quinta-feira, 31 de maio de 2018

SPRINT RACE :TRÁS PACOTE COM 100 PONTOS EM JOGO E ÓTIMA PREMIAÇÃO -INTERLAGOS

Sprint Race: Pilotos terão verdadeira caça aos pontos.
                                                                        

Atrativos são diferenciados na corrida pelo título do minitorneio Winter Cup, além dos 100 pontos e grid inverso para a terceira etapa. O sistema de classificação definirá o grid de largada das provas do sábado (16). Os treinos oficiais começam na sexta-feira (15) às 09h55.

São Paulo (SP) – Nos dias 15 e 16 de junho, as máquinas da Sprint Race Brasil vão invadir o Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos (SP), em uma das corridas mais aguardadas do ano. Os pilotos do campeonato da PRO e da GP, se preparam para  a etapa #InverseRace que valerá 100 pontos na tabela do campeonato e, também, querem computar o maior número de pontos do minitorneio Winter Cup (equivalente a 2ª, 3ª e 4ª  etapas), que já está valendo pontos antes mesmo da disputa da terceira etapa com campanha em redes sociais dos pilotos e da competição.
                                                                       

Para os competidores as regras do Winter Cup válidas para a etapa em Interlagos são os seguintes: vitória geral, 2 pontos; pole position geral, 2 pontos; pódio PRO e GP, 1 ponto; distribuição de brindes nos boxes, 1 ponto, sorteio via Instagram, 2 pontos; promoter uniformizada,     1 ponto e layout do carro com mais “likes”, 1 ponto.
                                                                       

Após a etapa de Rivera (URU) a liderança do Winter Cup está com os pilotos Luiz Túrmina e Gerson Campos empatados com 7 pontos, em terceiro Bruno Bertoncello com 4 pontos, e na sequência Rapha Campos, Jorge Garcia e Rodrigo Elger, ambos com 3 pontos.

O piloto de 16 anos, Diego Ramos (Shell) diz que a expectativa para a próxima etapa é alta. “Espero conseguir dar o meu melhor e que consiga sair com um ótimo resultado e bons pontos para o campeonato”, declara. “A categoria é muito boa para quem vem do kart. O cockpit é central, com chassis tubular e bem colado no chão, parecido com um fórmula. Estou aprendendo muito com a categoria e a meta é ser campeão”, complementa.

“No Winter Cup temos um desafio novo a cada  etapa, aquece a disputa e é uma excelente oportunidade para interagir como público. É um incentivo a mais para o piloto para que ele tenha um bom desempenho nas três etapas, porque o campeão recebe um troféu e um prêmio de 20.000 reais para utilizar na categoria no ano seguinte”, conclui o competidor do Sprint #113.

O treino classificatório (Q1) será disputado às 08h45 do sábado (16) e terá apenas 10 minutos para todos os carros. A tomada de tempos  (Q2), sistema de qualificação utilizada em competições tradicionais de Turismo, marcada para às 09h00, é destinada apenas para os oito pilotos mais rápidos, os quais terão somente uma volta independente, terá também duração de 10 minutos. É nesta qualificatória que será definido o grid para as provas da terceira etapa, que acontecem às 11h25 e às 14h45.

Categorias e Premiação

O sistema de premiação da Sprint Race para a edição 2018 permanece o mesmo. A classificação dos pilotos no campeonato, além da geral, é subdividida em duas categorias – A PRO, para corredores com até 28 anos de idade, e a GP, para pilotos a partir de 29 anos. As inscrições são abertas, inclusive, aos menores de 28 anos que nunca tiraram a carteira de pilotagem.

As premiações são as seguintes:

- Campeão: receberá um troféu diferenciado e cheque de R$ 50.000,00.

- Winter Cup: terá a 2ª, 3ª e 4ª como etapas de referência e a premiação será um troféu diferenciado e cheque de R$ 20.000,00. Este ano, com quesitos e desafios para pontuação novos para cada etapa.

- Final Cup: terá a 5ª, 6ª e 7ª como etapas de referência e a premiação será um troféu diferenciado e cheque de R$ 30.000,00. Neste caso, somente pilotos inscritos no campeonato com participação em no mínimo seis etapas.

- Rookie Of The Year: para pilotos estreantes e os que participaram em até três etapas nos anos anteriores da categoria. Receberá como prêmio um troféu diferenciado e cheque de R$ 25.000,00.

Os prêmios são invendáveis, intransferíveis e não acumulativos, sempre prevalecendo o de maior valor. Os cheques são simbólicos e seu montante será revertido em desconto aos campeões, caso fechem contrato anual para a próxima temporada na própria Sprint Race Brasil. Em caso de duplas vencedoras que vierem a se separar no ano seguinte, os créditos serão automaticamente divididos entre os dois participantes.

