunda vitória consecutiva na Yamaha.
                                                                             

A conquista não só faz de Viñales o primeiro piloto da Yamaha desde Wayne Rainey, em 1990, a vencer as duas primeiras corridas da temporada, mas também garante à Yamaha sua vitória de número 499 em Grandes Prêmios.

Viñales:

“Fizemos um ótimo trabalho. Sinto-me ótimo! Nós tomamos a decisão do pneu pela manhã, e o nível de aderência esteve muito bom o tempo todo - a Michelin está fazendo um ótimo trabalho! Eu me sinto muito forte, feliz e confiante. É como se estivesse em um sonho. Tenho muito a agradecer à equipe, eles estão 
sendo ótimos, então vamos continuar assim!”

Rossi largou em sétimo, passou por Dani Pedrosa e Karel Abraham. Com Marquez fora da corrida, o italiano subiu para o terceiro lugar. 
Faltando sete voltas para o fim da corrida, Rossi ultrapassou Crutchlow, formando a dobradinha da Yamaha no pódio, o primeiro desde o Grande Prémio de Le Mans em 2016.

Rossi:

“Quando estava no grid de largada, meu mecânico, Brent, me disse que esse seria meu 350º Grande Prêmio e que era para eu tentar fazer dele uma boa corrida. Estou feliz, porque fui competitivo da primeira à última volta. Eu me senti melhor fisicamente e treinei duro para isso, estava me sentindo bem com a moto, podendo me esforçar o tempo todo. Eu estava concentrado e a batalha com Cal foi boa, fui capaz de vencê-lo. Maverick foi um pouco mais rápido, mas este resultado é realmente importante para mim e para toda a equipe, é ótimo terminar com uma dobradinha! Eu não acho que os resultados teriam sido diferentes se eu tivesse passado Cal mais cedo na corrida. Olhando para os tempos de volta, Maverick estava mais forte e é assim que é hoje. Esta pista é sempre complicada, no passado já vimos alguns problemas, como desníveis e piso escorregadio. Com a chuva no treino então, você tinha que prestar mais atenção e também tinha que ter sorte. Para nós, no fim, o resultado foi bom, porque somamos alguns pontos importantes para o Campeonato e porque me senti muito bem com a moto.”
                                                                          


Viñales lidera o campeonato com 50 pontos, seguido por Rossi na segunda 

posição com 36 pontos. A Yamaha permanece na liderança nos Construtores, com 50 pontos, enquanto a Movistar Yamaha MotoGP lidera a disputa entre equipes, com 86 pontos, o time Monster Yamaha Tech3 está em segundo lugar (27 pontos).

A próxima etapa da MotoGP acontece no dia 23 de abril, no Texas (EUA).

Mais informações, acesse :
www.yamaha-motor.com.br, www.facebook.com/yamahamotorbrasil ou 
www.twitter.com/yamahamotorbra

Nenhum comentário: