ESPORTE & CULTURA

SBK Brasil fecha 4ª etapa com brilho e liderança de Eric Granado em Goiânia.

O SuperBike Brasil fechou com brilho a 4ª etapa da temporada 2019 em Goiânia. Quem compareceu ao Autódromo Internacional Ayrton Senna neste domingo (14) acompanhou de perto um dia repleto de muita velocidade e emoção no maior campeonato de motovelocidade das Américas.

O forte calor da capital goiana marcou o domingo de disputas da primeira até a oitava corrida. O clima quente, no entanto, não impediu os pilotos de esquentarem ainda mais a briga dentro da pista.

Na principal corrida do dia, Eric Granado (#51) fechou com brilho o fim de semana. Após bater o recorde do circuito em Goiânia nos treinos classificatórios, o piloto da Honda Racing Brasil venceu no grid principal e de quebra assumiu a liderança da categoria SuperBike.

A vitória de Granado veio com muita disputa. Após ser ultrapassado por Anthony West (#13) na largada, o atual bicampeão precisou mostrar habilidade para recuperar a ponta da disputa. Ele ultrapassou o australiano na quinta das 14 voltas – pouco depois de um procedimento de Safety. Uma vez na frente, no entanto, Eric acelerou forte para vencer pela terceira vez na temporada.

West, que fez a sua estreia na capital goiana, ficou com a segunda posição. Maximiliano Gerardo (#41), Pedro Sampaio (#28), e Alex Barros (#4) completaram o pódio.

Com o resultado, Eric Granado chegou a 79 pontos no campeonato – dois à frente Anthony West (#13), que liderava até então.

Ainda no grid principal, Rodrigo Dazzi (#146), da Ello Racing, conseguiu o terceiro triunfo consecutivo na SuperBike Extreme. Após uma queda na etapa de abertura de temporada, o piloto mostrou recuperação e já caminha com força para o bicampeonato da categoria.

Na outra disputa de motos 1000cc, Marcio Bortolini (#37), da Sulina Racing, foi o grande vencedor. Ele superou os rivais para conseguir o triunfo na classificação geral da disputa que contou com motos das categorias SBK Evolution, Evo 1000cc, Evo Master, Light, Master e SuperStock. Felipe Comerlatto (#186), Bruno Corano (#34), Andre Verissimo (#93), e Rodrigo “Cabecinha” (#181) fecharam os cinco primeiros do grid. Confira o resultado por categoria abaixo.

Leo Tamburro vence nas 600cc e assume liderança

A corrida de motos 600cc também reservou uma grande dose de emoção em Goiânia. E Leonardo Tamburro foi quem teve motivos de sobras para comemorar. O piloto da Kawasaki venceu a corrida da SuperSport e se despede da capital goiana com a liderança do campeonato na principal categoria de motos 600cc.

Após largar na liderança, Leo acelerou forte para cruzar a linha de chegada na frente, com mais de 10s de vantagem para Arthur Costa (#199). José Duarte (#97) e Luiz Cerciari (#3) vieram na sequência.

Matheus Barbosa (#260), que havia vencido as três corridas da categoria até então, caiu na primeira volta e não completou a prova.

Ainda nas 600cc, Pedro Valiente (#25), da Bolsi Racing, fez grande corrida e garantiu a vitória da SuperSport Extreme. Já na Stock 600cc, Mauricio Marques (#63), da Dezeró Racing, coroou o fim de semana com vitória. Rubens Bosch (#52) subiu ao pódio na SuperSport Master.

***

Na Copa Honda CBR 500R, Raphael Ramos (#90) fez bonito e ficou com a vitória neste domingo. O piloto da MotoSchool Racing Team levou a melhor num duelo à parte com Mario Nicoli (#711) e Fábio Florian (#88).

Desta forma, o #90 chega a mais uma vitória na temporada e segue na briga pelo título da categoria. Luiz Henrique “Luizinho” (#91) e Gabrielly Lewis (#17) completaram o pódio entre as 500cc. Veja abaixo o vencedor de cada categoria na CBR 500R Pro, Teen, Light e Extreme.

Pela R3 Cup, Emiliano Lancion (#125), da MG/ AD78 Yamaha Racing, ultrapassou Gui Brito (#44) e Enzo Valentim (#39) a poucos metros da bandeirada final e ficou com a vitória no grid de motos 300cc. Ele venceu a corrida com uma diferença de 0s127.

Na R3 Master, o vencedor foi Fabinho Jandaia (#10). Ele, que já havia liderado os treinos livres e classificatórios, superou os rivais com quase 20s de vantagem.

A Honda Junior Cup também reservou um momento de brilho no circuito goiano. João Teixeira (#14) e Pedro Balla (#10) travaram uma disputa e troca de liderança até os últimos metros da corrida no Autódromo Internacional Ayrton Senna.

Melhor para João, que venceu com uma ultrapassagem na reta final e diferença de apenas 0s080. Ele conseguiu o triunfo com uma corrida de recuperação após ter problema na largada e cair da primeira para a última posição.

Por fim, a categoria Escola fechou o dia de disputas. Rafael Palmieri (#889), da Paulinho SuperBikes, venceu nas 1000cc, enquanto Vitor Simões (#598), da SPN Racing – 598, dominou a corrida entre as motos 600cc e ficou com a vitória.

O SuperBike Brasil volta no dia 18 de agosto, com a 5ª etapa da temporada 2019.

Confira os resultados deste domingo por categoria:

SuperBike

1) Eric Granado (#51)
2) Anthony West (#13)
3) Maximiliano Gerardo (#41)
4) Pedro Sampaio (#28)
5) Alex Barros (#4)

SuperBike Extreme

1) Rodrigo Dazzi (#146)
2) Diego Viveiros (#23)
3) Ian Testa (#37)
4) Julio Fortunato (#56)
5) Marcelo Skaf (#177)

SuperBike Evolution

1) Bruno Corano (#34)
2) Fabio Pitta (#129)
3) Pablo Flores Nunes (#28)
4) Marcelo Skaf (#177)

Evolution 1000cc

1) Marcio Bortolini (#37)
2) Felipe Comerlatto (#186)
3) Andre Verissimo (#93)
4) Rodrigo “Cabecinha” (#181)
5) Rivaldo Borges (#19)

Evo Master

1) Juracy Rodrigues Black (#56)
2) Marcos Ramalho (#9)
3) Cristiano Nogueira (#26)
4) Ricardo Hayashi (#36)

SuperBike Light

1) Victor Vallaverde (#42)
2) Raphael “Fletado” (#96)
3) Carlos Ronan (#29)
4) Cassiano Macedo (#22)
5) Daniel Sanches (#230)

SuperStock

1) Guto Figueiredo (#18)
2) Magno Menino de Ouro (#78)
3) Osvaldo “Duende” (#515)
4) Nicolas A. Castorino (#118)

SuperBike Master

1) Nelson “Mágico” (#45)
2) Edson Errera (#86)
3) Edu Aceto (#199)
4) Remi Toscano (#59)

SuperSport

1) Leonardo Tamburro (#53)
2) Arthur Costa (#199)
3) José Duarte (#97)
4) Luiz Cerciari (#3)

SuperSport Extreme

1) Pedro Valiente (#25)
2) Regis Santos (#20)
3) Welber J. Barros (#71)
4) Marcos Fortunato (#99)
5) Luis Ferraz (#13)

SuperSport Master

1) Rubens Bosch (#52)

Stock 600cc

1) Mauricio Marques (#63)
2) Geverson Paz (#970)
3) Daniel Mos (#207)

CBR 500R Pro

1) Raphael Ramos (#90)
2) Fábio Florian (#88)
3) Gabrielly Lewis (#17)
4) Renan Fui (#62)

CBR 500R Teen

1) Raphael Ramos (#90)
2) Mario Nicoli (#711)
3) Fábio Florian (#88)
4) Gabrielly Lewis (#17)
5) Richard Oliveira (#777)

CBR 500R Light

1) Mario Nicoli (#711)
2) Luiz Henrique “Luizinho” (#91)
3) Richard Oliveira (#777)
4) Rodrigo Medeiros (#77)
5) Ronaldo Guimarães (#65)

CBR 500R Extreme

1) Denis Peppe (#277)
2) Alexandre Colorado (#27)
3) Mauricio Laranjeira (#29)
4) Isaque Teixeira (#79)
5) Michael Valtingojer (#40)

R3 Cup

1) Emiliano Lancion (#125)
2) Gui Brito (#44)
3) Enzo Valentim (#39)
4) Lincoln Melo (#29)
5) João Vitor Carneiro (#14)

R3 Master

1) Fabinho Jandaia (#10)
2) Fernando Santos (#234)
3) Roberney Favoretto (#888)
4) Luis Henrique Tavares (#78)
5) Edinho Picoloko (#177)

Honda Junior Cup

1) João Teixeira (#14)
2) Pedro Balla (#10)
3) Brayann Ligeirinho (#22)
4) João Fascinelli (#13)
5) Kauan P. Leão (#9)

SuperBike Escola

1) Rafael Palmieri (#889)
2) Luiz H. Bertoli (#33)
3) Fábio Queiroz (#25)
4) Bruno E. Bruninho (#39)
5) Everton Antonio Pires (#181)

SuperSport Escola

1) Vitor Simões (#598)
2) Raphael Santos (#65)
3) Rodrigo Cesar “Batata” (#75)
4) Alexandre Livino (#69)
5) Givanildo Santos (#46)

Foto: J. Capreti

Este resultado é extraoficial e está sujeito a verificações técnicas.

F. Imprensa SBK


15/07/2019
____________________________________

BETO MONTEIRO E RENATO MARTINS SÃO OS  MELHORES NA CHUVA EM LONDRINA E SOBE PARA LUGAR MAIS ALTO DO PÓDIO


Sob forte chuva, Monteiro e Martins vencem corridas em Londrina.

Provas tiveram muitas disputas e, por conta das condições de pista, muitos acidentes, o que embola a disputa pela segunda copa do ano; que tem liderança de Roberval.
                                                                         

A chuva prometida para este domingo em Londrina se confirmou e a Copa Truck disputou a terceira etapa da temporada 2019 debaixo de um dilúvio na Capital do Café. As condições de pista e de visibilidade baixas proporcionaram corridas emocionantes e acidentadas, que premiaram Beto Monteiro e Renato Martins, ambos da Volkswagem, com as vitórias nas duas provas, respectivamente.
                                                                            

Monteiro ampliou sua sequência de vitórias seguidas para cinco, mas acabou privado da disputa pelo primeiro lugar na segunda por conta de um acidente com Adalberto Jardim e uma punição por ter sido considerado o culpado no episódio. Já Martins largou no pelotão da frente por conta do grid invertido na corrida complementar e tirou vantagem dessa condição, vencendo com facilidade.
                                                                        

As duas provas foram bastante atribuladas, mas a primeira foi a que deu mais problemas para a turma do resgate por conta de um acidente envolvendo o piloto da casa Leandro Totti logo na primeira volta, quando tentou passar Beto Monteiro por fora na entrada da curva do Bacião, não conseguiu frear e parou em cima do muro, provocando a entrada do safety car e a intervenção da maior parte da disputa, que foi reiniciada na última volta e viu Monteiro ser atacado ferozmente pelo atual campeão Roberval Andrade, com Paulo Salustiano completando o pódio.
                                                                    

"De seis corridas, ganhamos cinco, o que é um resultado espetacular até agora neste ano. Pena que tivemos adversidades na corrida 2 por conta da pista molhada e acertei o Jardim por conta de uma poça que peguei. Independente disso, estamos bem colocados no campeonato", destaca Beto.
                                                                 

A segunda corrida teve bem mais acidentes que a primeira, mas nada que provocasse a neutralização da competição. Mesmo assim muitos saíram com os equipamentos em frangalhos: Salustiano bateu seco no muro e cortou o lábio no impacto; Wellington Cirino e Jaidson Zini também beijaram os pneus da Curva do Bacião, mesmo lugar onde Monteiro e Jardim se estranharam. Débora Rodrigues (no toque entre Beto e Jardim) e Clodoaldo Monteiro (durante o acidente de Zini) também rodaram no meio da confusão mas conseguiram desviar dos rivais e seguir na pista.
                                                                         

Com as confusões, André Marques subiu para segundo em uma grande atuação, seguido de Roberval Andrade, Jardim, que sobreviveu ao seu acidente, e Luiz Carlos Zapelini, que herdou o quinto lugar com a punição de 20 segundos a Beto. Debora completou a lista dos seis melhores da segunda corrida.

"É minha décima vitória aqui em Londrina. Não sou o melhor piloto na chuva, mas meu carro estava bem acertado, parou a chuva forte da primeira corrida - que atrapalhou a visão, pois a pista estava igual nas duas provas. Dedico essa vitória ao meu filho Renatinho, que pediu um pódio e ganhou uma vitória", completa Renato Martins.
                                                                              

Com os resultados, Roberval sai de Londrina na liderança da Segunda Cpa com 34 pontos, seguido de Renato Martins e André Marques com 32, e Beto Monteiro com 29. "A vitória bateu na trave em um fim de semana que achei que seria muito ruim. Nosso caminhão estava muito rápido na pista, tanto que marquei a melhor volta. Na segunda corrida, uma falha na eletrônica me impediu de avançar, mas foi um ótimo resultado para o campeonato e vamos para cima na busca pelo título", resumiu Roberval.

A próxima rodada dupla da Copa Truck acontece no dia 14 de julho em Curvelo (MG).

Confira abaixo os resultados completos:

Corrida 1:

1. Beto Monteiro (Volkswagen), 10 voltas em 25min13s361
2. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 0s169
3. Paulo Salustiano (Volkswagen), a 1s685
4. André Marques (Mercedes-Benz), a 3s583
5. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 4s507
6. Renato Martins (Volkswagen), a 5s576
7. Adalberto Jardim (Ford), a 6s610
8. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 8s810
9. Regis Boessio (Volvo), a 11s351
10. Fabio Carvalho (Iveco), a 12s452
11. Jaidson Zini (Iveco), a 3s531
12. Clodoaldo Monteiro (MAN), a 14s358
13. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 16s994
14. João Maistro (Volvo), a 17s624
15. Luiz Lopes (Iveco), a 27s316
16. Felipe Giaffone (Iveco), a 29s240
17. Djalma Pivetta (Iveco), a 33s511
18. Djalma Fogaça (Ford), a 1min05s126
19. José Augusto Dias (Volkswagen), a 1 volta

Não completaram
Leandro Totti (Mercedes-Benz), a 8 voltas
Maikon Lauck (Mercedes-Benz), a 8 voltas
Fábio Fogaça (Ford), não largou
Wellington Cirino (Mercedes-Benz), desclassificado

Melhor volta: Roberval Andrade, 1min52s441

Corrida 2:
1. Renato Martins (Volkswagen), 13 voltas em 25min13s494
2. André Marques (Mercedes-Benz), a 5s759
3. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 7s054
4. Adalberto Jardim (Ford), a 18s413
5. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 25s129
6. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 25s688
7. Fabio Carvalho (Iveco), a 32s556
8. Clodoaldo Monteiro (MAN), a 35s191
9. Beto Monteiro (Volkswagen), a 43s614
10. Luiz Lopes (Iveco), a 1min00s221
11. Jaidson Zini (Iveco), a 1min02s841
12. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 1min46s108
13. Djalma Pivetta (Iveco), a 1 volta

Não completaram
João Maistro (Volvo), a 6 voltas
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 10 voltas
Regis Boessio (Volvo), a 10 voltas
Djalma Fogaça (Ford), a 11 voltas
Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 12 voltas
Maikon Lauck (Mercedes-Benz), não largou
Fabio Fogaça (Ford), não largou
Leandro Totti (Mercedes-Benz), não largou
José Augusto Dias (Volkswagen), não largou
Felipe Giaffone (Iveco), não largou

Melhor volta: Beto Monteiro, 1min50s014

Classificação da Segunda Copa:

1. Roberval Andrade, 34 pontos
2. Renato Martins e André Marques, 32
4. Beto Monteiro, 29
5. Adalberto Jardim, 25
6. Debora Rodrigues, 25
7. Luiz Carlos Zapelini, 23
8. Fabio Carvalho, 19
9. Paulo Salustiano, 18
10. Clodoaldo Monteiro, 16
11. Jaidson Zini, 14
12. Regis Boessio e Luiz Lopes, 11
14. Pedro Paulo Fernandes, 7
15. João Maistro, 6
16. Wellington Cirino, 4
17. Djalma Pivetta, 3


Fotos :
Vanderley Soares/Copa Truck
Duda Bairros/Copa Truck



02/06/2019

__________________________________________________________________________


Thiago Camilo faz terceira pole seguida na Stock Car

Apenas 0s030 separaram o piloto da Ipiranga Racing do atual bicampeão Daniel Serra, com quem ele divide a primeira fila.

Os sábados da Stock Car na temporada 2019 têm apenas um dono até o momento: pela terceira vez consecutiva, Thiago Camilo registrou a pole position em uma corrida da categoria, desta vez em Goiânia. O piloto da Ipiranga Racing é o primeiro desde Cacá Bueno, em 2012, a realizar este feito.
                                                                         

Apesar do favoritismo de Ricardo Zonta, que liderou no combinado dos treinos livres e tinha no bolso a melhor volta do fim de semana, Camilo mostrou que era candidato à pole logo de cara ao liderar o Q1 e ser terceiro no Q2. Penúltimo a ir para a pista na fase final, Camilo viu em Daniel Serra seu principal adversário. E estava certo: o atual bicampeão ficou apenas 0s030 atrás, garantindo a festa de Camilo, que recebeu o troféu das mãos do campeão de 1982, o legendário Alencar Jr., um dos principais heróis do automobilismo goiano.

“Graças a Deus estou tendo tranquilidade para fazer uma boa volta lançada e neste ano é a terceira vez que consigo tirar 100% do equipamento. Quando o Daniel (Serra) estava no meio da volta dele, eu sabia que seria muito difícil para ele me tirar a pole, porque o meu setor final foi praticamente perfeito. Estou muito feliz com o trabalho da equipe, mas vamos pensar no amanhã”, celebrou o pole, que terá a visita da filha Luiza, de três meses, nos boxes neste domingo.

Já Daniel não se abalou muito ao perder a posição de honra. "O Thiago está muito bem e estamos muito próximos, então, cada detalhe faz diferença. Eu fui muito forte na curva 1 e acabei errando um pouquinho. Mas foi bom, vamos ver o que acontece amanhã, vai ser uma boa corrida", resume o piloto.

Depois de dominar os ensaios livres, Zonta garantiu uma vaga na segunda fila, que será dividida com o seu antigo colega de F1, Rubens Barrichello, que apresentou seu melhor desempenho em classificação na temporada. Ricardo Maurício, parceiro de Serra, e Max Wilson, da RCM, completaram a lista dos que foram ao Q3. “Estou muito otimista em ganhar mais uma. Ficamos o fim de semana todo entre os mais rápidos, liderando vários treinos e o carro está rápido tanto com acerto para a classificação quanto para corrida”, relata Zonta.

"Quanta emoção foi hoje. É bem típico de Barrichello e do Corinthians”, brincou o corintiano Rubinho, referindo-se ao fato de ter conseguido pelas sessões classificatórias sempre perto da linha de corte. “Passamos no 15º lugar no Q1, em sexto no Q2 e melhoramos no Q3. Só dá pra ficar feliz", completa o piloto, avaliando a evolução do carro durante o classificatório.

Entre os eliminados no Q2, destaque para o nono lugar de Cacá Bueno e o 12º de Átila Abreu em seu retorno às pistas após o acidente na classificação para a Stock Car 500 no Velopark, em abril. Já entre os pilotos de forte desempenho que foram eliminados já na primeira fase do classificatório estão Gabriel Casagrande (P18), Felipe Fraga (P19) e Nelsinho Piquet (P28). Na disputa dos estreantes, Gaetano Di Mauro (P23) foi o melhor, seguido de Marcel Coletta (P26), Pedro Cardoso (P27) e Raphael Reis (P29).

A terceira etapa da Stock Car terá transmissão ao vivo pelo canal SporTV2, a partir das 12h50. Confira abaixo o grid de largada completo:


1 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 1:24.199

2 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), 1:24.219

3 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), 1:24.293

4 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), 1:24.301

5 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 1:24.477

6 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), 1:24.572

Eliminados no Q2

7 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), 1:24.606

8 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), 1:24.614

9 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), 1:24.625

10 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), 1:24.658

11 . Diego Nunes ( KTF Sports ), 1:24.680

12 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), 1:24.818

13 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), 1:24.890

14 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 1:25.032

15 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), 1:25.037

Eliminados no Q1

16 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), 1:24.729

17 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), 1:24.734

18 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), 1:24.762

19 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), 1:24.835

20 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), 1:24.857

21 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), 1:24.868

22 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), 1:24.889

23 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), 1:25.020

24 . Guga Lima ( Vogel Motorsport ), 1:25.087

25 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), 1:25.148

26 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), 1:25.236

27 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), 1:25.521

28 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), 1:25.675

29 . Raphael Reis ( Carlos Alves Competições ), 1:26.325


Foto: Duda Bairros/Stock Car


F. imprensa Stock car 



18/05/2019
__________________________________________________________________________

 Beto Monteiro conquista primeiro título do ano na Copa Truck.
                                                                     

Em Campo Grande, pernambucano conquista Primeira Copa e se classifica para a Grande Final ao lado de Felipe Giaffone e André Marques após vencer a corrida 1; Paulo Salustiano fez a festa da Volkswagen ao ganhar a prova complementar.