A Sprint Race Brasil é patrocinada pela Albriggs, aQuamec, Pirelli, Motul, Fremax e Vivamil.

Confira a programação para a terceira etapa no Autódromo de Interlagos/SP:


Sexta-feira, 15/06/2018

09h55 às 10h35 – 1o Treino OFICIAL

11h30 – Estudo de telemetria

14h45 às 15h25 – 2o Treino OFICIAL

15h45 – Briefing

16h30 – Estudo de telemetria


Sábado, 16/06/2018

08h45 às 08h55 – Classificatório 1

09h00 às 09h10 – Classificatório 2 (Somente para os oito mais rápidos)

11h00 – Estudo de telemetria


Corrida 1

10h30 – Alinhamento dos carros

11h20 – Placa de 5 minutos

11h25 – Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta

Corrida 2

13h30 – Alinhamento dos carros

14h35 – Placa de 5 minutos

14h40 – Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta

14h45 – Pódio

Confira a classificação do campeonato, após duas etapas:

Categoria PRO

1) 13 Rapha Campos (Vivamil), 80 pontos

2) 82 Gerson Campos (Militec), 76

3) 27 Luiz Gustavo Túrmina (Cimed), 69

4) 07 Kau Machado (Itaipu Binacional), 50

5) 34 Rodrigo Elger (Vivamil), 48

6) 113 Diego Ramos (Shell), 36

7) 111 Bruno Bertoncello (Pittol), 35

Categoria GP

1) 20 Jorge Garcia (Vivamil), 75 pontos

2) 09 Cassio Cortes (USPro Blindagens), 67

3) 55 Caê Coelho (We Credit), 54

4) 77 Rodrigo Rocha (Riachuelo), 45

5) 29 Sergio Bueno/ Neto Oms (AIC), 45

6) 44 Luiz Arruda / Marcelo Gomes (Avantgard), 44

7) 37 Raphael Teixeira / Caito Vianna (Vivamil), 34

8) 37 Alexandre Buneder (Sprint Race), 24

Calendário 2018:

Etapa 3 – 16/06 - São Paulo (SP) – Sprint Inverse Race
Etapa 4 – 21/07 - Londrina (PR) - Sprint Night Challenge*
Etapa 5 – 02/09 - São Paulo (SP) - Race Of Champions
Etapa 6 –14/10 - Velo Città (SP) - Guest Driver Race
Etapa 7 – 18/11 - Cascavel (PR) - Setup Free Race
Etapa 8 – 16/12 – Curitiba (PR) - Pontuação Dupla
* Data de Londrina sujeita a alterações 




quarta-feira, 30 de maio de 2018

SALÃO MOTO RIO : TUDO PRONTO ABERTURA É NESTE FERIADO

                                

Salão Moto Brasil Feriado prolongado de novidades no setor de motos e atrações para toda família
                                                                         

Evento na capital fluminense reunirá entretenimento, negócios, educação e turismo de 31/5 a 02/6, no Riocentro.

É amanhã que começa o maior evento do setor de motos do Rio de Janeiro e um dos mais importantes do país, o Salão Moto Brasil, no pavilhão 2 do Riocentro, no Rio de Janeiro. Serão três dias – 31/05, 01 e 02/06 – quando o público apaixonado por duas rodas encontrará – em uma área interna refrigerada de 10.800m² e uma área externa de 8.000m² – educação, turismo, negócios, serviços e entretenimento para toda família.
                                                                 

Remanejado para este mês, um dos motivos foi conciliar a data com o Maio Amarelo, movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. “Educação e segurança sempre estiveram no nosso foco desde a primeira edição. Um evento como o nosso tem muito o que contribuir para a conscientização de motociclistas”, diz Gustavo Lorenzo, organizador do evento. “Alteramos a comunicação visual do Salão para um tom de amarelo, como alusão e apoio ao movimento”, conta.
                                                                    

Entre outras ações, dois painéis educativos no sábado (02) com o deputado federal Hugo Leal, autor da Lei Seca. O primeiro, cujo tema é 'Motociclistas, as principais vítimas do trânsito – como mudar essa realidade?', será às 14 horas. Em seguida, às 15 horas, será a vez do deputado federal falar sobre 'Lei Seca, 10 anos – impactos atuais e visão de futuro'.
                                                               
Depois de uma boa dose de aprendizado é hora da diversão. Entre as atrações, o Bike & Art Show com exposição e concurso de customização de motos e capacetes; Test Ride; manobras radicais com a equipe Força e Ação e a Polícia do Exército, além do tradicional comboio da Harley-Davidson. O “fundo musical” ficará por conta do Festival Moto Brasil Jazz & Blues. E, quando der “aquela fome”, é só escolher entre os food trucks e lanchonetes da praça de alimentação. A Heineken – cerveja oficial do Salão – também marcará presença.

A ideia é descontrair? A dica é o lounge The Club, com bancos, tv e a tradicional “lona” para os motociclistas e membros dos mais de 280 motoclubes confirmados colarem os brasões. Mas, se a ideia é descansar um pouco, o espaço Desacelere, terá pufs, lazy bags, venda de café e um espaço de relaxamento.
                                                                    

As motos que fazem os olhos brilharem não poderiam faltar! Marcas como BMW, Harley-Davidson, Honda, Indian Motorcycle (com novidades da linha Dark Horse: Scout Bobber Dark Horse, Chief Dark Horse & Chieftain Dark Horse), Kawasaki, Suzuki e Triumph estarão na 8ª edição do evento.

Também dá para ir às compras de motopeças, acessórios e serviços, que estarão à venda nos expositores fabricantes, distribuidores e motoclubes como Big Red Machine Rio (camisetas, canecas, adesivos e acessórios), EagleRider (locação de motocicletas e tours pela Rota 66 e para a festa de 115 anos da Harley Davidson, em Milwaukee, IL, EUA), Locafácil (aluguel de motos de baixa cilindrada e scooters, com opção de compra), Modena (escapamentos Akrapovic; DNA Filtros – filtros de ar esportivos de alta performance, AP Racing – pastilhas de freio de alta performance, CZ Chain – correntes de alto desempenho, Hiflo Filtro – filtros de ar e óleo – e as pastilhas de freio Stona), Muteki (motos SWM e os principais produtos de qualidade, tecnologia de ponta e de alto desempenho oferecendo o que há de melhor no mercado internacional); Racing Lub do Brasil Motul (linha de óleo para motor e lubrificantes) e Street Bike. Já na loja oficial, souvenires para colecionar ou presentear, como camisetas, bottons, canecas, copos e bonés. Vencedora do concurso que contou com mais de 80 criações, a camiseta oficial do Salão Moto Brasil estará disponível nas cores branca e preta.

Enquanto curte o evento, o visitante poderá cuidar da moto através de serviços oferecidos, como a compra e troca de pneus da Pirelli.

Para as crianças, o Clubinho Honda, que simula ruas e ensinam regras e educação no trânsito, é uma boa forma de aprender brincando.

Graças à parceria com Santander e Mastercard, o estacionamento é gratuito para motos e triciclos. Os clientes das duas marcas também terão uma bilheteria exclusiva, durante os dias do evento, onde poderão comprar ingressos com 30% de desconto.

O Salão Moto Brasil tem como apoiadores institucionais AMO-RJ (Associação dos Motociclistas do Rio de Janeiro), DETRAN-RJ, FMCRJ (Federação de Motoclubes do Rio de Janeiro), ONSV, Rio Convention & Visitors Bureau e RIOTUR. E, como patrocinadores, o Grupo Assim, Santander e Mastercard.
                                                                

INGRESSOS

O ingresso já comprado para a semana passada, quando aconteceria o evento e foi adiado devido a greve, valerá normalmente para qualquer um dos dias 31/05, 01 e 02/06, não sendo necessária a troca.

Para quem quer praticidade e conforto, os ingressos são vendidos pelo www.ingressorapido.com.br . 

Outra opção é comprar, pela loja virtual no site, uma camiseta personalizada e um ingresso, no valor de R$ 70. Neste caso, ambos devem ser retirados no guichê “motoclubes” nos dias do evento.

Na bilheteria, nos dias do evento, o ingresso custará R$ 50.

ATRAÇÕES

Força & Ação – O público irá ao delírio com as mais de 50 manobras diferentes e radicais – com direito a efeitos especiais – realizadas pela equipe Força & Ação. Explosões, derrapagens, saltos em arcos de fogo com muita adrenalina serão feitas pelos pilotos Fábio Rolim (Dentinho), Stanley de Souza (Stanley), Caio Pulhas, Allan Bocalini (Garupa) e David Silva sob a locução de Delvechio Lagarto. Força & Ação é a única equipe de Motoshow Acrobático no Brasil homologada pela Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). As apresentações serão dia 31/05, às 17h e às 21h.  

4ª Bike & Art Show – Um dos lugares mais frequentados do evento é o Bike & Art Show, uma “galeria” de arte com as principais tendências e importantes artistas do segmento de duas rodas do Brasil. Organizado pelo Lord of Motors, reunirá 12 customizadores nacionais (Antonio Cadáver, do Rio de Janeiro; Celio Dobrucki, de Curitiba; Dadinho, do Rio de Janeiro; Daniel Boesso, de São Paulo; Daniel Teruz, do Rio de Janeiro; Eric Nobre, do Rio de Janeiro; Junior Paschoal, de São Paulo; Leo Dalla, de Vitória; Lucky Friends, de Sorocaba; Mauricio Fazzi, de Niterói; Pedro Chernicharo, de Belo Horizonte e Thiago Zucconi, de São Paulo) e suas respectivas “máquinas” customizadas para exposição e concurso. Além do júri técnico formado pelos próprios customizadores, os visitantes do Salão Moto Brasil ajudarão a eleger a customização mais bonita.