Com uma atuação de gala em Campo Grande, onde conquistou uma vitória e um segundo lugar, Beto Monteiro conquistou neste domingo o primeiro título da Copa Truck em 2019. O piloto pernambucano da Volkswagen faturou a Primeira Copa dois anos após fazer história - ele havia sido o primeiro campeão de copas da história em 2017 justamente na capital do Mato Grosso do Sul.
                                                                 

Correndo com o regulamento à seu favor e com a desvantagem de ter um limitador de potência por conta das vitórias na etapa anterior, em Goiânia, Beto não se contentou em apenas monitorar seus principais rivais - Felipe Giaffone e André Marques - e fez questão de brigar pela vitória. Em poucas voltas, o piloto da Volkswagen engoliu Marques e o pole Wellington Cirino para assumir a liderança de uma vez.
                                                                        

Para completar a festa da montadora alemã na primeira corrida, Paulo Salustiano chegou em segundo após superar Cirino e relegar o paranaense ao terceiro e último lugar do pódio da corrida 1, logo à frente de Marques. Também na briga pelo título, Giaffone foi quinto e tanto ele quanto Marques precisariam de um milagre para tirar a Primeira Copa de Beto. Outro fato interessante desta primeira corrida foi o sétimo e oitavo lugares, nesta ordem, do casal Renato Martins e Débora Rodrigues, que garantiram a primeira fila da prova 2 - algo inédito na Copa Truck.
                                                                          

A corrida complementar começou com todos os olhos voltados aos três candidatos ao título: Beto Monteiro, Felipe Giaffone e André Marques. Mesmo saindo atrás dos rivais, Beto não quis nem saber: no vácuo do companheiro Salustiano - em um trabalho de equipe já previsto -, os dois foram escalando as posições uma a uma até chegarem ao topo. Tendo abandonado a corrida 1 na liderança após uma quebra de motor, Salustiano quebrou um jejum de anos sem vitórias ao receber a bandeirada na frente do companheiro, somando mais uma dobradinha pra Volkswagen. Beto, por sua vez, pôde celebrar oficialmente a conquista.
                                                                           

"Sofremos no ano passado para entrar na final e não conseguimos, então meu objetivo era esse: tentar ganhar a copa e me garantir na Grande Final. Só faltou ganhar as quatro corridas. Ganhei três. Está bom, né?", comemorou Beto. "Não tenho nem palavras para descrever a alegria que estou sentindo hoje após tantas dificuldades nos últimos anos. E foi com drama: tive o mesmo problema de Goiânia nos treinos e passamos o fim de semana resolvendo o problema. Por sorte deu tudo certo, a equipe está de parabéns e a vitória é nossa!", completou Salustiano.

A festa foi completada no pódio por Débora Rodrigues, somando seu segundo pódio no ano com o terceiro lugar. Como a segunda corrida premia os cinco melhores, coube a Giaffone e Marques compensarem a derrota no campeonato com dois troféus pelo quarto e quinto lugares, respectivamente, separados por menos de três décimos. "Neste ano nos classificamos na primeira copa já, ao contrário do ano passado, que foi na segunda, o que me deixa bem feliz. Vamos pra cima, fazer um trabalho para vencer mais corridas até o fim do ano e acumular mais vitórias e pontos para a Grande final que faltaram no ano passado", destacou André. "Está bom demais este ano para mim. Que continue assim", resumiu Débora.
                                                                           

Como resultado, Monteiro terminou a Primeira Copa com 78 pontos, contra 59 de Giaffone, 57 de Marques e 48 de Débora. Com isso, Beto já está classificado para a final com 12 pontos de bonificação, assim como Giaffone, que leva dez, e Marques, que ganhou oito pontos já na tabela da Grande Final, marcada para dezembro em Interlagos.

Finalizada a Primeira Copa, a Copa Truck faz um intervalo de pouco mais de um mês para o início da segunda Copa, no dia 2 de junho, em Londrina. Curvelo, em Minas Gerais, definirá os três próximos classificados no dia 14 de julho. Confira abaixo os resultados completos deste domingo:

Resultado da corrida 1
1. Beto Monteiro (Volkswagen), 14 voltas em 25min38s039
2. Paulo Salustiano (Volkswagen), a 7s719
3. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 11s074
4. André Marques (Mercedes-Benz), a 22s001
5. Felipe Giaffone (Iveco), a 29s140
6. Jaidson Zini (Iveco), a 29s763
7. Renato Martins (Volkswagen), a 38s525
8. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 39s414
9. Regis Boessio (Volvo), a 40s320
10. Rogerio Castro (Mercedes-Benz), a 44s186
11. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 58s330
12. Clodoaldo Monteiro (MAN), a 1min02s123
13. Djalma Fogaça (Ford), a 1min07s890
14. Jô Augusto (Volkswagen), a 1min08s438
15. Adalberto Jardim (Ford), a 1min18s941
16. Fabio Carvalho (Iveco), a 1min52s586
17. Luiz Lopes (Iveco), a 1 volta

Não completaram 75% da prova
Djalma Pivetta (Iveco), a 6 voltas
Leandro Totti (Mercedes-Benz), a 7 voltas
Maikon Lauck (Mercedes-Benz), a 11 voltas
Fabio Fogaça (Ford), a 11 voltas
Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 11 voltas
Hiro Yano (Volvo), a 13 voltas

Melhor volta: Beto Monteiro, 1min48s742

Resultado da corrida 2
1. Paulo Salustiano (Volkswagen), 14 voltas em 25min38s546
2. Beto Monteiro (Volkswagen), a 2s603
3. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 21s282
4. Felipe Giaffone (Iveco), a 23s257
5. André Marques (Mercedes-Benz), a 23s493
6. Clodoaldo Monteiro (MAN), a 39s956
7. Regis Boessio (Volvo), a 41s817
8. Renato Martins (Volkswagen), a 43s546
9. Rogerio Castro (Mercedes-Benz), a 52s344
10. Jaidson Zini (Iveco), a 1min08s859
11. Djalma Pivetta (Iveco), a a 1min34s385
12. Fabio Carvalho (Iveco), a 2min11s673
13. Jô Augusto (Volkswagen), a 1 volta

Não completaram 75% da prova
Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 7 voltas
Djalma Fogaça (Ford), a 7 voltas
Adalberto Jardim (Ford), a 7 voltas
Luiz Lopes (Iveco), a 12 voltas
Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 14 voltas
Leandro Totti (Mercedes-Benz), não largou
Maikon Lauck (Mercedes-Benz),não largou
Fabio Fogaça (Ford), não largou
Luiz Carlos Zapelini (MAN), não largou
Hiro Yano (Volvo), não largou

Melhor volta: Beto Monteiro, 1min48s388

Classificação Final da Primeira Copa
1. Beto Monteiro, 78
2. Felipe Giaffone, 59
3. André Marques, 57
4. Debora Rodrigues, 48
5. Rogerio Castro, 39
6. Paulo Salustiano, 38
7. Clodoaldo Monteiro, 35
8. Regis Boessio, 30
9. Jaidson Zini, 29
10. Leandro Totti, 27
11. Luiz Carlos Zapelini, 27
12. Renato Martins, 27
13. Roberval Andrade, 24
14. Adalberto Jardim, 19
15. Wellington Cirino, 18
16. Djalma Pivetta, 15
17. Hiro Yano, 14
18. Luiz Lopes, 14
19. Jô Augusto, 9
20. Djalma Fogaça, 7
21. Fábio Carvalho, 4

Fotos: Duda Bairros/Copa Truck



14/04/2019
_________________________________________________________________________


Stock Car: campeão surpreende e aposta em equipe rookie para brigar com grandes times.

Marcos Gomes assina com KTF, que constrói em Cotia "a maior sede do automobilismo brasileiro"

A decisão pegou todos de surpresa – e faz parte de um movimento de renovação da Stock Car. Campeão de 2015 e um dos nomes constantemente presentes na lista de candidatos ao título, Marcos Gomes anunciou acordo para defender a estreante KTF Sports, nova equipe que se instala em Cotia (SP) e que já nasce com grandes ambições. O time dirigido pelo jovem Enzo Bortoletto investe em uma sede de 2 mil m2 equipada para medir forças com RC Eurofarma, Cimed Racing, Full Time, Ipiranga Racing e Shell V-Power – organizações que têm praticamente monopolizado a briga por títulos e vitórias na última década.

Gomes terá como companheiro durante toda a temporada o rápido Diego Nunes. A partir da segunda corrida, o novo time da Stock Car pretende contar com outro piloto de grande moral no grid: Sérgio Jimenez, que simultaneamente vem fazer uma temporada brilhante no exterior. “Eu não estaria na KTF se achasse que a equipe não tem condições reais de brigar pela vitória já neste ano. Vou trabalhar com três engenheiros que já conheço, bastante experientes. Mesmo fazendo o primeiro ano vamos brigar por poles e vitórias”, aposta o filho de Paulo Gomes, primeiro campeão da Stock. “Nosso projeto é reunir na sede todas as condições que um time precisa para atingir um alto nível de performance. Estamos confiantes no nosso trabalho e acredito que vamos surpreender na pista também”, aposta Bortoletto, de 20 anos, dirigente que até o ano anterior competia na Stock Light.
                                                                
Gabriel Casagrande 

Muitos jovens no grid – A Stock Car traz em 2019 algumas novidades importantes, que sinalizam uma forte renovação no grid e muita movimentação estratégica na categoria. A confirmação do jovem Gaetano Di Mauro, 21, como parceiro do já experiente Galid Osman (33), reforça o potencial da equipe Full Time Bassani. Mais jovem dupla do grid, o rookie Marcel Coletta (17) e o combativo Gabriel Casagrande (24) formarão um duo extremamente rápido e ambicioso. Casagrande, inclusive, já escreveu seu nome no rol dos vencedores de corrida da Stock. Já o veloz e experiente
                                                               


Rafael Suzuki continua na Hot Car Competições, onde trabalhará em parceria com o rookie Pedro Cardoso, outro jovem que confirmou seu potencial nas categorias de base. Cardoso completa 20 anos nesta quarta-feira (3).

Um dos conjuntos piloto-equipe mais sólidos dos últimos anos, Daniel Serra permanece na Eurofarma RC, pela qual conquistou o bicampeonato em 2019. Mas agora o filho de Chico Serra dividirá o box com o bicampeão Ricardo Maurício (2008 e 2013) – sinalizando o potencial deste arranjo para 2019.
                                                                         


“Expresso” – Julio Campos busca recuperar a condição de candidato ao título e terá sua conhecida competitividade testada pelo experiente Valdeno Brito Filho, já que o “Expresso da Paraíba” foi contratado pela Prati-Donaduzzi Racing. A revelação Bruno Baptista, 22, que estreou na Stock em 2018, terá como parâmetro a seguir dentro da equipe RCM o experiente Max Wilson, campeão de 2010. Novidade anunciada na semana passada, Lucas Foresti (26) trocou de casa em busca da oportunidade de se firmar como piloto de ponta da categoria – mesmo objetivo buscado por seu parceiro na Vogel Motorsport, Guga Lima (22).   
                                                               

Se a chegada de tantos jovens e a movimentação dos bastidores já é suficiente para atiçar a curiosidade dos fãs, o pano de fundo em que será realizado o campeonato da Stock Car parece perfeito para uma grande temporada. A categoria comemora seus 40 anos de existência – marca respeitável para qualquer competição automobilística do mundo. E terá em sua primeira etapa, no próximo domingo (7/4), no Velopark, a realização da corrida de número 500 – outro marco importante para o automobilismo brasileiro. Para pilotos e equipes, em 2019 não faltam motivos e oportunidades de entrar para a história do esporte a motor brasileiro.

A etapa de abertura das Stock Car será mostrada ao vivo pelo Sportv, com transmissão às 10h30h. O treino classificatório para o grid pode ser acompanhado pelo site Globoesporte.com, com transmissão aberta às 13h20. O final de semana contará também com a primeira rodada dupla da Stock Light, com corridas no sábado (15h25) e domingo (8h25), ambas transmitidas ao vivo pelo canal BandSports e portal Terra.


GRID STOCK CAR 2019

Equipe: Pilotos

(E) = estreante

(D) = nova combinação de dupla


Blau Motorsport: Allam Khodair e Cesar Ramos

Cavaleiro Sports: Denis Navarro e Felipe Lapenna

Cimed Racing: Cacá Bueno e Felipe Fraga

Crown Racing (D): Gabriel Casagrande e Marcel Coletta (E)

Eurofarma RC (D): Daniel Serra e Ricardo Maurício

Shell Helix Ultra (D): Galid Osman e Gaetano Di Mauro

Full Time Sports: Rubens Barrichello e Nelsinho Piquet

Hot Car Competições (D): Rafael Suzuki e Pedro Cardoso (E)

Ipiranga Racing: Bia Figueiredo e Thiago Camilo

KTF Sports (E) (D): Marcos Gomes e Diego Nunes

Prati-Donaduzzi Racing (D): Julio Campos e Valdeno Brito

RCM (D): Bruno Baptista e Max Wilson

Shell V-Power: Ricardo Zonta e Átila Abreu

Vogel Motorsport (D): Guga Lima e Lucas Foresti


POSTOS FÍSICOS PARA COMPRA DE INGRESSOS EM PORTO ALEGRE

Livraria Cultura: Shopping Bourbon, Avenida Tulio de Rose, 80, Jardim Europa, Porto Alegre.

N7 Kart Experience: sétimo andar do Shopping Iguatemi, Avenida João Wallig, 1800, Passo d'Areia, Porto Alegre. 



VENDAS PELA INTERNET



PROGRAMAÇÃO OFICIAL

Sexta-feira

08h15 – 08h45 – Treino extra para rookies da Stock Light

09h00 – 09h15 – Shake-down Stock Car

09h30 – 09h45 – Shake-down Stock Light

10h00 – 10h30 – Treino extra 01 Stock Car (1º Grupo)

10h45 – 11h15 – Treino extra 01 Stock Car (2º Grupo)

11h30 – 12h00 – 1º treino Stock Light (1º Grupo)

12h15 – 12h45 – 1º treino Stock Light (2º Grupo)

13h00 – 13h30 – Treino extra 02 Stock Car (1º Grupo)

13h45 – 14h15 – Treino extra 02 Stock Car (2º Grupo)

14h30 – 15h00 – 2º treino Stock Light (1º Grupo)

15h15 – 15h45 – 2º treino Stock Light (2º Grupo)

16h00 – 16h30 – 1º treino Stock Car (1º Grupo)

16h45 – 17h15 – 1º treino Stock Car (2º Grupo)


Sábado

08h30 – 09h00 – 2º treino Stock Car (1º Grupo)

09h15 – 09h45 – 2º treino Stock Car (2º Grupo)

10h00 – 10h30 – 2º treino Stock Light (1º Grupo)

10h45 – 11h15 – 2º treino Stock Light (2º Grupo)

13h00 – 13h20 – Classificação Stock Light

13h30 – 14h30 – Classificação Stock Car

15h25 – Largada 1ª etapa Stock Light


Domingo

07h45 – Abertura dos portões ao público

08h25 – Largada 2ª etapa Stock Light

09h00 – 09h50 – Visitação aos boxes

10h48 – Hino Nacional Brasileiro

11h00 – Largada 1ª etapa Stock Car




03/04/2019
________________________________________________________________________



SUPERBIKE BRASIL SERÁ TRANSMITIDO AO VIVO NA REDETV!

O SuperBike Brasil tem uma grande novidade para 2019. O campeonato assinou com a RedeTV! para transmitir ao vivo em rede nacional a íntegra da corrida da categoria SuperBike, categoria referência e madrinha da motovelocidade brasileira.

As transmissões ocorrerão em todos os domingos de etapas, ao vivo, e está planejado, entre a emissora e a organização, que as corridas sejam realizadas às 13h (de Brasília). O horário está sujeito a alterações e será previamente informado aos telespectadores, caso sofra mudanças.

Acrescentar o produto na grade da RedeTV! deixa emissora e organização do SBK felizes, e comprova a grande performance de audiência do maior campeonato de motovelocidade das Américas.

“A organização do SuperBike está muito feliz por estar de volta a uma TV aberta, nós que já tivemos ótimos resultados com exibições na Band e na própria RedeTV! no passado. A gente espera aumentar ainda mais o número de fãs e seguidores da nossa categoria”, afirma Bruno Corano, idealizador e organizador do SBK Brasil.

Com a transmissão na RedeTV!, as corridas da categoria SBK devem atingir cerca de 20,4% a mais de espectadores do que o alcançado nos canais SporTV, segundo dados do Ibope em 2019.

Vale ressaltar que a parceria conta com a participação da Honda. Com papel importante no apoio ao esporte, a fábrica que mais investe em competições no Brasil adquiriu uma cota de patrocínio da transmissão e viabilizou o acordo entre SBK Brasil e emissora.

Pilotos e equipes se preparam para a 1ª etapa do SuperBike Brasil, no dia 24 de março, em Interlagos. Ainda há ingressos disponíveis de box e paddock para mais um início de temporada do maior campeonato de motovelocidade das Américas.


F. Imprensa SBK


18/03/2019
________________________________________________________________________


Aberta a votação para escolha dos melhores profissionais em diversas categorias.

O nosso Blog Gente Fina concorre na categoria "Melhor Portal ou Site". 

Para saber mais e votar acesse:


13/02/2019
____________________________________


Pilotos vence e se mantém vivo no Rally Dakar
                                                                       

Depois de perder a liderança por conta de problemas no dia anterior, atuais campeões sobem para terceiro e estão a 1h dos líderes restando um dia para o fim.

O Rally Dakar não tem sido fácil para Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, mas a dupla não se deu por vencido na briga pelo título dos UTVs e faturou a penúltima etapa, pulando para terceiro na tabela geral restando apenas 112 km de trechos crometrados para a conclusão do maior rali do mundo, que está em Pisco e segue nesta quinta-feira para o Grand Finale em Lima.
                                                                        


Depois de uma terça difícil, quando perderam a liderança do campeonato, Varela e Gugelmin dominaram o dia e subiram para terceiro no geral, entrando na reta final a 1h11min29s dos líderes Chaleco Lopez e Alvaro Quintanilla, que fecharam a nona etapa de 2019 em terceiro, atrás de Gerard Guell e Daniel Carreras.
                                                                    

Já Bruno Varela e Maykel Justo estão com um azar enorme neste batismo de fogo da dupla, que corre pela primeira vez o maior rali do mundo. Desta vez, restando cerca de 200 km para o fim, o UTV dos dois quebrou mais uma vez em uma região de dunas e eles aguardam auxílio para deixar a região, uma vez que eles só saem rebocados. Ou seja, depois de passarem o rali todo ajudando outros competidores, desta vez são eles que precisam de uma mão.

Resultado da etapa:
1. R. Varela/G. Gugelmin (BRA/Can-Am), 4h20min2s
2. G. Guell/D. Carreras (ESP/Can-Am), a 3min3s
3. C. Lopez/A. Quintanilla (CHI/Can-Am), a 11min26s

Classificação restando uma etapa:

1. C. Lopez/A. Quintanilla (CHI/Can-Am), 40h47min46s
2. G. Guell/D. Carreras (ESP/Can-Am), a 59min46s
3. R. Varela/G. Gugelmin (BRA/Can-Am), a 1h11min29s

Vipcomm

16/01/2019
___________________________________
FINAL DA STOCK CAR 2018 DANIEL SERRA BICAMPEÃO 

 Daniel Serra é bicampeão da Stock Car  com Zonta no pódio.
                                                                   

Quarto lugar - uma posição à frente do rival Felipe Fraga - foi o suficiente para o piloto da Eurofarma RC garantir seu segundo título seguido na categoria. Ricardo Zonta vence a corrida.
                                                                             


Daniel Serra selou a conquista do bicampeonato da Stock Car no final da manhã deste domingo (9) em Interlagos na Hero Super Final, a prova decisiva da temporada da principal categoria do automobilismo brasileiro. A vitória na corrida foi de Ricardo Zonta. Serra cruzou a linha de chegada em quarto lugar, imediatamente à frente de Felipe Fraga, seu adversário direto na luta pelo título.