Concurso de capacete – Em parceria com a Universidade Estácio de Sá acontece o concurso de customização de capacetes entre os alunos do curso de Design Gráfico. O tema é livre e alguns projetos têm como desenhos desde seres fantásticos inspirados em mitologia a cartoons e caricatura. Os 20 projetos selecionados pela comissão de professores da universidade serão customizados no próprio evento, na quinta à noite e na sexta à tarde, e depois ficarão expostos.

Festival Moto Brasil Jazz & Blues – Com a realização da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, Secretaria da Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Lei do ISS) e patrocínio do Grupo Assim Saúde e Grupo AB, o festival terá shows diários no palco instalado junto à Praça de Alimentação, em uma área de 2,5 mil m². Na quinta (31) – Anderson Bemol(14h), 4 Blues (16h) e Greg Wilson Trio (20h); sexta (01) – Ari Frello (14h), Além do Rock (16h) e Al Pratt & The Session (20h) e no sábado (02) – Arton Arraes Blues Band (16h30).

Test Ride Honda – Na área externa do pavilhão, a Honda disponibilizará os principais modelos para o test ride. Uma equipe treinada orientará os participantes durante o test. Vale lembrar que é preciso ter habilitação para participar.

Priceless Ride – A Motors Company estará na pista outdoor do Salão Moto Brasil administrando o test ride patrocinado pelo Santander Mastercard com modelos das marcas BMW, Harley-Davidson e Suzuki. O participante receberá uma pulseira Santander Pass que será utilizada no percurso. Em determinado ponto do percurso haverá uma cancela Santander Mastercard que será liberada através do pulseira. No fim do percurso, ao devolver a pulseira, o participante poderá retirar um brinde. Já os correntistas ou aqueles que possuírem o cartão Santander poderão realizar a aquisição/pedido da pulseira na hora.

Motocarreata – O ‘Ride In Rio’, evento promovido pela Rio Harley-Davidson, deve reunir cerca de 300 motos da tradicional marca norte-americana no sábado, num deslocamento de 20 km, com saída da concessionária e chegada no estacionamento do Riocentro, às 12h30. Os harleyros serão recebidos no estande da H-D com rock’n’roll da banda Zeh Carioca.

ALGUMAS NOVIDADES

 Segurança é o tema recorrente, muito importante e remete diretamente ao Maio Amarelo, movimento apoiado pelo Salão Moto Brasil. E, entre as novidades, dois equipamentos, com certeza, chamarão a atenção.

O airbag ainda não teve a mesma aceitação no mercado motociclístico. Isso porque, nos modelos que aportaram anteriormente no Brasil, o equipamento demandava uma série de ações, muitas vezes tidas como incômodas. Ao contrário dos automóveis, o airbag só funciona se estiver preso ao condutor, visto que o piloto é arremessado em caso de queda. Assim, as versões anteriores dos coletes e jaquetas com airbag necessitavam ser presos ao assento da moto por meio de amarrações, além de utilizar cápsulas de CO² – dióxido de carbono –, que ficavam dentro da vestimenta e eram responsáveis por inflar o dispositivo de segurança.

O novo modelo que chega ao país tem um processo bem mais simplificado, além de ser mais discreto. Importado do Japão, o Air Hoof, da marca Hit-Air, produzida pela Mugen Denko, é um colete inflável que utiliza uma pequena válvula de ar acionada manualmente. O equipamento oferece proteção ao pescoço, costas e peito. Construído a base de poliéster e utilizando células hexagonais, o colete é flexível e ajustável ao corpo do usuário. Já em relação à segurança, testes realizados no Instituto de Pesquisa Automobilística do Japão apontaram que a utilização do colete, em caso de queda, pode reduzir o impacto em até 58,9% na região da cabeça e em 82,4% no peito. Ou seja, o equipamento é fundamental para ajudar a minimizar o número de mortes no trânsito e com isso salvar vidas.

Outro item de segurança é o Cosmo Connected. De fabricação francesa, o dispositivo eletrônico, que se conecta à parte traseira do capacete, emite uma luz vermelha que simula a luz de freio da moto. Assim, os demais veículos podem ter uma visão mais clara da motocicleta, principalmente à noite e em condições de baixa visibilidade. Com peso de apenas 145 gramas, o dispositivo tem oito horas de autonomia e é recarregável por cabo USB. Outra vantagem, é que informa em casos de acidente. Através de um aplicativo de celular, o dispositivo manda um alerta por SMS, WhatsApp ou e-mail para os contatos pré-estabelecidos, como amigos e familiares, avisando o incidente e apontando as coordenadas da localização por GPS.

Pela primeira vez no evento, a Muteki, uma das maiores importadoras de motopeças do País, fechou recente parceria com a italiana SWM (Speedy Working Motors). Entre os lançamentos, motos SWM modelos Superdual X e T, RS300R, RS500R, Gran Milano e SM500R. A importadora também levará ao Riocentro peças das marcas Vesrah, JT Sprockets, Potenza, Orkaan, SBS, Ariete, Regina, entre outras.

HOSPEDAGEM

Quem ainda não definiu a hospedagem na Cidade Maravilhosa, a dica é procurar acomodação por meio da Evnts, que oferecerá até 19% de descontos. Prático, o sistema especializado em eventos sugere a melhor opção para cada visitante. A reserva pode ser solicitada pela internet pelo link https://reserva.evnts.com.br/salao-moto-brasil-2018.

Salão Moto Brasil – Na sua 8ª edição, o Salão Moto Brasil, já está estabelecido no calendário anual do motociclismo nacional e é um dos maiores do setor no Brasil. Com o intuito de gerar negócios, entretenimento, educação e turismo, o evento tem expositores das principais montadoras, fabricantes e distribuidoras de motopeças e acessórios, além de shows, atrações e um público qualificado e apaixonado por duas rodas. 



Edição de 2017 em números:

- cerca de 92 mil visitantes.

- 125 expositores com mais de 400 marcas (aumento de 30% em relação a edição anterior).

- mais de 40 mil motos no estacionamento.

- 6.000 profissionais do setor.

- mais de R$ 10 milhões em volume de negócios.

- 1.500 motoclubes cadastrados.


SERVIÇO – 8ª edição do Salão Moto Brasil

Quando: dias 31 de maio, 01 e 02 de junho de 2018

Local: Riocentro, Pavilhão 2

Endereço: Rua Salvador Allende, 6.555, Barra da Tijuca – Rio de Janeiro (RJ)

Horário: quinta das 12h às 22h; sexta, das 12h às 22h e sábado, das 12h às 18h

Ingressos: www.ingressorapido.com.br Crianças até 8 anos não pagam e a meia entrada é válida para idosos acima de 60 anos, estudantes, professores da rede pública e PNE.

Ingressos para clientes Santander e Mastercard: Desconto de 30% para aquisição na bilheteria exclusiva no local.

Estacionamento: Gratuito para motos e triciclos, cortesia oferecida pelo Santander e Mastercard. O valor para os demais veículos é de R$ 28,00 (preço sujeito à alteração).

Mais informações: www.salaomotobrasil.com.br , (21) 3328-1563 ou (11) 2631-7057

MOTO4 DIOGO MOREIRA CONQUISTA PONTOS NO ESPANHOL

                                 

Moreira faz ótima prova de recuperação e conquista novos pontos no Espanhol de Velocidade.
                                                                      

Em um fim de semana complicado, brasileiro dá a volta por cima, chega a brigar pela vitória na Catalunia e fica com o quinto lugar.

Na segunda etapa do Campeonato Espanhol de Velocidade – RFME, realizado neste fim de semana no Circuito da Catalunia, o brasileiro Diogo Moreira enfrentou dificuldades ao longo de toda a rodada, e, mesmo assim, demonstrou ótima atuação, sabendo reverter as adversidades para conquistar outro bom resultado no campeonato. O pupilo de Alexandre Barros veio com ritmo forte na corrida de ontem (27), na disputa da categoria Moto4, e depois de largar em nono, o jovem de 14 anos, que chegou a brigar pela vitória, completou em quinto lugar, a apenas 1s293 do líder e vencedor da prova Oriol Rodriguez Vives.
                                                                    

As dificuldades de Moreira começaram ainda nos treinos, quando o piloto da equipe School Team Monlau-Repsol não conseguiu ‘se achar’ com a moto #42. O brasileiro demorou a encontrar o acerto ideal do equipamento, e ficou com a nona posição no grid. Durante a corrida, Diogo não desanimou e comprovou seu ótimo desempenho ao longo da prova. O resultado deixou a equipe contente e colocou o piloto em quarto na classificação, com 30 pontos.

Moreira falou das adversidades, mas ressaltou a conquista dos pontos. “O fim de semana todo foi bem difícil pra mim. Não conseguia me acertar com a moto. Mas na corrida a coisas mudaram um pouco. Consegui ter bom ritmo e fiquei a prova toda ali no pelotão da frente. Na última volta, quando eu estava em segundo lugar, levei um toque e acabei perdendo algumas posições. Foi uma pena, pois estava perto do pódio. Mas, novamente conquistei pontos e isso é fundamental para o campeonato. Com certeza foi mais um aprendizado. Estou animado para o restante da temporada”, disse o brasileiro.