Fotos: Duda Bairro

F.Vipcomm
09/12/2018

_________________________________________________________________________________

Lucas Foresti e seu Stock Car são destaques do Dog's Motor Show
                                                                       


Evento que reúne música ao vivo, serviços automotivos, carros e motos de todos os tipos acontece neste domingo (2) em Santos, no litoral paulista.

Quem estiver no litoral paulista neste fim de semana poderá ter contato direto com o universo da Stock Car. O Dog's Motor Show, marcado para acontecer neste domingo em Santos (SP), terá como um dos destaques a presença de Lucas Foresti, que levará o carro da Cimed Racing para o encontro.
                                                                  
O evento, organizado pelo Dog's Garage, principal ponto de encontro dos apaixonados por gasolina na região, reunirá carros antigos, motos personalizadas, jipes, carros modernos e contará com shows de Romão Satry, Musirama e Via Rock, além de espaço para revisão de carros, motos e distribuição de brindes.
                                               

"Será um belo aquecimento para a final do campeonato, que acontece no dia 9 em Interlagos", conta Foresti. O Dog's Motor Show terá seu início por volta das 8 da manhã e seu final previsto para as 20 horas. A entrada é gratuita.

Serviço:
Dia: 2 de dezembro
Horário: Das 8h às 20 horas
Local: Rua Almeida de Moraes 109, com a Rua Comendador Martins, 208.
Entrada: Gratuita



BVP Comunicação
27/11/2018
_________________________________________
Estrategia Perfeita leva Zonta Vitoria em Goiânia 

Ricardo Zonta vence a primeira em Goiânia. 
                                           

Fraga leva a melhor sobre Serra em disputa emocionante

Líderes do campeonato duelaram volta a volta pelo terceiro lugar, com vantagem para o competidor da Cimed, que fechou o pódio.

Ricardo Zonta foi o vencedor da primeira corrida da Stock Car em Goiânia, disputada no início da tarde deste domingo (4). A corrida foi marcada por uma espetacular disputa entre os dois postulantes ao título: Daniel Serra, que largou na pole, e Felipe Fraga, duelaram pelo terceiro lugar até a linha de chegada, com vantagem para Fraga, que tira três pontos da desvantagem que tem para o líder do campeonato. Diego Nunes foi o segundo colocado.


Na largada, Daniel Serra manteve a ponta seguido por Felipe Fraga, Ricardo Zonta e Diego Nunes. Rubens Barrichello fez largada espetacular ao sair de 13º para o sétimo lugar nas voltas iniciais. Enquanto o líder se mantinha à frente, Zonta usou o botão de ultrapassagem para tomar o segundo lugar de Fraga na quinta volta. Em seguida, o paranaense partiu para o ataque em cima do piloto da Eurofarma.

O carro de Lucas di Grassi fica parado na entrada para os boxes na volta 14. No giro seguinte, Serra foi aos boxes para sua parada obrigatória, enquanto Zonta se manteve na pista com Felipe Fraga em segundo. Barrichello também optou por continuar e subiu para o terceiro lugar, à frente de Nelsinho Piquet.

Ricardo Zonta fez seu pit stop uma volta depois, enquanto Fraga entrou na abertura do 17º giro – ambas as estratégias funcionaram perfeitamente, uma vez que o campeão de 2016 retornou à pista imediatamente à frente do campeão de 2017. E Zonta ainda saiu à frente de Diego Nunes.

Depois de todas as paradas obrigatórias, até a 20ª volta, a ordem foi restabelecida com Ricardo Zonta na liderança seguido de Diego Nunes, Felipe Fraga, Daniel Serra e Gabriel Casagrande em quinto. 

Serra superou Fraga na abertura da 25ª volta pelo terceiro lugar e iniciaram uma batalha de trocas de posição que durou até a volta final. Fraga usou o push e passou Serra na abertura do último giro para garantir o último degrau do pódio (com os dois colados na linha de chegada) e descontar três pontos da diferença que o separa de Daniel na tabela do campeonato – de 34 para 31 pontos.

A vitória ficou nas mãos de Ricardo Zonta – sua segunda na temporada e quinta na carreira -, com Diego Nunes em um excelente segundo lugar. Fraga e Serra ficaram em terceiro e quarto, com Gabriel Casagrande em quinto. Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet, Julio Campos, Átila Abreu e Cesar Ramos fecharam os dez primeiros que largam em ordem invertida na segunda corrida, logo mais às 14h05.

Os dez primeiros da corrida 1*
1. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power)
2. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani)
3. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing)
4. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC)
5. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport)
6. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) 
7. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani)
8. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) 
9. 51 Átila Abreu (Shell V-Power)
10. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) 
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas


Fotos:
Fernanda Freixosa/Stock Car/Vipcomm

Duda Bairros/Stock Car/Vipcomm

F.Vipcomm Assessoria 

04/11/2018
_________________________________________________________________________________



24/10/2018
_____________________________________





05/10/2018
___________________________________

COPA TRUCK: GIAFFONE VENCEU AS DUAS EM BUENOS AIRES
                                                                          
Rodada dupla espetacular contou com chuva, tempo seco, muitas disputas e, mesmo com o triunfo duplo do atual campeão, disputa da Copa Mercosul segue inteiramente aberta.
                                                                               


Felipe Giaffone venceu as duas corridas da Copa Truck em Buenos Aires, na Argentina, após uma rodada dupla eletrizante que contou com chuva, tempo seco, pegas do início ao fim e muita emoção. Com isso, o piloto da Volkswagen, campeão da Copa Centro-Oeste, dá um passo muito importante para tentar garantir mais um caneco na Copa Mercosul.
                                                                         

As provas aconteceram com o tempo muito instável: começou a chover cinco minutos antes da volta de apresentação, com alguns pontos da pista ficando bem molhados. No entanto, eles encararam a corrida 1 com pneus de pista seca e deram um show de pilotagem e habilidade. A disputa tripla entre Giaffone, o pole Wellington Cirino e Roberval Andrade levantou os presentes no Autódromo Juan y Oscar Gálvez.
                                                                          

Os três se alternaram na liderança até o momento em que o caminhão de Giaffone se adaptou melhor às condições e ele recebeu a bandeirada com 2s3 de vantagem para Cirino, enquanto Roberval completava o pódio, seguido de Leandro Totti, Danilo Dirani, Beto Monteiro, André Marques e Adalberto Jardim, que garantiu a pole da corrida 2 com o oitavo lugar.
                                                                       

A segunda corrida do dia, no entanto, conseguiu ser melhor que a primeira. Em duas atuações de gala, Giaffone e Monteiro engoliram todos e se engalfinharam na briga pela vitória, com o piloto da Volkswagen levando a melhor após Monteiro sofrer com um vazamento de água - decorrência de um toque com Totti. Mesmo assim, o competidor da Iveco não desistiu e seguiu no encalço de Giaffone, que venceu com apenas 0s3 de vantagem. Marques garantiu mais um pódio na temporada ao ser terceiro, com Dirani e Cirino fechando o Top 5.
                                                                   

"A primeira corrida eu ganhei na pista, na raça. Na largada eu passei um pouco da conta e fui para a grama, mas o caminhão tracionava bem e era muito bom nessas condições. Já na segunda eu tive sorte, pois todo mundo estava muito competitivo. Não estava dando conta do Beto, mas ele teve o problema e eu tive um pouco de sorte. Foi muito melhor que eu imaginava", destaca Giaffone.
                                                                     

"Em um toque com o Roberval eu acabei ficando com um pneus inutilizável e o início foi uma situação difícil para todos. Mas fico feliz por sair em segundo no campeonato e agora ir para Rivera, uma pista que gosto e onde já venci", comenta Cirino, que sai de Buenos Aires com 31 pontos, apenas nove atrás do líder Giaffone.
                                                                  

Já Roberval ficou com sentimentos mistos após a rodada dupla: "Foi um fim de semana meio perfeito com o pódio e um problema de motor que me fez ficar fora da corrida 2. Mas essas dificuldades servirão de motivação para Rivera. Sabemos que a quebra veio de um erro de regulagem e para a próxima etapa vou lutar para tentar garantir um lugar entre os três e mais pontos para a final."

Beto Monteiro, por sua vez, nem ligou para o problema do vazamento de água, uma vez que ele nem classificou e conseguiu duas corridas entre os seis, com direito a pódio. "Foi uma pena o toque com Totti, que fez vazar água do meu carro cada vez mais, aí perdi rendimento e o Felipe chegou. Os dois resultados aqui foram uma super vitória. Precisávamos do pódio e o caminhão estava realmente bom."
                                                                      

Atual líder do ranking da Grande Final, que acontece dia 2/12 em Curitiba, e maior pontuador da temporada, André Marques garantiu mais um pódio na capital argentina: "Estou feliz ao continuar mantendo a regularidade. Queremos a vitória mas estamos perto. Enquanto ela não chega a gente pensa no campeonato". Já Dirani não repetiu o desempenho de Goiânia, mas aprovou o trabalho de sua equipe, a PPD. "Foi um fim de semana muito bom, de muito aprendizado sobre o caminhão. Temos muita coisa para acertar, trouxemos a 'receita' de Goiânia mas funcionou diferente. Mesmo assim, saíndo de 18º, garanti dois pódios e sigo na briga pela Copa", completa.

A decisão da Copa Mercosul está marcada para os dias 6 e 7 de outubro em Rivera, no Uruguai, com mais 40 pontos em jogo. Confira abaixo os resultados completos de Buenos Aires:


Resultado Corrida 1
1º - Felipe Giaffone, Volkswagen, em 22min47s520
2º - Wellington Cirino, Mercedes-Benz, à 2s390
3º - Roberval Andrade, Scania, à 10s241
4º - Leandro Totti, Mercedes-Benz, à 15s005
5º - Danilo Dirani, Mercedes-Benz, à 19s740
6º - Beto Monteiro, Iveco, à 23s983
7º - André Marques, Mercedes-Benz, à 24s850
8º - Adalberto Jardim, Ford, à 25s007
9º - Renato Martins, Volks, à 26s975
10º - Pedro Paulo, Mercedes-Benz, à 27s795
11º - Regis Boessio, Volvo, 28s114
12º - Witold Ramasauskas, MAN, à 38s192
13º - Giuliano Losacco, Iveco, à 38s333
14º - Luis Lopes, Iveco, à 40s114
15º - Rodrigo Belinati, Volks, à 41s310
16º - Fábio Fogaça, Ford, à 41s636
17º - Débora Rodrigues, Volks, à 43s014
18º - Duda Bana, Volvo, à 46s787
19º - Rogério Castro, Volks, à 1min14s814
Melhor volta: Leandro Totti, 1min49s874

Resultado Corrida 2
1º - Felipe Giaffone, Volkswagen, em 23min35s843
2º - Beto Monteiro, Iveco, à 0s372
3º - André Marques, Mercedes-Benz, à 1s115
4º - Danilo Dirani, Mercedes-Benz, à 2s358
5º - Wellington Cirino, Mercedes-Benz, à 2s957
6º - Leandro Totti, Mercedes-Benz, à 29s499 
7º - Giuliano Losacco, Iveco, à 35s116
8º - Witold Ramasauskas, MAN, à 36s304
9º - Duda Bana, Volvo, à 57s371
10º - Luis Lopes, Iveco, à +1min
11º - Renato Martins, MAN, à +1min
12º - Fábio Fogaça, Ford, à +1min
13º - Débora Rodrigues, Volks, à +1min
14º - Rogério Castro, Volks, à +1min
15º - Regis Boessio, Volvo, à 3 voltas
16º - Adalberto Jardim, Ford, à 5 voltas
17º - Rodrigo Belinati, Volks, à 8 voltas
Melhor volta: Beto Monteiro, 1min39s515

Classificação da Copa Mercosul
1º - Felipe Giaffone, 40 pontos
2º - Wellington Cirino, 31 pontos
3º - Beto Monteiro, 30 pontos
4º - Danilo Dirani, 27 pontos
5º - André Marques, 27 pontos
6º - Leandro Totti, 26 pontos
7º - Roberval Andrade, 18 pontos 
8º - Renato Martins, 16 pontos
9º - Witold Ramasauskas, 16 pontos
10º - Giuliano Losacco, 16 pontos
11º - Luiz Lopes, 12 pontos
12º - Adalberto Jardim, 12 pontos
13º - Regis Boessio, 10 pontos
14º - Pedro Paulo, 10 pontos
15º - Duda Bana, 7 pontos
16º - Rodrigo Belinati, 5 pontos
17º - Fabio Fogaça, 4 pontos
18º - Debora Rodrigues, 3 pontos
19 – Rogério Castro, 2 pontos


Fotos: Duda Bairros/Copa Truck

Fonte de resultados:


Imprensa truck 


16/09/2018
____________________________________
RKC Rental Kart Grande sucesso nas disputas acirradas


GP Sporting Comfort anima oitava etapa do RKC Rental Kart.
                                                                       

Fábio PL (Stock), Leonardo Ferreira (Stock Light) e Geison Granelli (Truck) foram os vencedores.
                                                                               

Uma etapa com vários pilotos novos, em traçado inédito e rápido no sábado (25/8) no Kartódromo de Interlagos, com muitas disputas e uma grande festa nos boxes. Assim foi o GP Sporting Comfort, oitava etapa do Campeonato RKC Rental Kart, e que também serviu como chá de bebê do futuro filho de Fábio PL, vencedor da prova da categoria Stock e líder do certame do Rotary Club Ponte Estaiada São Paulo. Os outros vencedores foram Leonardo Ferreira, na Stock Light, e Geison Granelli, na Truck.
                                                                            

Na Stock Light Ayrton Hilgert conquistou a sua primeira pole position, mas quem se aproveitou foi Leonardo Ferreira, que pulou de quinto para a liderança e venceu pela primeira vez na temporada. A volta mais rápida foi do convidado Eduardo Morita (52s294), que recebeu a bandeirada em segundo, seguido do convidado Marcelo Carvahaes. Com a quarta posição, mas o segundo lugar entre os pilotos da categoria de iniciação, Vinicius Silva ampliou sua liderança na tabela de pontos para 100 pontos, contra 89 de Hudson Oliveira.
                                                                          

Entre os pilotos pesados da Truck, o convidado Alejandro Pomponio foi o mais rápido na tomada de tempos, mas quem ficou com ponto de bonificação foi Wagner Tavares, também autor da melhor volta (52s50), voltando às competições depois de quatro meses. No começo a disputa foi grande entre os dois e o líder do campeonato Geison Granelli, com cada um liderando em algum momento. No fim Pomponio venceu, seguido do convidado Eduardo Guedes, mas a pontuação da vitória foi para Granelli, que agora subiu para 103 pontos, 15 de folga para Gustavo Pincelli.
                                                                         

Na principal categoria o líder do campeonato encontrou um cenário maravilhoso, começando com a ausência do vice-líder da Stock Fábio Cunha. Fábio PL largou da pole position, venceu pela terceira vez na temporada e só não somou o ponto da volta mais rápida, que ficou com Alberto Otazú (51s570). E a bandeirada foi emocionante, pois o convidado João Paulo Schwoelk chegou ao seu lado, separados por apenas 91 milésimos de segundo. Em terceiro ficou Vitor Vilarinho, que pela primeira vez liderou corrida no RKC Kart.
                                                                           

“Para o campeonato, o resultado foi genial. Esta vitória vai para o Heitor”, comemorou o vencedor, dedicando o sucesso ao seu futuro filho. Agora Fábio PL tem 98, 11 a mais que Fábio Cunha.
                                                                        

A próxima etapa do RKC será no dia 22 de setembro, no Kartódromo de Interlagos.

Resultado da oitava etapa da categoria Stock: 1) Fábio PL, 21 voltas em 19min03s230; 2) João Paulo Schwoelk, a 0s091; 3) Vitor Vilarinho, a 2s071; 4) Alejandro Pomponio, a 9s045; 5) Danilo Cauê, a 9s323; 6) Fernando Ximenes, a 11s750; 7) Samer Ghsn, a 12s053; 8) Viviane Gola, a 12s764; 9) Rodrigo ‘James Hunt’, a 17s653; 10) Ivan Guerra, a 19s769.

Classificação da categoria Stock após a oitava do RKC Kart: 1) Fábio PL, 98 pontos; 2) Fábio Cunha, 87; 3) Ivan Henrique Guerra, 75; 4) Alberto Otazú, 74; 5) Fernando Ximenes, 73; 6) Nelson Reple, 68; 7) Danilo Silva, 62; 8) Alejandro Pomponio, 60; 9) Vitor Vilarinho, 59; 10) Samer Ghosn, 50.

Resultado da oitava etapa da categoria Truck: 1) Alejandro Pomponio, 20 voltas em 18min35s761; 2) Fábio Guedes, a 1s825; 3) Geison Granelli, a 2s900; 4) Wagner Tavares, a 3s112; 5) Bruno Yoshida, a 9s871; 6) Eduardo Morita, a 10s028; 7) Fernando Teles, a 21s252; 8) Eduardo Ximenes, a 21s441; 9) Andrez Velasco, a 22s369; 10) Ivan Janjacomo, a 41s048.

Classificação da categoria Truck após a oitava etapa do RKC Kart: 1) Geison Granelli, 103; 2) Gustavo Pincelli, 88; 3) Andrez Velasco, 84; 4) Ivan Aparecido Janjacomo, 75; 5) Miguel Passos, 58; 6) Sérgio Compain, 49; 7) Charles Mirante, 46; 8) Maurício Rigolo, 42; 9) Renê Ferreira, 40; 10) Carlos Lexus, 33.

Resultado da oitava etapa da categoria Light: 1) Leonardo Ferreira, 20 voltas em 18min41s664; 2) Eduardo Morita, a 1s763; 3) Marcelo Carvalhaes, a 6s473; 4) Vinicius Silva, a 12s393; 5) Flávio, a 13s458; 6) Igor Mei, a 14s712; 7) Edson Xavier, a 21s114; 8) Alexandre Porche, a 23s357; 9) Ayrton Hilgert, a 27s192; 10) Luis Antonio Barbosa, a 35s426.

Classificação da categoria Stock Light após a oitava etapa do RKC Kart: 1) Vinicius Silva, 100; 2) Hudson Oliveira, 89; 3) Leonardo Ferreira, 86; 4) Alexandre Porche, 80; 4) 5) Igor Mei, 73; 6) Ayrton Hilgert, 60; 7) 7) Fábio Noronha, 60; 8) José Adauto Silva, 60; 9) Elvis Lima, 52; 10) Luis Barbosa e Marcelo Costa, 45.







Curta www.facebook.com/pg/RKC-Racing-Rotary-Club-Sp-Ponte-Estaiada

Curta www.instagram.com/rkckart

Foto: Wellington Silva/KartAmadorSP





28/08/2018
____________________________________

YAMALUBE R3 CUP: EMOÇÃO EM DOSE
DUPLA EM INTERLAGOS
                                                                   

 Em um final de semana com duas corridas na Yamalube R3 Cup e na Supersport 600, o que não faltou em Interlagos foram disputas de tirar o fôlego.


O fim de semana foi de rodada dupla na Yamalube R3 cup. Em função do cancelamento da etapa que seria realizada em Curitiba no dia 27 de maio por conta da greve dos caminhoneiros, foram disputadas duas corridas em Interlagos, uma no dia 21 de julho, a outro no dia seguinte, domingo 22. Em ambas, o que não faltou foram disputas de tirar o fôlego, levando o público o tempo todo ao delírio.

Na corrida do sábado, o tempo ajudou durante os treinos classificatórios. Pouco vento e tempo aberto para que os pilotos tirassem o máximo de suas Yamaha R3. Contudo, na hora da corrida o tempo fechou, com queda de temperatura e garoa, exigindo ainda mais perícia dos pilotos.

Entre eles, o mais rápido foi Kaká Fumaça, que corre pela categoria Pro. O segundo lugar ficou com Nicolas Cemedes e o terceiro com Rodrigo Diguinho. O quarto e quinto lugares ficaram respectivamente com David Gomide e Rafael Fernandes.

Já na corrida de domingo, o grande vencedor foi Matheus Barbosa. Durante toda prova, ele e Bruno Cesar Borges, o segundo colocado, travaram duelos de arrepiar, com constantes ultrapassagens entre eles. O terceiro a receber a bandeirada foi Christian Cerciari e o quarto e quinto lugares foram conquistados respectivamente por Enzo Valentin e Alex Schulz, que por sua vez fez uma corrida brilhante, largando em 18º lugar.

Os melhores colocados da categoria Stock foram Rodrigo “Diguinho”, que ficou em 6º lugar na geral, seguido de Felipe Macan – 12º na geral –, e o terceiro foi Kaká Fumaça. Davi Gomide e Rafinha Fernandes completam os cinco primeiros da Stock, respectivamente em quarto e quintos lugares.