A próxima etapa do Campeonato Espanhol de Velocidade - RFME será nos dias 23 e 24 de junho, no circuito de Navarra e será uma prova em rodada dupla.

Classificação do Campeonato Espanhol de Velocidade - Moto4 - após duas etapas (Top-5)*:
1- Adrian Cruces Serrano, 48
2- Julio Garcia Gonzalex, 45
3- David Munõz Rodriguez, 33
4- Diogo Moreira, 30
5- Oriol Rodriguez Vives, 25

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

terça-feira, 29 de maio de 2018

COPA TRUCK E MB CHALLENGE PODERA NÃO ACONTECER EM CURVELO

Copa Truck e MB Challenge não confirmam a etapa de Curvelo no dia 10 de junho

Paralisações nas estradas atrasam cronograma do evento e fazem com que haja incerteza no fornecimento de combustível para as equipes no interior mineiro, além da logística da montagem de todo o evento

Com as manifestações e paralisações nas estradas do país a Copa Truck e o Mercedes-Benz Challenge, em alinhamento com a Associação Nacional de Equipes de Truck, pilotos, equipes e patrocinadores das duas categorias, anunciam que a etapa de Curvelo não está confirmada para o próximo dia 10 de junho. As incertezas no transporte de equipamentos para montagem do autódromo, bem como o transporte dos caminhões e do combustível necessário para os treinos e corridas no Circuito dos Cristais fazem com que a etapa não seja realizada no próximo dia 10 de junho.

"Mesmo que o desbloqueio total dos pontos de paralisação de todo o país acontecesse hoje, não há uma previsão para a normalização acontecer. Não temos uma confirmação da obtenção de combustível para todas as categorias até o momento" explica Carlos Col, CEO da Mais Brasil, organizadora do evento.

De acordo com dados da Polícia Federal, divulgados pelo Jornal Folha de São Paulo, até às 14 horas de segunda-feira (28/05) eram 556 pontos de protesto em todo o país, sendo 59 apenas no estado de Minas Gerais, palco da etapa.

"O prazo de normalização varia de um lugar para o outro e não há uma previsão de quando isso possa ocorrer. Como a montagem do evento começaria a partir do deslocamento das carretas para Curvelo nesta quarta-feira, a organização do evento toma a decisão de não confirmar a etapa nesta data. Deixando aberta as possibilidades a serem analisadas em função de calendário, grade de televisão, Copa do Mundo e outros fatores que influenciam nessa decisão", acrescenta o dirigente.

No último dia 27 a Copa Truck disputou a primeira etapa da Copa Sudeste em Interlagos, com duas vitórias de Roberval Andrade. Mesmo com a paralisação, a etapa teve um ótimo público e conseguiu ser realizada devido a toda logística já estar planejada antes das paralisações. Porém para Curvelo a situação é outra. Por isso a decisão pôde ser tomada com mais antecedência, pautada pela responsabilidade junto aos patrocinadores, público, fornecedores, pilotos e equipes.


F. Imprensa Truck 

segunda-feira, 28 de maio de 2018

TV GENTE FINA COPATRUCK SUDESTE 2018

SUPER BIKE : LEVOU EMOÇÃO COM GRANDES DISPUTA EM CURITIBA

 SUPERBIKE ENCERRA FIM DE SEMANA DE DISPUTAS EMOCIONANTES EM CURITIBA

O SuperBike Brasil realizou neste domingo (27) as disputas da Copa SBK Paranaense no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). Pilotos e equipes encerraram o fim de semana de muita emoção com cinco grids do maior campeonato de motovelocidade das Américas.

O evento ainda contou com presença animada do público nas arquibancadas do autódromo. Os espectadores também tiveram a opção de acompanhar as corridas da área de box e paddock.

Dentro da pista, o dia foi marcado por muita velocidade!

No grid das motos 1000cc, Danilo Lewis (#17), da Tecfil Havoline Racing Team, foi o grande vencedor. O piloto da SBK Pro cruzou a linha de chegada na primeira posição na disputa que contou com competidores da SuperBike, Evolution, Light, Master e SuperStock.

Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team, ficou com a vitória na Evo1000, enquanto Mauriti Junior (#832), da Maxon Oil Racing Team, venceu pela Evolution.

Marcio F. Bortolini (#37), da Tecfil Havoline Racing Team, foi o mais rápido entre as motos da SuperBike Light. Guilherme Neto (#66), da Pro Racing Team, levou a melhor na disputa da Master.