SUPERSPORT 600

Após um início de temporada arrebatador, Ton Kawakami chegou na primeira corrida do fim de semana como o grande favorito. Contudo, o jovem piloto não espera que problemas técnicos o colocariam fora da disputa, deixando o caminho livre para seu companheiro na Equipe Yamaha Fausto Granton Gallay, que fez bonito com sua R6 e levou o troféu de primeiro colocado para Argentina, sua casa. O segundo lugar foi para Rafael Rigueiro e o terceiro para Daniel Mendonça.
                                                                       

Na segunda corrida, disputada no Domingo, a história de Ton Kawakami foi outra. O jovem piloto da Yamaha deu um show de pilotagem ao guidão de sua R6. Largando na 8ª posição no grid, Ton fez um início de prova simplesmente incrível, ocupando já no começo da segunda volta, a vice-liderança da corrida.

Daí para frente, o que se viu foi uma guerra particular entre Ton Kawakami e Matheus Barbosa, revezando o tempo todo a liderança da prova . A poucas voltas do final, Ton se manteve na ponta abrindo uma pequena vantagem e cruzando a linha de chegada em primeiríssimo lugar.

Também realizando uma ótima corrida, Fausto Granton Gallay garantiu a terceira colocação. Com este resultado, a Yamaha lidera a categoria com Fausto assumindo a liderança do campeonato com 78 pontos,  apenas 1 a mais que Ton Kawakami o segundo na classificação geral.
                                                                    

A próxima etapa da Yamalube R3 Cup e da Supersport 600 acontecerá novamente em Interlagos  no dia 19 de agosto.

SOBRE A YAMAHA MOTOR DO BRASIL  

A marca dos três diapasões – menção ao conhecido escudo com três diapasões sobrepostos, se estabeleceu no Brasil em 1970 com a Yamaha Motor do Brasil Ltda. Foi a primeira fabricante de motocicletas a se instalar efetivamente no País. Já em outubro de 1974 passou a produzir em Guarulhos, São Paulo, o primeiro modelo nacional, a Yamaha RD 50. Em 1985 se estabelece em Manaus, Amazonas com uma segunda unidade fabril, a Yamaha Motor da Amazônia Ltda. Hoje são 56 diferentes versões e 27 modelos de motocicletas, 10 modelos WaveRunner (veículos aquáticos), 26 modelos de motores de popa e uma Rede com mais de 340 concessionárias e pontos de venda autorizados e capacitados no atendimento e serviços com qualidade. O Grupo Yamaha Motor no Brasil é constituído por oito empresas, como a Yamaha Motor do Brasil Ltda, Yamaha Motor da Amazônia Ltda, Banco Yamaha Motor do Brasil S/A, Yamaha Administradora de Consórcio Ltda, Yamaha Motor do Brasil Corretora de Seguros Ltda, Yamaha Motor Componentes da Amazônia Ltda, Yamaha Motor do Brasil Serviços e Participações Ltda e a Yamaha Motor do Brasil Logística Ltda. Fazem parte do grupo também as subsidiárias Yamaha Motor Selva del Peru S/A, Yamaha Motor Uruguai S/A e Yamaha Motor Argentina S/A. A Yamaha do Brasil é um importante polo produtor e exportador para grupos seletos e exigentes como, Europa, Estados Unidos, Canadá, Japão, Oceania e Mercosul.    

Fotos:Felipe Moreira

Para mais informações, acesse:  www.yamaha-motor.com.br,   

www.facebook.com/yamahamotorbrasil ou Instagram/yamahabrasil Yamaha Media

Center:   


27/07/2018
____________________________________
SPRINT RACE :SEGUNDA CORRIDA : PÓDIO GERSON CAMPOS -RAPHA CAMPOS - DIEGO RAMOS 

Sprint Race: Etapa Inverse excepcional e contou com três vencedores diferentes em Interlagos.

As duas corridas válidas pela terceira etapa aconteceram neste sábado, 16, no Autódromo Internacional de José Carlos Pace (Interlagos), na região Sul de São Paulo, com grid invertido para os oito primeiros colocados e pontuação dobrada.
                                                                      

São Paulo (SP) – O circuito de Interlagos na capital paulista, recebeu a terceira etapa da temporada 2018 da Sprint Race. Palco da #InverseRace, onde nos pódios pela categoria PRO, Gerson Campos venceu as duas corridas, sendo uma na geral e outra em segundo lugar e, na GP, Cassio Cortes garantiu a ponta na primeira e Jorge Garcia ficou com o lugar mais alto no pódio na segunda. Os pilotos mostraram que estão em excelente fase e competitivos até cruzarem a linha de chegada das provas realizadas neste sábado, dia 16.
                                                                         

Para Gerson Campos (#82) a vitória na segunda corrida deste sábado foi emocionante. "Na primeira corrida foi uma disputa direta com o Luiz Túrmina e na segunda foi com o Rapha Campos, acredito que são os dois concorrentes mais fortes pelo campeonato que está se desenhando. Foi uma etapa muito pegada mais ao mesmo tempo muito equilibrada. Estou bastante satisfeito com o resultado, pois consegui marcar os 50 pontos válidos para a última bateria. Que venha a Corrida Noturna!", contou o piloto paulistano que assumiu a liderança do campeonato com 167 pontos.
                                                              

O piloto Jorge Garcia (#20) conquistou sua segunda vitória, a primeira foi em Rivera no Uruguai.  "Realizei o sonho de ganhar em Interlagos. Tenho que agradecer toda a equipe que trabalhou no carro, deixaram perfeito para a segunda corrida. Foi uma prova bem disputada, larguei de penúltimo, mas acabei me dando muito bem avançando no pelotão na hora certa e deu tudo certo", destacou o competidor de Navegantes (SC), que manteve a liderança com 158 pontos.
                                                                       

As duas corridas da terceira etapa que aconteceram neste sábado (16) contaram com grid inverso para os oito primeiros colocados. Além disso, no  classificatório foram válidos 25 pontos, na primeira corrida mais 25 pontos e a segunda bateria os pontos foram em dobro para a tabela do campeonato nas categorias PRO e GP.
                                                                     

A próxima etapa do calendário será a Corrida Noturna no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, no Paraná, no dia 21 de julho.
                                                                           

A Sprint Race Brasil é patrocinada pela Albriggs, aQuamec, Pirelli, Motul, Fremax e Vivamil.

Resultado da segunda corrida:

1) #82 Gerson Campos (Militec), PRO, 26min09seg035

2) #13 Rapha Campos (Vivamil), PRO, 26min09seg101

3) #113 Diego Ramos (Shell), PRO, 26min12seg722

4) #34 Rodrigo Elger (Vivamil), PRO, 26min14seg056

5) #07 Kau Machado (Itaipu Binacional), PRO, 26min17seg854

6) #20 Jorge Garcia (PneusStore / Vivamil), GP, 26min17seg854

7) #99 Vinícius Margiota (Gamaliel), GP, 26min18seg339

8) #09 Cassio Cortes (Performance), GP, 26min19seg950

9) #55 Caê Coelho (We Credit), GP, 26min20seg116

10) #19 Luciano Zangirolami (Leo Madeiras/ Barga), 26min30seg914

11) #27 Luiz Túrmina (Cimed), PRO, 26min34seg093

12) #37 Marcelo Gomes (Vivamil), GP, 26min55seg922

13) #44 Luiz Arruda (Avantgard), GP, 1 volta

14) #77 Rodrigo Rocha (Riachuelo), PRO, 3 voltas

Não completou 75% da prova:

15) #111 Bruno Bertoncello (Pittol), PRO

Melhor tempo: Diego Ramos #113, 1min53seg080 em 137,18 km/h

Calendário 2018:

Etapa 4 – 21/07 - Londrina (PR) - Sprint Night Challenge*
Etapa 5 – 02/09 - São Paulo (SP) - Race Of Champions
Etapa 6 –14/10 - Velo Città (SP) - Guest Driver Race
Etapa 7 – 18/11 - Cascavel (PR) - Setup Free Race
Etapa 8 – 16/12 – Curitiba (PR) - Pontuação Dupla
* Data de Londrina sujeita a alterações 





17/06/2018
___________________________________
RALLYE INTERNACIONAL 1000 MILHAS HISTORICAS 
                                                                     

Definido o roteiro do Rallye Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras

Concorrentes percorrerão 1.700 km em quatro dias, passando pelas mais famosas serras de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Faltando 30 dias para a realização da 6ª edição do Rallye Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras, os organizadores do MG Club do Brasil divulgaram o roteiro da prova regida pelas regras da FIA-Historic (Federação Internacional de Automobilismo) e homologada pela FIVA (Federação Internacional de Veículos Antigos).
                                                                      

A competição com percurso com cerca de 1.700 km será disputada em quatro dias, passando por algumas das mais belas e famosas serras dos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A prova começa na manhã do dia 20 de junho, partindo do Shopping Iguatemi, em São Paulo (SP), chegando na tarde do dia 23 de junho em Gramado (SP).
                                                                   

As atividades oficiais do 6º Rallye Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras começarão na tarde de terça-feira, 19, quando todos os veículos participantes serão vistoriados e adesivados no estacionamento do Shopping Iguatemi, e os pilotos e navegadores terão um briefing com o Diretor de Prova, que distribuirá a planilha da prova.
                                                                         

“O trajeto do rally é sempre realizado em estradas secundárias. Neste ano, mudamos o tradicional trajeto SP-RJ-MG-SP e estamos homenageando toda a região sul do Brasil”, comenta Luis Cezar Ramos Pereira, Diretor de Prova do 6º Rallye Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras.
                                                                    


Roteiro desafiador e deslumbrante

No primeiro dia o rally de regularidade largará as 7 horas e seguirá pela via Castelo Branco em direção a Sorocaba, parando para almoço em um hotel em Capão Bonito (SP), cujo restaurante é em frente a uma pequena represa onde os competidores devem tomar fôlego para o trecho mais difícil de toda a 1000 Milhas, que é a Estrada do Rastro da Serpente.

Pouco utilizada e ligando o Estado de São Paulo ao Estado do Paraná, é um típico exemplo de estrada que no passado utilizou mulas para abrir caminho costeando as montanhas da Mata Atlântica – por isso o surgimento das 1.450 curvas em pouco menos de 250 km até Curitiba. A chegada na capital paranaense é no maravilhoso Museu de Automóveis Antigos, em frente ao Parque Barigui.

No dia seguinte os cerca de 50 competidores utilizando carros clássicos fabricados entre 1919 e 1980 descem a Serra da Graciosa, que faz jus ao nome pela paisagem deslumbrante, e foi a primeira estrada pavimentada com paralelepípedos do Estado até os anos 40, atravessando a flora mais bem preservada da Mata Atlântica brasileira, em direção ao mar. O almoço será no lindo Iate Clube de Caiobá, onde os participantes poderão caminhar um pouco.

A parte da tarde inicia com a travessia de cerca de 20 minutos por ferry-boat que liga Caiobá a Guaratuba, na divisa para o Estado de Santa Catarina, passando depois por Lauro Müller, Jaraguá do Sul e Pomerode, para descer a chamada Rodovia Alemã da Cerveja, onde há inúmeras casas de construção típica alemã, chegando no final da tarde no Hotel Sesc, em Blumenau.

No terceiro dia a prova volta para a BR 101 e após Florianópolis e São José segue por 17 Km em direção às montanhas, para almoço em Santo Amaro da Imperatriz, local calmo e de águas termais, no Plaza Caldas da Imperatriz Resort, de reconhecida gastronomia em um vale de belíssima fauna e flora.

Logo depois os participantes seguirão em direção a Tubarão, passando pela maravilhosa ponte estaiada e rumo a magnífica Serra do Rio do Rastro, que dá acesso ao planalto superior do Estado de Santa Catarina, subindo a quase dois mil metros. Esta serra é um dos patrimônios brasileiros – estrada de rara beleza e de curvas em forma de grampo de cabelo, chegando no final da tarde em São Joaquim. Os carros ficarão expostos na Praça Central da cidade, que promete temperaturas abaixo de zero graus centígrados.

No quarto e último dia, já no sábado (23/6), saída em direção a Bento Gonçalves (RS), com parada na linda Vinícola Valduga, no Vale dos Vinhedos, com sua culinária típica italiana, regada a vinhos, muito deles premiados no exterior. Após o almoço o comboio de veículos históricos segue para Gramado, cidade cheia de atrações e passeios juntamente com Canela, local de chegada do Rally Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras.
                                                                           

“As paisagens de todo o roteiro vão deslumbrar os fotógrafos e cinegrafistas que cobrirem a prova. Será uma visita as serras mais lindas do Brasil, com os mais icônicos veículos históricos que temos. Estamos aliando a competição com turismo, história, gastronomia e entretenimento”, encerra Eduardo Lambiasi, Presidente do MG Club do Brasil.

O Rallye Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras é uma realização do MG Club do Brasil, com apoio institucional da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA) e da Associação Brasileira de Imprensa Automotiva (Abiauto). O eventoe seus participantes apoia as ações da campanha Maio Amarelo.

Os interessados podem se inscrever até o dia 8 de junho, na Secretaria do MG Club do Brasil, de 3ª a 6ª feira, das 14h às 18h, pelo e-mail secretariamg@terra.com.br, ou pelo telefone (11) 3673-5065.

O 6º Rallye Internacional 1000 Milhas Históricas Brasileiras (www.1000milhashistoricas.com.br) tem o apoio de Taj Joalheria, Farinha de Trigo Santa Clara.





24/05/2018
____________________________________



_________________________________
Rally: Brasileiros vencem espetacular Merzouga Rally, o Mini-Dakar no Marrocos:
                                                                     
       
Bruno Varela e Gustavo Gugelmin vencem pela primeira vez na África. Agora a Família da Poeira tem vitórias na América do Norte, América do Sul e África.
                                                                    

Os brasileiros Bruno Varela e Gustavo Gugelmin (South Racing Can-Am/Norton/Arisun/ Blindarte/Divino Fogão/Tecmin 4x4), a bordo do UTV Can-Am Maverick X3, entraram para a história do esporte a motor nacional ao vencerem nesta sexta-feira (20/4) no Marrocos o Merzouga Rally, conhecido como Mini-Dakar, em virtude de sua extrema dificuldade e da participação de concorrentes de 24 países.
                                                                        

“Com a ajuda do nosso Can-Am Maverick X3, que foi impecável, conseguimos sair campeões do Merzouga e levar pela primeira vez esta vitória para o Brasil, justamente na minha estreia internacional e primeira corrida ao lado do Gustavo (Gugelmin). E a primeira vez a gente nunca esquece!”, comemorou o jovem (21 anos) piloto Bruno Varela, grande nome do UTV nacional. “Foi uma prova muito difícil, com muitas dunas e pedras”, completou o atual Campeão Brasileiro de Rally Baja e do Rally dos Sertões e também vencedor do Guidão de Ouro 2017.
                                                                              

“Foi uma prova com navegação muito complicada, com muita dificuldade”, comentou o experiente catarinense Gustavo Gugelmin, que nos últimos seis anos tem navegado para Reinaldo Varela, com quem conquistou o Campeonato Mundial de Rally Cross Country em 2012 e venceu o último Rally Dakar, e que pela primeira vez navegou para o filho caçula de seu companheiro. “Foi uma experiência muito boa e bem diferente, um aprendizado para nós dois. Eu navegando ao lado de um jovem com toda a adrenalina, querendo acelerar tudo e a todo o tempo. Mas o Bruno (Varela) se comportou muito bem, manteve a cabeça e pilotou tranquilo, não cometeu nenhum erro durante todo o Rally”, contou o represente de Lages. 
                                                                    

“Ele aprendeu muito nas dunas e pedras, creio que ele melhorou a pilotagem, a navegação, que é bem diferente, e a estratégia. Apesar de ter vencido o Sertões, ele estava acostumado provas curtas de Baja, e teve que aprender a ajudar o navegador a procurar as estradas, a ter calma quando a gente se perde, então é muito mais um trabalho em equipe, do que ele estava acostumado com as provas nacionais. Aqui precisa aprender a cuidar mais do carro, dos pneus. O Bruno sai daqui bem preparado para enfrentar o Dakar e qualquer outra prova do mundo”, encerrou Gugelmin.
                                                                             

Com esta vitória de Bruno Varela na África, a Família da Poeira atinge uma marca exclusiva e histórica. “Uma coisa é fato, em provas internacionais de UTV estamos com 100% de aproveitamento. Vencemos na África, na América do Norte e na América do Sul”, lembra Gabriel Varela, irmão do meio de Bruno, que no ano passado venceu em Las Vegas (EUA) a The Mint 400, principal prova de off-road dos Estados Unidos. No começo do ano o patriarca Reinaldo Varela venceu o Rally Dakar, e na semana passada venceu o Desafio Guarani, primeira etapa do Campeonato Sul-Americano de Rally Cross Country, no Paraguai.

O resultado final do Merzouga Rally ficou assim:

1) Bruno Varela/Gustavo Gugelmin (Brasil), 17h22min17s;

2) Eric Abel/Christian Manez (França), a 1h35min36s;

3) Annett Fischer (Alemanha)/Filipe Palmeiro (Portugal), a 1h46min12s;

4) Frederic Henricy/Eric Bersey (França), a 1h50min46s;

5) Juan Miguel Medero/Guillermo Artolachipi (Espanha), a 1h58min00s;

6) Carlos Checa/Marc Serra Jove (Espanha), a 2h18min49s;

7) Camelia Liparoti/Fina Roman (Espanha), a 3h07min47s;

8) Ahmed Fahad (Catar)/Max Delfino (França), a 3h44min48s;

9) Benoit Lepietre/Aurelie Sifferlen (França), a 3h45min23s;

10) Frederic Pitout (França)/Eugene Decré (Chechênia), a 3h51min40s.



O Divino Fogão Rally Team tem apoio de Can-Am/Norton/Arisun/Blindarte/Divino Fogão.

Curta https://www.facebook.com/varelarallyteam/


Acompanhe http://www.merzougarally.com

22/05/2018
_________________________________________________________________________________


Dois irmãos e um aniversariante no pódio da Stock Light em Curitiba.

Em corrida agitada, Marcel Coletta vence a primeira e tem a companhia do aniversariante Raphael Reis em segundo e o irmão Murilo Coletta em terceiro.

A Stock Light deu no início da tarde deste sábado (7) em Curitiba à segunda etapa da temporada 2018. Em corrida conturbada e cheia de intervenções do carro de segurança, a vitória ficou com Marcel Coletta, que teve a companhia do irmão Murilo no pódio em terceiro. Em segundo ficou o aniversariante do dia, Raphael Reis.

“Larguei muito bem, indo de terceiro para primeiro, e dali em diante foi manter. O Rafinha (Reis) estava muito rápido, colocando muita pressão e praticamente não me deixando respirar. Graças a Deus no final deu tudo certo, e ainda pude guardar uns botões de ultrapassagem para ir bem amanhã. Foi uma corrida muito confusa”, lembrou Marcel. 

“Eu estava a 100 metros de entrar nos boxes para a parada obrigatória quando ouvi a equipe me chamar, e em seguida eles gritaram para que eu não entrasse porque o safety car havia entrado na pista; então tomamos as decisões certas para trazer o troféu para casa. Ter meu irmão no pódio junto comigo não podia ser melhor. Deixamos a família bem feliz”, concluiu o piloto da Cimed Júnior.

O aniversariante Raphael Reis comemorou o segundo lugar como um presente. “Na verdade, a gente quer sempre mais, mas devemos sair daqui felizes com o que conquistamos hoje. Foi uma prova muito conturbada, com muitas entradas do safety car, então eu nem tive chance de atacar o Marcel. Sabíamos que o carro era equilibrado, e assim que as luzes de largada se apagassem a gente iria para cima. Foi um trabalho excelente da W2”, disse o competidor da Shell Racing.

Acostumado a dividir tantos pódios no kart, desta vez, a primeira correndo em carros, foi especial para o caçula Murilo Coletta. “Para mim não há nada mais gratificante do que subir ao pódio junto com o meu irmão. Poderia ser um pouco melhor, com um primeiro e segundo e vice-versa, mas estando ali já foi muito legal. O fator sorte nos ajudou muito nessa corrida, porque meu carro começou a entrar em modo de segurança por causa da temperatura, e as intervenções do safety car acabaram me ajudando a manter o carro”, disse.

A largada já trouxe altas doses de adrenalina, quando o pole position Pietro Rimbano foi acertado por Gabriel Robe, pondo fim à corrida de ambos. Marcel então assumiu a liderança para não mais deixa-la, mesmo com a pressão exercida por Raphael Reis, que completa neste sábado 25 anos de idade.

Foram quatro as intervenções do safety car, por causa de acidentes ou de problemas mecânicos com alguns pilotos – Gustavo Bandeira, por exemplo, teve de sair às pressas de seu carro, que teve um princípio de incêndio rapidamente controlado pela equipe de resgate da Stock Light.