Nas 600cc, a etapa também foi marcada por grandes duelos em grid que contou com motos da SuperSport, Stock 600 e 959 Panigale Cup. Cadu Martinez (#57), MotoSchool Racing Team, faturou o troféu da SuperSport ao ser o mais rápido da disputa geral. Na SuperSport Extreme, o vencedor foi Sandro dos Santos (#444), da Moto3. Luiz Ferraz (#13), da Tecfil Havoline Racing Team, e Henrique Daniel (#42), da Qatar Racing Team Brasil, completaram a categoria.

Cristiano Souza (#200), da Tecfil Havoline Racing Team, levou o troféu na Stock 600, enquanto Eduardo Domingues (#959), da Colorado Doctor Racing Team, ficou com a conquista na 959 Panigale Cup.

Na Copa CBR 500R, o grande nome foi Enzo Valentim (#59), da Misano Racing Team, que foi o primeiro colocado na classificação geral, garantindo o lugar mais alto no pódio das categorias Pro e Teen.  Na Light, a vitória ficou com João Carneiro (#14), da Light Team/Cajuru Racing, enquanto o vencedor da Extreme foi Rafael Touche (#8), da Moretti Racing Team. Na categoria Feminina, a liderança ficou com Mafe Rocha (#22), da Moretti Racing Team.

A categoria Yamalube R3 Cup contou com uma das corridas mais emocionantes do dia. Facundo L. (#94), da Pitico Race Team, venceu a disputa ao superar Rafael Traldi (#28), da Traldi Racing, na reta final por uma diferença de apenas 0s001. Enzo Valentin (#29), da Misano Racing Team, ficou com a terceira posição.

Já na última corrida do dia, Artur Gontijo (#7), da Qatar Racing Team Brasil, ficou com a vitória na SuperBike Escola, enquanto Thierry Wunsche (#31), da ELB Escola de Pilotos, levou a melhor na SuperSport Escola.

O SuperBike Brasil retorna no dia 24 de junho, com a realização da próxima etapa do SBK 2018, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).

F. Imprensa SBK

domingo, 27 de maio de 2018

COPA TRUCK ROBERVAL VENCE DUAS SEGUIDAS COM CASA CHEIA

Roberval supera problemas e vence as duas em Interlagos
                                                                     

Piloto da Scania pouco andou nos treinos de sexta e sábado, para enfim comemorar no domingo.
    
Roberval Andrade tem motivos de sobra para comemorar nesse final de semana. O piloto da Scania enfrentou problemas nos treinos de sexta, praticamente não participou da classificação no sábado mas se recuperou plenamente no domingo (27) e dominou as duas provas da Copa Truck, em Interlagos. André Marques em segundo e Luciano Burti completaram os três primeiros na prova um. Na segunda, Burti terminou em segundo e André em terceiro. Com os resultados, o dono do truck #15 lidera a Copa Sudeste, a segunda copa regional da temporada 2018.
                                                                            

"As duas primeiras vitórias do ano justamente em Interlagos e largando do final do grid, o que é bem complicado. Aqui é onde me sinto em casa, com minha família perto, por isso esse resultado de hoje é como um presente. Precisa cair a ficha ainda e vou curtir muito esse momento", comemorou Roberval.
                                                                     

Já classificado para a Grande Final, que acontecerá em Curitiba em dezembro, André Marques confirmou a boa temporada que vem fazendo com dois pódios na Capital Paulista. "O saldo do final de semana foi positivo. Ficamos tristes pela quebra do Cirino, mas vamos para a luta. Vamos continuar a buscar um resultado melhor na próxima corrida, que será a vitória", vibrou o dono do Mercedes #77, lamentando a quebra do caminhão de seu companheiro de equipe Wellington Cirino.
                                                                 
      
O estreante Luciano Burti driblou as dificuldades da primeira etapa e agora ocupa o terceiro posto na Copa Sudeste. "A primeira corrida foi mais difícil, porque tinha muito óleo na pista. Na segunda não, a pista estava mais limpa, e eu comecei a forçar. Nas vezes em que fui lá fora era tudo controlado, estava sempre tentando carregar a velocidade e foi muito legal", explicou.
                                                                       
"Óbvio (que dá vontade de correr em Curvelo). A gente sempre gosta de disputa mas o caminhão é do Felipe, vou devolver para ele intacto, inteiro, e isso é o que importa", comemorou o estreante.

A categoria dos pesados volta à pista para a etapa de Curvelo (MG), no próximo dia 10 de junho. Veja como terminaram as provas em Interlagos:

Corrida 1:

15 Roberval Andrade (Scania) - 12 voltas em 27min08s345
77 André Marques (Mercedes-Benz) - a 2.318
8 Luciano Burti (Volkswagen) - a 19.591
27 Fábio Fogaça (Ford) - a 42.683
9 Renato Martins (VW MAN) - a 49.530
13 Witold Ramasauskas (VW MAN) - a 54.382
5 Adalberto Jardim (Ford) - a 1:33.104
50 Débora Rodrigues (Volkswagen) - a 1:33.521
30 Rogério Castro (Volkswagen) - a 1:42.080
11 Rodrigo Belinati (Volkswagen) - a 1 volta
333 Alex Fabiano GG (Mercedes-Benz) - a 1 volta
Não completaram 75% da prova:

88 Beto Monteiro (Iveco)
72 Djalma Fogaça (Ford)
38 Alan Chanoski (Mercedes-Benz)
6 Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
28 Danilo Dirani (Scania)

Corrida 2:

15 Roberval Andrade (Scania) - 10 voltas em 22:36,528
8 Luciano Burti (Volkswagen) - a 1.853
77 André Marques (Mercedes-Benz) - a 3.280
9 Renato Martins (VW MAN) - a 20.352
27 Fábio Fogaça (Ford) - a 22.783
13 Witold Ramasauskas (VW MAN) - 30.474
30 Rogério Castro (Volkswagen) - 51.501
333 Alex Fabiano GG (Mercedes-Benz) - 1:10.046
11 Rodrigo Belinati (Volkswagen) - 1:12.853
Não completou 75% da prova:

38 Alan Chanoski (Mercedes-Benz)

Classificação da Copa Sudeste:

Roberval Andrade - 40
André Marques - 34
Luciano Burti - 34
Fábio Fogaça - 27
Renato Martins - 27
Witold Ramasauskas - 24
Rogério Castro - 22
Rodrigo Belinati - 17
Alex Fabiano GG - 17
Adalberto Jardim - 12
Débora Rodrigues - 11
Alan Chanoski - 0
Wellington Cirino - 0
Beto Monteiro - 0
Djalma Fogaça - 0
Danilo Dirani - 0

Fotos:
Vanderley Soares/ Copa Truck
Duda Bairros/Copa Truck

F. Imprensa truck

sábado, 26 de maio de 2018

MERCEDES BENZ CHALLENG : ANDRE MORAES FAZ A POLE EM INTERLAGOS

                                 

André Moraes Jr garante a pole do Mercedes-Benz Challenge em Interlagos.
                                                                 
   

Piloto da C250 terá a dupla Marcos Paioli / Beto Rossi ao seu lado na primeira fila. Classificação da CLA AMG será no domingo.

O Mercedes-Benz Challenge iniciou a disputa da terceira etapa da temporada neste sábado (26) em Interlagos. Devido aos bloqueios nas rodovias do país, os treinos de sexta não aconteceram e hoje apenas os carros da C250 fizeram o treino classificatório. O destaque da atividade foi André Moraes Jr., que garantiu sua primeira pole no campeonato. A segunda posição no grid ficou com a dupla Marcos Paioli e Beto Rossi e a terceira com a dupla Alexandre Navarro e Leandro Romera.
                                                            

Já na CLA AMG Cup, nove carros chegaram para a disputa da terceira etapa. Com o grid reduzido, a categoria optou por um formato diferente em Interlagos. Todos os pilotos participarão da prova, mesmo aqueles que não estão com seus carros em Interlagos. Eles serão remanejados e formarão duplas com os demais competidores. O treino classificatório para a CLA será disputado no domingo, às 8 horas.
                                                                            

"Esse final de semana está um pouco confuso. Tivemos dois treinos rápidos e não tivemos muito tempo para acertar o carro. Tivemos que ser bem precisos e achamos um bom acerto já no segundo treino. Conseguimos tirar um décimo de diferença para o segundo colocado", explicou o pole position.

O competidor destacou também o equilíbrio do Mercedes-Benz Challenge ao longo da temporada. "Nossa categoria vem demonstrando que a cada treino classificatório o equilíbrio é constante. Estou muito feliz. Foi uma semana conturbada, mas graças a Deus deu tudo certo e amanhã a gente começa na primeira fila", comemorou o dono do carro #12, que recebeu o Troféu Bardahl Pole Position das mãos de seu chefe de equipe, Amadeu Rodrigues.
                                                    


Veja como ficou o grid de largada da C250:

12 André Moraes Jr - 1:54,401
111 Marcos Paioli / Beto Rossi - 1:54,519
9 Alexandre Navarro / Leandro Romera - 1:54,699
58 Cláudio Simão - 1:55,473
26 Flávio Andrade  - 1:55,678
225 Max Mohr - 1:56,095
41 João Lemos - 1:56,525
21 Peter Michel Gottschalk - 1:56,558
66 Luc Monteiro - 1:57,724
62 Jared Wilson - 1:57,810
67 Ângelo Giombelli - 1:58,183
64 Roberto Santos - 1:58,586
227 Miro Cruz - 1:58,731
14 Junior Victorette - 1:59,386
65 Luiz Fernando Barcelos - 2:01,934
68 Paulo Totaro - Sem tempo

*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

F. Truck