Gustavo Myasava, João Rosate, Enzo Bortoletto, Luca Milani, Erik Mayrink, Rodrigo Gil e Vinicius Margiota fecharam os dez primeiros que terão as posições invertidas no grid de largada de amanhã. A corrida deste domingo (8) tem largada às 13h25 e transmissão ao vivo pelo globoesporte.com.

Resultado – Corrida 1*
1. 9 Marcel Coletta (Cimed Racing Júnior) - 16 voltas 
2. 77 Raphael Reis (W2 Racing) - a 0.995
3. 10 Murilo Coletta (Cimed Racing Júnior) - a 5.113
4. 18 Gustavo Myasava (PGG MRF Paraguay Racing) - a 5.442
5. 58 João Rosate (Carlos Alves Competições) - a 5.470
6. 85 Enzo Bortoletto (KTF Sports) - a 5.491
7. 14 Luca Milani (AN09 Team) - a 6.765
8. 1 Erik Mayrink (TMG Light Team) - a 7.174
9. 89 Rodrigo Gil (Motor Fast) - a 9.550
10. 7 Vinicius Margiota (AN09 Team) - a 10.081
11. 78 Lucas Peres (AN09 Team) - a 11.445
12. 74 Odair dos Santos (PGG MRF Paraguay Racing) - a 21.449
13. 23 Marco Cozzi (AN09 Team) - a 1 volta
14. 22 Gabriel Lusquiños (Motortech Competições) - a 5 voltas.
15. 46 Tuca Antoniazzi (Motortech Motorsport) - a 5 voltas
16. 36 Pedro Boesel (RKL Motorsports) - a 5 voltas
17. 12 Lauro Traldi (MRF Motorsport) - a 7 voltas
18. 43 Pedro Cardoso (Carlos Alves Competições) - a 7 Lp.
NÃO COMPLETARAM 75% DA PROVA
19. 66 Gustavo Bandeira (TMG Light Team) - a 11 voltas
20. 86 Gustavo Frigoto (RKL Motorsports) - a 12 voltas
21. 17 Pietro Rimbano (W2 Racing) - a 16 voltas
22. 35 Gabriel Robe (Motortech Competições) - a 16 voltas
23. 71 Lucas Daleffe (MRF Motorsport) - a 16 voltas
MELHOR VOLTA: 9 Marcel Coletta - 1:27.171
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

INGRESSOS 
Os ingressos para as arquibancadas custam R$ 60; já as entradas que dão direito à visitação aos boxes para que o torcedor consiga seu autógrafo ou selfie com os pilotos da Stock Car estão disponíveis por R$ 150.

O camarote paddock está à venda por R$ 390. Trata-se de um espaço premium do autódromo, decorado e climatizado, com serviço de alimentos e bebidas e TVs para uma melhor visão da corrida em pontos estratégicos. A credencial para essa modalidade permite a visitação aos boxes no dia da corrida, em horário pré-determinado pela organização. 

O Grid Experience, ingresso mais exclusivo da Stock Car, permite ao fã da categoria acompanhar momentos importantes da corrida, como a adrenalina da formação do grid ao lado dos carros e dos pilotos, além da comemoração do pódio, assistindo todo o evento de dentro do paddock do autódromo com tour pelas áreas de bastidores que são inacessíveis para qualquer outra modalidade de ingresso, proporcionando uma experiência única, por R$ 840. O Grid Experience só é disponível para maiores de 18 anos.

É proibida a entrada de menores de cinco anos de idade, e para menores de idade de cinco a 14 anos é obrigatória a apresentação de documento original tanto do responsável como do menor na entrada do evento – crianças de cinco a nove anos não necessitam de ingresso para acessar a arquibancada, desde que acompanhados de maior responsável.

FNAC Curitiba
Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 – Barigui – Curitiba (PR)
Horário de Funcionamento:
Segunda a sexta: das 11 às 23 horas
Sábado: das 10 às 22 horas
Domingos e feriados: das 14 às 20 horas
PROGRAMAÇÃO 

Domingo, 8 de abril:
09h15 – 10h15: Visitação aos Boxes
11h00: Corrida 1 Stock Car
12h05: Corrida 2 Stock Car
13h25: Corrida 2 Stock Light
14h30: Corrida 2 Brasileiro de Marcas

Stock Manager: você no comando de sua própria equipe de Stock Car!
Participe: http://www.stockcar.com.br/stock-manager

Fotos :(Duda Bairros/VICAR/Vipcomm)

Mais notícias em:  www.stockcar.com.br

Fonte : Vipcomm





07/04/2018 
______________________________________________________

Tempo fechou em Cascavel mas Cirino e Losacco não  deram a minima e venceram na abertura da Copa Truck em Cascavel.

Cirino e Losacco vencem na abertura da Copa Truck em Cascavel.
                                                                        
Melhor, impossível! A Copa Truck iniciou a temporada 2018 com a primeira etapa da Copa Sul em Cascavel com duas corridas eletrizantes que premiaram Wellington Cirino e Giuliano Losacco.
                                                                       
Depois de uma disputa eletrizante na maior parte da corrida 1 com Felipe Giaffone, Cirino se beneficiou de um problema no câmbio do carro do atual Campeão das Copas para levar a melhor e vencer. Mesmo com o truck debilitado, Giaffone conseguiu salvar um segundo lugar, enquanto Beto Monteiro subiu ao pódio da disputa inicial.
                                                                        
"Foram duas boas corridas, uma vitória e um segundo lugar com belas disputas com o Giaffone e o Losacco. Esse ano eu sei que vou ser competitivo e vou passar o ano inteiro pensando no campeonato. Estou com um equipamento fui confiável e tenho certeza que vou terminar o ano bem. Fui para a segunda corrida pensando no campeonato e as coisas foram acontecendo para que eu conseguisse mais um bom resultado", explicou Cirino, que lidera o campeonato com 38 pontos.
                                                                           
Tempo fechou em Cascavel
Já a segunda prova viu Losacco herdar a posição de honra após a dona original, Débora Rodrigues, ter sido forçada a largar do fundo do grid por manutenção após a bandeirada. Na partida, um acidente coletivo causou alvoroço na curva do Bacião, envolvendo gente graúda como Renato Martins. Alheio aos problemas, Losacco dominou toda a disputa, recebendo uma enorme pressão no fim de Cirino, mas conseguindo sustentar a ponta.
                                                                        
"A segunda corrida o caminhão estava muito bem equilibrado, melhorou da primeira pra segunda. Vim naquela tocada sem errar nada, mas nas últimas voltas o freio ficou duro e o Cirino chegou em mim. As últimas três voltas foram de um sofrimento só. Acho que se tivesse mais uma volta ele me passava por isso estou muito feliz. A categoria me recebeu de braços abertos e espero seguir o ano inteiro aqui. Eu jamais esperava nem nos meus sonhos em vencer. Eu pensava em pódio, mas não em vitória. Mas deu certo. Estrear com vitória é nota 10", comemorou o bicampeão da Stock Car.
                                                                             
Casa cheia ótimo publico 
André Marques, Débora Rodrigues e Witold Ramasauskas completaram o segundo pódio. Como resultado, Cirino começa a Copa Sul como líder do campeonato. A próxima rodada dupla, que define o campeão da Copa Sul, acontece no dia 14 de abril no charmoso circuito de Guaporé, no Rio Grande do Sul.

Corrida 1:

6 Wellington Cirino (Mercedes) - 18 voltas em 26min41s516
4 Felipe Giaffone (Volkswagen) - a 8s106
88 Beto Monteiro (Iveco) - a 8s685
9 Renato Martins (VW-MAN) - a 22s214
77 André Marques (Mercedes) - a 22s479
83 Régis Boessio (Volvo) - a 29s522
90 Giuliano Losacco (Iveco) - a 31s721
7 Débora Rodrigues (Volkswagen) - a 41s885
333 Alex Fabiano (Mercedes) - a 54s204
72 Djalma Fogaça (Ford) - a 55s586
99 Luiz Lopes (Iveco) - a 56s293
27 Fábio Fogaça (Ford) - a 1min30s531
13 Witold Ramasauskas (VW-MAN) - a 1 volta
30 Rogério Castro (Volkswagen) - a 3 voltas
12 Zé Maria Reis (Iveco) - a 4 voltas
Não completaram 75% da prova:

46 Luiz Renato Luhrs (Scania) - a 11 voltas
15 Roberval Andrade (Scania) - a 12 voltas


Corrida 2:

90 Giuliano Losacco (Iveco) - 19 voltas em 26min24s200
6 Wellington Cirino (Mercedes) - a 0s664
77 André Marques (Mercedes) - 12s720
7 Débora Rodrigues (Volkswagen) - a 29s232
13 Witold Ramasauskas (VW-MAN) - a 42s009
9 Renato Martins (VW-MAN) - a 54s274
83 Régis Boessio (Volvo) - a 55s878
99 Luiz Lopes (Iveco) - a 1min14s122*
333 Alex Fabiano (Mercedes) - a 1min26s065**
12 Zé Maria Reis (Iveco) - a 1 volta
88 Beto Monteiro (Iveco) - a 4 voltas
Não completaram 75% da prova:

46 Luiz Renato Luhrs (Scania) - a 6 voltas
27 Fábio Fogaça (Ford) - a 8 voltas
72 Djalma Fogaça (Ford) - a 19 voltas
*Punido com 20 segundos ao seu tempo final por excesso de velocidade na zona de radar

**Punido com 20 segundos ao seu tempo final por queima de largada


Classificação do campeonato de pilotos:

Wellington Cirino - 38
Giuliano Losacco - 31
André Marques - 29
Renato Martins - 26
Débora Rodrigues - 24
Beto Monteiro - 23
Régis Boessio - 23
Felipe Giaffone - 20
Witold Ramasauskas - 18
Alex Fabiano GG - 18
Luiz Lopes - 17
Zé Maria Reis - 11
Djalma Fogaça - 10
Fábio Fogaça - 8
Rogério Castro - 6
Luiz Renato Luhrs - 0
Euripedes Reis - 0
Roberval Andrade - 0

Classificação do campeonato de montadoras:

Mercedes-Benz - 67
VW-MAN - 59
Iveco - 57
Volvo - 23
Ford - 18
Scania - 0






25/03/2018

_________________________________________________________________________________
                                                                        
Débora Rodrigues, Renato Martins, Wellington Cirino e do Prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos

Débora Rodrigues, Wellington Cirino e Renato Martins visitam o Provopar e participam de almoço solidário
                                                                                      
Às vésperas da abertura da temporada 2018 da Copa Truck três pilotos viveram uma experiência inusitada: a de trabalhar como garçom por um dia. A ação foi realizada no Provopar (Programa do Voluntariado Paranaense), entidade que fornece mais de 550 refeições diárias para os moradores do bairro de Interlagos e contou com a participação de Débora Rodrigues, Renato Martins, Wellington Cirino e do Prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos.
                                                                                   
   
Os pilotos da Copa Truck ajudaram a servir as refeições para a população local e após o trabalho almoçaram com os atendidos pelo programa. "É muito importante essa aproximação com o público e ainda poder mostrar um pouco do nosso esporte nessa ação social foi muito legal. Estou feliz em participar", comentou Wellington Cirino.
                                                                                      
"Essa é uma iniciativa muito legal. O pessoal aqui do Provopar está de parabéns pelo trabalho. Acho que todos os pilotos deveriam vir aqui e prestigiar essa turma", acrescentou Renato Martins. Já Débora Rodrigues também atacou de repórter e entrevistou os colegas de pista e o prefeito Paranhos. "Além de fornecer alimentação eles também oferecem cursos de capacitação e ajuda o pessoal a se inserir no mercado de trabalho", destacou a piloto. 
                                                                           
Ingressos

Os ingressos para o final de semana de abertura da Copa Truck e do Mercedes-Benz Challenge já estão disponíveis para compra pelo site copatruck.com.br. A partir da próxima semana estarão a venda nos revendedores Pirelli autorizados e nos Supermercados Muffatão.

O público que for ao autódromo poderá ajudar a entidade doando um quilo de arroz, macarrão ou ainda um litro de óleo de cozinha. Quem participar da ação ganhará 50% de desconto nos ingressos de arquibancada e um boné exclusivo.

Além do ingresso solidário, outras três modalidades estão disponíveis para o público do oeste paranaense: Arena Truck, Fã Truck e Paddock Truck.

Na Arena Truck (arquibancada) os ingressos custam R$40 inteira. Meia entrada custam R$20, de acordo com a lei federal 12.933. Quem comprar ingressos dessa modalidade também receberá um boné exclusivo.

Já no Fã Truck o público assiste a corrida da arquibancada interna em um espaço reservado e tem direito a visitar os boxes no domingo, dia 25/03, em horário estipulado pela organização do evento. O fã que comprar essa modalidade de ingresso, por R$80, ganhará um boné exclusivo da Copa Truck.

O público que optar pelo Paddock Truck assistirá a prova de um camarote localizado em cima dos boxes com direito ao consumo de comidas e bebidas (coquetel, com cerveja, água e refrigerante) e também poderá visitar os boxes no horário estipulado pela organização. A credencial custa R$180.

Para adquirir o ingresso online ou verificar os postos de venda física, basta clicar aqui.


Confira a programação do evento:


Sexta-feira, 23 de março:

12h00 - 12h30 - 1o Treino livre MB Challenge (CLA AMG)

12h35 - 13h05 - 1o Treino livre MB Challenge (C250 CUP)

13h15 - 14h15 - 1o Treino Livre COPA TRUCK

14h25 - 14h55 - 2o Treino livre MB Challenge (CLA AMG)

15h00 - 15h30 - 2o Treino livre MB Challenge (C250 CUP)

15h40 - 16h40 - 2o Treino livre COPA TRUCK

16h50 - 17h30 - 3o Treino livre MB Challenge (CLA e C250)



Sábado, 24 de março:

09h00 - 10h00 - 3o Treino livre COPA TRUCK

10h10 - 10h40 - 4o Treino livre MB Challenge (CLA AMG)

10h50 - 11h20 - 4o Treino livre (C250 CUP)

11h30 - 12h10 -  5o Treino livre (CLA e C250)

12h20 - 13h50 - Treino classificatório COPA TRUCK

14h00 - 14h20 - Treino classificatório MB Challenge (CLA AMG)

14h25 - 14h45 - Treino classificatório MB Challenge (C250)


Domingo, 25 de março:

10h28 - Largada MB Challenge

11h30 - 12h20 - Visitação aos boxes

13h05 - Largada COPA TRUCK (Corrida 1)

13h46 - Largada COPA TRUCK (Corrida2)

 Fotos: Duda Bairros/Copa Truck


Fonte: Imprensa@copatruck.com.br

22/03/2018
_________________________________________
RAFAEL CAMPOS CONFIRMADO NA SPRINT RACE 2018 

Piloto irá se dividir entre a vida nos EUA e no Brasil mantendo firmes seus objetivos para a carreira no automobilismo.
                                                                       

Depois de conquistar ótimos resultados na temporada na Sprint Race do ano passado, Raphael Campos se prepara para um ano cheio de desafios. O piloto acaba de confirmar sua participação na temporada 2018 da competição e, depois do terceiro lugar na classificação 2017, quer definitivamente o pódio. A decisão de seguir na competição brasileira vem junto com uma grande mudança: Rapha irá dividir sua rotina entre Brasil e EUA, país em que mora sua família.

“Estou muito feliz em renovar a parceria com o Thiago Marques, que sempre acreditou no meu potencial e me apoiou. Fiz o pódio que tanto queria em 2017 e agora em 2018 chego mais agressivo, com conhecimento das pistas, do carro, dos competidores e dos desafios da categoria. Quero o primeiro lugar. Sei que vai ser desafiador, pois dividirei meus treinos entre Brasil e EUA, mas essa decisão faz parte também de outro objetivo meu, de correr em competições internacionais”, comenta Rapha Campos, que tem na família grande apoio e experiência no automobilismo. Raphael é o terceiro da família Campos a ingressar na carreira do automobilismo, depois dos primos Marco Campos, que chegou a F-3000 e faleceu competindo, e Julio Campos, atual piloto da Stock Car.

Rapha agora permanecerá no Brasil intensificando o ritmo de treinos até a primeira etapa da Sprint Race, que acontece em Curitiba, cidade do piloto, no final de semana do dia 01 de abril. Depois segue entre EUA e Brasil alternando entre as etapas. A Sprint Race 2018 ganha ainda mais força no cenário do automobilismo. “Este ano a prova terá novos carros mais potentes, velozes e leves; uma etapa internacional no Uruguai; e ainda grandes marcas estão se associando à competição, além de novos pilotos. Isso tudo nos traz grandes expectativas para a temporada, estou muito animado e com gás total”, finaliza Rapha Campos.

Sprint Race – Calendário 2018:
Etapa 1 – 01/04 – Curitiba (PR) – Sprint Oval Race
Etapa 2 – 06/05 – Rivera (Uruguai) – New Track
Etapa 3 – 17/06 – São Paulo (SP) – Sprint Inverse Race
Etapa 4 – 21/07 – Londrina (PR) – Sprint Night Challenge*
Etapa 5 – 02/09 – São Paulo (SP) – Race Of Champions
Etapa 6 –14/10 – Velo Città (SP) – Guest Driver Race
Etapa 7 – 18/11 – Cascavel (PR) – Setup Free Race
Etapa 8 – 16/12 – Curitiba (PR) – Pontuação Dupla
* Data de Londrina sujeito à alteração.

Siga o Rapha Campos:
www.raphacampos.com 
www.facebook.com/pilotoraphaelcampos
www.instagram.com/raphacampos13


SOBRE RAPHAEL CAMPOS - Desde muito pequeno a paixão por automobilismo sempre foi muito presente na vida de Raphael Campos e o que não faltaram foram incentivos e exemplos para se inspirar. Há pouco mais de um ano morando no Brasil, o piloto de 21 anos, deixou sua vida nos EUA onde morava com o pai há 13 anos, com um único objetivo: ser piloto de automobilismo. Com incentivo do primo e piloto da Stock Car Julio Campos, hoje Raphael mora e treina em Curitiba. Outro primo, Marco Campos, chegou à Fórmula 3000, porém foi vítima de um acidente fatal competindo em Paris, 1995. Raphael quer seguir o exemplo dos primos e aqui no Brasil chegar a Stock Car, bem como seguir carreira internacional. 

A Sprint Race tem patrocínio da Albriggs, aQuamec, Pirelli, Motul, Fremax e Vivamil.


Siga-nos a Sprint Race nas redes sociais:

Facebook: fb.com/SprintRaceBrasil

Twitter: @Sprint Race

Youtube: youtube.com/sprintracebrasil

Instagram: instagram.com/sprintracebrasil

Assessoria de Imprensa do piloto Raphael Campos

NoAR Comunicação | rafaella@noarcomunicacao.com


  SIG Comunicação |sig@sigcomunicacao.com.br

18/03/2018
_______________________________________

Massa, Piquet e Di Grassi na Stock Car. 2018


Ingressos à venda para a estreia de Massa, Piquet e Di Grassi na Stock Car.

Com grid recheado de estrelas da F-1, prova de duplas é a primeira do campeonato e está marcada para dia 10 de março, em Interlagos (SP).

Já estão à venda os ingressos para a prova de abertura da Stock Car 2018. A estreia da principal categoria do automobilismo brasileiro será dia 10 de março, em Interlagos, com a corrida de duplas, que volta a fazer parte do calendário.

São muitas atrações para os fãs de velocidade, que verão um grid. Estão disponíveis pela internet (www.ticketsforfun.com.br) e em pontos físicos (confira a relação abaixo).

Dentre as novidades para a prova que abre a temporada 2018 está a participação de Felipe Massa, que vai acelerar um carro de corrida pela primeira vez após deixar a F-1. O piloto convidado será parceiro de Cacá Bueno nesta primeira etapa da Stock Car. Além de Massa, outros 6 ex-F1 já estão confirmados no grid da prova inaugural.

Com passagens pela F-1, WEC, Nascar e atualmente na Fórmula E, Nelsinho Piquet disputará a temporada completa da Stock Car, que tem 12 etapas previstas neste ano – já participara com convidado em três edições da corrida de duplas (2014, 2015 e 2016).

Duas vezes vice-campeão e recordista em GPs da F-1, Rubens Barrichello é outro importante nome da categoria. Ele disputa a Stock Car desde 2012.

Lucas di Grassi, que também acelerou na F-1, acertou com a equipe Hero e confirmou presença na temporada completa da Stock Car. Ele tem experiência de três participações na categoria como convidado nas corridas de dupla em 2014, 2015 e 2016.

Felipe Nasr, que também já esteve na F-1, é convidado de Ricardo Maurício. O atual campeão da Stock Car, Daniel Serra, disputará a corrida de duplas com o piloto João Paulo de Oliveira, que corre a Super GT japonesa desde 2006.

Marcos Gomes, vencedor da corrida de duplas de 2016, optou por Pipo Derani, um dos pilotos brasileiros mais experientes no exterior, com vitórias nas 24 Horas de Daytona e nas 12 Horas de Sebring. Max Wilson traz a experiência de Felipe Giaffone e Vitor Genz trará o campeão de 2003 da Stock Car, David Muffato.


GRINGOS

A corrida de duplas que abre a temporada 2018 da Stock Car terá uma legião de pilotos estrangeiros convidados. Eles são mais um atrativo para a badalada provado do dia 10 de março. 

O neozelandês Chris Van Der Drift será companheiro de Gabriel Casagrande. O gringo disputou a Stock Car em 2015, como convidado de Tuka Rocha. Ele tem passagem pela BlancPain GT Series, Porsche Cup, SuperCars V8, entre outras. 

O francês Jean-Karl Vernay ajudará Rafael Suzuki. É campeão da Indy Lights, da Porsche Cup francesa, das 24 Horas de Le Mans (GTE-Am) e atual campeão do International TCR Series (que passou a se chamar WTCR este ano, após a unificação com o WTCC).

Da Argentina, Mariano Altuna divide o carro com Guilherme Salas. O Hermano é um dos destaques do automobilismo argentino na atualidade. O piloto correu de Fórmula 3 Sul-Americana, TC2000, Top Race e Turismo Carretera. É o mais jovem do país a conquistar uma vitória na TC2000 em sua estreia na categoria. Altuna também foi vice-campeão de Turismo Carretera em 2009 e vice-campeão da divisão Top Race em 2016.

O holandês Jeroen Bleekemolen vai ser a dupla de Valdeno Brito. Tem no currículo participação nas principais categorias de Endurance, competindo no WEC, 24 Horas de Le Mans e vitórias nas 24 Horas de Dubai. Disputou as duplas da Stock Car em 2014.


INGRESSOS E EXPERIÊNCIAS

O público já pode garantir suas entradas para a primeira etapa da Stock Car 2018. Seis modalidades de ingressos estão disponíveis para os fãs da principal categoria do automobilismo brasileiro. O primeiro lote promocional de ingressos terá descontos em todos os setores e será válido até dia 8 de março: até as 22h nas vendas pela internet ou até o funcionamento das bilheterias físicas.

A visitação aos boxes promete ser ainda melhor graças às presenças das duplas dos pilotos oficiais da Stock Car. Ver o ídolo Felipe Massa ao lado de Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet e Cacá Bueno promete agitar um dos momentos mais marcantes da experiência de quem vai ao autódromo.

O Paddock é um espaço premium do autódromo, decorado, com serviço de alimentos e bebidas e TVs para uma melhor visão da corrida em pontos estratégicos. A credencial para essa modalidade permite a visitação aos boxes no dia da corrida, em horário pré-determinado pela organização. Nesta etapa, o Paddock ficará no prédio novo de Interlagos (envidraçado). O público também terá acesso ao térreo, ficando próximo à reta de boxes, mais um diferencial do espaço.

O Grid Experience é o ingresso mais exclusivo da Stock Car. Com ele, o fã da categoria acompanhará momentos importantes da corrida, como a adrenalina da formação do grid da prova decisiva da Stock Car e a emoção da comemoração do título no pódio. Além de assistir a todo evento de dentro do paddock do autódromo. Há ainda um tour por áreas de bastidores da corrida, inacessíveis para qualquer outra modalidade de ingresso.

O evento é para maiores de 5 anos. Menores entre 5 e 14 anos devem estar acompanhados dos pais ou representantes legais maiores de 18 anos (parentes de primeiro grau) e devem portar documento original com foto ou certidão de nascimento original. Não há modalidade “meia entrada” para os ingressos de Visitação e Paddock. Nessa categoria, crianças a partir dos 5 anos devem pagar valor integral. A entrada no autódromo somente é permitida na sexta e sábado.


Valores antecipados:

Arquibancada descoberta - R$ 50

Arquibancada descoberta com visitação - R$ 150

Arquibancada coberta - R$ 70

Arquibancada coberta com visitação - R$ 170

Paddock - R$ 390

Grid Experience - R$ 840


Valores para o final de semana da corrida:

Arquibancada descoberta - R$ 60

Arquibancada descoberta com visitação - R$ 170

Arquibancada coberta - R$ 80

Arquibancada coberta com visitação - R$ 190

Paddock - R$ 420

Grid Experience - R$ 840

  
Pontos de venda:


Citibank Hall

Av: Nações Unidas, 17.955

De terça a sábado: das 12h00 às 20h00

Domingos e feriados: 13h00 às 20h00


Lojas FNAC

Fnac Morumbi - Shopping Morumbi: Av. Roque Petroni Junior, 1089 (de segunda a sábado das 10h00 às 22h00. Domingos e feriados das 13h00 às 21h00).


Fnac Paulista - Av. Paulista, 901 (de segunda a sábado das 10h00 às 21h0. Domingos e feriados das 11h00 as 20h00).


Fnac Pinheiros - Praça dos Omaguás, 34 (de segunda a sábado das 10h00 às 22h00, domingos e feriados das 10h00 às 20h00).


Teatro Cetip

Rua Coropé, 88 - Pinheiros

De terça a sábado: das 12h00 às 20h00

Domingos e feriados: 13h00 às 20h00


Armazém Entretenimento

Av. Paulista, 854 - Quiosque 12 - Top Center Shopping

De Segunda a Sábado: das 09h00 às 20h30

Feriados: 12h00 às 17h30

Mais notícias e informações:


Canal Oficial no YOUTUBE. Inscreva-se: Stock Car Channel

Stock Car no Facebook: Stock Car Oficial

Página oficial no Twitter: @stock_car

Instagram: @stock_car



11/02/2018
_____________________________________
Seletiva para o Kart World Championship será neste sábado
                                                                   
         
O kartódromo de Interlagos deverá receber cerca de 60 pilotos de diversos Estados para garantir pelo menos uma vaga

Neste final de semana acontecerá um dos mais importantes eventos do kartismo brasileiro. No sábado (03/2), o Kartódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo (SP), receberá a Seletiva ClickSpeed ao Kart Word Championship, que é o Mundial de Rental Kart.
                                                                        

“A Seletiva de São Paulo é uma das mais competitivas, pois o rental kart aqui é muito organizado e forte. Acredito que esta terceira edição vai ser a melhor e mais difícil destes três anos. Vale a pena participar, pois o prêmio é a realização de um sonho e reconhecimento para qualquer piloto”, comenta Everton Carajeleascow, organizador e promotor da Seletiva ClickSpeed ao KWC 2018.

A cada ano, diversos pilotos se reúnem para colocar à prova suas habilidades e constatar quem é o melhor piloto de Rental Kart do mundo, que neste ano acontecerá em julho. Para chegar lá, um dos caminhos é a Seletiva ClickSpeed ao KWC - SP, que deverá reunir cerca de 60 pilotos e levará o vencedor à Szczecin, na Polônia, para disputar o KWC 2018, com passagem aérea e inscrição pagas, além do macacão do ClickSpeed Brazil Team.
                                                                    

O time brasileiro já começou a ser formado com o carioca Thomas Dantas, campeão da Seletiva de Volta Redonda (RJ), e o catarinense Nelson Rebelo, campeão da Seletiva dos Ingleses (SC).

Para maiores informações e inscrição, os interessados podem procurar o organizador Everton Carajeleascow, pelo telefone/WhatsApp (11)98023-8939, ou pelo e-mail everton@clickspeed.com.br.

A 3ª edição da Seletiva ClickSpeed ao Kart Word Championship é organizada e promovida pela ClickSpeed, com apoio de Agaxtur Viagens (Shopping Jardim Pamplona).

30/01/2018
_____________________________________
Caka Kart  Encontro realizado 
13 Dezembro 2017  Galera se divertiu
                                                                        

Galeria de fotos dos participante, todos vencedores desse reencontro super bacana mesmo. Mas o que vale para todos:Se beber, não faça caka, Se fizer caka Beba
( Alberto Otazú )









Mas o que vale para todos:Se beber , não faça caka , Se fizer caka Beba .( Alberto Otazú )


#blog gente fina


22/12/2017
_____________________________________

Vicar anuncia criação da Stock Light.
                                                                          

Visando revelar novos talentos no cenário do automobilismo brasileiro, organizadora da Stock Car cria categoria de acesso com premiação e regulamento similar ao do principal campeonato do esporte a motor nacional.

GOIÂNIA (GO), 18 de novembro de 2017 – A Stock Car, principal categoria do automobilismo brasileiro, ganha um novo campeonato de acesso na temporada 2018. Com premiação ao campeão e ao melhor estreante, a Stock Light chega para se tornar, de fato, a mais importante série de formação de pilotos de turismo do país.

“A Stock Light vem para ser a principal fonte de talentos para a Stock Car e, mais do que isso, será um requisito para jovens pilotos que desejam ingressar na categoria”, anunciou o diretor-geral da Vicar Promoções Desportivas, Rodrigo Mathias.

A nova categoria de acesso trará incentivos para seus melhores pilotos: em 2018, serão distribuídos mais de R$ 650 mil em premiação ao campeão e ao melhor estreante do ano, somados. 

O vencedor do título da Stock Light terá subsidiados os custos com inscrição, pneus e aluguel de motor para entrar na Stock Car, por meio de parceria com a Pirelli e a JL. O estreante melhor classificado na pontuação final do campeonato também terá ajuda financeira com os mesmos itens para disputar uma segunda temporada na Light e, assim, buscar o título. 

O calendário prevê oito etapas, sendo sete rodadas duplas e a final em corrida única valendo pontuação dobrada. Todas as provas terão o uso do push to pass – o botão de ultrapassagem – e o pit stop para reabastecimento obrigatório, além da inversão do grid na segunda corrida das rodadas duplas.

"Com um regulamento e um sistema de disputa bastante similar ao da Stock Car, a Stock Light se apresenta com os melhores requisitos de preparação e adaptação aos jovens pilotos, tornando-se imprescindível na sua formação”, aponta Mathias. Os cinco primeiros colocados da temporada serão elegíveis a subir de categoria no ano seguinte.

Pilotos como Cacá Bueno, Marcos Gomes, Daniel Serra, Thiago Camilo, Sérgio Jimenez, Julio Campos e Felipe Fraga, além de jovens promessas como Guilherme Salas, Gabriel Casagrande, e Márcio Campos são exemplos de pilotos que disputaram e venceram provas ou títulos em categorias de suporte para chegar à disputa principal.

“É fundamental que o competidor desembarque na categoria principal o mais preparado possível. Acho que essa novidade vem a reforçar essa nossa filosofia e incrementar o aprendizado tanto dos pilotos como das equipes para que haja essa evolução com maior fluidez”, conclui Rodrigo Mathias, diretor-geral da Vicar Promoções Desportivas, empresa que organiza e promove a Stock Car.

_____________________________________
CAMPEONATO GPCKA DE KART ESTA CHEGANDO A FINAL NA GRANJA VIANA.

                                                                          


Quem será o Campeão 2017 da categoria Principal do GPCKA?

Saberemos a resposta no dia 26 de novembro de 2017, após a realização da 8ª Etapa da categoria Principal. A prova será disputada na bateria das 18:30 hs no Kartódromo Internacional Granja Viana em Cotia – SP.

São 3 os pilotos na briga pelo título de 2017, Giuseppe Corsi com 167 pontos, seguido por Alberto Cesar Otazú com 163 pontos e Henrique Sigoli com 152 pontos. 
O Giuseppe tenta o Bicampeonato, enquanto o Otazú busca seu primeiro título como piloto na GPCKA, o estreante no campeonato Henrique Sigoli vem dando trabalho aos seus concorrentes e obtendo ótimos resultados nas etapas. A etapa final promete ser emocionante.

O campeonato de equipes também não está definido, 14 pontos separam as 3 melhores colocadas. A equipe Cazarré Mktcom dos pilotos Alberto Cesar Otazú e Luiz Cazarré está liderando o campeonato com 341 pontos, a equipe ALLIANCE RACING dos pilotos Felipe Huertas e Neldir Amaral estão em segundo lugar com 337,5 e a equipe DCKS dos pilotos Antônio Moura Andrade e Giuseppe Corsi seguem em terceiro lugar com 327 pontos.

Grande final da categoria Principal no dia 26 de novembro de 2017, a bateria será às 18:30 hs no Kartódromo Internacional Granja Viana em Cotia – SP.
Venha torcer pelos nossos pilotos!!! 


Em nosso site você pode conferir a tabela de classificação completa do campeonato -> www.gpcka.com.br 


31/10/2017
________________________________________________




21/10/2017
____________________________________
Kart: Coaching ajuda Alberto Cesar Otazú a colecionar vitórias no kartismo.
                                                                 

Jovem de apenas 16 anos de idade tem apoio do Instituto Desenvolve, de Curitiba (PR)

O nosso cotidiano está cada vez mais frenético. No mundo contemporâneo, tudo é questão de ganhar-ganhar. E isto acaba se refletindo em todas as modalidades de esporte, cada vez mais competitivas, exigindo muita dedicação e apoio de profissionais sérios e capacitados. Mesmo quando se trata de esporte não remunerado. Piloto de kart amador, o jovem (16 anos) Alberto Cesar Otazú (Braspress/Pilotech/Alpie Escola de Pilotagem/HTPro Nutrition) já tem gerenciamento de carreira e está rodeado de técnicos que tem colaborado para os seus surpreendentes resultados com pouco mais de um ano e meio de carreira.
                                                                      

“O meu pai tem muita experiência no kartismo e automobilismo e tem me orientado bastante. Além dele, tenho consultoria em suplementação alimentar (HTPro Nutrition), preparação psico-física (Pilotech) e uma coach, que tem ajudado muito no meu desenvolvimento. Por isto, dedico as minhas últimas vitórias aos meus patrocinadores, apoiadores, familiares e especialmente à Rebeca Soares, do Instituto Desenvolve, de Curitiba”, enaltece Alberto Otazú.

Nesta temporada Alberto Cesar Otazú já participou de 69 corridas, subindo 48 vezes (69%) no pódio, com 26 vitórias (37%). Além disto, largou 23 vezes (33%) da pole position e estabeleceu 32 voltas mais rápidas (46%).

O resultado disto é que até o começo de outubro ele já acumulou os títulos de Campeão do 4º Interlagos Kart Challenge, Campeão do Mini Endurance GPCKA de Interlagos, Campeão da Seletiva Clickspeed de Fórmula Vee, Campeão do Super Duelo de Interlagos, Campeão do 1º turno da Mega Maratona 36h de Interlagos, 5º colocado na Mega Maratona 36h de Interlagos, Campeão do Fórmula Master Brasil Festival, Campeão Copa Garage Kart, Vencedor do GP Alex Dias Ribeiro, Vice-campeão do Torneio Alex Dias Ribeiro – 50 anos, Vice-campeão da Taça Ayrton Senna de Kart e 6º colocado no Campeonato Marcas & Pilotos de Kart.
                                                                         

Nos outros certames em andamento, Alberto Cesar é líder do CCSKA, Vice-líder da Fórmula Master e do GPCKA, 4º na Karteiros e 6º no Asseka, e em todos tem grandes chances de se tornar campeão. “Sei que ainda tenho que ganhar mais experiência e continuar me aprimorando. O trabalho de coaching é sensacional, pois é um processo que potencializa habilidades para que você possa ampliar suas conquistas em todas as áreas da vida, focando no aumento de performance e autoconfiança, no aperfeiçoamento do comportamento e nos resultados desejados. E eu estou decidido a avançar no meu aprimoramento pessoal e profissional, disposto a ampliar meus horizontes, atingir meu potencial máximo e em dar um bom rumo à minha vida”, justifica Otazú, que é estudante do segundo grau.

O Instituto Desenvolve (@idesenvolve) é uma empresa de treinamento e desenvolvimento de pessoas e empresas que estejam genuinamente interessadas em dar um salto de evolução em seu status quo. Com o uso de técnicas e ferramentas modernas são identificadas as oportunidades de desenvolvimento e, em parceria com os clientes, apoia as etapas de planejamento e execução, garantindo o alcance dos resultados esperados.

“Trabalhamos para proporcionar e apoiar a aprendizagem de novas habilidades e a ampliação daquelas já existentes, de modo estratégico e inovador, com uma equipe experiente, dedicada e que acredita no desenvolvimento do ser humano e na evolução das organizações”, explica Rebeca Soares. “Promovemos o desenvolvimento de pessoas e empresas para serem suas melhores versões e alcançarem seus maiores sonhos de maneira congruente, transformando-os em agentes de mudança, por meio do que existe de mais moderno em processos, metodologias e ferramentas. É o que fazemos com o Alberto Cesar”, completa a Economista, Especialista em Marketing Estratégico e Master Coach, sócia fundadora do Instituto Desenvolve.


Para conhecer mais, acesse www.institutodesenvolve.com.br

Acompanhe www.facebook.com/albertocesar.otazu

Alberto Cesar Otazú tem o patrocínio de Braspress, Pilotech e Alpie Escola de Pilotagem, com apoio de HTPro Nutrition, Instituto Desenvolve, BraClean, Carnes del Sur, No Fire Services, Click Pix Kart, Cazarré Mktcom, LEAG e Studio 67 Design. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde e Direção para a Vida.



11/10/2017

________________________________________________________________________________
Fórmula Master de Kart: Terceira vitória consecutiva de Alberto Cesar Otazú
                                                                   


Vice-líder, piloto vai se recuperando e se aproximando da ponta da tabela de classificação.
                                                                                

Objetivo do dia alcançado. Precisando se recuperar na tabela de pontuação do Campeonato Fórmula Master de Kart, Alberto Cesar Otazú (Braspress/Pilotech/Alpie Escola de Pilotagem/HTPro Nutrition) venceu pela terceira vez consecutiva, depois de largar da pole position e estabelecer a volta mais rápida. A oitava etapa foi realizada no kartódromo de Interlagos, na última quinta-feira (14/9), com o líder Eduardo Abrantes terminando em segundo e somando 238 pontos, enquanto Otazú manteve a vice-liderança, com 221 pontos.

“Fiquei muito feliz com esta terceira vitória consecutiva, que foi extremamente difícil. Foram 19 voltas com o Edu (Abrantes) grudado na minha traseira e abri vantagem só no meio da última volta”, contou o vencedor, que também comemorou a sua 40ª vitória na curta carreira, a 25ª nesta temporada.
                                                                               

Na terceira posição chegou o garoto Enzo, filho mais novo do piloto internacional Maurizio Sala, com Fábio Fábio Gomara, David Simão e Flávio Perillo completando os seis primeiros. Terceiro colocado no campeonato, João Ramos recebeu a bandeirada na décima posição.

A nona etapa do campeonato Fórmula Master será no dia 5 de outubro, novamente no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos. “Tenho mais três corridas para me recuperar da má fase do primeiro semestre, mas não será fácil conquistar este campeonato. Mesmo que eu vença todas as próximas corridas, se o Edu terminar em segundo em todas, ele será campeão”, comentou Otazú. “O que me resta é fazer o melhor possível e ver o que me aguarda no final da temporada”, conclui o piloto de 16 anos de idade, que está em sua primeira temporada completa no kartismo.
                                                                               

Os dez primeiros na oitava etapa da Fórmula Master foram: 1) Alberto Cesar Otazú, 20 voltas em 18min03s291; 2) Eduardo Abrantes, a 1s473; 3) Enzo Sala, a 18s050; 4) Fábio Gomara, a 28s571; 5) David Simão, a 29s431; 6) Flávio Perillo, a 29s800; 7) André Millan, 31s131; 8) Tyago Berbel, a 32s841; 9) Nelson Reple, a 32s999; 10) João Ramos, a 35s014.

Os dez primeiros da Fórmula Master depois de oito etapas são: 1) Eduardo Abrantes, 238 pontos; 2) Alberto Cesar Otazú, 221; 3) João Ferreira, 184; 4) Enzo Sala, 169; 5) Arthur Hercovitch, 129; 6) Bruno Viegas, 124; 7) André Millan, 123; 8) Marcelo Argenton, 109; 9) Yastaro Paulino, 96; 10) Roberto Salles, 88 pontos.


Alberto Cesar Otazú tem o patrocínio de Braspress, Pilotech, Mega Kart e Alpie Escola de Pilotagem, com apoio de HTPro Nutrition, BraClean, No Fire Services, Carnes del Sur, Click Pix Kart, Studio 67 Design e LEAG. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde e Direção para a Vida.

Acompanhe www.facebook.com/albertocesar.otazu

Curta  www.facebook.com/associacaocruzverde

Curta www.facebook.com/DirecaoParaAVida




17/09/2017
_________________________________________________________________________________

Super Bike 4 º Etapa em Interlagos julho 2017





01/07/2017
_________________________________________________________________________________

24 Horas de Kart Interlagos 



Grande disputa.

____________________________________________

SBK 3° ETAPA VEJA UM POUCO # GENTE FINA MOSTRA.




04/07/2017
____________________________________




Campeonato Paulista de Kart: Treinos começam nesta quarta-feira

Pista do kartódromo de Interlagos deve receber mais de 160 pilotos de todo o Brasil.
O Kartódromo Ayrton Senna, na zona sul de São Paulo (SP) estará agitado logo cedo nesta quarta-feira (24/5). A partir das 7h30 os garotinhos da categoria Mirim vão abrir a programação oficial do Campeonato Paulista de Kart, que será realizado até sábado (27/5), quando serão proclamados os campeões das dez categorias. É esperada a participação de mais de 160 pilotos de todo o Brasil nas categorias Mirim, Cadete, Junior Menor, Junior, Sprinter, Graduados, Sênior "B", Sênior "A", Super Sênior e F4.
                                                                       

Na quarta e quinta-feira serão realizados os treinos livres, com as categorias Mirim, Cadete, Junior Menor, Junior e Sprinter testando em duas sessões de 30 minutos pela manhã, enquanto a partir das 13 horas nos dois dias as categorias Graduados, Sênior "B", Sênior "A", Super Sênior e F4 tem a sua vez de desenvolverem os seus karts, também em duas sessões com o mesmo tempo.
                                                                        

A tomada de tempos e primeira bateria de cada categoria acontecerão na sexta-feira, e o restante das provas no sábado. Nesta temporada o Campeonato Paulista de Kart será disputado em quatro baterias. O resultado de cada bateria determinará o grid da prova seguinte. Com sistema de pontos perdidos, sem descartes, e a Final com peso dois, os campeões serão conhecidos apenas na bandeirada de chegada da última corrida. 
                                                                          

Confira a programação dos dois primeiros dias:
Dia 24/04 - Quarta-feira 
07:00 as 07:30 Sorteio de Motores Categorias: PMK e PCK 
07:30 as 08:00 1º Treino Oficial Cat. PMK 
08:00 as 08:30 1º Treino Oficial Cat. PCK 
08:30 as 09:00 1º Treino Oficial Cat. PJMK 
09:00 as 09:30 1º Treino Oficial Cat. PJK 
09:30 as 10:00 1º Treino Oficial Cat. SPRINTER. 
10:00 as 10:30 2º Treino Oficial Cat. PMK 
10:30 as 11:00 2º Treino Oficial Cat. PCK 
11:00 as 11:30 2º Treino Oficial Cat. PJMK 
11:30 as 12:00 2º Treino Oficial Cat. PJK 
12:00 as 12:30 2º Treino Oficial Cat. SPRINTER. 
12:00 Sorteio de Motores Categoria F4. 
12:30 Intervalo para Almoço 
13:00 as 13:30 1º Treino Oficial Cat. PGK 
13:30 as 14:00 1º Treino Oficial Cat. PSKA, PSKB 
14:00 as 14:30 1º Treino Oficial Cat. SS 
14:30 as 15:00 1º Treino Oficial Cat. F4 
15:00 as 15:30 2º Treino Oficial Cat. PGK 
15:30 as 16:00 2º Treino Oficial Cat. PSKA, PSKB 
16:00 as 16:30 2º Treino Oficial Cat. SS 
16:30 as 17:00 2º Treino Oficial Cat. F4 
17:00 as 17:30 Amaciamento de motor das categorias da manhã (Traçado diferente) 

Dia 25/04 - Quinta-feira 
07:00 as 07:30 Re-sorteio de Motores Categ. PMK e PCK 
07:30 as 08:00 3º Treino Oficial Cat. PMK 
08:00 as 08:30 3º Treino Oficial Cat. PCK 
08:30 as 09:00 3º Treino Oficial Cat. PJMK 
09:00 as 09:30 3º Treino Oficial Cat. PJK 
09:30 as 10:00 3º Treino Oficial Cat. SPRINTER. 
10:00 as 10:30 4º Treino Oficial Cat. PMK 
10:30 as 11:00 4º Treino Oficial Cat. PCK 
11:00 as 11:30 4º Treino Oficial Cat. PJMK 
11:30 as 12:00 4º Treino Oficial Cat. PJK 
12:00 as 12:30 4º Treino Oficial Cat. SPRINTER. 
12:00 Re-sorteio de Motores Categoria F4. 
12:30 Intervalo para Almoço 
13:00 as 13:30 3º Treino Oficial Cat. PGK 
13:30 as 14:00 3º Treino Oficial Cat. PSKA, PSKB 
14:00 as 14:30 3º Treino Oficial Cat. SS 
14:30 as 15:00 3º Treino Oficial Cat. F4 
15:00 as 15:30 4º Treino Oficial Cat. PGK 
15:30 as 16:00 4º Treino Oficial Cat. PSKA, PSKB 
16:00 as 16:30 4º Treino Oficial Cat. SS 
16:30 as 17:00 4º Treino Oficial Cat. F4 
13:00 as 17:00 Sorteio de pneus de todas as categorias 
17:00 as 17:30 Briefing para todas as categorias
17:30 as 18:00 Amaciamento de motor de todas as categorias (Traçado diferente)

Confira todo o regulamento e programação do Campeonato Paulista de Kart no site da Federação de Automobilismo de São Paulo: www.faspnet.com.br
O Kartódromo de Interlagos receberá pilotos de todo o Brasil

 (Foto: Bruno Gorski/Divulgação)



23/05/2017
____________________________________

A Ducati abre um novo espaço no Shopping Iguatemi Campinas.
                                                                  

 A concessionária Ducati Campinas agora está com mais um endereço: 
Shopping Iguatemi Campinas. A nova loja tem 90 metros quadrados e está localizada no piso 2 (loja 108). De maio a julho os consumidores poderão conhecer de perto toda a linha de motocicletas Ducati, e comprar produtos do segmento boutique da marca, como roupas e acessórios.
​                                                              

Os mais recentes lançamentos Ducati agora no shopping 
                                                                          

*DUCATI XDIAVEL*

Alongada, musculosa e de curvas futuristas, a Ducati XDiavel tem motor 1262
cm3 de cilindrada Ducati Testastretta L-Twin com DVT (Desmodromic Variable
Timing), comando de válvulas variável, e propulsor de dois cilindros em
“L”, de 1.262 cm³ responsável por produzir 156 cv (a 9500 rpm) de potência
máxima e 13,35 kgf.m (já a 5000 giros) de torque máximo.

De design estarrecedor e desempenho surpreendente, os modelos XDiavel e XDIavel S vêm equipados com um conjunto completo dos mais recentes produtos
eletrônicos da Ducati. O

O resultado é uma potência descomunal e muito além do que se pode esperar
de uma verdadeira “muscle cruiser”. A Ducati XDiavel e XDiavel S tem câmbio
de seis marchas e três modos de pilotagem: Urban (potência limitada a 100
cv), Touring (torque suavizado) e Sport (força total), aliados a oito níveis de atuação do controle de tração.
                                                               

*DUCATI MULTISTRADA 1200 ENDURO*

A Multistrada 1200 Enduro destaca a entrada da Ducati em um novo segmento de mercado: o das motos de turismo e maxi-enduro. Imponente e bem estruturado, o modelo mantém o design impecável, característico da Ducati.
                                                                       

A aparência arrojada e esportiva foi renovada e atualizada com a inserção de inúmeros recursos fora de estrada. Tudo integrado à alta tecnologia, máxima performance de pilotagem e conforto garantido para aventuras de longa distância. A Ducati Multistrada 1200 Enduro é um modelo que exemplifica bem o conceito de “multi motocicleta”, introduzido pela Ducati em 2010.

MAIS INFORMAÇÕES:*

maristela@maxmidiacomunicacao.com.br


17/05
____________________________________
Kawasaki Racing Team assume a liderança do Mineiro de Motocross.
                                                                           

São Paulo, 19 de abril de 2017 - No último fim de semana aconteceu a 2ª etapa do Campeonato Mineiro de Motocross, se firmando como um dos maiores eventos da modalidade no país. Os grandes nomes do cenário nacional estiveram presentes e a Kawasaki Racing Team garantiu pódio com seus pilotos nas principais categorias do estadual. 

Dudu Lima se mantém isolado na liderança da categoria MX1 e seu irmão, Marcello Lima, ficou na vice-liderança, após a segunda rodada onde foram primeiro e terceiro lugar, respectivamente. Na MX2 os pilotos do time do experiente Balbi também mandaram bem fazendo segundo e terceiro lugar no sábado pela categoria Junior, com Pepê Bueno em 2º e Leo Souza em 3º. E no domingo mais um pódio para Pepê, com o terceiro lugar da disputadíssima MX2. 

Confira os depoimentos da equipe: 

Ricardo Kaphê Sebbe | Assessor de competições Kawasaki 

"Os excelentes resultados dos nossos pilotos neste final de semana correspondem ao trabalho realizado por eles durante a pré temporada. Mas sabemos que eles ainda podem evoluir muito, tirando mais proveito das motocicletas Kawasaki durante os testes até a próxima etapa!" 
                                                                            

Dudu Lima #2 | MX1 

“Fim de semana perfeito onde desde os treinos vim me sentindo bem com um 3º na MX2 e o 1º na MX1 sabia que poderia andar bem, mas pra isso precisaria de boas largadas. Na MX2 não consegui largar tão bem e isso me prejudicou muito mais ainda consegui alcançar um pódio com a 5ª colocação. Já na MX1 larguei em 3º logo na primeira volta ultrapassei o Venezuelano, Machito e fui para cima do Jean, resolvi atacar logo no começo pois a pista estava difícil e acabou dando certo abri uma vantagem e mantive até o final, assumindo a liderança do campeonato com a minha KX 450F que se mostrou perfeita durante todo o final de semana!” 
                                                                             


Marcello Lima #5 | MX1 

“Foi um ótima corrida, gostei bastante da pista e consegui andar num ritmo constante do inicio ao fim da prova. Faltou bem pouco para eu conquistar o 2º lugar. Na MX2 eu larguei muito mal, fiz uma prova de recuperação e apesar de nunca treinar com a moto eu acredito que foi um bom resultado também. Foi divertido relembrar os tempos de como é acelerar uma 250.”  
                                                                       

Pedro “Pepê” Bueno #8 | MX2

“Foi meu retorno as competições depois de 60 dias parado e mesmo assim tive um bom fim de semana no Mineiro, no sábado larguei atrás e fui me recuperando até a segunda colocação, tirando bastante a diferença do primeiro colocado. Já no domingo com muitos caras de nome na categoria consegui andar bem junto dos ponteiros e ataquei os primeiros 15 minutos de prova, infelizmente não tive ritmo suficiente devido ao tempo que estive parado e acabei finalizando na 3ª colocação que é muito bom devido ao alto nível que estava essa categoria, agradeço a Kawasaki Brasil pela oportunidade e pelo excelente equipamento que está me oferecendo!”

                                                                                

Leonardo Souza #9 | MX2 

“O meu fim de semana começou muito bem, fazendo o primeiro tempo no treino livre da Junior e no classificatório, já na corrida não fiz boa largada e não consegui achar o ritmo, terminando em 3º, no domingo não foi muito bom fiz um 6º na MX2 e 7º na MX1, agora é treinar e ir para a próxima mais preparado, mas aprendi muito neste fim de semana, obrigado a Kawasaki Brasil pela oportunidade!”

O próximo desafio dos nossos pilotos de Motocross é a abertura da temporada do Arena Cross no dia 29/04 em Caraguatatuba-SP. 

Fotos :Tiago Lopes / VGCOM 
VGCOM - VANESSA GIANNELLINI COMUNICAÇÃO.



19/04
______________________________________________________________________________

Kart: 

Caio Collet muito confiante para final do WSK em umas das suas pistas favoritas em Sarno.

                                                                        

Com um currículo vencedor no kart no Brasil e exterior, Caio Collet (All Road Management / Matrix Energy Trading) chegou na última segunda-feira (dia 3) aos seus 15 anos de idade. A carreira promissora e os resultados são frutos de muito esforço do jovem piloto paulista, que este ano foi selecionado para integrar a All Road Managment, de Nicolas Todt. Defendendo pelo segundo ano a equipe de fábrica da Birel ART Racing na Europa, a "festa" de Collet será na pista este final de semana (dias 8 e 9).
                                                                  

O brasileiro estará ao lado de fortes kartistas do mundo todo na quarta e última etapa do WSK Super Master Series, em Sarno, na Itália. Já são mais de 70 inscritos na categoria OK. A meta de Collet é encerrar a competição com o melhor resultado no ano.

Numa temporada de mudanças técnicas no time, Collet vem trabalhando ao lado dos companheiros para evoluir o equipamento a cada etapa. O piloto já tem um sétimo lugar, um oitavo e um 11º nas Finais das etapas anteriores em Castelletto, Adria e La Conca, respectivamente.

No ano passado, o brasileiro disputou uma das etapas no traçado de 1.699 metros de Sarno e completou entre os Top-6. "Nossas expectativas estão muito positivas, pois estamos evoluindo passo a passo, mostrando cada vez mais como nosso equipamento pode ser competitivo. A pista de Sarno é uma das minhas favoritas e acho que estamos bem preparados para esta etapa", declarou Collet.

Os treinos em Sarno terão início na sexta-feira (7), com as baterias classificatórias no sábado. No domingo, acontecem a Pré-Final e Final.

Confira a lista de inscritos para a etapa final em Sarno:
http://www.wskarting.it/campionati/2017/entrylist/WSK_superMaster/Round4/entrylist.pdf

Para saber mais sobre Caio Collet, acesse: 
www.caiocollet.com.br
www.facebook.com/caio.collet
www.twitter.com/caio_collet
www.instagram.com/caiocollet


fernanda@fgcom.com.br 
www.fgcom.com.br

05/04
___________________________________

Taça Ayrton Senna de Kart: Rodada dupla nesta quinta-feira em Interlagos
                                                                               


Etapa marca a reestreia de Alberto Cesar Otazú
                                                                          

Será disputada na noite desta quinta-feira (30/3), no tradicional Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, zona sul de São Paulo (SP), a segunda e terceira etapas da Taça AMIKA Ayrton Senna. O evento é realizado uma vez por mês no kartódromo que leva o nome do tricampeão de Fórmula 1, com uma média de 30 pilotos numa única bateria, composta por sete minutos de tomada de tempo e 23 minutos de corrida. O líder do certame de 2017 é Cayto Grotkowsky, enquanto o campeão da edição do ano passado, Igor Mori, figura na quarta colocação.
                                                                    

Este segundo evento vai marcar a estreia de Alberto Cesar Otazú (Braspress/Pilotech/BraClean/Alpie) na temporada. Em 2016 ele terminou a Taça Ayrton Senna em oitavo, mesmo participando apenas de cinco das oito etapas, período em que foi o segundo maior pontuador e o maior vencedor - duas vitórias -, ao lado do campeão e do vice, Miguel Cappuccio.

"O nível dos pilotos deste campeonato é muito forte, mas percebi que tenho condições de brigar pelo título se participar de todos etapas. Perdi a primeira corrida, mas acho que posso me recuperar durante a temporada, começando agora que terão duas corridas em seguida", acredita o mais jovem (16 anos) piloto do torneio.
                                                                      

A competição desta semana será diferente das demais do calendário de nove etapas, conforme explica o gaúcho Miguel Cappuccio, organizador e promotor da AMIKA. "Pela primeira vez realizaremos uma rodada dupla. A primeira prova será no formato tradicional, enquanto na segunda o grid será invertido, com inversão do traçado e resorteio dos karts. Será realizado um warm-up de três minutos e a seguir a largada para mais 27 minutos de disputas. Então, uma valerá pela segunda e a outra pela terceira etapa. Estamos criando uma nova dinâmica para deixar o evento mais atraente".

Confira a classificação dos dez primeiros da Taça Amika Ayrton Senna após a primeira etapa: 1) Cayto Grotkowsky, 35 pontos; 2) André Mansano, 30; 3) Akira Eguti, 28; 4) Igor Mori, 26; 5) Peter Jankowski, 25; 6) Miguel Cappuccio, 23; 7) Alfredo Salvaia, 22; 8) Rodrigo Borotto, 22; 9) Fernando Nassif, 21; 10) Eric Baraveli, 20. 

Calendário da Taça AMIKA Ayrton Senna:
1) 16 de fevereiro
2) 30 de março (rodada dupla)
3) 27 de abril
4) 25 de maio
5) 22 de junho
6) 27 de julho
7) 24 de agosto
8) 28 de setembro

Alberto Cesar Otazú tem o patrocínio de Braspress, HTPro Nutrition, e Pilotech, com apoio de Alpie Escola de Pilotagem, BraClean, Carnes del Sur, Click Pix Kart e LEAG. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde e Direção para a Vida. 

Visite www.amika.com.br
Acompanhe www.facebook.com/albertocesar.otazu
Curta www.facebook.com/associacaocruzverde

Curta www.facebook.com/DirecaoParaAVida

29/03
____________________________________

Curiosidade.
Curiosidade nos bastidores da Moto velocidade um grande trabalho artístico junto com a criatividade preocupação com meio ambiente no reaproveitamento,
veja o belíssimo resultado desse trabalho.                      
                                 





25/3
____________________________________
25 anos do AutoMotor Esporte.
                                                                          

Reginaldo Leme lança edição comemorativa de 25 anos do AutoMotor Esporte.

O livro é publicado desde 1992 e se propõe a fazer um registro histórico do automobilismo

Está chegando às livrarias o mais novo exemplar do anuário AutoMotor Esporte, do jornalista Reginaldo Leme. O livro é publicado desde 1992 e funciona como um documento histórico do automobilismo, trazendo sempre a cobertura completa de tudo o que de mais importante aconteceu nas pistas do Brasil e do mundo.

O grande destaque desta edição é a batalha intensa entre Nico Rosberg e o companheiro de equipe dele, Lewis Hamilton. Rosberg se retirou da Fórmula 1 logo depois de conquistar o título mundial. A capa do AutoMotor Esporte 2016/2017 traz justamente uma foto do campeão recém-consagrado saltando sobre o carro da Mercedes na etapa final, em Abu Dhabi.

Todas as corridas são descritas em detalhes por meio de um texto leve, como em um roteiro de filme, explorando mais do lado humano, os segredos de bastidores e trazendo gráficos completos de cada Grande Prêmio. 

Para celebrar os 25 anos de publicação e reforçar a importância histórica do livro, Reginaldo Leme escolheu Felipe Massa como personagem de uma matéria especial, que conta passo a passo a carreira do piloto brasileiro rumo à Fórmula 1. São informações e imagens recuperadas que fizeram parte do anuário durante este longo período.

"Não é nada fácil chegar aos 25 anos de vida em nosso mercado de publicações. E nós não apenas chegamos, mas estamos sempre aprimorando a qualidade a cada ano. Foi assim que o livro se tornou objeto de colecionador. Não apenas de quem gosta do esporte a motor, mas do próprio automóvel", afirma Reginaldo Leme.

Além do espaço nobre para a Fórmula 1, o AutoMotor Esporte também dedica parte importante de suas 472 páginas a categorias como a Stock Car, que em 2016 fez de Felipe Fraga o campeão mais novo de sua história, e campeonatos de base como a Fórmula 3 Inglesa, conquistada pelo jovem brasileiro Matheus Leist.

O AutoMotor é um livro de mesa, ilustrado por mais de 600 fotos captadas pelos mais conhecidos fotógrafos do meio, distribuídas em couche e projeto gráfico moderno, o que resultou na indicação a diversos prêmios de excelência gráfica. 

Com passagem pelo jornal O Estado de São Paulo e hoje na TV Globo, Reginaldo Leme é o profissional brasileiro mais experiente na cobertura da Fórmula 1. Já foi premiado duas vezes como melhor comentarista de televisão aberta do País pela Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo). A primeira foi em 2008 e a segunda, no ano passado.

Ficha Técnica
Título: AutoMotor Esporte 2016/2017
Editora: Oficina 259 
Formato: 23 cm x 31 cm
Páginas: 472
Lançamento: 2017

Preço: R$ 110,00

16/03
____________________________________
XI Rally de Barretos: 

Thiago Rizzo e Léo Magalhães garantem o terceiro lugar no pódio da Pró Brasil
                                                                           
 
Dupla faz fazem balanço positivo da prova disputada neste fim de semana e que marcou o pontapé inicial para temporada
                                                                   

Barretos (SP) - Uma prova repleta de desafios, assim foi a disputa da 11ª edição do Rally de Barretos para Thiago Rizzo/Léo Magalhães estreantes na categoria Pró Brasil, representantes da Equipe Top Rally Team. Thiago e Léo conquistaram a terceira posição no pódio da prova realizada neste sábado e domingo, 11 e 12 de março. A outra dupla do time, Wellington Costa e Gustavo Bortolozo ficaram com a quinta colocação na categoria Super Production.
                                                                     

Com aproximadamente 300 quilômetros em duas especiais cronometradas no interior paulista, o Rally de Barretos serviu para afinar o entrosamento da equipe de Petrópolis (RJ), marcar os primeiros pontos e descobrir o que precisa ser aprimorado para o prosseguimento da temporada, que inclui a disputa do Rally dos Sertões.
                                                                             

"A prova foi bem completa e exigiu bastante da equipe com a configuração deste ano com carro, navegador e categoria novos. Na etapa deste domingo ficamos sem direção hidráulica nos mais de 50 quilômetros finais do trecho cronometrado, então o resultado poderia ter sido melhor. Agora, vamos fazer os reparos necessários para as próximas competições", declarou o piloto Thiago Rizzo. 
                                                                     

Competindo a bordo do novo modelo Mitsubishi Triton Sport SR movido a etanol, a dupla pôde testar o equipamento em uma prova de puro cross country, com todos os obstáculos que a modalidade impõe. Neste domingo, no prosseguimento da competição e disputa da segunda etapa, novamente foi de superação para a dupla da equipe Top Rally Team.
                                                                       

De olho no restante do calendário que está apenas começando e, principalmente na disputa do Rally dos Sertões, a dupla acredita estar no caminho certo. "Percebemos que na disputa, estávamos andando bem e competitivos. Isso tudo faz parte de um projeto muito maior", finalizou Thiago Rizzo, tricampeão do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country na Super Production (2014, 2015 e 2016) e, também, é o campeão do Rally dos Sertões 2015. 
                                                                       

A 11ª edição do Cross Country Rallymakers Barretos contou pontos para a 1ª e 2ª etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e a próxima etapa da Top Rally Team será o Rally RN 1500, de 05 a 09 de abril. Antes disso, a equipe terá a primeira etapa do Mitsubishi Cup no Velo Città , em Mogi Guaçu (SP), no dia 01 de abril. 

A equipe Top Rally Team conta com o patrocínio da 3W Distribuidora de Malhas, Feirão de Malhas e Dopamina Mindful Drink. 

Classificação final dos carros no XI Rally de Barretos 2017 (SS1 + SS2):

Categoria Pró Brasil
1) 321 Andre Miranda / Alison Pedroso, 03h35min20 
2) 311 Glauber Fontoura / Minae Miyauti, 05h47min26
3) 317 Thiago Rizzo / Leonardo Magalhães, 05h48min45
4) 337 Maycon Gomes Soares / Daniel Rocha Rodrigues, 06h15min58

Categoria Super Production
1) 347 Alessandro Tozoni / Gilze Araújo, 3h43min36
2) 358 Fernando Couto De Oliveira / Alexandre Aguiar, 3h46min58
3) 351 Marcelo Fiuza / Dalmo Bergantin, 3h47min23
4) 323 Pietro Branchina Neto / Christina Bordini Xavier, 3h47min26
5) 353 Wellington da Costa / Gustavo Bartolozo, 5h54min28

Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country
1ª e 2ª etapas - 10 a 12/03 - Rally de Barretos
3ª e 4ª etapas - 05 a 09/04 - RN 1500
5ª e 6ª etapas - 06 e 07/05 - Rally Cuesta Off Road (Arena Eventos)
7ª e 8ª etapas - 02 a 04/06 - Rally Baja Jalapão (Arena Eventos)
9ª e 10ª etapas - 31/06 a 02/07 - Rally Rota SC 
11ª e 13ª etapas - 19 a 26/08 - Rally dos Sertões
11ª e 12ª etapas - 07 e 08/10 - Rally Serra Azul (Arena Eventos)
13ª e 14ª etapas - 11 e 12/11 - Rally Rota Sudeste (Arena Eventos)
15ª etapa - 02 e 03/12 - Rally dos Amigos
* Sujeito a alterações

Consultoria e Assessoria de Comunicação:
SIG Comunicação - sig@sigcomunicacao.com.br



13/03
        __________________________________________________________

Kartismo: Alberto Cesar Otazú vence no retorno ao Kartódromo Granja Viana                                   

Foi a sétima pole e vitória na temporada.
                                                
Participando como convidado na segunda etapa do Campeonato Master de Kart, certame onde sagrou-se campeão em 2016, Alberto Cesar Otazú (Braspress/Pilotech/BraClean/Alpie) subiu no pódio pela nona vez nesta temporada, depois de alcançar a sétima pole position e vitória, em prova disputada no último final de semana (03/3). De quebra, estabeleceu a volta mais rápida debaixo de chuva no reformado Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).
                                                                     

"Fiquei feliz em reencontrar os meus parceiros da temporada passada e vencer na minha primeira visita ao Kartódromo Granja Viana, após o reasfaltamento e reformas", comemorou o jovem, no dia em que completou um ano de cirurgia em sua perna esquerda, fraturada em acidente nesta mesma pista, também numa noite sob chuva. "Isto é passado. O importante é que agora tenho vitória em chuva tanto em Interlagos, quanto no Granja Viana". 

Alberto Cesar aprovou todas as modificações realizadas no começo do ano no Kartódromo Granja Viana. "Gostei muito das alterações feitas no traçado e no asfalto do kartódromo. Senti uma sensação muito boa andando com o asfalto molhado e não espero a hora de andar na pista seca. Acho que os tempos vão baixar bem em relação ao ano passado", acredita o piloto de 16 anos de idade.
                                                                         

Enquanto não consegue os apoios necessários para disputar a Copa São Paulo Light de Kart, ou outro certame com karts movidos a motores 2 tempos, Alberto Otazú continuará participando de provas amadoras nos principais campeonatos de São Paulo. "Eu quero evoluir e para isto eu tenho que subir de categoria. Enquanto não tenho esta oportunidade, vou me mantendo em atividade, ganhando mais experiência nas disputas contra pilotos muito fortes e que conhecem tudo de kart 4 tempos", avisa o piloto que também deve fazer testes com monopostos em quatro categorias diferentes. "Eu ganhei uma seletiva da Fórmula Vee e devo andar primeiro com eles. Depois devo testar na Fórmula Junior, na Fórmula 1600 e na Fórmula Inter". 

Resultado da 2ª etapa do Campeonato Master de Kart: 1) Alberto Cesar Otazú, 20 voltas em 18min05s210; 2) Sandro RF, a 13s829; 3) Gabriel Gianussi, a 24s466; 4) Carlos Eduardo, a 25s120; 5) Alexandre Cronhal, a 28s904; 6) Oberdan Gomes, a 41s926; 7) Milton Koyama, a 43s463; 8) Ailton Alves, a 48s159; 9) Gustavo Souza, a 48s997; 10) Chico Reis, a 51s302. Melhor volta: Alberto Cesar Otazú - 51s433

Alberto Cesar Otazú tem o patrocínio de Braspress, Pilotech, Alpie Escola de Pilotagem e BraClean, com apoio de HTPro Nutrition, Carnes del Sur, Click Pix Kart. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde e Direção para a Vida. 

Visite www.facebook.com/albertocesar.otazu
Curta www.facebook.com/associacaocruzverde

Curta www.facebook.com/DirecaoParaAVida

Ed.07/03

Kart: 
Caio Collet inicia temporada 2017 e disputa Copa dos Campeões WSK na Itália
                                                                             


Jovem kartista brasileiro está confiante para correr em Adria neste final de semana com a Birel ART Racing


O brasileiro Caio Collet (All Road Management / Matrix Energy Trading), de apenas 14 anos, inicia neste final de semana (28 e 29) sua segunda temporada completa no kartismo europeu como piloto de fábrica da equipe Birel ART Racing. O desafio será em uma das pistas mais conhecidas pelo brasileiro, o Adria International Raceway, na Itália, palco da Copa dos Campeões WSK. 
                                                                  

Foi no traçado de 1.302 metros que Collet conquistou em 2016 sua primeira vitória pela Birel ART Racing, numa performance arrasadora durante uma das etapas do WSK Super Master Series. Além disso, o brasileiro também já correu etapas do Europeu de Kart CIK-FIA em Adria e está bastante familiarizado com o traçado.

Collet disputará a Copa dos Campeões por uma nova categoria, a OK, que conta com o total de 49 inscritos. O brasileiro - que passou a integrar o seleto grupo de pilotos da All Road Management de Nicolas Todt - pilotará o kart #230.

"Este ano, a equipe passou por uma reestruturação técnica, mudaram os chassis e teremos os motores TM Racing. Já fiz alguns testes aqui em Adria e os resultados foram bastante promissores. Estou confiante e não vejo a hora de começar a temporada para valer. Depois de um ano, já estou bastante entrosado com a equipe e confio muito em todo o trabalho que podemos fazer juntos ao longo da temporada", comentou o brasileiro, que foi ao pódio no Mundial de Kart de 2015.

Os treinos livres em Adria começam nesta quinta-feira (26), com as tomadas na sexta (27). No sábado, será o dia das baterias eliminatórias, com a Pré-Final e Final no domingo.

Além da Copa dos Campeões WSK, Collet terá no seu programa de 2017 as etapas do WSK Super Master Series. O piloto também disputará o Europeu de Kart CIK-FIA e o Mundial CIK-FIA.

Confira a lista completa de inscritos para a Copa dos Campeões WSK: http://www.wskarting.it/campionati/2017/entrylist/WSK_Championscup/Round1/entrylist.pdf

Para saber mais sobre Caio Collet, acesse: www.caiocollet.com.br
www.fgcom.com.br


Museu do Amanhã arquitetura  moderna, junto a praça Mauá.
Realmente sensacional veja um pouco e logo mostraremos mais.







Correspondente Wellington Melo


Sprint Race Brasil: 


Titulo vai ser definido nessa ultima etapa: Quem ficará com o título da GP?
                                                                       

Piloto Vinícius Margiota e as duplas Marcus Peres/Lucas Peres e Jorge Martelli/Kau Machado estão no páreo e todos tem condições de garantir a vitória. Na oitava e última etapa a disputa ficou ainda mais apimentada, os pontos serão dobrados para as duas corridas no Autódromo de Interlagos

A última etapa em formado de rodada dupla que prevê pontos em dobro vai ser agitada na GP, categoria que faz parte do calendário da Sprint Race Brasil, no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos. O circuito paulista recebe a oitava e última etapa da temporada e os pilotos Vinícius Margiota, Marcus Peres/Lucas Peres e Jorge Martelli/Kau Machado estão empolgados na busca por bons resultados e querem brigar pelo título até o último momento. As corridas acontecem no sábado (17) e no domingo (18), ambas com 23 minutos e mais uma volta cada uma.
                                                                      

Na GP, os três primeiros colocados tem chances de brigar pelo título, estão praticamente empatados. Vinícius Margiota consolidou-se na liderança com 298 pontos, depois de marcar duas vitórias nas duas últimas etapas e, ao todo foram cinco segundos lugares, foram doze pódios em 14 corridas que disputou. Antes disso, Marcus Peres/Lucas Peres e Jorge Martelli/Kau Machado revezavam-se na liderança e, portanto, seguem na segunda e terceira posições, respectivamente. 
                                                                          

Margiota (SR #7) vem do kart e faz uma brilhante segunda temporada na Sprint Race. "A estratégia será marcar o maior número de pontos possíveis e torcer para uma combinação de resultados bastante favorável. Acredito no título! Tenho treinado constantemente no kart, na Pilotech e com corridas nos finais de semana", disse o jovem piloto de Jundiaí (SP), de 21 anos completados no último dia 1º de dezembro.
                                                                               

Ao longo da temporada e após 14 corridas disputadas, Marcus e Lucas Peres do SR #78, pai e filho, contam com cinco vitórias e três segundo lugares, somando oito pódios no campeonato. "O nosso desempenho foi bem constante em várias corridas e isso nos ajudou a subir na tabela",frisa o piloto Lucas Peres. 

"A pista de Interlagos nos identificamos bastante, andamos sempre bem e com bom desempenho. Gostamos da organização do evento quando é neste circuito, pois tem uma boa estrutura e conta com uma excelente equipe de resgate. Temos treinado em Londrina para manter o ritmo e vamos atrás do título, pois a diferença de pontos é muito pequena", destaca o paranaense.
                                                             

A dupla do carro #87, Martelli e Machado, tiveram quatro vitórias, dois segundo lugares e dois terceiro lugares, e também subiram ao pódio por oito vezes. "Estamos otimistas mesmo depois do grande acidente que sofremos em Cascavel, foi um dos maiores da minha carreira, o carro foi totalmente refeito e espero que tenha ficado 100%. Espero que tudo o que deu errado em Cascavel se inverta em Interlagos, tenhamos condições de vencer as duas corridas e conquistar este título que tem passado sempre muito próximo", explica Kau. "Também espero desfrutar muito do final de semana que pode ser meu último da carreira, pois como venho dizendo estou competindo ainda pela paixão que tenho neste esporte", complementa o curitibano.

A corrida no circuito de São Paulo anima Jorge Martelli. "Estou bastante confiante para a última etapa, creio em um bom desempenho. E, acredito que conseguirei brigar pela vitória juntamente com o Kau", finaliza o piloto de Chapecó (SC).

A oitava e etapa final da Sprint Race Brasil 2016 será no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos,na capital de São Paulo, no dia 18 de dezembro, com pontuação dobrada. As transmissões são dos canais BandSports e PlayTV, como também do Programa Acelerados no SBT com os episódios do Reality Show da Sprint Race.

A Sprint Race têm patrocínio da Albriggs, aQuamec, Pirelli, Ecopads, Vaz, Fremax e Rio Custom.

Classificação do Campeonato da Sprint Race, após a sétima etapa (14 corridas):

Categoria GP
1) 7 Vinicius Margiota, 298 pontos
2) 78 Marcus Peres/ Lucas Peres, 274
3) 87 Kau Machado/ Jorge Martelli, 268 
4) 12 Claudio Bushmann, 212
5) 82 Cassio Cortes, 148
6) 82 Gerson Campos, 131
7) 55 Caê Coelho, 94 

Categoria PRO
1) 77 Luca Milani, 321 pontos
2) 17 Wanderlei Berlanda Jr/ Eduardo Berlanda, 318
3) 23 Guido Cotta, 192
4) 13 Raphael Campos, 159
5)88 Beto Giorgi, 158
6) 65 Gabriel Seria, 86
7) 22 Gabriel Lusquiños, 62
8) 4 Matheus Marini, 48

Programação de pista em Interlagos

Sexta feira, 16 de dezembro

08h40 às 09h20 - Treino EXTRA (Exclusivo organização)
13h50 às 14h30 - 1° Treino OFICIAL
14h50 - Briefing
16h45 às 17h25 - 2° Treino OFICIAL

Sábado, 17 de dezembro

07h00 às 07h10 - Exclusivo organização
08h30 às 09h30 - Estudo de telemetria
10h20 às 10h50 - Classificatório

Corrida 1
16h00 - Alinhamento dos carros
17h05 - Placa de 5 minutos
17h10 - Saída para volta de aquecimento + 23 min. + 1 volta

Domingo, 18 de dezembro

Corrida 2
09h50 - Alinhamento dos carros
10h55 - Placa de 5 minutos
11h00 - Saída para volta de aquecimento + 23 min. + 1 volta
11h30 - Pódio

FINAL - SPRINT RACE BRASIL:
8ª etapa - Dias: 16, 17 e 18 de dezembro
Onde: Autódromo José Carlos Pace
Endereço: Av. Sen. Teotônio Vilela, 261 - Interlagos, São Paulo (SP)

Mais informações www.sprintrace.com.br

Siga-nos também nas redes sociais:
Facebook: facebook.com/Sprint Race Brasil
Twitter: @Sprint Race
Youtube:youtube.com/sprintracebrasil

Instagraminstagram.com/sprintracebrasil



Curiosidade:
                                                                        




Pedaladas Noturnas:

Equipe Pernalonga Bike.


Como começou essa Equipe e como se preparão antes de pedalar: 
Pedaladas Nortunas por pontos turistico de São Paulo , como Av Paulista, Ibirapuera, Pacaembu, Centro e outros locais é o que faz uma turma de amigos, da Cidade do Grande ABC passeio agradável com qualidade de vida, exige  um preparo.

 O Pernalonga Bike  teve inicio no mês de Novembro de 2015 e hoje conta com cerca de 250 pessoas participando, tendo uma faixa etária de 20 a 63 Anos, como podem notar que para pedalar, não tem Idade. Porem é recomendado procurar um especialista  para  realizar exames médicos, a fim de saber se esta tudo Ok para pratica de atividade física. 

O Pernalonga Bike é Um grupo misto o qual conta com a participação do público feminino num total de 20 mulheres.
São realizado atividade noturnas,durante semana e nos finais de semana fazemos pedais que chegam a 130 km tem outros que chegam a 150 km, esses encontros são organizado pelo Facebook, Pernalongabike, informando o tipo de pedal intermediário ou hard, Antes de pedalar é recomendado fazer uma alimentação leve e durante atividade, comer frutas, (banana, maçã)e algum suplemento,exemplo BCAA e tambem é importante se hidratar com muita água, saiba mais no Facebook Pernalongabike.
                                                                                                                                                 

















________________________________________________

Espetáculo de dança: Dois Polos, Um Movimento. 

A Bombelêla Dance Company, em parceria com a Quadrela Cia de Dança, apresenta “Dois Polos, Um Movimento”.

Dirigido por Mark Van Loo e Roberto dos Santos, o evento tem como instrumento corpos que desenham, rabiscam e se harmonizam em diversos planos e ângulos, trazendo ao mesmo espaço histórias e culturas diferentes, divididas em quatro coreografias.

“Pequenos Traços de uma História com Interferências Verticais” será apresentada pelos bailarinos da Quadrela Cia de Dança e foi inspirada no pensamento de Miguel Unamuno: “Não sabes qual dos teus próximos influi mais em ti, mas seguramente não é aquele que tens mais perto e vês e ouves amiúde.”.  

Também pela mesma Companhia será apresentado “Estado de Emergência”, premiada recentemente no “Salto Fest Dance 2016”, trata-se de um trabalho baseado no pensamento de Caio Fernando Abreu: “Ninguém te ama, ninguém te quer, ninguém te conhece, ninguém tem acesso à tua alma. Tuas neuras são só tuas, e parece que nada nem ninguém preenche esse vazio.”
Sob a direção de Roberto dos Santos, a Quadrela Cia de Dança foi fundada em 2005 e tem como proposta desenvolver trabalhos através da observação e de experimentos, trazendo à cena o comportamento cotidiano do ser humano. 
A Cia. busca uma linguagem contemporânea que seja enriquecida pelas contribuições pessoais dos bailarinos.  O estudo de movimentos parte de estímulos que possam extrair particularidades e abrir possibilidades de movimentação, conforme a estética que a Cia. tem perseguido em suas pesquisas.
 Ao longo da sua história a Cia desenvolveu diversos espetáculos apresentando-se em espaços alternativos e em eventos como a Virada Cultural Paulista e a exposição Corpos Pintados.




O evento ocorrerá no dia 24 de setembro em duas sessões, sendo uma com início para as 17hrs e a última às 20h.
Os ingressos custam R$ 20,00 e poderão ser adquiridos antecipadamente através do e-mail: quadrelaciadanca@hotmail.com ou pelos telefones: (11) 99292-4941 e 2373-6912.  A forma de pagamento poderá ser via transferência bancária.


_____
___________


Bastidores  de pista da Super Bike Brasil.


Profissionais de pista no mesmo barco .. na chuva .



Profissionais de pista so gente fina
                               Um Otimo lugar para filmar e fotografar                              

Piloto Alex Barros ( chefe de Equipe)
Wagner Duarte Piloto (Chefe de Equipe junto com Alex Barros)
Piloto Danio Lewis ( Lider da Categoria 1000cc Super Bike)


Força aérea Brasileira.

Praça


Praça

Esporte:

URUCAN BRASIL

É uma técnica de combate e autodefesa criada e desenvolvida em 20 de janeiro de 1972, na cidade do Rio de Janeiro, pelo brasileiro PAULO CÉSAR DA SILVA LOPES, e que foi batizada em 13 de dezembro de 1983 com o nome oficial de URUCAN BRASIL, com a colaboração dos então Srs. TEN CEL HÉLIO GOMES BORBA, 2º TEN JOSÉ HELDER DE SOUZA ANDRADE e 2º TEN MARCOS DE ARAÚJO, ambos do Exército Brasileiro.

Nosso corresponde Daniel Souza - Instrutor faixa azul ponta preta - participou desse treinamento no Rio de Janeiro.

                                      
Veja imagens do Dojo Mestre Constantino  
                                                         






Dojo do Mestre Constantino Rio de Janeiro



Canadá.





Canadá um verdadeiro espetáculo ao cair da noite. 








Voltinha na fera 


JZ